NextPit

Google I/O 2021: Android 12, muita IA e Wear OS com Samsung & Fitbit

Google I/O 2021: Android 12, muita IA e Wear OS com Samsung & Fitbit

O Google apresentou seus mais recentes projetos para 2021 e foi ainda além no discurso de abertura do Google I/O 2021. Nós resumimos as inovações mais importantes para você, desde o Android 12, passando pelo Wear OS, até vários recursos de inteligência artificial para Buscas, Assistente & Co.

Além da miríade de novidades, achei o estilo de apresentação renovadora. Em vez de fazer uma apresentação já gravada, o Google realmente transmitiu ao vivo da Mountain View - com todos os perigos possíveis que as produções ao vivo trazem. Houve breves segundos de silêncio aqui e ali na apresentação, e era possível ouvir o vento da Califórnia e os aviões sobrevoando o campus do Google no áudio. E isso foi ótimo!

Aqui está um resumo do keynote do Google I/O de hoje:

Android 12: estamos fazendo o mundo...

É claro, o Android 12 não podia faltar hoje! Um dos pontos centrais foi o projeto, que agora não é mais chamado de "Material", mas "Material You". Todo mundo que usa o SO terá muitas possibilidades para personalizar o design da UI do celular no futuro. Isto começa com a criação de paletas de cores pessoais e se estende até a moldagem de botões e elementos individuais.

google i o material you design
Material You: tão colorido que logo poderá se parecer com seu smartphone / © Google

Após a Apple, agora foi a vez do Google falar sobre Privacidade e Segurança. O núcleo disso no Android é o chamado Private Compute Core, que é uma tecnologia de código aberto e, segundo o Google, garante que os dados privados das pessoas estejam sempre protegidos.

Assim, o acesso de aplicações a componentes de hardware e dados deve ser mais restrito no futuro, semelhante ao que temos no iOS. Além disso, o Google quer processar mais e mais dados localmente nos dispositivos, por exemplo, no processamento de imagem e voz.

O terceiro ponto principal é o chamado trabalho em rede. As notificações ou fotos captadas no celular devem ser mais fáceis de sincronizar entre os celulares Android e os Chromebooks. O smartphone também deve servir como controle remoto para cada vez mais dispositivos e, por exemplo, controlar televisores ou abrir carros. Especificamente, o Google nomeou a BMW como um parceiro no I/O, com outros fabricantes a seguir.

E se você mal pode esperar para experimentar as características do projeto: Android 12 Beta já está disponível agora para vários smartphones de onze fabricantes diferentes! Confira tudo no link abaixo:

google i o 2021 android 12 beta
Você pode encontrar o fabricante do seu smartphone Android nesta foto? Então você talvez possa experimentar o Android 12 Beta 1 / © Google

Wear OS: Google + Samsung + Fitbit = ?

Google e Samsung estão se unindo e trabalhando juntos em artigos vestíveis. Isto deve ser feito com a ajuda de uma plataforma comum que emerge do Tizen e do Wear OS. A nova "Plataforma Unificada" deve tornar os relógios inteligentes 30% mais rápidos, melhorar a vida útil da bateria, e assim por diante. Provavelmente descobriremos exatamente o que isso significa nas próximas horas e dias.

Em todo caso, penso que a plataforma é super bem-vinda. O Wear OS realmente tinha muitas questões para trabalhar e muitos remendos, sempre senti o software mais próximo do Android 2.2 do que do Android 12.

A interface renovada agora depende mais dos Tiles para tela e deve trazer inovações como navegação curva a curva para Google Maps e download de música nativa, o que só foi possível através de soluções de remendo após o final do Google Play Music.

google i o 2021 play store
Espera-se que as colaborações com a Samsung e a Fitbit tornem o ecossistema do Wear OS mais diversificado. / © Google

E, é claro, a Fitbit está aqui finalmente, cuja aquisição pelo Google foi concluída no início deste ano. De fato, desde 2020, os rastreadores de fitness e os smartwatches da fabricante exigem uma assinatura com preço exagerado para tirar pleno proveito de suas características. E muita gente não curte isso.

