Vencedores e perdedores da semana: Oppo acerta e Google erra feio, erra rude!

Vencedores e perdedores da semana: Oppo acerta e Google erra feio, erra rude!

Por mérito, a Oppo levou o título de vencedora da semana, porém, o grande destaque dos últimos dias no universo tech não foi realmente o que tivemos de melhor, mas aquilo que não funcionou. A Apple teve que rever a função SharePlay do iOS 15. A Samsung resolveu corrigir um erro grave com sua base de fãs: remover os anúncios dos seus aplicativos. Porém, foi o Google que, mesmo acertando, errou feio, errou rude essa semana.

Como de costume, antes de falarmos das nossas escolhas, vamos dar uma pincelada no que aconteceu de mais interessante no universo tech nos últimos dias.

SharePlay do iOS 15 fora da versão beta

Nesta semana, a Apple anunciou a remoção do recurso SharePlay da versão de testes do iOS 15, iPadOS 15, tvOS 15 e macOS Monterey. O motivo para tanto ainda não está claro, porém, sabemos que o recurso não deve fazer parte do primeiro lançamento oficial da nova versão do iOS. 

O SharePlay é um dos recursos que nossa equipe não conseguiu testar no iOS 15 para desenvolvedores, pois nunca respondeu bem às nossas tentativas de uso. Na prática, a função deveria permitir que, durante uma ligação do FaceTime, os participantes pudessem desfrutar simultaneamente de conteúdo de mídia, como programas de TV, filmes ou música. Lembra?

Apple SharePlay
O SharePlay foi removido do iOS 15 por enquanto / © Apple

Como fãs do novo iOS 15 e da função SharePlay, estamos torcendo para que a Apple consiga superar as limitações da função e, claro, traga o recurso ainda em 2021 para os seus dispositivos.

Samsung vai remover publicidade dos apps do sistema

À primeira vista, o fato da Samsung anunciar a remoção da publicidade de apps proprietários parece uma ótima notícia, certo? No entanto, não deveriam estar lá em primeiro lugar. Imagine comprar um Galaxy S21 Ultra por R$ 6.900 e ter que conviver com anúncios sempre que abrir o Samsung Music ou o Samsung Pay, ou toda vez que conferir o app de previsão do tempo? Nada legal!

O fato é que, no ano passado, a Samsung resolveu introduzir tais anúncios em alguns dos aplicativos de sistema e na própria OneUI, quase que violando a relação com os fãs da marca. De acordo com o canal SamMobile, a decisão de remover essa publicidade foi tomada após uma série de críticas internas e pretende fortalecer o ecossistema Galaxy.

A Samsung não é a única empresa a agir dessa forma, dado que a Xiaomi faz o mesmo, por exemplo. Contudo, uma companhia que deseja manter uma base de clientes leais não deveria monetizar a Interface do usuário com propagandas de terceiros. Concorda?

O robô humanoide da Tesla movido à IA

Em resumo: a Tesla está desenvolvendo um robô projetado para realizar tarefas perigosas e repetitivas para os humanos. O humanoide se chama Tesla Bot.

Infelizmente, este não é um dos tópicos diários da nossa cobertura aqui no NextPit, mas me parece extremamente relevante para nossa história futura. Por isso, resolvi trazer algumas informações relevantes sobre o Tesla Bot neste domingo.

O CEO da Tesla, Elon Musk, confirmou durante o evento "Dia da IA" que podemos esperar por um robô humanoide assinado pela montadora. A apresentação começa a partir de 2h05min do vídeo abaixo, e Musk relata que a intenção da empresa é construir um robô amigável, para assumir as tarefes mais entediantes e repetitivas realizadas por humanos hoje e, claro, as mais perigosas.

De acordo com ele, o Tesla Bot será uma inteligência artificial, não muito diferente da tecnologia do piloto automático dos carros da empresa. Desta forma, o humanoide conseguiria responder a comandos simples, como "Por favor, pegue aquele parafuso e atarraxe ao carro com aquela chave-inglesa".

O robô terá uma forma humana, por isso é descrito como um humanoide, e será concebido para navegar entre nós sem muita cerimônia. Além disso, o Tesla Bot será desenvolvido com uma tela na altura do que consideramos o rosto da máquina para exibir informações úteis. No site de IA da montadora, temos a seguinte descrição referente a este projeto:

Desenvolver a próxima geração de automação, incluindo um robô humanoide bipedal de uso geral, capaz de realizar tarefas inseguras, repetitivas ou enfadonhas. Estamos procurando engenheiros mecânicos, elétricos, de controles e de software para nos ajudar a alavancar nossa experiência em IA além de nossa frota de veículos.

E não pense que este é um projeto para um futuro distante, pois Musk disse que a empresa planeja ter um protótipo do Tesla Bot pronto em 2022 já. Você está pronto para este lançamento?

Abaixo, você confere as nossas escolhas para vencedor e perdedor da semana!

Vencedor: Oppo e sua lente de zoom óptico contínuo para celulares

Nos últimos meses, a Oppo se destacou entre as fabricantes chinesas no mundo. Em maio, a Counterpoint Research divulgou que a fabricante havia entrado para a lista das 5 principais marcas de smartphones da Europa. Em junho, a empresa anunciava uma integração com a OnePlus. E, verdade seja dita, a Oppo anunciou um dos smartphones mais elogiados pela nossa equipe em 2021, o Oppo Find X3 Pro.

