NextPit

5 curiosidades sobre o Zenfone 6 que talvez você não conheça

androidpit asus zenfone 6 back side
© Ben Miller / NextPit

O Zenfone 6 foi lançado na semana passada, e suas peculiaridade de design são o que mais chamaram atenção. É fato que a Asus ousou bastante ao colocar uma câmera giratória no aparelho, junto a um processador Qualcomm topo de linha e uma bateria de 5.000 mAh.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Os maiores detalhes sobre ele você pode conferir nos artigos abaixo, mas apresentaremos aqui algumas informações extras sobre ele que podem te interessar:

A câmera aguenta o tranco

Uma das maiores dúvidas sobre o novo Zenfone 6 é sobre a resistência de uma câmera que pivota em seu eixo e fica exposta "fora" do smartphone para fazer fotos. Afinal, estamos falando de partes mecânicas, e isso em um aparelho que passa o dia inteiro com a gente pode ser um problema enorme.

zenfone 6 04
O mecanismo da câmera do Zenfone 6 / © Asus

De acordo com a Asus, a preocupação com isso é mínima. Embora seja sempre preciso tomar cuidado, como você cuidaria de qualquer aparelho caro que compra, a dobradiça da câmera tem alguns truques para segurar o tranco. Um deles é o sensor G, que detecta se o smartphone está caindo no chão e tenta devolver a câmera ao seu estado fechado o mais rápido possível.

O mecanismo também foi testado por 100 mil vezes o seu abre e fecha, em laboratório, sem quebrar. Mas, além disso, o executivo da marca, Marcel Campos, fez um vídeo em que seu filho testa a dobradiça de modo pouco ortodoxo, mostrando que ao menos alguma segurança é oferecida:

Esse mecanismo também pode ser mais "torturado" porque funciona de forma eletromagnética, com menos partes físicas se encostando. Assim, quando você gira à força o módulo, ele simplesmente força e ultrapassa o campo eletromagnético, e não lida com engrenagens que podem se quebrar.

O tal do metal líquido

Outro motivo para a resistência propagandeada é a construção do módulo da câmera, feita em um material chamado metal líquido (Liquidmetal). Esse é um material desenvolvido pelo Caltech, o Instituto de Tecnologia da Califórnia, e trata-se de uma liga metálica feita de metais como zircônio e titânio, sendo quatro vezes mais resistente do que aço inoxidável e ligas de titânio e alumínio. Já é usado em alguns relógios, por exemplo.

É um material de ótima condutividade elétrica, mas que atrapalha conexões e pode aquecer demais. Por coisas como essas e por ser um material caro, é usado apenas no módulo da câmera, mas já garante muita resistência à parte mais sensível do aparelho, uma vez que é mais flexível e aguenta mais choques.

Câmera giratória não é a primeira

Quando o Zenfone 6 foi revelado, muita gente comparou o mecanismo dele ao do Galaxy A80, que causou frisson ao chegar por aqui. Afinal, a Asus imitou o A80? Você pode, antes de tudo, conferir nosso artigo com curiosidades sobre o aparelho da Samsung:

Depois, pode perceber que, de acordo com nosso hands on do Zenfone 6, a Asus usou seu mecanismo giratório para apresentar um pouco mais do que apenas levar a câmera traseira para a frente do aparelho. Com ela, você pode controlar a angulação da câmera e tirar fotos de forma mais prática, fazer panoramas automáticos, sem mexer o aparelho, ou ainda gravar vídeos com acompanhamento de objeto.

Por que não tem tela AMOLED?

Outra dúvida de quem acompanha notícias de tecnologia está no fato de o Zenfone 6 ser um topo de linha mas, mais uma vez, insistir na tela LCD IPS, e não optar por uma AMOLED, que é considerada por muitos como um display superior e de melhor qualidade. 

androidpit asus zenfone 6 hero no camera
A tela do Zenfone 6 é IPS / © NextPit

Em um vídeo em seu canal no YouTube, o executivo Marcel Campos explica a escolha do IPS por questões principais de custo, como já era esperado. Com valor de lançamento de 500 euros (aproximadamente R$ 2.300, sem impostos), esse smartphone não é tão caro pelo que oferece. Uma AMOLED sem notch poderia custar até três vezes mais.

