Esta empresa mostra que qualquer smartphone pode ser à prova d'água

hzo waterproof
© HzO

Durante a IFA 2016, além de novos dispositivos e eletrodomésticos, também é possível perceber de forma muito clara a evolução de tecnologias disponíveis há algum tempo no mercado. Uma delas é, sem dúvidas, as certificações de resistência à água. Na feira deste ano, tive a chance de conhecer o pessoal da HZO, uma empresa especializada em tornar smartphones, tablets ou mesmo placas de computador em objetos à prova d'água, isso mesmo, impermeáveis.

Muitos smartphones possuem a certificação IPXX, o que significa que estes aparelhos possuem proteção contra água e poeira, como exemplo temos os dispositivos da Sony que comumente chegam ao mercado com certificado IP67 ou superior. Tradicionalmente, essa resistência à água é obtida através de um cuidado com o design blindado do dispositivo, com proteções de borracha e outras técnicas de isolamento.

Contudo, faz algum tempo que essa tecnologia evoluiu. Estou falando aqui da técnica conhecida por nano coating hidrofóbico. Em outras palavras, esta é uma cobertura microscópica que repele a água. Esta é uma substância que, quando aplicada sobre uma superfície, impede a entrada d'água a níveis microscópicos. Se uma fabricante usar este tratamento em todos os componentes de um smartphone, por exemplo, irá torná-lo impermeável e você poderia deixá-lo cair na água sem qualquer problema.

A nano coating hidrofóbico é uma cobertura microscópica que repele a água
androidpit hzo waterproof
À esquerda, o Galaxy S6 que não possui tal tecnologia e acaba molhando por dentro; à direita, o Raspberry Pi funcionando sem problema algum ao ser mergulhado, pois é impermeável / © NextPit

Mas o que faz uma fabricante como a Lenovo utilizar tal tecnologia em seus fones de ouvido e a Samsung não? Muito provavelmente o preço final de um smartphone.

O uso de tecnologias que permitem o ter o smartphone em mãos dentro de uma piscina, estão entre nós há algum tempo. Mas desde 2012, a empresa HZO começou a aplicar este tratamento em dispositivos móveis, gadgets e wearables.

Durante a IFA 2016, em Berlim, tive a oportunidade de conversar com o pessoal da HZO e pude ver, inclusive, um Raspberry Pi completamente submerso e funcionando tão normal quanto o que tenho em casa. Agora, ao contrário deste que vi na feira, não posso nem imaginar deixar um copo d'agua sequer perto dele. 

Na foto acima, você vê um Galaxy S6 também submerso, mas este não possui a tecnologia de impermeabilidade dos componentes da HZO, e quando vemos o dispositivo de perto, facilmente percebemos como a água consegue fazer seu caminho para dentro da carcaça. Contudo, o Galaxy S6 facilmente poderia ter tal certificação.

Como funciona o nano coating hidrofóbico da HzO?

Como dito acima, o que permite à HZO impermeabilizar aparelhos eletrônicos é a tecnologia nano coating hidrofóbico. Este processo é feito em uma câmara na qual toda a superfície dos componente eletrônicos está exposta e, nela, é impregnada uma substância aplicada na forma de vapor. Assim, todos as partes da peça estão protegidas contra líquidos.

Vários fabricantes de eletrônicos, tais como Dell, Kobo, Nike, Motorola e outras trazem a tecnologia da HZO em seus dispositivos e espero que, em breve, outros nomes estejam nesta lista.

AndroidPIT hzo waterproof 02
Aqui temos algumas placas iniciando o processo de impermeabilidade dos seus componentes / © HzO

Você acha importante que empresas como a HZO façam parcerias com as fabricantes de smartphones para tornar seus dispositivos impermeáveis, mesmo que tenhamos aí um aumento no valor final dos aparelhos?

Ir para o comentário (21)
Camila Rinaldi

Camila Rinaldi
Head of Editorial

Com mais de uma década de experiência em review de dispositivos, recentemente mergulhei no mundo dos wearables e desenvolvi uma paixão por inovações em saúde digital. Embora agora eu esteja profundamente imersa no ecossistema da Apple, meu entusiasmo pelo Android permanece forte. Anteriormente, fui editor-chefe do AndroidPIT e do Canaltech no Brasil, e agora compartilho minhas análises com o público dos EUA no nextpit. Além da tecnologia, valorizo muito minha coleção de vinis e acredito que a melhor maneira de conhecer um lugar é através da sua gastronomia. Junte-se a mim enquanto exploro a fusão da tecnologia e da cultura em nossa vida cotidiana.

Para o perfil do autor
Gostou do artigo? Então compartilhe!
Artigos recomendados
Notificação por push Artigo seguinte
21 Comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • 9
    Claudia Rebelo 06/09/2016 Link para o comentário

    Eu acredito que isto irá acontecer em breve e todos os smartphones terão esta proteção, a tecnologia avança muito rápido e as empresas não vão querer ficar pra trás...e quanto a aumentar os valores dos aparelhos não acho que isso será um empecilho por exemplo pra quem gosta de tecnologia e quer ficar sempre atualizado. E depois que todas elas começarem a implantar isso nos seus aparelhos vai se tornar comum.


