Samsung Galaxy A ou S: quais são as diferenças?

Samsung Galaxy A ou S: quais são as diferenças?

Quais são as diferenças entre os celulares Galaxy S e a série Galaxy A da Samsung? Se você está pensando em comprar um novo smartphone da marca, vale a pena lembrar do que separa as duas linhas. Confira abaixo uma breve visão geral do mercado e aprenda de uma vez por todas o que realmente significam as letras.

A Samsung já colocou seu time em campo em 2021 com aparelhos como o Samsung Galaxy S21 ou o intermediário Galaxy A72. Neste ano, as duas famílias de celulares se aproximaram ainda mais em termos de recursos. Características premium como telas AMOLED com 120 hertz já podem ser encontradas na Galaxy A52 5G, por exemplo.

Mesmo assim, existem motivos pelos quais a Samsung mantém suas linhas de smartphone devidamente separadas. A seguir, vamos apresentar as principais diferenças entre os celulares Galaxy S e os modelos da série Galaxy A. Se você quiser ir direto às opções disponíveis no mercado, basta clicar na lista acima, logo após o primeiro parágrafo.

Pegue um atalho

Estas são as diferenças entre "A" e "S"

O mercado de smartphones está dividido em segmentos como "topo de linha", "intermediário" ou "básico". A Samsung marca presença na classe superior com a série S e vende modelos de gama média na série A. Novas tecnologias como a poderosa câmera quádrupla da Galaxy S21 Ultra são normalmente encontradas apenas nos modelos mais caros.

Em termos de qualidade de construção, você pode esperar materiais de maior qualidade como estrutura metálica e elementos de vidro da série S. A Samsung usa vidro Gorilla Victus à prova de estilhaços nos modelos Plus e Ultra da série S21 e com ele oferece um visual e uma sensação de alta qualidade. Por outro lado, o policarbonato plástico já é utilizado no modelo padrão da série S.

NextPit Samsung Galaxy S21 Plus camera
Modelos como o Galaxy S21+ são caracterizados por uma boa qualidade de construção / © NextPit

Embora o Galaxy S21 seja uma exceção, mesmo nele a qualidade de construção é maior em comparação com os modelos atuais da série A. O material usado tem aparência mais sofisticada e você encontrará elementos metálicos na estrutura ou na câmera do celular.

Além das novas tecnologias e da qualidade de construção, você também pode esperar um melhor desempenho com os dispositivos S. No segmento premium, a Samsung geralmente usa seus próprios processadores da série Exynos no Brasil e na Europa. Saiba mais sobre os mais recentes processadores da Samsung em nossa lista dos melhores chips para celular.

Na faixa intermediária, a Samsung mescla modelos equipados com as linhas Exynos e Snapdragon da rival Qualcomm. Estes chips intermediários ficam para trás em processamento, especialmente em games ou tarefas como edição de vídeo. Entretanto, o hardware mais potente também resulta em uma desvantagem que acompanha os modelos da série S.

Isto porque a linha premium da Samsung carrega uma má fama com relação à duração da bateria. O Galaxy S21, bastante compacto, tem uma bateria com apenas 4.000 mAh que não dá conta de alimentar componentes potentes como a CPU e a brilhante tela AMOLED de 120 hertz por muito tempo. Mas esse é um problema comum a muitos smartphones menores.

Samsung Galaxy A72 review
O Galaxy A72 conta com uma lente teleobjetiva / © NextPit

Com a separação cada vez menor entre as linhas A e S, vale a pena considerar os modelos de ambas as séries na hora de comprar um celular da Samsung. Abaixo listamos os principais modelos lançados nas duas séries em 2021.

A Samsung também expandiu o portfólio de seus dispositivos Galaxy A para baixo. Modelos como o Galaxy A12 já podem ser encontrados por cerca de R$ 1.000 e, portanto, estão mais na categoria básica ocupada antes pela linha Galaxy J. Dito isso, vamos ver quais modelos foram lançados em 2021 nas séries "S" e "A".