Ainda assim, espera-se que o Google Wear OS se beneficie das características de fitness da Fitbit. Afinal, o Google Fit é realmente fraco nos dispositivos com Wear OS anteriores. Além disso, a Fitbit anunciou que irá oferecer seus relógios inteligentes com Wear OS no futuro.

LaMDA: etiquetando a rede

Não é segredo que o Google está trabalhando a fundo nos modelos de voz. Em relação a isso, tivemos algumas demonstrações bastante curiosas durante o Google I/O 2021. O modelo de diálogo LaMDA supostamente permite conversas naturais; e não apenas com o Google Assistente, mas com todo tipo de coisas.

No keynote, por exemplo, vimos uma conversa com Plutão, que estava um pouco deprimido sobre como os humanos só o percebem como um bloco de gelo inóspito na borda do sistema solar, sem fazer parte da mais alta casta de planetas.

Tinha algo de Marvin, do The Hitchhiker's Guide to the Galaxy. Um pouco mais alegre foi o avião de papel, que relatou sobre seus voos mais longos e características mais importantes (asas grandes, papel rígido!), mas também sobre um encontro desagradável com uma poça d'água.

google i o 2021 pluto lamda
Frio que nada: Plutão é aparentemente bastante sensível / © Google

No futuro, LaMDA será treinada não apenas em texto, mas também em conteúdo multimídia, ou seja, áudio, vídeos, imagens ou conceitos como clima ou locais. Devemos então ser capazes de pedir um vídeo, por exemplo: "Mostre-me o momento em que um leão ruge em frente ao sol poente" e nos enviará diretamente para o local correspondente em um vídeo.

Busca na Web com mais IA

Naturalmente, a busca na web também deve se beneficiar da LaMDA e se tornar mais interativa. Além disso, o Google quer melhorar o processamento de informações no futuro. Um papel-chave é desempenhado aqui por um modelo chamado MUM; o Modelo Unificado Multitarefa.

A característica especial da MUM é que a informação é processada independentemente do meio e do idioma. Exemplo da apresentação foi o seguinte: a pessoa pergunta usando uma foto de suas botas de caminhada: "Posso escalar o Monte Fuji com elas?" e recebe como resposta "Sim", seguida de uma lista de dicas para o passeio.

google i o 2021 mum search
No futuro, o Google também quer entender consultas de busca mais complexas nas quais, por exemplo, são comparadas coisas diferentes / © Google

Outro ponto importante na era da desinformação: no futuro, será mais fácil saber mais sobre a fonte nos resultados da busca. Por exemplo, qualquer pessoa que clicar em um botão nos resultados da busca obterá informações detalhadas sobre o site em questão, como o ano em que foi fundado ou análises e fontes alternativas.

Este recurso de "Avaliação da Credibilidade da Informação" está programado para ser lançado nos resultados da pesquisa em inglês no final deste mês.

Google Maps: mais detalhes nos mapas

O Google Maps foi atualizado. Os mapas devem se tornar mais precisos no futuro e também mostrar cruzamentos, rótulas e coisas do gênero. Estes "mapas detalhados de ruas" estarão disponíveis em 50 cidades este ano.

A navegação com visualização ao vivo também receberá sinais de rua virtuais, mostrará hotéis ou pontos de interesse e também trabalhará dentro de casa (por exemplo, em aeroportos ou estações de trem). A navegação em tempo real está programada para ser lançada esta semana em Zurique e este mês em Tóquio.

google i o 2021 maps
Os mapas no Google Maps devem incluir mais detalhes no futuro, como ilhas de tráfego ou travessias de pedestres / © Google

Aliás, no futuro, não será possível ver apenas o quanto certas lojas estão ocupadas - o Google Maps também mostrará se certas partes da cidade estão atualmente movimentadas. A chamada "Área de Negócios" deverá ser implementada nos próximos meses.

O Google também quer oferecer rotas ecologicamente corretas e seguras para a navegação que sejam particularmente eficientes em termos de combustível ou que evitem estradas perigosas.

