NextPit

Para concorrer com o Moto G6, série LG Q7 chega com hardware equilibrado e extras

lg q6 lower detail
© NextPit

A LG está, aos poucos, melhorando o hardware de seus produtos mais básicos, como nas linhas LG K e Q. Essa última, LG Q, foi a primeira a introduzir o padrão de tela 18:9 entre os intermediários lançados no ano passado, apostando ainda no reconhecimento facial como recurso único de desbloqueio e no visual com parte frontal sem muita borda. A nova série Q7 repete a fórmula de sucesso e traz alguns extras bem interessantes.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

O lado mais positivo dessa série, além do visual, são os extras. No total, a LG está lançando três modelos: Q7, Q7+ e Q7α. A diferença entre eles está na quantidade de espaço interno, resolução das câmeras e memória RAM. Todos contam com tecnologia de carregamento rápido – 50% em 30 minutos –, sensor biométrico na traseira, certificação IP68 e MIL-STD 810G, que comprova que os dispositivos estão protegidos conta choques mecânicos, variações de temperatura e corrosão. Essa certificação também é conhecida como certificação militar.

O modelo LG Q7+ é o único que vem com Hi-Fi Quad DAC, que irá otimizar a qualidade do áudio nos fones de ouvido, como acontece com o LG G7 ThinQ e com o LG V30, por exemplo. O acabamento de todos, como disse acima, segue  visual com bordas frontais reduzidas e tem traseira em vidro.

LG Q7 03 1024x678
A família Q7 / © LG Newsroom

A tela desses modelos é de 5,5 polegadas e resolução Full HD+, proporção de 18:9 LCD IPS. A LG não revelou ainda o processador presente em cada aparelho, embora exista um rumor de que será usado um chipset da MediaTek em alguns países. As demais especificações são as seguintes:

  • Tela: 5,5" FullHD+ (2160 x 1080 pixels)
  • Processador: desconhecido, octa-core de 1.5 GHz ou 1.8 GHz
  • RAM: 3 GB (Q7a/Q7), 4 GB (Q7+)
  • Armazenamento: 32 GB (Q7a/Q7), 64 GB (Q7+)
  • Câmera traseira: 16 MP (Q7+) ou 13 MP (Q7a/Q7)
  • Câmera frontal: 8 MP (Q7/Q7+), 5 MP, Q7a 5 MP
  • Bateria: 3000 mAh

Os preços ainda não foram divulgados pela LG, mas é esperado que o modelo mais básico da série, o LG Q7, chegue ao país no início do segundo semestre custando em média R$ 1.100. 

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Deivis Schuman 21/05/2018

    Só o fato dele não vir com o dente da Monica já é uma vitória pra LG!
    E agora com o sensor de digitais mais outro ponto bom!
    Espero que a LG dessa vez ressurja das cinzas e venha competir com a linha J da Samsung com esses novos intermediários.

  •   99
    Conta desativada 21/05/2018

    Obrigado
    TÔ FORA!

  •   84
    Conta desativada 21/05/2018

    Com mediatreco e provavelmente com desempenho ruim de novo , assim como foi o Q6 q é o aparelho com snap 430 de menor desempenho ja lançado

71 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  •   85
    Conta desativada 23/05/2018 Link para o comentário

    LG lançando aparelho pra concorrer com a Motorola.... 😓
    Credo, por mim podem explodir as duas, prefiro usar meu Nokia N73 que ainda funciona e é mais confiável kkkk


  • Ricardo 22/05/2018 Link para o comentário

    Celular Octa-core com bateria de 3.000mAh, não dá mais. E se a LG quiser colocar TV nesse aí também... então a energia não vai durar até o meio da tarde. Hoje, 4.000 mAh deveria ser o novo "padrão de fábrica" sobretudo para processadores mais potentes. 3.000 mAh em um quad-core de entrada, tudo bem... quer dizer, tudo mais ou menos bem.


    • flavio dos santos 22/05/2018 Link para o comentário

      tá bom o Galaxy S9 tem bateria de 3000mAh, acho que o aparelho não precisa de uma bateria com tanta capacidade precisa apenas de bateria de boa qualidade, bateria de alta capacidade já virou um padrão para aparelhos de entrada ou os aparelhos mais em conta como um grande diferencial, mas nem sempre uma alta capacidade dura tanto quanto deveria, meu aparelho tem 4000 mAh e nem sempre a bateria dura o tempo que a gente espera...


  • Aroldo Matias 22/05/2018 Link para o comentário

    nem foi lançando e o pessoal ja critica...


    • João Victor Rodrigues de Souza 22/05/2018 Link para o comentário

      Agora tem regra pra criticar?


      •   85
        Conta desativada 23/05/2018 Link para o comentário

        ainda mais se tratando de LG, aí que não tem regra mesmo kkkkkk
        Todo mundo sabe que é furada...


  • job Marques 22/05/2018 Link para o comentário

    Ao contrário das opiniões correntes gosto dos processadores Mediatek.Assim como a Intel ,na verdade sou favorável à diversificação tanto em fabricantes como em componentes! mas não tem como negar que os Med... não aceitam room customizáveis, a atualização demora !,isto quando vem,já não bastasse estes problemas a LG teima em não inovar ,parece perdida entre o que é só que poderia ter sido, seus lançamentos há tempos são vistos com desconfianças, sobram coisas negativas sobre seus aparelhos, até recente sucessos são descartados. Até quando os responsáveis pela empresa permitirão estes equívocos,que só diminuem sua fatia de mercado?


    • João Victor Rodrigues de Souza 22/05/2018 Link para o comentário

      Só pelo fato de escrever "room" em vez de ROM, já se vê porque gosta de Mediatek.

      Conta desativada


      •   85
        Conta desativada 23/05/2018 Link para o comentário

        UEHEUEHEUEHE7EHEUEHEUEH
        gostar de mediatek é quase sadomasoquismo...


  • Henrique P. 22/05/2018 Link para o comentário

    1,8 Ghz? O único que conheço com esse clock e é SoC de intermediário é o SD636


  • João 22/05/2018 Link para o comentário

    Gente, por quê detonar assim processador Mediatek ? Meu antigo sony c5 ultra dual deu banho em muito snapdragon, inclusive em bateria. Veio com android 5.0, foi para 5.1 e depois para 6.0


    • J H Gouveia 22/05/2018 Link para o comentário

      Ele consome muito a bateria, além de ter uma pequena defasagem nas atualizações.


      • João 28/05/2018 Link para o comentário

        Consume menos que o S7. E com display de 6 polegadas, 2 linhas.


    •   85
      Conta desativada 23/05/2018 Link para o comentário

      Só se foi um banho de "quentura" quando ele funciona hahaha


      • João 28/05/2018 Link para o comentário

        Ele quase não esquenta. A sony não ia arriscar o nome com produto ruim.


  • Adriano Lira 21/05/2018 Link para o comentário

    A LG sempre lança um celular abaixo dos concorrentes, aparelho "capado" é que dificilmente verá uma atualização. Já fui usuário da LG, hoje já fazem uns 5 anos que não compro LG. Há opções melhores pelo preço que é cobrado.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.