NextPit

Google cancela updates do WebView para Android 4.3 e inferiores: o que realmente muda?

20141111 IMGL8983 2
© NextPit

Sem aviso ou declaração oficial, o Google decidiu interromper o lançamento de atualizações de segurança do módulo WebView para as versões do Android 4.3 Jelly Bean e inferiores. Teoricamente, 930 milhões de aparelhos ficarão mais vulneráveis a ataques de hackers, mas será que há motivo para se preocupar?

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV
20141111 IMGL8983 2
A falta de updates para o WebView pode criar um falha de segurança. / © ANDROIDPIT

Não, mas primeiro uma breve explicação sobre o WebView. Trata-se de um componente do motor de renderização WebKit que mostra páginas da internet sem precisar abrir outro aplicativo. Além disso, ele também representa uma “porta” para a execução de códigos remotos no sistema, e a interrupção das suas atualizações tornaria os dispositivos rodando Android 4.3 e inferiores mais vulneráveis.

Como já dito, contudo, não há motivo para alarde. Em primeiro lugar, certamente serão desenvolvidas alternativas de terceiros, que serão publicadas como patches ao AOSP e que tornarão o WebView novamente seguro em versões mais antigas do Android. Em segundo, existem maneiras simples de se proteger. Confira abaixo.

Como se proteger

Se o seu smartphone rodar com Android 4.3 Jelly Bean ou inferior, tome as seguintes medidas para contornar a falha de segurança até que os patches de terceiros sejam desenvolvidos.

1. Desative o navegador padrão

Se ainda não tiver desativado o navegador nativo do Android, essa é a hora de fazê-lo. Um browser com motor próprio é a melhor pedida no caso: o Firefox, o Chrome e o Chrome Beta. No caso do Dolphin, será preciso complementá-lo com o Jetpack-Engine. Todos esses navegadores recebem suporte e atualizações regulares (inclusive de segurança) disponibilizadas na Play Store.

lggwatchrbr
Um browser externo é a melhor pedida. / © ANDROIDPIT

2. Desative o navegador in-app

Para que os aplicativos parem de usar o componente WebView do Android, você também precisa configurar a opção de que todos os links sejam abertos por navegadores externos. Quando disponível, essa função se encontra normalmente na seção de “Configurações” de cada app.

3. Evite baixar apps de fontes desconhecidas

Mais do que nunca, certifique-se da segurança e confiabilidade da fonte ao baixar aplicativos fora da Play Store. Uma dica básica, mas que pode evitar muitas dores de cabeça futuras.

xiaomi harddrive 2
Só permita o download de apps de fontes desconhecidas quando confiar na fonte! / © ANDROIDPIT

Você tem uma versão antiga do Android? Que outras medidas toma para se proteger?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

21 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Paulo wagner 18/01/2015 Link para o comentário

    Sacanagem da Google isso


  • Samuel Serafim 16/01/2015 Link para o comentário

    Achei a matéria muito boa. Ao contrário dos outros sites, aqui deu pra ver que não há o que se preocupar.


  • Adson M. 14/01/2015 Link para o comentário

    Lamentável decisão do Google, tem tablets por aqui saindo com Android 4.2 e processador intel, não será atualizado nem por meios alternativos. E pior com selo ''with Google'' atrás do aparelho.


  •   17
    Conta desativada 14/01/2015 Link para o comentário

    Pirando os donos de S3 em 3... 2... 1...


  • Henriquellima 14/01/2015 Link para o comentário

    Eu achei certa a atitude mas que foi usada em uma versão até que recente demais do Android. Se a Google tivesse feito a partir do Ice Cream Sandwich seria mais compreensível do que com a Jelly Bean 4.3. É pelo menos mais uma maneira das fabricantes atualizarem com mais frequência os aparelhos, inclusive os mais simples.


  • Marcelo Rodrigues 13/01/2015 Link para o comentário

    Google mandando um belo se F#%-*- nos seus usuários, pode ate ser besteira mas não deixa de ser algo relacionando a segurança


  • Jairo rios 13/01/2015 Link para o comentário

    Não deixa de ser lamentável , sei que a obsolescência programada faz parte do jogo , é muito dinheiro envolvido , mas a segurança sempre deveria ser preservada.


  • Ader Marcelo 13/01/2015 Link para o comentário

    pessoas fazendo tempestade em copo d'agua sendo que a maioria deve naturalmente usar o chrome ou outro navegador a sua escolha, em smarts que vem com navegador básico instalado, as pessoas ou não usam ou desabilitam pra ganhar espaço na memória


    • Fabrício 13/01/2015 Link para o comentário

      Sei que o meu smartphone não está na lista. Acontece que, no caso, do note 4 preciso usar o navegador padrão para uma melhor experiência com a S Pen.


  • Gustavo N. 13/01/2015 Link para o comentário

    Notícia horrível


  • Samuel T. 13/01/2015 Link para o comentário

    Poderiam ter parado somente com usuários do ICS para baixo.


    • Vinícius S 13/01/2015 Link para o comentário

      Claro que não! Esta louco? ainda tem milhares de pessoas que usam Smartphone com Android 2,4.


    • Alexandro josé 14/01/2015 Link para o comentário

      concordo plenamente


  • Vinícius S 13/01/2015 Link para o comentário

    Achei isso uma falta de consideração com os usuários do 4.3

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.