[Free][App][3.1] ConceptioDeMente - Concepção da criança desejada

  • Respostas:0
  • AbertoNão stickySem resposta
  • Posts no fórum: 65

25/10/2019, 22:04:08 via Web

ConceptioDeMente ou concepção razoável determina os dias ideais para a fertilização e ajuda-a a planear a gravidez. O App calcula os dias férteis e a probabilidade de conceber meninos e meninas, analisando o ciclo menstrual e determinando as datas da ovulação. Este método tradicional de cálculo da probabilidade de concepção é expandido pela análise menos tradicional dos biorritmos, idades, parâmetros sanguíneos e etc. dos pais. A probabilidade fértil visualiza-se nos gráficos convenientes que ajudam a planificar a gravidez.

Características:

► Cálculo automático do ciclo menstrual, datas de ovulação, possibilidades férteis, ciclos de biorritmo e ciclos de renovação do sangue com base nas configurações iniciais
image
► Correcção manual das datas menstruais no Calendário para controlar o ciclo menstrual para aumentar a precisão do cálculo da probabilidade de concepção
image
► Cálculo das datas ótimas para a maternidade usando os ciclos menstruais e o acompanhamento das datas de ovulação
► Acompanhamento dos ciclos menstruais para calcular a probabilidade de conceber um bebé desejado por sexo
► Os resultados são visualizados em gráficos convenientes para visualizar as probabilidades de concepção
image
► Cálculo das datas óptimas para a concepção do bebé com base na análise dos ciclos de biorritmo
image
► O uso de muitos fatores como datas de ovulação, ciclos de biorritmo, fator Rh, ciclos de renovação do sangue para computar a probabilidade de conceber um menino e uma menina
image
► Resultados resumidos em estatísticas comuns
image
► O lembrete informa sobre as datas óptimas para conceber um bebé

Requisitos:
► Compatibilidade com Android
► Versão 5.0 para todos os dispositivos, telefones/tablets e superiores.
Desenvolvedor Mobitico: http://www.mobitico.com/
Google Play: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.conceptiodemente

Seja o primeiro a responder