Review do Apple AirTag: o que os novos rastreadores podem fazer

Review do Apple AirTag: o que os novos rastreadores podem fazer

A Apple não teve pressa em lançar seu novo rastreador AirTag. Há cerca de dois anos circulam rumores de que a casa do iPhone estaria trabalhando em um produto que pode ajudá-lo a encontrar suas chaves, carteira e muito mais usando um dispositivo iOS. Agora chegou o momento — e testamos o Apple AirTag.

O que o AirTag pode fazer, que alcance eles têm, onde você pode comprá-los e quanto custam os AirTags e especialmente como trocar a bateria — esclarecemos tudo isso para você em nosso teste.

Avaliação

Prós

  • Uso intuitivo
  • Rastreamento confiável, especialmente com o chip U1
  • Boa proteção de dados
  • Longa duração da bateria
  • Personalizável com gravações

Contras

  • O rastreamento preciso só é possível no iPhone 11 ou superiores
  • Uso em chaveiros exige a compra de um acessório

Quanto custa o Apple AirTag

A Apple oferece os AirTags individualmente ou em um pacote. Enquanto um único rastreador custa R$ 349,00, quatro unidades estão disponíveis por R$ 1.249,00.

Outros varejistas devem oferecer em breve os AirTags, mas na própria Apple você tem a possibilidade de personalizar os rastreadores. Você pode escolher entre quatro letras ou uma série de emojis e ter seu pedido gravado na área branca. Falando nela: a superfície branca é também o alto-falante ou a membrana que reproduz os sons.

O AirTag sai de fábrica já com uma bateria integrada, do tipo CR2032.

Acessórios AirTag: chaveiro e mais

A Apple oferece uma gama de acessórios para os AirTags. Até agora, há um chaveiro em três cores feito de couro, assim como uma etiqueta que se destina a bolsas e bagagens. Esta último está disponível em couro ou em um plástico de alta qualidade. O chaveiro custa R$ 439,00, a etiqueta de couro R$ 499,00 e a etiqueta de plástico R$ 379,00.

NextPit Apple AirTag 9
No lugar do logotipo da Apple, você pode personalizar o lado metálico do AirTag / © NextPit

No exterior, já é possível encontrar acessórios licenciados muito mais exclusivos, como uma etiqueta de bagagem da grife francesa Hermès. Como de costume com a maison, porém, os preços não são exatamente populares. Para a chaveiro o preço é de 349 dólares (cerca de R$ 1.900) e para a etiqueta de bagagem são 449 dólares (quase R$ 2.500). Uau.

Por outro lado, já existem também soluções mais acessíveis. A Belkin, por exemplo, oferece uma capinha para usar com chaveiro por 13 dólares (R$ 70)  e também uma etiqueta para bagagem ou carrinhos pelo mesmo valor.

A propósito, se você está se perguntando: será que posso realmente proteger minha bicicleta com os AirTags? É claro que você pode tentar. Mas acho que o rastreador não é adequado para este propósito. Se os AirTags forem movidos por um estranho, eles emitem um som. Mais para frente explico melhor porque não recomendo esse tipo de uso.

Montagem do Apple AirTag

O AirTag vem de fábrica com uma bateria que, segundo a Apple, só precisa ser substituída após cerca de um ano. Se a bateria estiver com um nível de carga baixo, o iPhone irá notificá-lo.

A propósito, se você está se perguntando — ok, admito que essa dúvida foi minha — como trocar a bateria do AirTag: basta pressionar os discos de prata com os dois polegares deslocando-os levemente. Por baixo há uma bateria CR2032 — naquele padrão semelhante a uma moeda que pode ser encontrada em qualquer lugar. A propósito: o consumo da bateria do meu iPhone não foi afetado pelo AirTag, não notei nenhuma mudança no teste.

NextPit Apple AirTag 4
O chaveiro de couro ou de poliuretano são acessórios adicionais / © NextPit

O próprio AirTag tem certificação IP67 e, por isso, é resistente à água e poeira. Portanto, não há problema se eles caírem na areia da praia ou se você andar na chuva.

Configuração do AirTag com um iPhone

O emparelhamento do AirTag é, como costuma acontecer com os produtos Apple, muito fácil e, no fundo, acontece "automagicamente". Aproxime o AirTag de um iPhone e o emparelhamento começa automaticamente.

Durante a configuração, você pode escolher entre uma série de sugestões para nomear seu item etiquetado. Já existem alguns nomes pré-definidos, mas você também pode dar um apelido da sua escolha.