São trocas feitas para oferecer outras características, e ainda assim a Asus informa que é uma tela com 600 nits, bem brilhante, traz DCI-P3 e também é mais indicada para fotos, um dos óbvios destaques do aparelho.

Ousadias, mas com conservadorismo

Apesar de trazer uma câmera muito louca, a Asus optou por não embarcar em tendências de atuais topos de linha, como carregamento sem fio e biometria abaixo da tela. No caso da biometria, a explicação dada por Marcel Campos em seu vídeo é que essa função ainda não é segura, informação corroborada por acontecimentos recentes.

sansungfingerprintgalaxy
Nada de biometria sob a tela para o Zenfone 6 / © Samsung

Para o caso do carregamento sem fio, é uma tecnologia que adiciona um milímetro ao aparelho, e que pode superaquecer se essa característica não for respeitada. Além disso, Campos justifica que ainda é uma tecnologia de carga lenta, e que serve apenas para satisfazer a ansiedade de quem tem receio de ficar sem bateria. E, por isso, o Zenfone 6 conta com uma bateria tão grande.

Bônus: quando chega no Brasil?

Aparentemente, entre agosto e setembro, como falamos aqui.

O que você acha do Zenfone 6? Teria um smartphone com câmera giratória?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

24 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • André Filipe 24/05/2019 Link para o comentário

    Não gosto das cores em tela de Amoled, acho que sou o único.


    • Soterio Salles 24/05/2019 Link para o comentário

      Único você não é... Mas hoje em dia dá pra reduzir muito daquela saturação absurda das AMOLED.


  • Diego Tobias 23/05/2019 Link para o comentário

    Bom aparelho. Eu investiria...


  • Soterio Salles 22/05/2019 Link para o comentário

    Achei ele bem bonito mas depois de ver um vídeo mostrando os protótipos descartados entre outras coisas do referido fiquei pensando em porque não aquele modelo com slide duplo...
    Minha única crítica vai pelo fato de não ter display OLED mas ok...


    • magno 23/05/2019 Link para o comentário

      Bom dia, onde viu esse vídeo ???


      • Soterio Salles 23/05/2019 Link para o comentário

        Vi no YouTube mesmo acho que foi do canal Betech


  • Gabriel M. 22/05/2019 Link para o comentário

    Uma AMOLED poderia custar três vezes mais?! Tudo bem que ela chega o componente mais caro de um celular dependendo da qualidade, mas ela não custa 1000 euros.


    • Big Boo 23/05/2019 Link para o comentário

      A tela poderia custar até 3x mais do que a tela lcd, não o aparelho.


  • Thierry R. 22/05/2019 Link para o comentário

    O Oppo N3 já tinha câmera giratória lá em 2014.


  • Jairo rios 22/05/2019 Link para o comentário

    Belo lançamento , gostei que finalmente tenham enterrado a Zen UI e partido para um Android mais stock , vamos ver os.precos a serem praticados no Brasil .


  • Eduardo Urbaneja 22/05/2019 Link para o comentário

    Eu só espero que a Asus repita a estratégia do ano passado e traga o zenfone 6 por um preço justo e não faça que nem a xiaomi querendo cobrar 4000 num aparelho que custa menos de 2000 lá fora haha


    • Gabriel M. 22/05/2019 Link para o comentário

      Se lá fora equivale a 2,3k aqui, não vai chegar por menos de 3k


    • André Filipe 24/05/2019 Link para o comentário

      O Dólar está na casa dos 4 reais(isso se o presidente não falar alguma bobeira) e com isso as empresas jogam para cima o valor do produto para não perder dinheiro.


  • José Luís Silva Martiniano 22/05/2019 Link para o comentário

    O novíssimo Zen 6 ficou sensacional, com uma excelente configuração de
    hardware e para completar, uma espetacular bateria. É um smartphone completo sem sombras de dúvidas.


  • lucas fontoura 22/05/2019 Link para o comentário

    Zenofne no título...


  • walterCruz 22/05/2019 Link para o comentário

    A câmera giratória não é novidade. A OPPO foi a primeira empresa a implementar esse tipo de câmera em um smartphone, sendo o OPPO N3, lançado em 2014.


  • Nivaldo Cavalcante 22/05/2019 Link para o comentário

    Tinha que mandar a criança derrubar no chão pra ver se fecha a tempo mesmo como disseram.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.