Estes são os modelos lançados em 2021

A Samsung já atualizou os principais modelos tanto da linha S quanto da A em 2021. Deles, já testamos três modelos de cada família em 2021, e as avaliações completas você encontra nos links abaixo.

Galaxy A e Galaxy S: Estes dispositivos foram lançados em 2021

Samsung Galaxy série A Samsung Galaxy série S
Samsung Galaxy A72 Samsung Galaxy S21 Ultra
Samsung Galaxy A52 5G Samsung Galaxy S21+
Samsung Galaxy A52 Samsung Galaxy S21
Samsung Galaxy A42 5G  
Samsung Galaxy A32 5G  
Samsung Galaxy A12  

Clique no nome do celular para obter mais informações. Todos os modelos com link, exceto o Galaxy A52 4G, possuem reviews detalhados.

É isto que as letras "A" e "S" significam na verdade

As duas famílias de celulares da Samsung são parte de uma estratégia de marketing que a empresa vem perseguindo há alguns anos. O primeiro modelo S, que foi chamado simplesmente de Galaxy S, foi lançado em 2010. Neste caso, o "S" não representa a tela "Super AMOLED" usada, como muitos imaginaram, mas sim "Super Smart".

Você já conhecia a explicação das letras usadas pela Samsung?

Já o "A" em "Galaxy A", por outro lado, representa um nada espetacular "Alfa". Outras designações da Samsung incluem o "Y" para "Young" (jovem), "C" para "China", "M" para "Magic" (mágico) e "J" para "Joy" (alegria). Bom, agora você já tem assunto para o próximo churrasco com os amigos!

Qual série de aparelhos da Samsung você acha mais interessante? Você prefere a série A ou os novos modelos S em 2021? Ou quem sabe, faz parte dos fãs da finada linha Galaxy J?

ÚLTIMOS ARTIGOS

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • E faltou outra diferença entre a Linha S e a A, a primeira, não tem mais slot para expansão de memória, enquanto a Segunda ainda traz esse recurso.


  • Pessoal, havia comprado o S20 FE com Snapdragon e tive que devolver depois de 5 dias, pois fui alertado pelo meu primo que tinha a versão com Exynos e deu a temida tela verde. Eu já sabia que tinha dado em alguns outros modelos da Samsung, mas tentei acreditar na empresa. Ainda relutante, conversei com mais 2 técnicos, que disseram para evitar qualquer modelo Samsung por causa dos problemas da tela Amoled, onde com o tempo pode apresentar problemas, devido a baixa qualidade dessas telas.

    Fiquei muito irritado, pois sempre fui cliente da Samsung por muitos anos, 10 por baixo, antes havia qualidade.

    Como dinheiro não dá em árvore, devolvi a loja e troquei pelo iPhone SE 2, ou seja, possui tela de Retina. HD, pode ser até inferior, mas possui ótima qualidade. Não me imaginava mais usando iPhone, mas pelo menos, é raro dar defeito, quando apresenta, a Apple troca sem questionar. Além do atendimento ser muito superior.

    Fica o aviso a todos, evitem comprar smartphones Samsung com tela Amoled, por causa desses problemas.

    Há muitos relatos sobre isso por aí e inclusive até hoje a Samsung nunca se pronunciou sobre o real motivo de apresentar a tela verde ou bugs na tela. Se pressionar a empresa ela até troca, mas também há casos do problema retornar.

    Acho lamentável uma empresa cair tanto de qualidade e atendimento como a Samsung. Tive que optar pela bola de segurança, pois não poderia ficar sem aparelho.

    Espero quem sabe um dia, a Samsung reconheça todos esses erros, que segundo técnicos, é bem antigo, inclusive bugs, como o não reconhecimento do próprio carregador, sendo este impedindo o aparelho de ser carregado.

    Enfim é isso.