Enquete da semana: você aceitou as novas regras do WhatsApp ou deixou o app?

Atualizado: resultados da semana
Enquete da semana: você aceitou as novas regras do WhatsApp ou deixou o app?

As novas regras de uso do WhatsApp deram o que falar nas últimas semanas! E mesmo aqui no NextPit, raramente uma enquete da semana causou tanta participação quanto a do mensageiro. Os resultados, que você pode ler abaixo, são ainda mais interessantes. Spoiler: vocês são verdadeiros críticos do WhatsApp!

O último sábado (15) foi uma data importante para todos os fãs do aplicativo. Porque no dia entraram em vigor os polêmicos termos e condições atualizados do WhatsApp.

Como a comunidade NextPit envolve a Alemanha, Brasil, França e os países de língua inglesa, fiquei pessoalmente muito animado com a interação desta pesquisa. E como esperado, a resposta à nossa enquete variou bastante de país para país.

Primeiro resultado: comunidade precavida

Nossa pesquisa foi publicada na sexta-feira (14), um dia antes da entrada em vigor das novas regras. Assim, a maioria das pessoas já teve tempo suficiente para decidir se concorda com as mudanças. Como você pode ver nas estatísticas a seguir, há uma tendência contra os termos e condições em todos os países.

Voce aceitou as novas regras do WhatsApp
Comunidade NextPit ainda se mostra desconfiada / © NextPit

No Brasil, Alemanha e França, a rejeição às regras está entre 66 e 76 por cento — sendo que no site em inglês a rejeição chegou a quase 90%. Mas, será que vocês mudaram para outro app, ou preferem esperar para ver? Para descobrir, acrescentei uma segunda questão.

Segundo resultado: é hora de pular do barco?

Quando se trata da possibilidade de largar o WhatsApp devido aos novos termos de uso, não dá para não pensar nos aplicativos alternativos. Nas últimas semanas, os cadastros de usuários do Signal, Telegram e companhia foram citados com certa frequência. E olhando para o nosso resultado, os dados parecem bastante realistas!

Voce abandonou o WhatsApp por causa das novas regras
As alternativas ao WhatsApp são bastante populares / © NextPit

Em todos os países onde o NextPit é lido, a mudança para uma alternativa ficou em primeiro lugar. Claramente o resultado se deve ao nosso excelente artigo sobre alternativas ao WhatsApp! Brincadeiras à parte — a França tem os fãs mais leais do WhatsApp. O que é um pouco estranho, já que muitos usuários votaram na pergunta anterior que ainda não aceitaram os novos termos e condições.

Mensageiros alternativos são realmente populares. Se você votou na primeira resposta desta pergunta, opções não faltam. E se você ainda quiser abandonar o WhatsApp, não perca a terceira questão.

Terceiro resultado: Telegram vs Signal

Na última pergunta queríamos saber qual mensageiro você pretende usar no lugar do WhatsApp. Listei os apps mais populares da Google Play Store como um guia e também inclui o iMessage da Apple. Como esperado, os candidatos Telegram e Signal venceram a corrida.

Qual a melhor alternativa ao WhatsApp
Signal e Telegram lideram entre as alternativas (menos no Brasil) / © NextPit

O Signal é popular na França, Alemanha e no NextPit.com. O foco do app é a proteção de dados e é exatamente isso que muitos criticam no WhatsApp. O aplicativo também lembra visualmente o popular Facebook Messenger.

O Brasil é um caso especial aqui, pois o Telegram venceu com ampla vantagem. Algo que confirma os números de pesquisas como a Panorama Mobile Time, que indica não apenas uma crescente popularidade do app russo, como também uma participação ainda tímida do Signal. 

Conclusão: proteção de dados versus niilismo

O que descobrimos em nossa enquete semanal aqui no NextPit não é exatamente uma novidade! Muitas pessoas interessadas em tecnologia estão desencantadas com o mensageiro. Mas mais interessante do que os números, são claro, os motivos da mudança.