NextPit Apple AirTag 10
A bateria do AirTag pode ser facilmente substituída desmontando a parte de metal e o disco plástico / © NextPit

Após a configuração, o AirTag é conectado à sua conta iCloud e o item etiquetado pode ser encontrado no menu "Buscar".

Busque (e encontre) os AirTags

A busca e localização dos AirTags funciona pelo aplicativo "Buscar".  Ele lista todos os itens que você adicionou à sua conta iCloud.

Encontrar um item muito próximo

Se o item estiver por perto, o app "Buscar" pode tocar um som que pode guiá-lo. A propósito, a Siri também pode ajudar a partir do comando "Ei Siri, encontra minha carteira". Se o som não for suficiente, há também a Busca Precisa. Para esta função, o iPhone precisa de um chip U1, que a Apple utiliza desde o iPhone 11.

NextPit Apple AirTag 13
Se um AirTag estiver dentro do alcance do Bluetooth, você pode rastreá-lo com precisão / © NextPit

Para o recurso de Busca Precisa, o item deve estar dentro do alcance da rede Bluetooth. Isso normalmente cobre uma área em torno de 7 a 8 metros. Usando a rede UWB (ultra wide-band), o iPhone então determina a localização e mostra o caminho exato para o item usando a câmera, o serviço ARKit, o acelerômetro e o giroscópio.

E se o item não estiver dentro do alcance do meu iPhone?

Se você perdeu algo que está realmente distante, o item pode ser marcado como perdido ou localizado diretamente usando a rede "Buscar meu ...".

Se você marcar o item como perdido, pode digitar um número de telefone, que é então exibido para quem o encontrá-lo em uma página da web. A informação pode ser vista usando um dispositivo iOS ou mesmo alguns smartphones Android.

A rede Buscar tem sido usada para localizar iPhones, iPads e até mesmo Macs há algum tempo, permitindo que você os encontre mesmo quando eles estão offline. A rede basicamente é formada por todos os produtos Apple com o recurso de localização. No entanto, a Apple também oferece a opção de excluir dispositivos da rede.

NextPit Apple AirTag 6
O chaveiro de couro é um opcional que custa R$ 439 / © NextPit

Sempre que um dispositivo da rede Buscar se conecta com um aparelho compatível, o local é enviado para o iCloud, o que é feito de forma criptografada. A propósito, a Apple voltou a dar muita ênfase à privacidade. Somente você pode ver a localização do AirTag e o histórico não está armazenado no gadget.

Todos os dados são criptografados o tempo todo. E, claro, todos os participantes da rede "Buscar" são anônimos. O sinal Bluetooth usado aqui é alterado regularmente para que nenhuma informação possa ser registrada sobre pessoas ou perfis de movimento.

O rastreamento de pessoas deve ser evitado

Ainda falando em proteção de dados, o AirTag não pode ser usado para rastrear pessoas — intencionalmente ou não. Seu dispositivo iOS pode identificar o AirTag de outra pessoa e então alertá-lo de que o item está com você. Você pode então tocar um som para localizar o AirTag. Se você não tiver um dispositivo iOS e, sem saber, carrega um AirTag de outra pessoa, o AirTag tocará automaticamente um som após algum tempo.

Vale a pena comprar uma AirTag?

Primeiro, para quem se surpreendeu que às vezes me refiro à AirTag tanto no singular como no plural neste review, ainda estou um pouco confuso. Isso porque a própria Apple usa o nome "AirTag" consistentemente —  mesmo quando se trata do plural.

Não quero ser o fiscal da gramática e sempre acrescentar um "s" ao nome quando me refiro a mais de um AirTag. Mas às vezes, baixei a guarda e fugi do padrão da marca. Por favor, perdoe o fato de ainda não ter encontrado um padrão claro para o nome, estou trabalhando nisso — juro!

Sempre há produtos que você espera com muito tempo de antecedência. O(s) AirTag(s) é(são) um(s) dele(s)! A cada anúncio da Apple nos últimos meses, esperava que Tim Cook ou um de seus colegas tirassem os rastreadores de seu chapéu ou da jaqueta.

Tudo bem que não é o tipo de produto que preciso com frequência. Mas quando estou procurando por minhas chaves ou minha carteira, o AirTag vem a calhar.

NextPit Apple AirTag 7
A etiqueta/laço para bagagem de poliuretano / © NextPit

Sempre foi claro para mim que o AirTag funcionaria bem. Da mesma forma, a qualidade seria a esperada para um dispositivo desse tipo a esse preço. Mas é exatamente essa atenção aos detalhes que define a Apple, desde o emparelhamento que funciona facilmente até a proteção de dados.

