Qual fabricante Android atualiza seus celulares por mais tempo?

Qual fabricante Android atualiza seus celulares por mais tempo?

Procurando um celular Android que se mantenha atualizado o máximo de tempo possível? O NextPit pediu aos fabricantes como Samsung, Xiaomi ou Oppo que esclarecessem suas políticas de atualização e segurança do Android.

Um critério de compra cada vez mais importante, a atualização de software dos celulares Android é um dos dados sobre os quais as fabricantes continuam evitando abordar. Você quer saber se seu smartphone receberá o Android 11 ou o Android 12? Bem, boa sorte!

Com exceção do Google, Samsung ou OnePlus, poucas fabricantes assumem compromissos firmes e especialmente por escrito sobre o número de versões do Android e o tempo de suporte das atualizações de segurança que elas garantem para seus celulares.

Com freqüência, temos que nos contentar com uma vaga promessa informal ou mesmo "adivinhar" quantas atualizações um smartphone receberá com base no histórico de software de modelos anteriores (olhando para você Xiaomi). Assim, entrei em contato com a maioria das fabricantes Android mais bem colocadas em termos de unidades vendidas e participação de mercado no ano passado.

Pedi que me dissessem oficialmente, para cada série de seu catálogo atual, quantas versões do Android e patches de segurança os modelos em questão receberão. Enquanto algumas marcas desconversam, os consumidores acabam confusos sobre quanto tempo e quantas vezes seu celular será ou não atualizado.

Pegue um atalho

Quantas versões do Android e atualizações de segurança a Samsung promete

A Samsung tornou-se recentemente o melhor exemplo em termos de atualizações entre os fabricantes de aparelhos Android. Em seus aparelhos mais avançados, a Samsung se comprometeu recentemente a oferecer 3 grandes versões do Android e 4 anos de atualizações de segurança.

Samsung Galaxy A52 A72
O intermediário Samsung Galaxy A52 terá 3 versões do Android e 4 anos de patches de segurança / © Didecs / Shutterstock.com

O compromisso oficial da Samsung:

"A Samsung permite que todos os celulares Galaxy recebam pelo menos duas atualizações do sistema Android e atualizações regulares de segurança por quatro anos após o lançamento no mercado global", afirmou um representante da Samsung Alemanha.

O ciclo de atualização dos celulares Samsung

Samsung Galaxy S:

  • Versões do Android: 3, se lançado a partir de 2019
  • Atualizações de segurança: 4 anos, correções mensais por 2 anos e depois trimestrais

Samsung Galaxy Note:

  • Versões do Android: 3, se lançado a partir de 2019
  • Atualizações de segurança: 4 anos, correções mensais por 2 anos e depois trimestrais

Samsung Galaxy Z:

  • Versões do Android: 3
  • Atualizações de segurança: 4 anos, correções mensais por 2 anos e depois trimestrais

Samsung Galaxy A:

  • Versões do Android: 2 no mínimo, 3, para alguns modelos mais avançados
  • Atualizações de segurança: 4 anos, correções mensais para alguns modelos durante 1 ano, depois trimestral ou semestralmente no último ano

Samsung Galaxy M:

  • Versões do Android: 2 no mínimo
  • Atualizações de segurança: 4 anos, trimestral ou mesmo semestralmente no último ano

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

A Samsung se diferencia das outras fabricantes de Android ao propor uma lista clara de modelos mantidos atualizados. Esta lista está disponível online e você pode verificar com que freqüência seu celular ou tablet recebe atualizações de segurança.

Por outro lado, a Samsung não deixa claro por quanto tempo seu smartphone receberá patches mensais ou quais critérios são levados em conta ao decidir reduzir a freqüência das correções ao longo do tempo. "O momento das atualizações mensais, trimestrais e semestrais de segurança depende da data de lançamento do dispositivo e é reavaliado em intervalos regulares", disse a Samsung.

