Romance na quarentena: Tinder promove retrospectiva das tendências de 2020

Romance na quarentena: Tinder promove retrospectiva das tendências de 2020

2020 foi o ano em que bilhões de pessoas ao redor do mundo inteiro tiveram que mudar radicalmente sua rotina e, ao invés da correria na rua, aderir à correria em casa. 

A quarentena, que se fez - e continua se fazendo - necessária devido à pandemia de COVID-19 mudou os ares, a rotina, o humor e diversas outras características da humanidade. Naturalmente, a paquera também teve que mudar.

Ao contrário do que muitos poderiam pensar, o Tinder continuou sendo amplamente acessado, e a paquera presencial deu lugar à paquera virtual. Pensando nisso, o aplicativo de relacionamento decidiu realizar uma retrospectiva das principais tendências de 2020. Confira a seguir.

Paquera à distância: o que rolou no Tinder em 2020

Os principais trends do Tinder em 2020, naturalmente, envolveram a pandemia. Já em março, as menções ao carnaval e aos bloquinhos foram substituídas por frases relacionadas ao coronavírus.

Nesse período, as maiores incidências foram de frases como "quarentena & chill" e "me chama de coronavírus e deixa eu pegar você" (sim, teve muita gente que disse isso). 

Abril e o BBB

Em abril, a quarentena permitiu que ainda mais pessoas acompanhassem o reality show Big Brother Brasil, exibido pela TV Globo, que reuniu diversos digital influencers e artistas já conhecidos pelo público.

Consequentemente, os termos mais usados no Tinder passaram a ser BBB e a música "Don't Start Now", da cantora Dua Lipa - que foi constantemente performada por Manu Gavassi no reality. 

Um novo entretenimento

No início da quarentena, muita gente decidiu baixar o TikTok para se divertir com vídeos de dublagem. As menções ao app subiram muito nos primeiros meses do ano, com pico em maio.

O tema foi saudade

No entanto, a partir de julho a saudade começou a bater forte. O termo foi usado dez vezes mais no Tinder, em comparação a janeiro. 

Isso porque, já há alguns meses em isolamento e distanciamento social, a saudade da família, dos amigos e de um amor foi aumentando - e o Tinder pareceu ser uma ótima maneira de distrair do sentimento. 

A política não saiu de cena

Se você pensa que a quarentena distraiu os usuários do Tinder da política, se engana: o termo "voto" foi usado o dobro de vezes em comparação a 2019. 

Outro termo relacionado que se manteve em alta durante o ano inteiro foi "feminista", bem como emojis de punhos negros cerrados, que representam a luta antiracista.

Emoji encolhendo os ombros

E no meio de crises políticas, coronavírus e saudade de uma vida que já parece distante, muitos ainda tentam entender o que está acontecendo. O emoji encolhendo os ombros foi um dos mais usados durante o ano 2020.

E você, como tem lidado com a quarentena? Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários. 

Fonte: Metropoles

ÚLTIMOS ARTIGOS

Artigos recomendados

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.