Xiaomi pode vender celular sem carregador

Xiaomi pode vender celular sem carregador

A Xiaomi deve anunciar o Mi 11 oficialmente no próximo dia 28 de dezembro, porém um usuário que já está com o aparelho em māos resolveu revelar alguns detalhes antes da hora. Em uma publicação no Weibo, o leaker muito confiável Digital Chat Station, postou uma imagem que sugere que a Xiaomi deve retirar o carregador da caixa dos seus aparelhos, começando pelo Mi 11.

Em outubro, quando a Apple decidiu não incluir um carregador e um par de fones de ouvido na caixa da nova geração de celulares, o iPhone 11, iPhone XR, iPhone SE (2020) e a linha de iPhone 12, justificando como “uma tentativa de reduzir” a sua pegada de carbono e tornar-se uma marca mais amigável ao meio ambiente.

A Xiaomi aproveitou a oportunidade para cutucar a companhia de Cupertino em um post promovendo o Mi 10T Pro, dizendo: “Não se preocupe, não deixamos nada fora da caixa” na tradução direta.

Nesta semana, a Samsung apagou o post no Twitter, que ironizava o fato da Apple vender o iPhone 12 sem carregador, que dizia: “seu Galaxy oferece tudo o que você procura, desde as coisas mais básicas como um carregador”.

Samsung Caribbeanoood
Samsung ironizando o fato da Apple vender o iPhone 12 sem carregador / © Reprodução/Facebook

Este movimento de revolução das fabricantes não é tão novo quanto parece, aconteceu no passado quando a Apple abandonou a entrada para fones de ouvido ou adotou o notch para a câmera frontal, os concorrentes primeiro fizeram piada e depois resolveram seguir seus seus passos.

Será mais uma que vai ter que apagar o posts?

ÚLTIMOS ARTIGOS no NextPit

Recomendado pelo NextPit

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Tudo na verdade depende de você consumidor!

    Se você boicotar as marcas e modelos que vendem aparelhos sem carregador, ai sim as mesmas empresas terão que rever essa política de maximização de lucros. Eu mesmo irei acionar o Procon para ver o que pode ser feito, pois na minha visão, trata-se de venda casada, pois todo aparelho precisa de uma fonte de energia para funcionar, ou seja carregar o aparelho. Sugiro que cada consumidor faça o mesmo.

    Muitas pessoas já não tem recursos suficientes para comprar smartphones, cada vez mais caros, e ainda sim vem sem acessórios fundamentais?

    Cabem aos órgãos como Procon, entre outros, impedirem essa prática totalmente descabida e lesiva ao usuário final!

    Por favor, não compre aparelho sem carregador, faça a sua parte, deixe encalhar, só assim, essas empresas respeitarão você consumidor!


  • Esta atitude está se tornando uma prática ruim por parte da grandes marcas, mas isso será fácil de resolver, a dica para todos é simples; se isso se tornar uma prática usual para alguns modelos de determinadas marcas, é só usar esse fator (do modelo não conter o carregador) como item de exclusão, para não comprar modelos que não tiver incluso o carregador na caixa, simples assim. A concorrência entre marcas de mesmo segmento, acabará por tornar esse item (carregador) como fator para descartar modelos quando se compara qual smartphone comprar.


  • Vários YTs ja postaram está lamentável.informacao

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.