Isto pode levar a contradições. Por exemplo, o Samsung Galaxy A72 lançado este ano recebe patches de segurança trimestrais enquanto o Galaxy A52 mais barato e menos capaz lançado ao mesmo tempo recebe patches mensais.

Quantas atualizações do Android e de segurança a Xiaomi promete

A Xiaomi não é a pior aluna quando se trata das atualizações de software. Mas é uma das poucas fabricantes grandes a recusar ser transparente e oferecer qualquer tipo de garantia. Ainda é possível "adivinhar" a política de atualização não oficial de seu celular Xiaomi com base nos modelos anteriores, mas isso não é um exemplo de bom atendimento ao cliente.

Em média, não podemos esperar mais de 2 versões Android para os flagships e uma versão para o resto do catálogo. Os #MiFãs vão repetir (novamente) na minha cara que são as versões MIUI que contam acima de tudo, e elas de fato prolongam o ciclo de atualização de software dos celulares da Xiaomi.

Quanto aos patches de segurança, esta obscura página da Xiaomi afirma que a fabricante oferece pelo menos 2 anos de atualizações mensais e trimestrais de segurança após o lançamento geral do smartphone. Para boa parte dos modelos lançados em 2020/2021, a fabricante amplia esta promessa para até 3 anos, com uma atualização a cada 90 dias.

NextPit Xiaomi Mi 11 Ultra
O Xiaomi Mi 11 Ultra provavelmente será atualizado por menos tempo do que um intermediário da Samsung / © NextPit

O compromisso oficial de Xiaomi

"Não damos nenhuma garantia oficial para nossas linhas no momento, mas muitos exemplos passados mostram que fornecemos regularmente atualizações para dispositivos mais antigos", afirmou a Xiaomi Alemanha.

O ciclo de atualização dos celulares Xiaomi

Xiaomi Mi

  • Versões do Android: 2
  • Versões da MIUI: 4
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Xiaomi Mi T/Note/Max/Mix

  • Versões do Android: 2
  • Versões da MIUI: 4
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Xiaomi Mi A

  • Versões do Android: 2 (Android One)

Redmi Note

  • Versões do Android: 1
  • Versões da MIUI: 3
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Redmi

  • Versões do Android: 1
  • Versões da MIUI: 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Poco F/X

  • Versões do Android: 2
  • Versões da MIUI: 4
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Poco M

  • Versões do Android: 1
  • Versões da MIUI: 3
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Poco C

  • Versões do Android: 1
  • Versões da MIUI: 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, com correções a cada 90 dias

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

Não, como explicado acima, a Xiaomi não oferece nenhuma garantia ou assume nenhum compromisso oficial quando se trata de versões do Android e atualizações de segurança.

As informações que listei acima foram reunidas de fontes não oficiais com base em atualizações feitas em modelos lançados em anos anteriores.

Atualmente é impossível saber com que freqüência e por quanto tempo seu celular Xiaomi, Redmi ou Poco será atualizado. No entanto, a Xiaomi oferece para download a última ROM para seu smartphone em seu site oficial.

Quantas atualizações do Android e de segurança a Realme promete?

Ainda uma marca emergente perto das gigantes como a Samsung, a Realme não tem a política de atualização mais extensa do mercado.

Você terá que se contentar com uma única versão principal do Android e dois anos de atualizações de segurança, na média.

NextPit Realme GT Antoine
A Realme ainda precisa fazer um esforço em termos de atualizações, especialmente para seus aparelhos topo de linha como o Realme GT / © NextPit

O compromisso oficial da Realme

"O nosso objetivo é fornecer pelo menos dois anos de atualizações bimestrais de segurança. Mensalmente, nos primeiros 6 meses após o lançamento, com pelo menos uma atualização importante do Android.

Também temos o objetivo de fornecer atualizações de segurança do Android para todos os smartphones realme, incluindo os celulares de nível básico da série C", disse a Realme França.