Nos comentários da nossa pesquisa, a proteção de dados foi mencionada junto com a desconfiança de como o Facebook trata seus clientes. Nesse ponto, evitar o WhatsApp também serve de protesto contra a empresa e aborda muitos aspectos que o Fabien abordou em seu artigo sobre o papel pioneiro da Apple em termos de proteção de dados.

Quem se preocupa com seus dados pessoais e, acima de tudo, com o comportamento das gigantes de tecnologia, forma um contraponto com a categoria que eu chamo de "niilistas da tecnologia". São pessoas que pensam coisas como:

"O Facebook é muito poderoso para mudar qualquer coisa."

"Não é mais possível proteger seus próprios dados mesmo."

"Qual o problema do Facebook pegar meus dados, não tenho nada a esconder."

Então, se tudo é inútil no final das contas, por que se preocupar?

Como atualmente estou apenas observando silenciosamente, vou deixar minha opinião de lado. Do ponto de vista puramente técnico, essa impotência que muitos sentem em relação à Internet é completamente ilusória. No passado, todos tinham a oportunidade de optar por sair do WhatsApp e todos poderiam ter protestado contra a tão criticada compra do messenger pelo Facebook mudando para outro aplicativo.

Qualquer pessoa pode proteger seus dados na rede se fizer um pequeno esforço. E todos podem manter contato com seus amigos e familiares sem o WhatsApp, mesmo que não queiram mudar.

O problema aqui, infelizmente, é a conveniência, pela qual não posso criticar ninguém. Infelizmente, nos acostumamos com as coisas muito mais rápido do que podemos nos livrar delas. Além disso, no último ano, nós deixamos de lado muitas coisas que em outros tempos faziam parte do nosso dia a dia. O momento do Facebook para fazer mudanças críticas no mensageiro mais importante do mundo enquanto todos estão confinados em casa não poderia ser mais propício!

Mas não somos de forma alguma impotentes e essa é também a razão pela qual o WhatsApp se esforça tanto para acalmar seus críticos mais ferrenhos. Não somos dependentes do Facebook — mas o Facebook depende de nós. E com isso agradeço a todos por oferecer respostas tão interessantes para a nossa enquete da semana!


Texto original

De acordo com o WhatsApp, a grande maioria das pessoas já concordaram com os novos termos e condições de uso. Mas será que isso é verdade também para a comunidade NextPit? Você já instalou um app alternativo? É exatamente isso que queremos descobrir em nossa enquete da semana.

Qualquer pessoa que tenha se conectado à internet nos últimos dias já deve ter notado: O WhatsApp mexeu em um vespeiro com as mudanças em suas regras de uso e privacidade! Já falamos bastante sobre o assunto e até preparamos um resumão com as principais mudanças nos termos e condições.

Embora a data efetiva das "punições" para quem recusar as novas regras ainda esteja em aberto, o prazo para aceitação foi "15 de maio" por um longo período. Faltando um dia na data de publicação desta pesquisa, vocês certamente já tomaram uma decisão.

Mudanças dos termos de serviço do WhatsApp em maio de 2021

Listamos outros textos relacionados às políticas de uso do aplicativo que valem a pena conferir.
Artigo Por que é importante?
Dados de usuários do WhatsApp serão compartilhados com o Facebook Como o Facebook anunciou as mudanças de privacidade do WhatsApp
Termos de serviço e políticas de uso do WhatsApp A íntegra das regras de uso do aplicativo, a política de privacidade e proteção de dados
Alternativas ao WhatsApp Threema, Signal, Telegram – quais as principais alternativas ao WhatsApp?
Oito motivos contra o WhatsApp: encontre um novo aplicativo de mensagens Ainda na dúvida entre ficar ou largar o app? Relembre os pontos fracos do WhatsApp
Faça backup das conversas do WhatsApp e ganhe mais espaço no celular O backup serve também para transferir as conversas para um novo celular
Como transferir as conversas do WhatsApp para o Telegram Aprenda como migrar o histórico de conversas e grupos para o Telegram
Dicas e truques essenciais para o WhatsApp no Android e iOS

Pergunta 1: você já aceitou as novas regras?

