Xiaomi assume o segundo lugar entre as fabricantes de celulares

Xiaomi assume o segundo lugar entre as fabricantes de celulares

A Xiaomi continua subindo degraus no pódio dos celulares. De acordo com números preliminares da consultoria Canalys, os chineses são agora o segundo maior fabricante mundial de smartphones pela primeira vez em um trimestre, deixando a Apple em terceiro lugar. A Samsung continua liderando o ranking.

  • Canalys publicou números preliminares de vendas para o 2ºT/21;
  • Xiaomi superou a Apple, a Samsung permanece na frente;
  • Oppo e Vivo completam o top 5.

Não é bem uma novidade que a Xiaomi tem lançado muitos celulares. Mas muitos modelos novos não significam necessariamente mais smartphones vendidos, mas no caso da Xiaomi o plano parece estar funcionando. De acordo com os últimos números (preliminares) da empresa de pesquisa de mercado Canalys, somente a Samsung vendeu mais celulares no mundo inteiro do que a Xiaomi no segundo trimestre de 2021.

 

83 por cento mais celulares distribuídos do que no ano anterior

O fato da Xiaomi ter sido capaz de ocupar o segundo lugar atrás da Samsung pela primeira vez na história deve-se ao fato de ter conseguido vender 83 por cento mais smartphones do que no mesmo trimestre do ano anterior. Em comparação, as vendas da Samsung aumentaram em 15% e as da Apple em apenas 1%. As chinesas Vivo e Oppo tiveram aumentos de 27 e 28 por cento, respectivamente. O gráfico a seguir ilustra isso mais uma vez:

Canalys Smartphone Prelim 5
Em geral, foram enviados 12% mais smartphones do que no ano anterior / © Canalys

Deve-se lembrar, entretanto, que as estimativas da Canalys ainda são preliminares e também devemos levar em conta que o segundo trimestre é geralmente um período de entressafra para a Samsung e especialmente para a Apple. Portanto, é apenas um instantâneo, que pode já parecer diferente no terceiro ou quarto trimestre.

Xiaomi chega em preço - e qualidade

Os dias da Xiaomi lançando celulares baratos de plástico que não passavam de imitações do iPhone ou da Samsung já ficaram para trás. O sucesso atual ainda pode ser explicado pela política agressiva de preços, pelo menos no exterior, com um preço médio de venda 40 a 75% mais baixo do que o da Samsung e da Apple.

Ao mesmo tempo, a Xiaomi se tornou uma fabricante que busca inovação (200 watts de carga rápida, por exemplo). Sabemos que os chineses podem construir flagships de alta qualidade antes mesmo do monstro Mi 11 Ultra. No NextPit, os celulares da Xiaomi aparecem em nossas listas dos melhores frequentemente, seja tratando dos melhores smartphones em geral, dos melhores celulares intermediários ou das melhores câmeras.

A propósito, o gerente de pesquisa da Canalys, Ben Stanton, detalhou de onde vem o grande crescimento da Xiaomi: a empresa cresceu 50% na Europa Ocidental, 150% na África e até 300% na América Latina.

Qual o limite para a Xiaomi?

Com uma participação de mercado de 17%, a Xiaomi não só deixou a Apple para trás, mas também está se aproximando perigosamente dos 19% da líder Samsung. Mas mais uma vez, tanto a Apple quanto a Samsung lançarão novos topos de linha em 2021. No caso da Samsung, estamos esperando o Galaxy Z Fold 3, entre outras coisas, enquanto a Apple lançará a linha iPhone 13.

As chinesas Vivo e Oppo também não vão querer ficar paradas nesta batalha pelo topo do pódio dos celulares, apenas a Huawei parece ter se despedido deste grupo, justamente um ano após ter assumido a segunda colocação.

O que você achou? Estamos testemunhando uma troca de posições no mercado de celulares - ou os números da Canalys são apenas um instantâneo e tudo vai mudar com o lançamento do novo iPhone?

ÚLTIMOS ARTIGOS

6 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 1 semana Link para o comentário

    Para comentar essa matéria, precisamos saber distinguir o suco de uva do vinho; senão vejamos:

    -O melhor "APARELHO CELULAR" do mundo com sistema Google chama-se:
    Sony Xperia (modelos fabricados exclusivamente "NO JAPÃO"), mas...

    O melhor "APARELHO SMARTPHONE" com sistema da Google, e que reúne o melhor pacote de software e hardware na atualidade está nas mãos da Xiaomi.

    Precisamos distinguir celulares de smartphones, pois atualmente os dispositivos móveis (do tipo smartphones) se transformaram em mini-tablets super dimensionados.
    Atentem para o fato que montar dentro da carcaça do aparelho, componentes de 1ª linha como pentes de memória e armazenamento, escolher o melhor em Soc's, displays com materiais e especificações de ponta; sensores de câmeras com configurações de máquinas profissionais, é um primoroso projeto que os engenheiros da Xiaomi atualmente estão sabendo explorar melhor "no quesito custo benefício". Mas agora se fomos citar o sistema concorrente da Google, a Apple vence fácil pois está concorrendo sozinha com seu iOS, então fica difícil compará-la com outras marcas de aparelhos.


  • João há 1 semana Link para o comentário

    Os Motorolas, os LGs, os Samsungs tem fábrica no Brasil, material de reposição imediata, tem dual VoLTE, dual VozWiFi inclusive na Vivo/telefônica. E os xiaomimimis não. E aqui estão mais caros. Para quem quer usar telefone só como Tablet, tudo bem, atendem. Mas quem quer usar para telefonar, Necas.


    • Marcio S. há 1 semana Link para o comentário

      com as facilidades atuais de importação não existe essa barreira mais, é possível encontrar peças para qualquer telefone, até os que nem vendem no Brasil. Eu por exemplo trouxe um Oppo Find X2 Pro da Italia e quebrou a tela aqui, eu consegui trocar com um técnico em menos de uma semana a tela nova estava na mão.


    • Douglas há 1 semana Link para o comentário

      Então eu acho que vc não sabe ou não entende..
      Eu tenho um Xiaomi e sou desastrado..
      Troquei 4 vezes, sim e sério ,troquei 4(QUATRO!) vezes a tela do meu desconhecido e pouco vendido por aqui Redmi S2.. Pasmem eu troquei recentemente e ainda tem peças de reposição,imagine um Note da vida..
      E capaz de ter mais peças de reposição da Xiaomi do que da LG no mercado!
      Essa visão de que só pq a marca"monta"(Pq sejamos sinceros, ela não fábrica as placas, circuitos e Soc's no Brasil, só uma pessoa alienada para acreditar nisso), e a garantia de 1 ano,olha se vc ainda não acionou a garantia de algum bem, talvez vc cai no conto do vendedor, mas olha o acionamento de garantia no Brasil e horrível,a empresa enrola, diz que foi mal uso, e no máximo tenta consertar o aparelho, e em último caso se vc não entrar antes nos pequenas causas, eles trocam por um aparelho semelhante..
      Resumindo: Garantia e uma b#$@ta no Brasil e as empresas tão andando e cagando pro consumidor..
      Garantia não foi e nem será um benefício de comprar algo no Brasil..


  • Jairo rios há 1 semana Link para o comentário

    Acredito que com o lançamento do novo iPhone a Apple recupere a 2a posição


    • Rubens Eishima
      • Equipe
      há 1 semana Link para o comentário

      No quarto trimestre não tem pra ninguém mesmo, já tem mais de 10 anos que a Apple lidera depois da coleção primavera-verão do iPhone.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.