Vencedores e perdedores da semana: Xiaomi supera a Apple e Google é multado na França

Vencedores e perdedores da semana: Xiaomi supera a Apple e Google é multado na França

Outra semana agitada na tecnologia fica para trás e é hora de darmos uma olhada em nas nossas escolhas para os vencedores e perdedores. A escolha fácil foi a Xiaomi como vencedora da semana depois que se tornou a segunda maior marca de smartphone do mundo - enquanto o Google se encontra no canto dos perdedores após receber uma multa do governo francês.

Como de costume, no entanto, antes de falarmos sobre os melhores e piores dos últimos dias, vamos dar uma rápida olhada no resto dos acontecimentos tecnológicos da semana que acabou de passar.

MediaTek estreia novos chips intermediários

A MediaTek está em alta e já é a maior fabricante mundial de processadores para smartphones, batendo a queridinha Qualcomm. E boa parte das vendas da MediaTek vem de sua extensa linha de produtos intermediários, utilizados principalmente em smartphones vendidos em mercados emergentes como Índia e China.

Ciente disso, a MediaTek anunciou,  no início desta semana, o lançamento de dois novos chipsets de médio alcance — o MediaTek Helio G96 e o Helio G88. Estes dois SoCs vêm com pequenas mudanças em relação aos SoCs Helio G95 e G85 existentes.

MediaTek IC close up
A MediaTek lançou novos chips esta semana / © MediaTek

Realme clona o MagSafe?

Já a Realme parece estar nos estágios iniciais do desenvolvimento de tecnologia de carregamento chamada MagDart. O nome é fortemente inspirado no MagSafe da Apple. O desenvolvimento do MagDart veio à tona com  o vazamento de um arquivo recente da EUIPO (Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia) que fala sobre a próxima peça de tecnologia.

Twitter cancela os Fleets e WhatsApp começa a testar recurso multi-dispositivo

Passando às notícias relacionadas a software, esta semana também vimos o Twitter cancelando o recurso Fleets — sua versão do Stories. Se você lembra, o Fleets foi anunciado há pouco tempo (em novembro de 2020) e, no curto espaço de tempo que durou, o Twitter percebeu que o recurso não é tão popular quanto se imaginava. A partider de 3 de agosto, quem utiliza o Twitter já não contará mais com a função.

whatsapp tipps tricks
O WhatsApp já funciona em mais de um dispositivo / © buketaltindal / Shutterstock; Montage: NextPit

Outra novidade vem do WhatsApp, que começou a testar uma funcionalidade muito esperada. Até poucos dias, era necessário manter o serviço conectado ao celular para usar em conjunto com a versão web ou para desktop. Agora, uma nova versão do WhatsApp permite o uso simultâneo do mensageiro em até cinco aparelhos e de forma independente.

Teremos um evento global da Honor em agosto

A Honor está se saindo muito bem no mercado chinês após a separação da Huawei. Agora, a empresa planeja um evento global em agosto, isso de acordo com um tweet oficial. A expectativa é vermos o lançamento dos novos aparelhos da série Honor 50. Além disso, alguns rumores indicam o anúncio do topo de linha Honor Magic 3 no evento, que deverá vir equipado com o Qualcomm Snapdragon 888 Plus.

Nokia faz teaser de celular super resistente

A Nokia indicou no início desta semana que poderá lançar um novo smartphone no dia 27 de julho. Em um tweet, a fabricante indica que se trata de um telefone super resistente. A parte traseira do misterioso aparelho que aparece na imagem parece bastante similar aos recém-lançados Nokia X10 e X20. O dispositivo deve ter uma câmera fruto de uma parceria com a ZEISS. No entanto, não temos muitas informações sobre o que esperar em relação às especificações de hardware.

Vencedor da semana: Xiaomi, por se tornar a #2 maior fabricante do mundo

Esta semana, a Xiaomi tomou o título de segunda maior marca mundial de smartphones da Apple. De acordo com um novo levantamento da empresa de pesquisa e análise Canalys, a Xiaomi abocanhou 17% do mercado mundial de smartphones em termos de vendas. A atual líder é a Samsung, que tem uma participação de 19%.

Com isso, a Xiaomi supera a Apple, mas que também não está muito atrás, com 14% da participação de mercado. Mas ao que se deve essa ascensão da fabricante chinesa? Bom, o aumento das vendas de Xiaomi veio em grande parte da demanda dos celulares da empresa na América Latina, África e Europa Ocidental — e não dos mercados asiáticos nos quais é tradicionalmente forte.

12131563132021Q2 Smartphone Prelim 5
Xiaomi já é segunda maior marca de smartphone do mundo / © Canalys

Perdedor da semana: Google, após receber multa na França

A escolha do perdedor desta semana foi unânime é coloca o Google em evidência por conta de uma multa de 500 milhões de euros imposta pela Autoridade de Concorrência da França. A decisão antitruste de multar o Google veio de um processo que durou quase 7 meses, no qual o gigante das buscas deveria chegar a um acordo com as editoras locais para usar trechos de seu conteúdo no Google News.

De acordo com o órgão regulador, o Google não ofereceu um acordo justo aos editores franceses e só estava disposto a pagar menos do que atualmente paga para acessar dados meteorológicos e definições de dicionários. A autoridade acrescentou que o Google precisará fazer um acordo com os editores nos próximos dois meses ou terá que pagar uma multa ainda maior, no valor de 900 milhões de euros.

É preciso citar aqui, no entanto, que o Google conseguiu chegar a um acordo com editores em outros países, mas até agora não foi capaz de replicar isso na França.

E é isso aí, pessoal, estes foram os destaques da semana na tecnologia e a nossa escolha para vencedores e perdedores no NextPit. Você concorda com a nossa seleção?

ÚLTIMOS ARTIGOS

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Jairo rios há 1 semana Link para o comentário

    Xiaomi manda bem no vasto segmento intermediário no custo X benefício em questão de atualizações de OS continua sendo uma lastima ,e bugs na MIUI continuam constantes. A HMD vem patinando em suas lançamentos , falta sex appeal, poderiam aproveitar mais a marca Nokia .Quanto a Google ......vai acabar em pizza a multa , eles recorrem , fazem acordo e o valor da multa despenca, como sempre.


  • Penskemen há 1 semana Link para o comentário

    Sobre a ascensão da Xiaomi já havia feito um comentário bem detalhado; então só acrescentaria:
    - Xiaomi para o alto e avante🚀
    Sobre a "Big G" ela ainda poderá sangrar bastante antes de sentir ou ter suas estruturas abaladas, afinal o valor dessa multa para ela representa dinheiro de café se comparado ao seu faturamento...
    Enquanto o governo dos E.U.A permanecer como seu parceiro recebendo todo tipo de dados de seus usuários, a Google vai dar risada das sanções oriundas de outros países.