NextPit

Exclusivo: LG confirma problemas com a bateria no Snapdragon 810

Lg g4 front
© NextPit

A LG surpreendeu até os menos otimistas ao lançar o LG G4 com o processador Snapdragon 808. Como se sabe, a versão mais poderosa da última geração dos chipsets da Qualcomm é o Snapdragon 810, usado inclusive pela LG no G Flex 2, porém, a fabricante optou pelo modelo considerado inferior para embalar o G4. Até o momento a LG não havia se manifestado sobre esta questão, contudo, nossa equipe conseguiu uma declaração oficial sobre esta escolha. Continue lendo este artigo e entenda qual foi o motivo que levou a LG a optar pelo Snapdragon 808 em detrimento do 810 na fabricação do seu carro-chefe.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV
Lg g4 front
Exclusivo: LG confirma problemas com a bateria do Snapdragon 810. / © ANDROIDPIT

Logo que a Qualcomm lançou o SoC Snapdragon 810, muitos foram os rumores sobre o possível superaquecimento do processador. Nos nossos testes com o G Flex 2 e com o HTC One M9, percebemos que o processador chegava a uma temperatura acima da média quando era exigido e precisava de um tempo maior para resfriar. Como consequência disso, o smartphone leva muito tempo até voltar para a frequência normal. Isto acarreta o aumento do consumo da bateria, devido ao fato de que o Snapdragon 810 precisa reduzir e aumentar a frequência por mais vezes para executar tarefas.

Os dispositivos que rodam com o Snapdragon 810 são o HTC One M9, o LG G Flex 2, o Sony Xperia Z4. Apesar da LG ter diminuído o overclock do G Flex 2 para evitar problemas com o processador do dispositivo, a HTC One M9, por exemplo, acabou com um aparelho que esquenta sempre que executa processos mais pesados. Tal problema acabou fazendo com que o dispositivo tenha uma baixa autonomia de bateria.

  • Snapdragon 820: Qualcomm usará tecnologia da Samsung para fabricar o processador

A Qualcomm nega que o Snapdragon 810 tenha problemas de superaquecimento e, por consequência, não possui problemas com a bateria. Contudo, depois da LG ficar em silêncio sobre a escolha do Snapdragon 808 para o LG G4, agora confirma oficialmente que fez essa escolha porque o consumo de energia é realmente menor.

Declaração oficial da LG!

Em contato com os representantes da LG na Alemanha, recebemos a seguinte declaração sobre a escolha do Snapdragon 808 para o LG G4 em detrimento ao 810:

Na nossa opinião, o processador oferece o melhor equilíbrio entre performance e consumo de energia. O 808 oferece, além disso, uma performance topo de linha, sendo mais do que suficiente para vídeos, jogos, multitarefas, etc. A grande vantagem é seu pequeno consumo de energia se comparado ao 810.

Com base nesta declaração, é possível dizer que a LG tornou público aquilo que a Qualcomm ainda está se negando a reconhecer: o Snapdragon 808 é melhor do que o Snapdragon 810.

E aí, você já esperava ver a LG confirmando que foram realmente os problemas de bateria do Snapdragon 810 que fizeram com que a fabricante optasse pela versão inferior do chipset da Qualcomm?

Artigo desenvolvido em parceria com Nico Heister, do AndroidPIT.de.

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Buzz 11/05/2015

    Empresa honesta?
    Essa "empresa honesta" MENTIU 2x sobre o 810.

    canaltech.com.br/noticia/lg/LG-rebate-Samsung-e-diz-que-Snapdragon-810-funciona-muito-bem-obrigado/
    canaltech.com.br/noticia/lg/LG-admite-problemas-com-o-Snapdragon-810-mas-diz-que-eles-estao-resolvidos/

    Disse que ele não tinha nenhum problema, e depois se retratou e disse que ele tinha problema sim, mas tinham sido corrigidos.

    E ainda fez um marketing TOTALMENTE mentiroso sobre a tela do G4.

22 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Vinicius M. 12/05/2015 Link para o comentário

    Sabia mesmo foi a Samsung em abandonar a Qualcomm...


  • Matheus Criscuolo 12/05/2015 Link para o comentário

    Detalhe que o g4 perde oro htc m9 em bateria neh lg


  • Rodrigo M. 12/05/2015 Link para o comentário

    Se esquentar, mergulha o Z4 na agua que ta tudo resolvido kkkk. Só falta ferver a agua


  •   29
    Conta desativada 12/05/2015 Link para o comentário

    Mãe o forninho caiu!


  • Guilherme Borges Cunha 12/05/2015 Link para o comentário

    Bem, a Xiaomi usou uma solução própria para resolver esse problema do superaquecimento e, pelo que vi, parece ser bastante eficiente.


  • Vinicius83 12/05/2015 Link para o comentário

    Se o Z3 já tem problemas de superaquecimento... Imagina o Z4 com o Snap810 :O o jeito vai ser carregar um copo d'agua junto.. pra qd esquentar muito kkkkkk


  • diomar 12/05/2015 Link para o comentário

    a LG no meu ponto de vista, foi muito ‘sábia' em optar pelo soC sem nenhum problemas, quanto ao snap810, não é novidade essa ‘coisa’ de superaquecer, mesmo antes de ser apresentado já avia rumores desse possível problema,


  • Deathdoor 11/05/2015 Link para o comentário

    O 810 é um desastre, em aparelhos como o HTC M9 é simplesmente trágico. Em 60 segundos de uso você tem um aparelho funcionando com um desempenho inferior a geração anterior (M8). O 808 do G4 tem performance melhor que o 810 do M9. O único contra do 808 é a GPU com desempenho inferior, mesmo assim na prática a diferença é pouco notável, ainda mais pela menor variação de desempenho.

