NextPit

Como usar um celular antigo como câmera no carro

Como usar um celular antigo como câmera no carro

Uma câmera veicular pode evitar muitos problemas. Se você ainda tiver um celular Android antigo em sua gaveta, você pode simplesmente transformá-lo em uma câmera móvel no carro. Mesmo smartphones mais antigos possuem os componentes necessários como acelerômetros, câmeras e, é claro, memória. O NextPit mostra como fazer.

Certamente você já viu no YouTube vídeos que mostram situações curiosas gravadas de dentro do carro. Mas a loucura que encontramos nas gravações todos os dias não é apenas registrada para diversão. Dependendo do local, as filmagens de câmeras internas no veículo podem servir como prova no tribunal.

No Brasil, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) não tem regras específicas sobre as câmeras (também conhecidas como dashcams), nem há jurisprudência a respeito do tema até a data de publicação deste texto. É possível argumentar que a gravação de terceiros sem o seu consentimento viola a LGPD. Por outro lado, é possível argumentar também que o uso da filmagem para uso particular e não econômico não ativa as proteções da LGPD ao tratamento de dados pessoais. Por isso, consulte seu advogado antes de tentar apresentar a gravação ao juiz!

Do que seu celular antigo precisa para se tornar uma dashcam

Seu smartphone antigo não precisa ser de última geração para ser usado como uma câmera veicular. Ele deve ter uma câmera, claro, e no melhor dos casos, uma câmera ultra-angular dará uma visão melhor. Como no final da vida útil carregamos nossos celulares antigos com uma fonte de alimentação permanente, a bateria pode ter uma bateria silenciosa por alguns anos na bossa.

O espaço livre de memória deve ser de pelo menos um gigabyte - mas não mais, porque não queremos armazenar a gravação permanentemente. Os aplicativos que uso também funcionam em versões antigas do Android e há também software para iPhones antigos. Para este teste, usei um velho Moto G de 2014.

Instruções: Como transformar seu antigo celular em uma câmera veicular

Passo 1: prepare seu smartphone antigo

Agora vamos ver passo a passo como transformar seu celular antigo em uma dashcam. Primeiro de tudo, você deve conectar seu telefone antigo à rede Wi-Fi em casa. Uma conta Google ou iOS para download de aplicativos também é útil. Para este experimento, usei o seguinte aplicativo:

O aplicativo "Droid Dashcam" é gratuito e pede apenas que você deixe uma doação para o desenvolvedor. Com mais de 100.000 downloads, assim como 4,3 estrelas com 1.471 avaliações (em junho de 2021), é um dos aplicativos mais populares de dashcam para Android.

Fiquei particularmente impressionado com a função de loop, que automaticamente sobrescreve a última gravação a cada cinco minutos. Você mesmo pode definir os intervalos dos trechos. Se você ativar a detecção de acidentes através dos sensores de aceleração do telefone celular, você obtém recursos de dashcams dedicadas em seu celular.

Screenshot 20210621 160755
O aplicativo "Droid Dashcam" é claro e fácil de usar / © NextPit

O aplicativo também tem um prático recurso de início automático que começa a gravar quando você carrega seu celular, o que parece estranho no início, mas vem a calhar quando você está carregando seu aparelho antigo a partir da tomada do veículo (o antigo acendedor de cigarros). Assim que você ligar a ignição de seu carro, a gravação será iniciada.

Você pode encontrar apps comparáveis na Google Play Store, bem como na Apple App Store. Entretanto, preste atenção às assinaturas mensais e às condições de uso mencionados no início. Como muitos aplicativos são originários dos EUA, muitos registram permanentemente o tráfego rodoviário, e esse tipo de gravação permanente pode ser tratado como um uso não pessoal na justiça.

Passo 2: instalação do celular antigo no carro

Para fixar o celular com segurança no carro, os suportes de smartphone comercialmente disponíveis são os mais adequados. Os modelos com ventosas podem ser encontrados em qualquer varejista online, ou até mesmo nos hipermercados. No entanto, certifique-se de que o suporte tenha uma parte traseira aberta para que a câmera não seja coberta.

DSC04663
Um adaptador para o acendedor do carro é quase obrigatório se você quiser usar seu celular como uma dashcam / © NextPit

Alternativamente, você também pode usar um suporte para o espelho retrovisor. Ele tem a vantagem de deixar seu celular em uma posição ligeiramente mais alta e, portanto, fora do seu campo de visão enquanto dirige.

Outra dica para usar seu antigo celular como uma câmera veicular sem estresse: comprar um carregador de celular para o acendedor de cigarros. O modelo no meu carro tem um cabo retrátil que permite ajustar o comprimento do cabo. Portanto, não fica nenhum fio irritante sobrando no console central. A propósito, existem também modelos na rede que possuem duas portas USB. Assim, você pode carregar simultaneamente seu celular pessoal/profissional.

Passo 3: funciona em segundo plano

Teoricamente, você também pode usar seu antigo smartphone como um novo centro de mídia em seu carro via conexão USB ou Aux. Isso porque muitos apps de dashcam, incluindo o Droid Dashcam que uso, também podem registrar o que está acontecendo a partir do pára-brisa em segundo plano.

Assim, você pode usar seu novo dashcam-multimídia-multiuso para navegação GPS ou tocar música. Tenha em mente, entretanto, que a operação só é permitida quando o carro está parado e o motor está desligado. Mas, mesmo sem tocar nele, um telefone celular em seu campo de visão é sempre uma distração. Use o bom senso!

Conclusão e desvantagens

Os celulares podem ser usados como práticas câmeras veiculares com o aplicativo certo, e até mesmo brilham com alguns recursos adicionais. Ao invés de deixar seu telefone juntando pó na gaveta, experimente nossa sugestão. No entanto, há desvantagens de deixar o celular no painel de instrumentos.

Antes de mais nada, os celulares não têm recursos de visão noturna, que algumas câmaras veiculares oferecem. Além disso, a vida útil da bateria de um telefone que está constantemente filmando é bastante curta. Portanto, se você não quiser ter um cabo voando em seu carro, o uso do celular como dashcam é adequado apenas para viagens curtas.

Dependendo da região onde você mora e da época do ano, há ainda a preocupação com o excesso de calor, que  pode danificar o aparelho. 

Quais são suas experiências com dashcams e você já experimentou o truque com seu celular? Deixe suas dicas e relato de uso nos comentários!

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 3 meses Link para o comentário

    Como diriam Benjamin... good idea👍
    E se a pessoa se dispor gastar um pouco e colocar um sim card com plano de dados no celular, além das imagens poderá rastreá-lo em caso de deixar o carro com os filhos, desde que o aparelho não possa ser deligado sem a senha, ou ser aberto em sua tampa traseira; o celular velho pode se tornar um rastreador.