NextPit

Bateria que carrega completamente em apenas 1 minuto é anunciada na Califórnia

akku smartphone new format
© NextPit

Diga "adeus" às baterias de íon-lítio e "olá" às baterias de íon-alumínio! Químicos da Universidade de Stanford desenvolveram uma nova tecnologia quando o assunto é a bateria do seu smartphone. Imagine poder contar com uma bateria flexível, mais segura que a de lítio e com capacidade de carregamento completo em apenas 1 minuto?

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV
akku smartphone new format
Que tal um smartphone com bateria que carrega em apenas 1 minuto? / © ANDROIDPIT

Baterias de alumínio não são uma novidade e, geralmente, estão associadas a problemas de carregamento após serem carregadas por 100 vezes. Entretanto, estes cientistas dizem ter criado uma bateria de alumínio capaz de ser carregada até 7.500 vezes sem nem mesmo perder em capacidade. Para se ter uma ideia do que isso significa, imagine que a bateria de alumínio possui 7,5 vezes a vida útil das atuais bateria de íon-lítio, essa que neste momento fornece energia para o seu smartphone funcionar.

De acordo com o professor de química da Universidade de Stanford, Hongjie Dai, tais baterias de alumínio podem substituir aquelas que usamos em computadores pessoais e celulares: "Nós desenvolvemos uma bateria de alumínio recarregável que pode substituir as que temos hoje em dispositivos de armazenamento de dados, tais como as alcalinas, que são ruins para o meio ambiente, e as de íon-lítio, que ocasionalmente explodem. Nossa nova bateria não vai pegar fogo, mesmo se você perfurar ela com uma furadeira". Contudo, a bateria de íon-alumínio não é perfeita... ainda.

Até o momento, as baterias de alumínio produzem apenas 2 volts, menos que os 3,6V entregues por aquelas de íon-lítio. Somado a isso ainda existe o fato que elas suportam apenas 40 watts de eletricidade por quilograma em comparação às de lítio, que suportam entre 100 e 206 W/kg de densidade elétrica. De acordo com Dai, isso pode ser otimizado com o aprimoramento do material usado na construção da bateria, ou seja, um alumínio com mais eletrodos aumentaria a voltagem e a densidade elétrica da bateria.

Assim, solucionando a questão do cátodo, teremos no futuro uma bateria mais barata de se produzir, mais segura, com capacidade de carregamento rápido, flexível e com um ciclo de vida maior. E não precisa ser nenhum gênio para saber que a fabricante que investir primeiro nesta bateria será a primeira também a cair nas graças do povo, certo?

E aí, você trocaria seu celular com bateria íon-lítio por um íon-alumínio? Deixe-nos saber sua opinião os comentários abaixo.

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

22 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Leo Henrique 13/04/2015 Link para o comentário

    Se na china for o equivalente a 5R$, no Brasil vai chegar por 5.000R$


  •   5
    Conta desativada 09/04/2015 Link para o comentário

    DIA GALERA SOU VOLUNTARIO NO GRUPO DO WHATSAPP , GRUPO DE TECNOLOGIA MUITO FODA , UTIMAS VAGAS , CHAMA LA QUE ADICIONAMOS O MAIS RAPIDO POSSIVEL NUMERO DO ADM -> 7199928182 VEM !


  • RaMsOc2 08/04/2015 Link para o comentário

    Fazem anos que aparecem projetos de baterias incriveis .... até hoje nenhuma substituiu a tecnologia merda de bateria que temos atualmente....


  • CLayton 08/04/2015 Link para o comentário

    vcs me matam de rir...
    negam a própria história...
    incrédulos e falastroes sem calças "(alguns) quantas bobeiras ouvimos sobre evolução e duvidamos da mesma...
    carro bi combustão ? nunca...
    celular para todos? inviável...
    são paulino macho "?? jamais... (kkkkk)
    e quase todo avanço,considerado impossível, foi concluído. Agora uma bateria de alumínio, faz vcs acharem que é a pólvora da pólvora"... ou a nova roda ???
    para... isso ai é bico"... logo, logo está aí para todos.

    se esqueceram do IPhone invencível????

    IOS imbatível!!!???
    kkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    morreu com steve jobs...

    moto x 2013 com 5.1 ???
    tenham fé!!!
    eu acredito. 😂😂😂😂


    • Rodrigo Matos 11/04/2015 Link para o comentário

      essa tua cara de quem escorrega no quiabo


  • renan souza 08/04/2015 Link para o comentário

    As grandes fabricantes das atuais baterias, vão pagar bilhões p esses caras esquecerem esse projeto. ouuu vão comprar a patente, produzir baterias com menor custo, e vender ao olho fa cara.


  • Lucas Auditore 08/04/2015 Link para o comentário

    sim na hora espero que ela não seja uma fortuna ou descarregue rápido demais


  • Fábio Christian 08/04/2015 Link para o comentário

    Considerando o alcance e aplicação desta tecnologia, se sair do papel para a prática, estaríamos falando de uma patente de bilhões de dólares.


  • Rodrigo Calile 07/04/2015 Link para o comentário

    finalmente alguém se dedicou para avançar a tecnologia das baterias...


  • Brunno Oliveer 07/04/2015 Link para o comentário

    Mais um projeto sobre bateria que vai ficar apenas no papel.


  •   6
    Conta desativada 07/04/2015 Link para o comentário

    1 minuto pra carregar e 30 segundos para descarregar 😂😂😂


  • adão 07/04/2015 Link para o comentário

    é msm kk


  • Rogerio Costa 07/04/2015 Link para o comentário

    Mais uma notícia promissora de tecnologia de bateria que nunca vai sair do papel zzzzzzzzzzzzzzzzzz


  •   5
    Conta desativada 07/04/2015 Link para o comentário

    Os advogados Kkkkkkkkk.


  • - RR 07/04/2015 Link para o comentário

    Já tava na hora


  • João 07/04/2015 Link para o comentário

    cada pergunta besta...
    não, eu não trocaria. kkkk. sejam criativos.


  •   5
    Conta desativada 07/04/2015 Link para o comentário

    androidpit agora so fala sobre bateria AF.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.