Apple é condenada a pagar R$ 64 milhões por propaganda enganosa na Itália

Apple é condenada a pagar R$ 64 milhões por propaganda enganosa na Itália

A Apple não está com muita sorte ultimamente. A fabricante do iPhone, que teve seu nome envolvido em polêmicas após a venda do iPhone 12 sem carregador na caixa, desta vez foi condenada a pagar uma multa de R$ 64 milhões por propaganda enganosa.

O órgão responsável pela punição à empresa foi a agência italiana Autorità Garante della Concorrenza e del Mercato (AGCM). De acordo com as denúncias, a Apple teria omitido que os testes de resistência à água de alguns iPhones foram realizados em laboratório - e não em condições reais de uso. Os smartphones envolvidos são os seguintes:

  • iPhone 8;
  • iPhone 8 Plus;
  • iPhone XR;
  • iPhone XS;
  • iPhone XS Max;
  • iPhone 11;
  • iPhone 11 Pro;
  • iPhone 11 Pro Max.

A agência afirma que a Apple deveria ter sido mais clara ao apresentar os testes - que colocam os aparelhos como resistenetes de 1 a 4 metros de profundidade, pelo período de 30 minutos. Isso porque, ao realizar os testes em laboratório, a empresa não considerou que situações reais de uso nem sempre incluem águas calmas e puras.

Também foi afirmado que a Apple teria se recusado a reparar iPhones danificados pela água, mesmo sob garantia, o que viola o código de defesa do consumidor italiano.

A pena também inclui um pedido de desculpas público aos consumidores.

Fonte: 9to5Mac

ÚLTIMOS ARTIGOS

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.