O ciclo de atualização para os celulares Realme

Realme GT

  • Versões do Android: 1
  • Atualizações de segurança: 2 anos, correções mensais por 6 meses e depois bimestrais

Realme numerado

  • Versões do Android: 1
  • Atualizações de segurança: 2 anos, correções bimestrais

Realme X

  • Versões do Android: 1
  • Atualizações de segurança: 2 anos, correções bimestrais

Realme C

  • Versões do Android: 1
  • Atualizações de segurança: 2 anos, correções bimestrais

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

A Realme não tem uma página dedicada em seu site oficial que permita consultar a duração e a freqüência de atualizações de seus celulares.

No entanto, o fabricante lista nesta página as ROMs atualizadas para seus modelos e permite baixar a versão mais recente. A página inclui um registro para verificar se a ROM recebeu ou não o último patch de segurança.

Mas a página não parece ser atualizada regularmente e não lista os últimos modelos, como o Realme GT ou o Realme 8 e 8 Pro.

Quantas atualizações do Android e de segurança a OnePlus promete

A OnePlus já viu dias melhores. Mas seria desonesto esquecer que a fabricante está entre os melhores exemplos quando se trata de atualização de software. Sim, o OxygenOS 11 dividiu os fãs e o lançamento do Android 11 foi mais complicado do que deveria ter sido, mas a OnePlus continua sendo a única fabricante a igualar o compromisso da Samsung com as atualizações.

NextPit OnePlus 9 back
O OnePlus 9 receberá 3 versões do Android e 4 anos de correções de segurança, assim como os flagships da Samsung / © NextPit

O compromisso oficial da OnePlus

"Para todos os flagships, Nord e Nord CE, a OnePlus oferece 2 anos de versões Android e 3 anos de patches de segurança bimestrais. E para o Nord N10 5G e Nord N100, 1 ano de versão do Android e 2 anos de patches bimestrais", respondeu a OnePlus França.

Desde que contatei a OnePlus em 22 de junho, a fabricante mudou ligeiramente sua política de atualização para seus flagships mais recentes. Assim, todos os flagships numerados a partir do OnePlus 8 se beneficiarão de 3 versões do Android e 4 anos de patches de segurança.

Os OnePlus Nord N a partir do N10 5G e N100 receberão 3 anos de patches de segurança, ao contrário dos 2 anteriores.

O ciclo de atualização dos celulares OnePlus

OnePlus numerados (flagships)

  • Versões do Android: 3 para o OnePlus 8/8 Pro/8T/9/9 Pro, 2 para os modelos anteriores
  • Atualizações de segurança: 4 anos, patches bimestrais para OnePlus 8/8 Pro/8T/9/9 Pro; 3 anos de patches bimestrais para modelos anteriores

OnePlus Nord/CE

  • Versões do Android: 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, patches bimestrais

OnePlus Nord N

  • Versões do Android: 1
  • Atualizações de segurança: 3 anos, patches bimestrais

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

Atualmente, a OnePlus não tem uma página dedicada a atualização de segurança e programação de correções em seu site oficial.

No entanto, a fabricante detalhou sua nova política de atualização em seu fórum. Portanto, neste post, você pode verificar a política de atualização que se aplica ao seu modelo OnePlus. Como a Oppo, a OnePlus especifica claramente a duração, bem como a freqüência de suas atualizações ao longo do tempo.

A OnePlus também reúne todas as ROMs atualizadas para seus modelos em uma página dedicada. Você pode baixá-los e verificar seu conteúdo para ver se eles incluem ou não um patch de segurança.

Quantas atualizações do Android e de segurança a Oppo promete

Em termos de atualização de software, a Oppo está na média das fabricantes Android, o que não é ruim. Claro, ela anunciou recentemente que oferecerá 3 anos de atualizações de segurança para suas linhas Find X, Reno e A, em oposição à regra anterior de 2 anos, mas isso só destaca o atraso da Oppo em relação à Samsung ou a OnePlus.