Nem pensei nisso no início, mas faz muito sentido que os AirTags informem mesmo quando desconhecidos os transportam. Sim, é verdade que um ladrão perceberá rapidamente o rastreamento e poderá impedi-lo. Mas se não fosse assim, um AirTag poderia ser usado para rastrear e localizar pessoas sem seu conhecimento.

Por causa disso, os AirTags não são — ou são apenas parcialmente — úteis para recuperar um objeto roubado. O produto é mais voltado para os "descobridores honestos", que devolvem itens perdidos a seus donos.

Esse é o caso de uso mais comum para mim, de qualquer forma. Sempre me surpreendo com a quantidade de pessoas amigáveis e honestas que existem. Recentemente, enquanto andava de bicicleta, minha carteira caiu do bolso do meu casaco sem que eu percebesse.

Não tinha notado isso o dia todo no escritório. Naquela tarde recebi uma ligação de minha esposa — perguntando se eu tinha perdido algo —, ao qual respondi que "não". Depois ela contou que alguém tinha acabado de tocar a campainha da nossa porta e deixado minha carteira. Uma mulher encontrou minha carteira na rua e a levou para minha casa com tudo o que havia nela. O endereço estava no meu cartão de imprensa. Nem preciso dizer que a recompensei mais tarde.

Qual a sua nota para o Apple AirTag?

É claro, foi bom que meu endereço estivesse na carteira. Mas e se eu perder acidentalmente minha mochila com o notebook? Não há nenhuma referência minha nela. Estou certo de que quem a encontrasse ficaria feliz de receber uma notificação no telefone com uma informação de contato para devolvê-la.

Afinal de contas, mais até do que a perspectiva de receber uma recompensa, o melhor de devolver algo ao seu devido dono é a ótima sensação de ter ajudado outra pessoa.

ÚLTIMOS ARTIGOS

9 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Comprar aqui é loucura. Mas é um ótimo produto pra pedir pra aquele amigo que vai viajar pros EUA, trazer! É pequeno, da pra colocar em qualquer mochila e custa bem mais barato. O problema é o genocida no poder, fazendo nossa economia esse caos. O dólar está mto alto.


    • Até os 35 euros (já com o VAT) na Europa parecem viáveis, mas o preço no Brasil afugenta um pouco mesmo.

      Quem sabe vale o investimento para o pessoal que morre de medo de perder os filhos (humanos ou pets) por aí...


  • Qualquer produto da Apple (qualquer um), são referência no mercado, seja qual for o tipo de equipamento certo ? Logo logo a Apple irá relançar o vídeo k7 e a mídia do mundo todo irá comparecer no lançamento. E todos vão achar o relançamento do vídeo k7 a melhor coisa do mundo... Mas quem gosta da Apple compra até injeção na testa se lançarem. AFF...🙄


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 1 semana Link para o comentário

      Sim, querendo ou não a empresa pode não ser sempre a primeira a lançar algo, mas quando lança entrega uma boa experiência, e isso é onde muitas outras empresas acabam errando, oferecendo produtos que ainda se parecem com protótipos.

      Eu realmente acho o ecossistema da Apple fechado, por exemplo, eu assino o Apple One, que vem com o Apple TV+, mas só posso assistir no celular ou computador, pois o app não é compatível com a minha Android TV. Aí é complicado culpar o Google, né?


  • Util , mas muito caro , talvez se colocar em um PET ou mochila valha a pena o dispêndio, talvez.....


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 1 semana Link para o comentário

      Sim, eu perdi minhas chaves recentemente e tive que pagar ao chaveiro o valor de duas AirTags só para abrir a porta do apartamento, isso sem contar com a burocracia e os gastos para fazer uma nova cópia. Agora estou pensando em comprar um para colocar na minha bicicleta também, pois odiaria se alguém roubasse ela.


  • o preço passa muito, mas muito longe de ser convidativo (como qualquer coisa original com um logo de maça), mesmo sendo algo realmente útil e de boa qualidade, e olha que nem considerei os 500 fucking reais em uma etiqueta de bagagem ainda que fosse de couro legitimo de tiranossauro rex, tá muito fora da realidade esses preços, enfim


    • Essa categoria de produto (já considerando a Galaxy SmartTag por uns 200 reais) realmente parece um pouco fora da realidade do consumidor em geral.

      Mas vai fazer um sucesso violento na coleira dos animais de estimação...


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 1 semana Link para o comentário

      O preço realmente desencoraja a compra mesmo. E pior que nem dá para dizer "espera passar três meses que baixa", pois produtos Apple mantém demais o valor mesmo depois de passado um tempão do lançamento. O que por outro lado é bom para o consumidor.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.