Com o dólar alto: iPhone 12 passará da faixa dos R$ 10 mil reais

Com o dólar alto: iPhone 12 passará da faixa dos R$ 10 mil reais

Com a alta do dólar, que foi impulsionado pela pandemia do Covid-19 que inflacionou a economia mundial, o iPhone Pro Max 12, um dos 5 modelos que chegarão no Brasil, deverá passar da faixa dos R$ 10 mil reais chegando a um valor fixo de R$ 14 mil reais.

Os celulares da Apple sofreram uma queda de preço nos Estados Unidos, ainda ocorrendo um reajuste de valor para os iPhones XR, 11 e SE (segunda geração), era mais que claro que os novos iPhones chegariam no Brasil com o valor absurdamente alto.

Com a moeda americana em alta e acrescentando os custos de importação, o iPhone é visto como um luxuoso celular no Brasil, pois a Apple vem convertendo os preços dos Estados Unidos a uma taxa de R$ 9 ou 10 reais por dólar.

Através da chegada do iPhone 12 no país, elaboramos uma tabela com seus modelos e os preços estimados. É importante lembrar que não é o valor oficial da Apple:

Tabela de preços

Modelo 64GB 128GB 256GB 512GB
iPhone 12 mini R$6,999 R$7,499 R$8,499  
iPhone 12 R$7,999 R$8,499 R$9,499  
iPhone 12 Pro   R$9,999 R$10,999 R$12,999
iPhone 12 Pro Max   R$10,999 R$11,999 R$13,999

Conforme falamos, a Apple Brasil não divulgou os valores oficialmente, e poderão ter alguma diferença dos preços citados na tabela, e isso prova que 2020 está sendo um ano difícil para os consumidores e fãs assíduos da tecnologia. A pandemia levantou o dólar no país e os preços dispararam.

ÚLTIMOS ARTIGOS no NextPit

Recomendado pelo NextPit

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Iphone está ficando algo ilusório no Brasil, muito dinheiro para o mesmo de sempre e poucas mudanças. Pode até ser que as vendas caiam um pouco, mas não vai deixar de vender aqui no Brasil. O Brasileiro não se importa em gastar dinheiro, o mais importante do que dar valor ao dinheiro é ter o produto a qualquer custo. Essa é a realidade do brasileiro.