NextPit

Samsung Galaxy A52 ganha atualização que promete mais desempenho

Samsung Galaxy A52 ganha atualização que promete mais desempenho

De maneira discreta, a Samsung incluiu um novo recurso para o Galaxy A52 na atualização de outubro. O update traz para o celular intermediário o recurso RAM Plus, já disponível no Galaxy A52s. Com ele, a Samsung promete mais velocidade para rodar vários aplicativos ao mesmo tempo.

Resumo:

  • Atualização de outubro para o Galaxy A52 inclui recurso RAM Plus, além das correções de segurança;
  • Novidade separa 4 GB do armazenamento interno como uma memória virtual;
  • Recurso pode dobrar a capacidade de RAM para apps e games.

O RAM Plus já tinha sido incluído na atualização de setembro para o Galaxy A52 5G e agora começa a ser distribuído também para o modelo 4G/LTE. Durante o lançamento da versão A52s no Brasil, em setembro, a Samsung afirmou que o recurso "garante uma excelente performance para acompanhar a rotina do consumidor."

Segundo o site SamMobile, o RAM Plus é ativado por padrão e não pode ser desativado no Galaxy A52, diferentemente do Galaxy A52s, no qual podia ser desativado. Com isso, aplicativos e jogos podem consumir 4 GB adicionais de RAM, que ficam indisponíveis no armazenamento interno.

Samsung A52
Recurso RAM Plus é listado nas informações de RAM no aplicativo de Configurações / © Captura: SamMobile (foto: NextPit)

Como atualizar o Galaxy A52 e checar se o RAM Plus está ativo 

Para conferir se a atualização está disponível para o seu celular, siga o seguinte caminho:

  1. Abra o aplicativo de Configurações;
  2. Navegue até a opção Atualização de software e depois o Baixar e instalar;
  3. Depois, para confirmar se o RAM Plus está ativado, acesse Configurações > Assistência do aparelho > Memória.

Mas será que a memória virtual aumenta mesmo o desempenho?

Apesar das promessas de mais velocidade da Samsung, o SamMobile relata que não percebeu diferença no uso com o recurso RAM Plus. O histórico de técnicas semelhantes também não é muito animador, especialmente no caso dos computadores e seus lentos HDDs.

Talvez o impacto maior do RAM Plus seja mesmo na multitarefa, com os aplicativos e jogos sendo expulsos da RAM com menos frequência, podendo continuar abertos em segundo plano na área virtual da memória. Neste caso, haveria um atraso para mover os dados entre a RAM virtual e física, mas pelo menos evitaria ter que abrir o app do zero. Tudo isso, claro, dependendo do gerenciamento adotado pela Samsung.

Outras fabricantes oferecem recursos semelhantes, por exemplo as chinesas Vivo, Realme, OnePlus e iQOO, com nomes como RAM dinâmica, estendida ou virtual. A Xiaomi também oferece o recurso em alguns modelos no mercado chinês, com rumores indicando que a MIUI 13 trará a opção de RAM virtual para o ocidente.

E aí, será que a moda pega? Tem um modelo com RAM virtual e percebeu alguma diferença? Deixe suas impressões no campo de comentários!

Fonte: SamMobile

Os links compartilhados neste artigo são links de afiliados. Isso significa que o NextPit obtém uma pequena participação nos lucros se você comprar produtos através deles. Isso não gera custos adicionais para você e não tem nenhuma influência sobre o conteúdo editorial do site. Saiba mais sobre como monetizamos o site na nossa página de transparência.
Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.