Vencedores e perdedores da semana: consumidores e controle de qualidade

Vencedores e perdedores da semana: consumidores e controle de qualidade

O autor da coluna pode até ter mudado nesta semana, mas a avalanche de lançamentos continuou com toda a força. O anúncio da linha OnePlus 9 foi o centro das atenções globais ao longo dos últimos dias, que contaram ainda com novos smartphones intermediários da Realme, Xiaomi e Motorola.

O segmento "médio" contou ainda com dois anúncios importantes em termos de hardware, ambos da norte-americana Qualcomm. O primeiro é o SoC Snapdragon 860 — baseado no chip 855 que equipou os flagships de 2019 —, anunciado com o novo Xiaomi Poco X3 Pro.

Já o segundo foi outro Snapdragon, desta vez o 780G. A Qualcomm não divulgou nomes de celulares equipados com o componente, mas tudo indica que vamos descobrir em breve. Fique ligado no NextPit para não perder os próximos lançamentos!

NextPit OnePlus 9 back
OnePlus 9 traz investimento pesado em fotografia / © NextPit

Como meu colega Rahul adiantou na semana passada, a OnePlus anunciou nesta semana a linha OnePlus 9. Enquanto a maioria dos países receberá as versões básica e Pro — ambas com o Snapdragon 888 —, o mercado indiano contará ainda com o modelo OnePlus 9R e o Snapdragon 870 (baseado no 865 dos principais Android premium de 2020).

A nova linha traz os primeiros frutos da parceria da OnePlus com a sueca Hasselblad, por enquanto apenas em software, e os resultados você confere no nosso review do OnePlus 9 Pro. O teste completo do OnePlus 9 já está no forno, mas enquanto isso, que tal um unboxing dos modelos enviados para avaliação?

Outra família que recebeu uma atualização de peso foi a linha Moto G. A Lenovo/Motorola trouxe para o ocidente o modelo chinês Moto Edge S com o nome de Moto G100, o smartphone é equipado com o Snapdragon 870 e trouxe de volta o conceito de docks — usado 10 anos atrás no Motorola Atrix 4G — para transformar o smartphone em um PC ou console de videogame ligado a um monitor ou à TV. No Brasil, o lançamento foi acompanhado dos modelos Moto G10 e G30, que já tinham sido anunciados na Europa.

Além disso, a semana teve ainda o anúncio da linha Realme 8, com os modelos básico e Pro. O hands-on com o Realme 8 Pro já está no ar e o review completo sai ao longo da semana.

Por fim, a fabricante chinesa Vivo fez o lançamento global da linha vivo X60, que trocou o SoC Exynos 1080 pelo Snapdragon 870 (parece que temos um padrão aqui), perdeu a lente periscópica, mas manteve o sistema de estabilização óptica com gimbal e a assinatura da alemã Zeiss nas lentes.

2021 03 26 Xiaomi
Não é preciso entender chinês para identificar os modelos citados / © Xiaomi

Esta semana já começa agitada, com um evento de lançamento da Xiaomi logo na segunda-feira (29). Segundo publicações da marca na rede social Weibo, o “Mega Launch” contará pelo menos com os modelos Mi 11 Pro, Mi 11 Ultra e a volta da linha Mi Mix. Resta saber quais outros aparelhos devem ser anunciados e, mais importante, quais terão lançamento global.

Dito isso, vamos aos vencedores e perdedores da semana:

Vencedor da semana: o consumidor, com mais opções de escolha

Com a quantidade de lançamentos de smartphones nesta semana, nem parece que estamos em meio a uma verdadeira crise no fornecimento global de processadores. Os anúncios cobriram desde modelos acessíveis como o Realme 8 até o flagship OnePlus 9 Pro. O destaque, porém, foi o segmento intermediário, com modelos equipados com SoC usados nos topos de linha de 2019 e 2020.

Os chips Snapdragon 870 e 860 são praticamente idênticos aos modelos 865(+) e 855(+), respectivamente de 2020 e 2019. Mas apesar dos relançamentos não empolgarem os entusiastas por especificações, eles representam um avanço em desempenho, gráficos e experiência de uso para o público que não quer, ou não pode, pagar R$ 6.000 ou 800 euros em um celular.

Poco F3 X3 Pro
Poco X3 Pro (SD 860) e Poco F3 (SD 870) e custam quase a metade de um flagship / © Xiaomi

A semana teve ainda o anúncio do Snapdragon 780G, que não só traz quatro CPUs de alto desempenho Cortex-A78 — no lugar de duas A76 na linha 765/765G/768G — como é fabricado no mesmo processo de 5 nm usado nos SoCs flagships. O chip promete não apenas mais desempenho, como também maior eficiência energética, acirrando a disputa com o Samsung Exynos 1080 e o inédito MediaTek Dimensity 1200.

Perdedor da semana: o consumidor, com o controle de qualidade do Google

Uma atualização liberada na segunda-feira (22) provocou uma explosão de relatos de travamentos em apps. O culpado? O componente de sistema WebView, usado no Android por milhares de aplicativos populares. O problema apresentava apenas a mensagem de erro “O aplicativo parou de funcionar”, sem descrever uma causa real, deixando muitos usuários sem pistas para solucioná-lo.

Muitos encontraram a solução nas páginas do NextPit — estamos aqui para isso — e o Google resolveu o problema na terça-feira (23) com uma nova atualização do WebView e do Chrome. Mesmo assim, a experiência deixou um gosto amargo, afinal de contas, não é a primeira vez que uma versão do componente causa graves problemas. Em dezembro de 2019, a versão 79 chegou a causar perda de dados em alguns aplicativos, por exemplo.

AndroidPIT google process error
MAS POR QUÊ??????????? / © NextPit

Estes foram os destaques da semana, que contou ainda com um interesse renovado nas câmeras — incluindo a parceria OnePlus-Hasselblad e uma verdadeira declaração de amor ao conjunto do Oppo Find X3 Pro. Como sempre, fique à vontade para discordar ou concordar com as escolhas nos comentários!

Fonte: Xiaomi/Weibo

ÚLTIMOS ARTIGOS

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Para o o mercado nacional ,somente o lançamento do moto G100, gadget da Motorola que aparentemente parece possuir bom desempenho (observando os reviews) , mas no quesito atualizacao de OS somente receberá uma , é o moto G10 nenhuma , shame you lenovorola .