Embora não seja a mais extensa, a política de atualização da Oppo tem o mérito de ser clara. Sabemos por quanto tempo e com que freqüência cada modelo do acervo será mantido atualizado.

NextPit Oppo Find X3 Pro camera
O Oppo Find X3 Pro receberá 3 versões Android e 3 anos de patches de segurança / © NextPit

O compromisso oficial da Oppo

"Hoje, podemos garantir três anos de atualizações de segurança para todos os nossos smartphones. Para a linha Find X, os fornecemos mensalmente, e trimestralmente para as linhas Reno A.

Para as séries Find X3 Pro e Find X2 Pro, ofereceremos três atualizações de SO cada uma, para os outros smartphones da série Find X bem como para a série Reno e parte da série A, nós distribuímos duas atualizações de SO", assegurou um representante da Oppo Alemanha.

O ciclo de atualização dos celulares Oppo

Oppo Find X

  • Versões do Android: 3 para o Find X2 Pro e Find X3 Pro, caso contrário 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, patches mensais

Oppo Reno

  • Versões Android: 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, remendos trimestrais

Oppo A

  • Versões Android: 2
  • Atualizações de segurança: 3 anos, remendos trimestrais

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

A Oppo exibe em seu site oficial a lista de modelos de acordo com sua freqüência de atualização. Desta forma você pode ver com que periodicidade seu celular receberá correções de segurança.

Ao contrário da Samsung, a Oppo não mostra nenhuma variação ou diminuição na freqüência de atualizações de segurança ao longo do tempo. Também não permite o download manual de ROMs atualizadas para seus modelos a partir de seu site oficial.

Quantas atualizações do Android e de segurança a Vivo promete

A chinesa Vivo ainda engatinha no ocidente, mas a fabricante é uma das maiores vendedoras de celulares do mundo. Temos visto a marca em todos os lugares desde sua campanha publicitária na Euro 2020, por isso acho que é interessante incluí-la aqui.

A fabricante não se compromete com o número de versões do Android, embora a Vivo França tenha me confirmado há algumas semanas que seu flagship mais recente, o Vivo X60 Pro 5G, receberia 3 versões do Android e 3 anos de patches de segurança. Portanto, não estamos tão longe dos compromissos assumidos pela Samsung e pela OnePlus.

NextPit Vivo X51 back
O Vivo X51 recebeu todos os patches de segurança mensais desde seu lançamento no ano passado, de acordo com a fabricante / © NextPit

O compromisso oficial da Vivo

"Somos um dos fabricantes mais rápidos em termos de atualizações de segurança graças às nossas equipes dedicadas de P&D (o Vivo X51 recebeu todos os patches mensais desde seu lançamento).

Em 2020, atualizamos toda a nossa linha europeia para o Android 11 apenas alguns meses após seu lançamento - mesmo os celulares de nível básico. Seguimos as recomendações do Google para oferecer pelo menos 3 anos de manutenção de segurança", respondeu um representante da Vivo França.

Ciclo de atualização dos celulares Vivo

Vivo X (flagship)

  • Versões do Android: 3 para o Vivo X60 Pro, sem garantia para os demais
  • Atualizações de segurança: 3 anos, patches trimestrais no mínimo

Vivo Y (intermediário)

  • Versões Android: sem compromisso
  • Atualizações de segurança: 3 anos, pelo menos patches trimestrais

Esta informação está disponível publicamente para o consumidor?

Não, a Vivo confirmou em um comunicado de imprensa em junho passado seus compromissos de atualização para o Vivo X60 Pro, ou seja, 3 versões do Android e 3 anos de correções de segurança. Mas a fabricante não fornece outras informações oficiais ou publicamente disponíveis sobre o resto de seu catálogo.

