5G: Procon-SP notifica Claro, Samsung e Motorola sobre conexão no Brasil

5G: Procon-SP notifica Claro, Samsung e Motorola sobre conexão no Brasil

O Procon-SP solicitou, na última sexta-feira (6), esclarecimentos das operadoras de telefonia Motorola, Samsung e Claro a respeito das propagandas de conexão 5G presentes em seus sites.

Os esclarecimentos solicitados pelo órgão de proteção ao consumidor se referem à disponibilidade da tecnologia 5G no Brasil: a tecnologia já está disponível em território nacional? Se não, por que ela ainda é ofertada?

Além disso, foi questionado se as empresas informam o consumidor, no ato da compra, a respeito de "eventuais limitações do serviço" e, se sim, como as empresas procedem ao dar a informação.

A respeito das propagandas transmitidas especificamente pela Claro e pela Motorola, que prometem trazer "a primeira rede comercial 5G do Brasil" (no caso da Claro) e "o primeiro smartphone 5G do país" (o Motorola Edge), foi questionado se a tecnologia 5G só está disponível para aparelhos Motorola.

Além disso, o Procon também questionou se existe a possibilidade de dar informações precisas aos consumidores a respeito da amplitude da cobertura 5G, bem como se houve autorização de órgãos competentes para a oferta da conexão.

Foi dado o prazo de 72h para os esclarecimentos - que já expirou no momento desta notícia. No entanto, nenhuma das empresas se pronunciou até agora. 

procon
Notificação do Procon na íntegra / © Procon-SP

O 5G já existe no Brasil? 

O que o Brasil tem até agora é uma “prévia” do 5G - o 5G DSS. A sigla significa Dynamic Spectrum Sharing (em tradução livre, compartilhamento dinâmico de espectro), e permite que as operadoras nacionais ofertem aparelhos com 5G, mas ainda não com todo o potencial que a nova conexão traz.

Isso porque o leilão do 5G no Brasil está previsto somente para o ano que vem. Enquanto isso, as empresas têm “se virado” para garantir a novidade aos seus consumidores como um “teste” do que está por vir. 

O 5G DSS é, de fato, uma tecnologia de rede nova, mas possui suas ressalvas: ela de fato funciona em 5G NR (New Radio), o que significa que não se trata de 4G nem 4,5G. 

Assim, tecnicamente falando, através do DSS, as empresas de telefonia conseguiram trazer um pouco do que o 5G será a partir de 2021, mas deveriam tornar esta informação mais clara para seus clientes.
 

Fonte: Procon-SP

5G

ÚLTIMOS ARTIGOS no NextPit

Recomendado pelo NextPit

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Famoso "pega trouxa". Falar de 5G no Brasil é a mesma coisa de falar de 4.5G, a mesma rede LTE com melhorias. O Procon demorou pra se posicionar com isso.


  • Ariane quero endossar a decisão do Procon-SP em questionar as 2 operadoras citadas, a qual posso prestar meu testemunho. Adquiri a 10 dias o famoso Moto G 5g Plus direito da loja oficial da Motorola, e posso avaliar que até o momento em nenhum local que passei aqui em S.P.(capital), consegui sinal através da banda D.S.S. Então entendi que o sistema aínda está em processo de implantação, e não está funcionando como estão divulgando. Coloquei 2 Sim card's no aparelho (Claro e Vivo) e alterno o dados móveis entre eles. Mas nada de sinal D.S.S. As pessoas que estão comprando esses aparelhos tanto da Motorola quanto da Samsung, estão na verdade antecipando a compra do aparelho (que já possuem as bandas 5g), para assim que for realizando o leilão e o sinal já estiver ativado, serão os primeiros a usufruir dessa nova tecnologia.