Gráfico do Google Shopping

Análogo ao Gráfico de Conhecimento, o Google introduziu o Gráfico de Compras, que combina muitos dados. Por exemplo, o Google quer combinar preços, relatórios de experiência ou classificações. Ao mesmo tempo, a empresa está tentando atrair mais comerciantes e lojas que queiram integrar suas ofertas no Gráfico de Compras.

google i o 2021 shopping graph
Há muito dinheiro nas compras online. Não é de se admirar que o Google queira aumentar isso / © Google

No futuro, as compras via Google Lens serão mais fáceis, e os vídeos do YouTube promoverão diretamente os produtos discutidos para compra. Por último, mas não menos importante, o Chrome irá lembrar de carrinhos de compras abertos de vários websites e lembra você sobre suas compras pendentes, em combinação com cupons e ofertas.

Um Google Fotos ainda mais focado nas suas memórias

O habitual "fato divertido" da apresentação: atualmente o Google Fotos armazena quatro trilhões de imagens e vídeos. Para ressuscitar tudo aquilo que uma vez se passou e nunca mais se olhou, o Google criou outro recurso de destaque. Com "Little Patterns" o Google procura por pontos em comum nos vários relatos e tenta contar pequenas histórias.

Na apresentação, por exemplo, vimos a jornada mundial de uma mochila laranja que foi apresentada em muitas fotos e vídeos de um funcionário do Google. Ou uma família que sempre esteve no mesmo sofá durante anos.

google i o 2021 photos
Ao vivo, mas em escala muito pequena. Aqui está como esconder fotos do novo cachorro para surpreender as crianças com o presente / © Google

O que mais? Com "Cinematic Moments", o Google Fotos também transformará várias imagens tiradas em sequência imediata em pequenos videoclipes, calculando o inter-quadro. Fotos e vídeos privados podem ser armazenados com segurança em um diretório oculto e escondidos de olhos curiosos e outros aplicativos.

MicrosoftGoogle Teams: Smart Canvas

Foi um momento "Oh, estou ficando velho" quando Sundar Pitchai parabenizou o Google Docs e Sheets por seus 15 anos de idade. Em seguida, no próximo suspiro, o CEO da Alphabet apresentou o Smart Canvas, que se situa em algum lugar entre o Microsoft Teams e várias outras ferramentas de gerenciamento de projetos. Há roteiros com listas de tarefas, brainstorming pools, pesquisas e assim por diante.

google i o 2021 projektmanagement
Com Smart Canvas, o Google lança uma ferramenta de gerenciamento de projetos / © Google

Finalmente, o Google Meet recebeu algumas atualizações. Os documentos agora podem ser compartilhados nativamente. Além disso, há uma maneira de participar significativamente de uma chamada com convidados externos mesmo quando se está sentado em uma mesma sala.

Outros lançamentos

  • O gerenciador de senhas do Google melhorou. As senhas podem ser importadas de outros administradores de senhas e melhor sincronizadas entre o Chrome, Android e aplicativos. Existe também um alerta quando uma determinada conta foi comprometida.
  • No futuro, será mais fácil limpar o histórico de buscas e localização em vários aplicativos, tais como o Google Maps ou o Google Search.
  • O Google está reformulando seus algoritmos de fotografia computacional para refletir melhor negros e pardos. No passado, os algoritmos eram melhores na representação de pessoas de pele clara. Espera-se agora que esse viés desapareça.
  • O Google revelou uma Unidade de Processamento de Tensor mais rápida, que deve funcionar duas vezes mais rápido do que a geração anterior. As TPUs são unidades de computação especializadas para tarefas de IA.
  • O Projeto Starline é o futuro das chamadas de vídeo. Câmeras de alta resolução e câmeras de profundidade gravam as pessoas na ligação e criam modelos 3D detalhados. Estes são então exibidos em um display de campo de luz 3D, que provavelmente deve ser bastante próximo dos hologramas em termos de apresentação.

É isso! O Google não apresentou nenhum hardware este ano, nenhum Pixel 5a 5G, Pixel Buds ou Pixel Watch. O que você achou das inovações? Você está ansioso pelo Android 12 e mal pode esperar para falar com Plutão? Ou  achou a apresentação um pouco entediante?