Uma página dedicada permite baixar a última versão da ROM, mas não fornece nenhuma informação sobre o conteúdo da atualização ou se ela inclui um patch de segurança Android.

Quantas atualizações do Android e de segurança o Google promete

Sei que o interesse de citar o Google neste artigo é limitado, uma vez que a empresa deixa claro por quanto tempo e com que frequência seus smartphones Pixels serão atualizados. Todas essas informações podem ser encontradas em seu site oficial.

Mas como nem todos estão necessariamente cientes, o que é natural, vou rapidamente apontar que o Google Pixel atualmente recebe pelo menos 3 versões do Android e pelo menos 3 anos de correções de segurança mensais.

Após esses três anos, os celulares continuam recebendo patches de segurança por 18 meses após o fim das vendas do modelo na loja oficial do Google.

Metodologia

Para realizar este artigo, entrei em contato com cada fabricante Android listado aqui individualmente, seja através de seu departamento de comunicação e relações com a imprensa, ou através da agência que a representa em suas relações com a imprensa na França ou na Alemanha.

Portanto, minha lista incluiu as respostas da Samsung, Xiaomi, Oppo, OnePlus, Realme e Vivo. Mas vou atualizar este artigo com os eventuais retornos da Asus, Motorola, Nokia e Sony, que também foram procuradas. Se você sentiu falta de outras marcas, diga quais nos comentários.

Enviei a cada fabricante o mesmo questionário, perguntando:

  1. Quantas versões do Android ela garante para as diferentes categorias de seu acervo em 2021;
  2. Por quanto tempo e quantas vezes elas garantem atualizações de segurança nas diferentes categorias;
  3. Se ela reune estas informações on-line de forma clara e acessível aos consumidores;
  4. Se permite o download manual da última versão de sua ROM Android a partir de seu site oficial.

Conclusão

Estas são as políticas de atualização das principais fabricantes do ecossistema Android. Vale lembrar que a duração e freqüência das atualizações prometidas pela Samsung, OnePlus e outras não passam de promessas, e podem mudar a qualquer instante. E a "pontualidade" das atualizações é outra questão que mereceria um artigo próprio.

Também acho que o valor contratual dessas promessas, assim como a estrutura legal das políticas de atualização, podem ser assuntos interessantes a serem tratados no futuro. Podemos apresentar uma queixa contra uma fabricante se ela não cumprir suas promessas? Há alguma lei que imponha um período mínimo de atualização de software? Diga nos comentários se você estiver interessado em uma investigação sobre o tema.

4 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Rubens Eishima
    • Equipe
    há 2 semanas Link para o comentário

    Curiosamente, os Xiaomi A (Android One) recebem as correções de segurança mensalmente...

    Mas deram uma baita dor de cabeça pra receber a atualização de versão.


  • João há 2 semanas Link para o comentário

    Chia-ô-mimimi? Tô fora.


  • Soterio Salles há 2 semanas Link para o comentário

    Xiaomi como sempre vergonha... Arrependimento é grande de ter pago por um aparelho premium da marca.

    A versão da MIUI não importa, não adianta rodar MIUI 12 por cima de Android antigo pois muitos recursos não irão funcionar ou nem estarão disponíveis pois dependem de APIs ou recursos de versões mais novas do Android.

    Pior que update do Android com eles é update de segurança... Se eles abandonaram o aparelho esqueça, te garanto que se você tirar um Mi 11 Ultra da caixa hoje, o aparelho mais avançado e caro da marca (tirando o Mix Flop, ops Fold) ele não estará rodando a versão mais recente da MIUI ou terá um patch de segurança do mês de junho /julho de 2021 instalado tampouco o terá disponível pra update.

    Eu gosto muito da Xiaomi e da MIUI mas não tem como defender a política de update deles, não tem como ser tão alienado assim.
    Uma coisa eu sei, nunca mais eu gasto meu dinheiro com um smartphone premium deles.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.