    O que me surpreende é a Qualcomm ainda não ter previsão de entregar sua nova geração de CPUs, vai investir nos modelos da ARM. E agora inventaram de colocar mais núcleos. Não bastasse ter os cores A72 para cenários de maior desempenho agora inventaram de usar DOIS conjuntos de menor desempenho A53. Qual a lógica de ter um conjunto A53 funcionando em menor velocidade e outro em maior velocidade? Não bastava apenas alterná-la? Ridículo.
    O Android agora a partir do 5.1 tem o comportamento de espalhar mais o processamento entre os núcleos, mas com todos eles funcionando de forma tão desconjuntada desse jeito, não consigo ver como algo bom.
    A Qualcomm está em um perigo muito grande de quebrar as pernas nos próximos anos. A Intel não desiste em entrar nesse mercado e está evoluindo rápido. Nvidia ainda deve fazer mais uma tentativa. Samsung prepara sua volta. LG considera. Huawei promete dominar o mercado asiático e de baixo custo alternativo. A situação não está nada boa.


    • Deathdoor 12/05/2015 Link para o comentário

      Ah, só aproveitando para comentar o texto do artigo... Não, essa interpretação de que o 808 é melhor que o 810 é exagerada e bastante equivocada. O representante apenas disse que o 808 é bom o bastante, para aqueles preocupados em ter sempre o chip mais recente em um aparelho top de linha.


  • Luis Boccardi 11/05/2015 Link para o comentário

    Eu esperava que uma empresa honesta oferecesse uma resposta também honesta, e foi o que a LG fez! Legal a postura dela ao reconhecer que o 808 é mais equilibrado que o 810, mesmo tendo um aparelho usando este último.
    O fato é que os testes mostraram que o 808 consegue funcionar com a frequência máxima durante mais tempo que o 810, e isso faz com que o desempenho dele quando quente seja melhor que o do irmão mais forte, mesmo tendo 2 núcleos "pesados" a menos. O menor consumo de bateria é uma consequência bem-vinda!


    • Buzz 11/05/2015 Link para o comentário

      Empresa honesta?
      Essa "empresa honesta" MENTIU 2x sobre o 810.

      canaltech.com.br/noticia/lg/LG-rebate-Samsung-e-diz-que-Snapdragon-810-funciona-muito-bem-obrigado/
      canaltech.com.br/noticia/lg/LG-admite-problemas-com-o-Snapdragon-810-mas-diz-que-eles-estao-resolvidos/

      Disse que ele não tinha nenhum problema, e depois se retratou e disse que ele tinha problema sim, mas tinham sido corrigidos.

      E ainda fez um marketing TOTALMENTE mentiroso sobre a tela do G4.


      • Luis Boccardi 11/05/2015 Link para o comentário

        Bom, a honestidade foi em relação ao 808, se ela fez essa bagunça com o 810, a história é outra mesmo. Talvez a empresa só confirmou os problemas depois de um tempo de lançamento (já que a própria Qualcomm nega até hoje), por isso a demora em admitir.


      • Buzz 11/05/2015 Link para o comentário

        "empresa honesta" ...

        E o problema do 810 é simplesmente IMPOSSÍVEL passar despercebido, ele perde METADE do desempenho com o uso.


      • Luis Boccardi 11/05/2015 Link para o comentário

        Puts, se perde a metade do desempenho é difícil dizer que não viram mesmo, pensei que não era tanto. Com uma dessas a LG forçou a barra. Mas foi bom ela ter admitido que o 808 é mais estável, aí caso o Flex 2 se queime (literalmente) no mercado, tem o G4 pra salvar o barco.
        Sobre a tela, qual é o problema do G4?


      • Buzz 11/05/2015 Link para o comentário

        Ela disse que a tela dele tinha cores "excelentes" mas as cores dela são inferiores até a do G3.


      • Thiago Guimaraes 11/05/2015 Link para o comentário

        Inferiores ??? O G4 usa um sistema de cores diferente do sistema usado pelo G3, assim como foi dito aqui no Android Pit...o que torna o as cores mais nítidas do que a do G3. E aliás , como sabe que ficou inferior , já viu o aparelho a venda em alguma loja ???


      • Buzz 11/05/2015 Link para o comentário

        Não preciso sequer encostar em um aparelho para saber como ele é.
        E sim, as cores do G4 são imprecisas, mais imprecisas que a do G3.


  • KcoP 11/05/2015 Link para o comentário

    Uma pena que os engenheiros da htc com o M9 não tenham percebido ou deixado passar tal problema de superaquecimentos e consumo excessivo de bateria.
    De todas essas marcas, a única que tenho respeito fora a Apple eh definitivamente a HTC.


    • Buzz 11/05/2015 Link para o comentário

      A HTC sabia muito bem que o 810 tinha problemas, e colocou mesmo assim.


      • Deathdoor 11/05/2015 Link para o comentário

        A HTC merece se ferrar mesmo. Não bastasse o SoC ser defeituoso, o design do aparelho também "defeituoso". Corpo todo de metal, com a PCB espremida entre a bateria... Praticamente todo mundo evita colocar a bateria por cima do SoC para não ter problemas, mas a HTC não.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.