Abaixo, você pode encontrar a transmissão completa do discurso de abertura do Google I/O 2021:

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

7 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 5 meses Link para o comentário

    Após uma análise mais detalhada, só teria um comentário a fazer:
    - Quanta maquiagem e firula nesse novo sistema Android, que literalmente está se transformando em uma enorme penteadeira de quarto. Aff...🤢
    Que saudades daquela antiga versão do sistema, bem mais simples e funcional do Android 4.4.4 KitKat. A Google está tornando o Android no verdadeiro Robô Gigante (igual daquela série de 1967). A proposta do sistema Android (a cada versão) se afasta da ideia original. Não é a toa que os fabricantes de smartphones no mundo todo (a cada versão) são obrigados a lançarem modelos com maior capacidade de memória ram. Que absurdo ! Essa versão 12 para rodar liso vai precisar de quantos megas ? 8,10,12... ? No patamar atual que o sistema está sendo desenvolvido, caminha para levá-lo a uma condição obeso mórbido. Só existe uma chance de vermos uma luz no fim do túnel, para que possamos sair desse saco sem fundo, é a grande expectativa para a chegada do sistema Windows X, a qual (até o momento) o NextPit não tem dado a devida importância e cobertura🤔


    • Robson Américo há 5 meses Link para o comentário

      Windows X morreu, segundo a Microsoft as boas ideias vão direto para o Windows principal

      Quanto às mudanças no Android, eu discordo da sua visão: o hardware está crescendo porque estamos fazendo mais e mais coisas com o smartphone (video em 4k, telas de 120hz, assistentes, múltiplos aplicativos abertos em primeiro ou segundo plano o tempo todo. A beleza do Android está em justamente poder aceitar as mudanças visuais ou customiza-las como você quiser, e voltar ao visual e ao consumo do KitKat, ou ir lá no menu Desenvolvedor e desligar por completo todas as animações, por exemplo. Incluir uma identidade visual mais complexa no sistema não necessariamente aumenta o consumo de recursos, ao contrário, tornar essa identidade mais coesa na camada do sistema operacional e tirar essa "tarefa" da camada dos aplicativos tende à economizar recursos


      • Penskemen há 5 meses Link para o comentário

        Caro leitor Robson, agradeco por sua importante informação sobre a plataforma Windows X noticiada ontem (18 de maio). Mas como toda imprensa e a mídia estavam obcecados com o Google I/O 2021, tive "que garimpar hoje na Internet" para poder me interar melhor sobre o assunto. Na verdade houve uma mudança de rumo do projeto, que agora sofrerá mudanças e se chamará Projeto Latte (em termos práticos será um Windows com Subsistema para Linux). Vamos aguardar a chegada dessa nova versão beta para conferir como isso funcionará na prática.


  • Marlon Fuhlendorf há 5 meses Link para o comentário

    Eu sou usuário Apple e estou ansioso por novidades da Google. Atualmente, a Apple é a única que consegue integração perfeita entre software e hardware. Isso dá a ela mtas vantagens em relação a concorrência. A Samsung até tenta, mas não tem como chegar no msm nível. A Google, por outro lado, pode fazer exatamente isso! Ainda mais fazendo o próprio processador. Vamos ver! Ansioso pra alguém pra "apertar" a Apple. Assim, todo mundo ganha com novidades!


  • Jairo rios há 5 meses Link para o comentário

    Aí que tristeza , Pixel só importando
    .


  • Penskemen há 5 meses Link para o comentário

    "Se" for confirmada essa parceria da Samsung com o Google, isso se tornará um ótimo negocio, pois ela poderá usar como base dessa nova CPU um "clone do Exynos" mas com o nome de Whitechapel. Imaginem o Frankenstein que vai surgir dessa parceria. O Pixel ao longo do tempo se transformou em um uma mera plataforma de testes para aficionados no sistema Android; mas comercialmente é uma linha de smartphones que não decola.


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 5 meses Link para o comentário

      Quero super ver isso será anunciado amanhã também! Torcendo aqui. Sobre a linha Pixel, a ideia do Google não é concorrer com suas parceiras de software, logo, os celulares Pixel realmente são nichados e sempre serão.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.