De acordo com o WhatsApp, os novos termos de serviço têm como principal objetivo simplificar a comunicação entre pessoas e empresas. Entretanto, ao aceitá-los, você também permite que o app compartilhe mais dados pessoais com o Facebook, motivo pelo qual muitos usuários e especialistas veem as mudanças como críticas.

Um representante do WhatsApp disse em entrevista que "a maioria dos usuários aceitou os novos termos". Em meu círculo particular de amigos e conhecidos, vejo que poucos mudaram para um outro mensageiro. Mas e no seu caso?

Você aceitou as novas regras do WhatsApp?

 

Pessoalmente, ainda não aceitei as novas regras, mas acho que eventualmente serei forçado a concordar com os termos. As tentativas de convencer os conhecidos a mudar de app já falharam. Mas por falar em alternativas...

Pergunta 2: você mudou para uma alternativa e, se sim, qual?

Nos comentários dos nossos artigos sobre o WhatsApp, podemos notar preferências por certos mensageiros. O fato de Elon Musk ser a favor do Signal não é mais um segredo depois de sua mensagem no Twitter em janeiro.

drake meme whatsapp alternatives hero2
As alternativas ao WhatsApp são um bom motivo para recriar memes famosos da web / © NextPit

Como escrevemos em um artigo anterior, o Signal se esforçou muito para se tornar uma alternativa viável ao WhatsApp. O app conta com alguns recursos que já destacamos em nosso texto com as principais opções para substituir o WhatsApp.

Mas antes de tudo, gostaria de fazer uma segunda pergunta: você mudou para uma alternativa por causa das novas regras, você vai continuar com o WhatsApp ou nunca usou o app?

Você abandonou o WhatsApp por causa das novas regras?

Já posso ver alguns de vocês se gabando nos comentários de que nunca usaram o WhatsApp! Mas, por favor, não precisa esfregar na cara de quem segue com o 'Zap'. E se você gosta do aplicativo, qual o problema de abrir mão de um pouco de privacidade para continuar conversando com seus amigos?

Pergunta 3: para qual alternativa você mudou?

Por último, mas não menos importante, como parte de nossa enquete da semana, podemos escolher um aplicativo para emergir como o vencedor de toda a confusão do WhatsApp. Qual aplicativo de mensagem você acha que é a melhor alternativa? Não se trata necessariamente de qual mensageiro você usa, portanto não habilitei múltiplas escolhas.

Qual a melhor alternativa ao WhatsApp?

Listei acima os 10 apps de mensagem mais populares na Google Play Store — ou seja, nada contra o povo que prefere sinais de fumaça ou o ICQ, ok? — Para os fãs da Apple, inclui ainda o iMessage.

Embora toda a discussão em torno do WhatsApp seja controversa, gostaria de saber suas motivações para mudar ou permanecer com o 'zapzap' nos comentários. Eu mesmo acredito que o componente social desempenha um papel maior do que muitos usuários pensam. Mas e você, qual a sua opinião?

 

ÚLTIMOS ARTIGOS

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Uso o Telegram e o WhatsApp, pensei que poderia usar o Tele com mais frequência, até que a pandemia chegou e com as aulas/trabalho sendo feitos remotamente, nunca um app de mensagens se mostrou tão vital para criar grupos de estudo e trabalho, o que no Brasil implica em uma dependência maior ainda do WhatsApp.


  • Estou com whatsapp e o telegram instalados e satisfeito em saber que 90% dos meus contatos também estão no telegram, portanto em breve bye bye whatsapp