  • 13
    Thiago da Gama 05/09/2016 Link para o comentário

    eu acho que sim, pois os valores dos aparelhos já são alto, o que vai ser se acrescentar um pouco se for para ser algo bom. Melhor do que algumas empresas que "acrescentam" melhorias que não melhoram nada e que aumentam o valor final


    • 36
      Jonscravit 06/09/2016 Link para o comentário

      mas não falaram da duração da proteção, se for aquelas que só dura uns dias e ai tem de ficar comprando e aplicando?


  • Phelipe B. 67
    Phelipe B. 05/09/2016 Link para o comentário

    Creio que seja melhor ipermeabilizar as placas do que selar a carcaça, mas tem que ver o preço como vai ficar né!?


  • 13
    Conta desativada 05/09/2016 Link para o comentário

    Tinham que fazer parceria pra criar smartphones inquebráveis :)


    • 13
      Amarildon A. 05/09/2016 Link para o comentário

      Sem lógica amigo... As pessoas têm que cuidar e se pensar desta forma nada iria evoluir. E a economia iria quebrar. Nada é pra vida toda nem nos humanos.


  • Muraque O. 37
    Muraque O. 05/09/2016 Link para o comentário

    Sim.. deve sim ter parceria, seria importante.

    Giovanna D'Oliveira - DFMaya J.TravelDr. Oliveira OABConta desativadaConta desativadaLucas Goulart F.


  • 99
    Conta desativada 05/09/2016 Link para o comentário

    Muito interessante!

    Lucas Goulart F.


  • Victor Lima 78
    Victor Lima 04/09/2016 Link para o comentário

    nossa que show


  • 63
    José Luís Silva Martiniano 04/09/2016 Link para o comentário

    Muitissimo interessante, e era muito bom se todas as fabricantes utilizassem esse recurso em seus dispositivos!!

    Conta desativadaLucas Goulart F.Rodrigo Salles


  • 12
    João 04/09/2016 Link para o comentário

    essa tecnologia não é interessante para Apple e Samsung porque elas lucram quando o miserável derruba o celular na água. o boy compra outro.


  • Lewis Carlsen 26
    Lewis Carlsen 04/09/2016 Link para o comentário

    Interessante!


  • Léo Walk 58
    Léo Walk 04/09/2016 Link para o comentário

    Essa tecnologia deveria ser usada em qualquer eletrônico e não apenas em smartphones.

    Lucas Goulart F.Jerry Wendel


  • 73
    Jairo rios 04/09/2016 Link para o comentário

    Resistência IPXX deveria ser padrão para qualquer midle ou high end , não creio que impacte tanto no preço final.

    Lucas Goulart F.


  • 45
    Conta desativada 04/09/2016 Link para o comentário

    G5 e Moto Z deveriam ser também pelo que custam.


  • Mello Arismar 9
    Mello Arismar 04/09/2016 Link para o comentário

    Pra mim é a mais simples e pura besteira, isso só deixa os smartphones mais caros. Tenho o mesmo smartphone há 3 anos e nunca deixei cair. Não preciso de algo do tipo. Não acho necessário usar o aparelho junto à água. Ou uso a água ou o aparelho! Simples assim... Se existe idiota desleixado, esse que pague comprando um celular novo por ser idiota !


    • 82
      Conta desativada 04/09/2016 Link para o comentário

      Ok. As fabricantes podem fazer só o seu sem a certificação. Aí vem uma etiqueta na caixa dizendo que é reservado ao bonzão, o imune a acidentes.

      Matheus L.Conta desativadaMarllon KevinnLucas Goulart F.renan souzaDyego SantosJoão PauloEduardo RodriguesAndré SousaAdam MendesMoises BollelaLuyara Muniz


    • 8
      Carlos Alberto 06/09/2016 Link para o comentário

      Cara, não é porque você não usa, que outros não, eu utilizo e muito, tiro fotos com meu z2 mergulhando, tanto na piscina, quanto em passeios, inclusive no mar (contrariando a sony), pratico rapel em cachoeiras e já utilizei muito o z2 nessas condições e foi por isso que o comprei! e também tem 3 anos de uso, também faço passeios de moto por ai, e não sabe como é tranquilizante a chuva vir e você não se preocupar em molhar o smart, e ainda, quando está sujo, basta meter na torneira e lavar, muito melhor que ficar passando paninho, que junto com a sujeira, acaba embaçando mais ou arranhando a tela!


  • Denis 57
    Denis 04/09/2016 Link para o comentário

    "Você acha importante que empresas como a HZO façam parcerias com as fabricantes de smartphones para tornar seus dispositivos impermeáveis, mesmo que tenhamos aí um aumento no valor final dos aparelhos?" - Acho importante sim, só não sei se as empresas estão interessadas em pagar por isso, pois a implementação desse procedimento encareceria o custo de produção. E mesmo que esse custo seja repassado ao consumidor, tenho certeza que a maioria não ia querer, pois só interessa o lucro e no que eles puderem economizar de custo na produção.

    Conta desativadaLucas Goulart F.


  • Rodrigo Calile 45
    Rodrigo Calile 04/09/2016 Link para o comentário

    Resistência à água e poeira deveria ser padrão de qlq smartphone...

    Conta desativadaLucas Goulart F.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.