NextPit

Moto C2 ganha certificação da Anatel: vem aí outro smartphone com Android Go

moto c plus back
© NextPit

A Motorola é uma empresa que aposta muito no Brasil, e um exemplo disso é seu gosto por lançar alguns de seus produtos primeiro aqui no país. O lançamento do Moto Z3 Play mostrou isso, e nesse evento em que tive o privilégio de estar presente, vimos alguns dos próximos lançamentos, e o Moto C2 foi um deles.

Destacar mudanças recentes

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Moto C2 ganha certificação da Anatel

Atualização, por Deivis Schuman [26/07, às 12:30]

Em breve a Motorola deverá apresentar novos smartphones, pois o Moto C2 e o Moto C2 Plus foram certificados pela ANATEL. Segundo informações que constam nos documentos, o Moto C2 medirá 147,9 x 71,2 mm. Além disso, será um aparelho SIM simples ou duplo com LTE. As unidades voltadas para a América Latina, Europa, Ásia e Oriente Médio não terão NFC.

Para este ano, a Motorola deve manter o visual semelhante ao que tivemos no ano passado. As imagens mostram câmera e flash de LED frontal, visual em policarbonato e na cor dourada. O hardware deve ser básico, como os últimos Moto C:

Moto C2 - Especificações técnicas

  • Sistema: Android 8.1 Oreo - Go Edition
  • Tela: 5" ou 5,2" HD
  • Processador: Snapdragon 425
  • RAM: 1GB
  • Armazenamento: 16GB
  • Bateria: 2120 e 2800 mAh
moto c plus new leak
Moto C2 Vazados / © 9T Mobiles

A Motorola já homologou dois dispositivos na FCC, que é uma espécie de Anatel norte-americana. O XT1920-18 deve ser o modelo brasileiro com um único chip SIM, enquanto o XT1920-19 pode ser o dual-SIM. Alguns rumores indicam que a empresa deve apostar no Android Go para não prejudicar a experiência de uso, gerar competitividade em países emergentes e manter o preço desses produtos mais baixos devido ao hardware limitado. Essa seria uma estratégia que combina bastante com a proposta do Android Go. 

Vale lembrar que os primeiros fabricantes que irão vender (ou já estão vendendo) celulares de entrada com Android Go no país são: Positivo, Alcatel, Multilaser e Quantum. De todas essas quatro, a Positivo é a única que já está vendendo dois modelos com os sistemas. Os demais chegam nas próximas semanas.

A geração anterior foi lançada em meados de maio, logo os próximos Moto C2 podem chegar às prateleiras até o mês que vem. Os preços, segundo rumores, devem começar em R$ 599. Rumores do início deste ano diziam que, assim como o Moto X5, os Moto C teriam sido cancelados. Aparentemente, eles estavam errados.

E aí, vai esperar o novo Moto C?

Via GSMArena Fonte: FCC

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

10 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Ivan Baptista 27/07/2018 Link para o comentário

    Lixo total! 🤮


  • José Luís Silva Martiniano 27/07/2018 Link para o comentário

    Sinceramente, não faz o meu estilo.


  • Vinicius Guerra 26/07/2018 Link para o comentário

    Esses modelos com 1 GB de RAM, deveria custar mesmo R$300,00 seria um preço justo, por um aparelho simples para quem quer ou precisa de funções mais simples num smartphone, lembrando que a grande maioria não precisa de muito poder de fogo.

    Se for para comprar esses aparelhos bem limitados, compre algum do ano passado, que certamente é mais potente e até mais barato. Por isso, se torna desnecessário e até burrice, comprar esse aparelho com uma configuração tão básica. Claro, que o público mais leigo, cai no conto do vigário, por ser um modelo novo, ai acaba seduzindo o consumidor alienado.


  • Nivaldo Cavalcante 26/07/2018 Link para o comentário

    Vão inundar o mercado brasileiro com essas merdas de 1GB falando que é tendência mas vão continuar a cobrar cara. Estamos todos ferrados!


  • Guilherme 26/07/2018 Link para o comentário

    Por 300R$ vale a pena. Risos.


  • AC&MM 26/07/2018 Link para o comentário

    Mais uma enganação da parceria Lenovo e Google.


  • Carlos Felipe Araújo 26/07/2018 Link para o comentário

    Rapaz, o ANDROID GO tem uma proposta em teoria boa, trazer um sistema mais leve para rodar em hardwares mais modestos, porém se o preço se manter aos praticados é que eu me revolto.


    • Eduardo Urbaneja 26/07/2018 Link para o comentário

      Então cara, a média está sendo de aparelhos entre 600 e 800 reais, sendo que no máximo valeriam 500. Futuramente os preços podem diminuir, mas apenas 1GB de RAM é muito triste. A Google tinha que liberar este sistema para aparelho de 2GB de RAM.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.