NextPit

Mi MIX 2 e Mi Note 3, os novos lançamentos da Xiaomi

IMG 20170911 095931
© Xiaomi

Às vésperas do lançamento do novo iPhone, marcado para amanhã, a Xiaomi apresentou ao mundo dois novos smartphones que serão os concorrentes dos próximos produtos da Apple no mercado chinês. O esperado Mi MIX 2 foi lançado em conjunto com o Mi Note 3. Conheça-os a seguir.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

O Mi MIX é a segunda geração do dispositivo que se tornou popular por trazer bordas extremamente finas em suas extremidades. Com o Mi MIX 2, a Xiaomi melhorou ainda mais esse trabalho, incluindo a parte inferior frontal, que era o espaço menos otimizado no modelo predecessor.

O Mi MIX 2 está 12% mais compacto em comparação com o primeiro modelo. Sua tela passou de 6,4 polegadas para 6 polegadas (5,99"), trazendo o novo aspecto de 18:9. A Mi também fez mudanças no alto-falante do dispositivo, que era piezoelétrico (funcionava através de vibrações na estrutura do aparelho) passando para um speaker tradicional. O novo revestimento abandona o metal e aposta na cerâmica.

xiaomi mi mix 2 01
Design do Mi MIX 2 / © Xiaomi

O Mi MIX 2 não oferece conexão para fone de ouvido convencional, apenas uma porta USB Type-C no lugar. Com relação ao hardware, a empresa trouxe o que existe de mais completo para um topo de linha deste ano. O modelo é embalado pelo processador Snapdragon 835, com 6GB de memória RAM, 64, 128 ou 256 GB de armazenamento e bateria de 3.400 mAh.

Hugo Barra, ex-CEO da Xiaomi, publicou em seu Facebook um vídeo unboxing do modelo (em inglês):

A Xiaomi também apresentou o Mi Note 3, que é um intermediário com design convencional. Este modelo tem processador Snapdragon 660 com 6GB de RAM, 64 ou 128GB de armazenamento e bateria de 3.500 mAh. O Note 3 vem com câmera dupla traseira capaz de aplicar zoom óptico de 2x sem perdas de detalhes, além de trabalhar com o efeito de desfoque de fundo (bokeh).

Mi MIX 2 e Mi Note 3: lançamento e preço

O Mi MIX 2 chega dia 15 de setembro custando a partir de 3.299 yuans (R$ 1.585 sem taxas) para a versão de 64GB. Já o Mi Note 3 não tem data de lançamento oficial, mas seu preço será de 2.999 yuans (R$ 1.439 sem taxas). Como a Mi não está presente no Brasil, os usuários interessados terão que importar estes produtos.

O que você achou do Mi MIX 2 e do Mi Note 3?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

107 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Victor Lima 13/09/2017 Link para o comentário

    esse mi Mix 2 tá muito legal


  • Rogerio Droid Tec 12/09/2017 Link para o comentário

    acho bacana mas não é um aparelho que eu usaria no dia dia, esperando o meu a1 *-*


  • Tio Gudy 12/09/2017 Link para o comentário

    O Hardware é excelente de ponta, o melhor que dá pra encontrar pelo custo benefício, mas tela IPS e bateria capada da versão anterior tiraram meu tesão por ele fora a garantia que não é oferecida, vou aguardar um upgrade que seja satisfatório para aquisição.


    • Rommel Sena 12/09/2017 Link para o comentário

      Depende da tela IPS amigo, tive um Moto X Style com tela IPS LCD quad-HD e garanto a você, sem exagero algum, a qualidade da imagem e a tonalidade de cores não devia absolutamente nada ao Amoled. Digo isso pq minha esposa tem um Galaxy S7 e pude comparar os dois. Ela tinha uma configuração que você podia escolher entre cores mais reais ou mais saturadas (como no amoled). Uma tela espetacular de 5,7" e ainda tinha a vantagem de ser mais resistente ao burn-in e o branco ser mais puro. Uma pena que deixei cair meu aparelho e quebrou o LCD por dentro do vidro... Trocar a tela pela original não compensava e tive que me desfazer do meu X style.


  • Tio Gudy 12/09/2017 Link para o comentário

    O hardware dele é potente é o melhor que existe pelo preço acessível, mas não dá pra aceitar um top de linha dá marca com tela IPS, bateria capada do antecessor junto com a tela menor, vou aguardar o próximo lançamento com uma tela Super Amoled que é o mínimo pra um top de linha.


  • Matheus 12/09/2017 Link para o comentário

    Esperava mais do mi mix 2, principalmente em relação a bateria.
    Hoje estou em dúvida em dois produtos intermediários, elephone S8 e umidigi S2 pro, qual deles vcs preferem?


  • paulo maia 12/09/2017 Link para o comentário

    Xiaomi matou a linha Note, este é o problema em lançar modelos exageradamente, quanto MI MIX 2 apenas mais do mesmo.


  • Gerson Marvel 12/09/2017 Link para o comentário

    Todos os top de linha baseados em Android praticamente estão se igualando no hardware. O grande trunfo da Apple por enquanto continua sendo o sistema operacional.


  • Elerson Soares 12/09/2017 Link para o comentário

    São excelentes smartphones, mas fiquei descontente com a Xiaomi: Muito alarde para pouca coisa.
    Xiaomi Mi Mix 2 é lindo, hardware de ponta, mas infelizmente a promessa de ofuscar o lançamento da maçã não passou de uma mera atualização da primeira versão, não estou questionando o smartphone, mas foi muito burburinho e propaganda para entregar mais do mesmo.
    Já o Mi Note 3 me encantou, vou esperar os preços de lançamentos passar, ele se tornou minha principal opção de aquisição para 2017.

    Conta desativada


  • Christian Rodrigues S. 12/09/2017 Link para o comentário

    Achei meio sem graça (porque é idêntico ao MI Mix 1), esperava um celular mais bonito... Ele é lindo!! Porém a Xiaomi poderia ter mudado/inovado mais na aparência do gadget...


  • marcelo m. 12/09/2017 Link para o comentário

    muito bonito, mas é uma boa quantia de dinheiro + dinheiro nos impostos p/ não existir alguma garantia, infelizmente.

    Conta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativadaConta desativada


  • Igor Britto 12/09/2017 Link para o comentário

    Marcas chinesas to fora! Esse desgosto não dou para meus pais!


    • Danilo Barros 12/09/2017 Link para o comentário

      Não vejo motivo para ter desgosto. Por mais q vc não compre um celular de marca chinesa...todo ele terá ao menos um componente feito na china. Se n fosse a china vc n estaria aqui digitando nada.


    • Vinicius 12/09/2017 Link para o comentário

      Então vai ficar difícil... Vai ter de se contentar com iPhone ou Samsung, que aliás são em grande parte montados na China. A China já dominou mais esse mercado, não tem volta.


    • Christofer Braga 14/09/2017 Link para o comentário

      fica na fila do iPhone de 5 mil quando lançar aqui ok?


  • airton 12/09/2017 Link para o comentário

    Surpreendente aqui é a bateria de ambos dispositivos!


  • Magno Souza 12/09/2017 Link para o comentário

    top


  • Lucas Goulart F. 12/09/2017 Link para o comentário

    É basicamente a mesma coisa do anterior. Nada de muito interessante.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.