Tudo isso poderia colocar o time da Oppo na zona de conforto, mas não é bem o que estamos vendo. Nesta semana, durante o evento especial relacionado à tecnologia de Imagens do futuro, o time de engenheiros da fabricante anunciou uma tecnologia de zoom óptico contínuo para celulares, na qual as peças da lente se movem na faixa de zoom equivalente a 85-200 mm.

Oppo continuous optical zoom 2021 prototype
É assim que funciona o protótipo da lente com zoom ótico contínuo real / © Oppo

Mas o que isso significa? Imagens ampliadas muito mais nítidas. Com esse anúncio, a Oppo superou outra fabricante chinesa, a Vivo, que no ano passado divulgou um protótipo de uma lente com zoom ótico contínuo real (true continuous zoom lens) com alcance de 120-195 mm. O fato da Oppo conseguir obter uma distância focal a partir de 85 mm deixa a câmera mais versátil, pois torna possível o zoom no formato retrato.

A Oppo ainda não informou qual smartphone irá debutar o novo recurso, mas uma coisa é certa, a Oppo quer chegar na frente. As demais fabricantes que se cuidem!

Perdedor: Google e a exclusividade da linha Pixel 5a

Muitas pessoas podem ver essa escolha como um preciosismo desta que vós escreveis. Porém, estou um pouco farta das escolhas feitas pelo Google em relação à linha Pixel. Nessa semana, a gigante das buscas apresentou — finalmente — o Pixel 5a 5G. Entre os destaques, temos uma capacidade de bateria maior do que a do modelo anterior e certificação IP67. Ah, e o fato do aparelho ser vendido em um número ainda mais seleto de regiões.

Depois de uma série de rumores sobre o cancelamento da linha, o Pixel 5a 5G viu a luz do dia na última terça-feira (17). O celular é a versão mais acessível da 5ª geração da série Pixel e oferece a experiência mais recente de câmera do Google para o segmento intermediário, custando a partir de 449 dólares, aproximadamente R$ 2.400.

Como noticiado pelo meu colega Stefan Möllenhoff, este talvez seja o celular intermediário mais relevante do ano e quase ninguém poderá ter, pois será comercializado apenas nos EUA e no Japão.

pixel 5a 5g wasserdicht
O Google Pixel 5a 5G oferece certificação IP67 / © Google

Tudo bem que a série nunca foi comercializada em países como o Brasil, por exemplo, e que muitos fãs do Android nem estivessem pensando em adquirir um modelo, mas e quem estava contando com este anúncio para trocar de dispositivo na Alemanha ou na França, regiões que até o lançamento do Pixel 4a 5G faziam parte dos mercados em que o Google está presente? Para esses fãs, o Google errou feio, errou rude ao tomar tal decisão.

A questão fica ainda mais dramática se pensarmos que a companhia está se preparando para fazer aquele que, talvez, seja o maior lançamento da série em anos: os já revelados Pixel 6 e Pixel 6 Pro. Você investiria em um Pixel 6 sabendo que o Google, se assim desejar, poderia simplesmente descontinuar a série no próximo ano?

Este tipo de atitude realmente me deixa frustrada. Em especial, porque as coisas estão ficando cada vez mais fáceis para a Apple vender ainda mais smartphones no mundo, diminuindo assim as nossas escolhas. Os fãs de BlackBerry, HTC, Sony, LG, Huawei e Cia sabem muito bem do que estou falando!

E é com um gosto meio amargo que encerro a coluna deste domingo! Você concorda com as nossas escolhas nessa semana? O que você considerou positivo ou negativo na semana e gostaria de compartilhar com a comunidade NextPit? Nós apreciamos demais a sua opinião, então, escreve pra gente!

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

5 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Alexandre há 4 semanas Link para o comentário

    Depois que a Google vendeu a Motorola, mesmo tendo a ideia dos geniais G e X - só andou ladeira a baixo, tanto os Nexus quanto os Pixel.


  • Douglas Charles Cunha há 4 semanas Link para o comentário

    Eu diria que anúncios da Samsung são bem diferentes da Xiaomi. Os da Samsung são persistentes e não tem como tirar. Os da Xiaomi é só desativar nas configurações e pronto, os problemas acabam.


  • Penskemen há 4 semanas Link para o comentário

    Eu já havia cantado a bola sobre a linha Pixel estar subindo no telhado, e um paralelo aos moldes do que ocorreu com o Windows Phone. Lamento quem gastou grandes somas comprando essa linha de smartphones. Mas foi dinheiro jogado no "lixo" sorry❗


    • Douglas Charles Cunha há 4 semanas Link para o comentário

      Não diria que foi dinheiro jogado no lixo. Quem comprou usou ou ainda usa. Talvez o sonho de fidelidade seria jogado no lixo, isso se existe alguém fiel a uma marca. E se o Google parar de fabricar a linha Pixel, não quer dizer que ela sairá da guerra de fabricantes. Antes da linha Pixel, ela teve a linha Moto X (quando a Motorola era da Google) e depois a linha Nexus.


  • Jairo rios há 4 semanas Link para o comentário

    A decisão da Google em.relacao a linha Pixel é surreal, não dá para entender.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.