NextPit

A Sharp apresentou um smartphone que...não é smartphone (e muito menos dobrável)

Dobravel Sharp
© Sharp

Smartphones dobráveis estão na moda. Empresas como a Samsung, Huawei, Xiaomi e LG estão trabalhando em aparelhos, de olho nos possíveis lucros com a criação de toda uma nova categoria de aparelhos. E nesta semana, vários sites noticiaram que a Sharp teria apresentado seu primeiro modelo nesta categoria. Mas as coisas não são o que parecem.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

De fato, um aparelho da Sharp com tela dobrável apareceu em um vídeo publicado pelo site OLED Info. Mas se você prestar atenção, verá que ele não é um smartphone. Não há um sistema operacional nem sequer botões de navegação, apenas um vídeo em loop na tela.

A própria “carcaça” é algo rudimentar, que parece ter sido feita em uma impressora 3D (note os vários parafusos aparentes na dobradiça). Mas a “dica” está embaixo do aparelho: a grande caixa onde está, provavelmente, toda a eletrônica que controla a tela. 

O que a Sharp mostrou foi o que é chamado de “Exemplo de Aplicação”: ela está demonstrando que seu produto, a tela dobrável, poderia ser usado em um celular com design “clamshell”. Tais demonstrações são bastante comuns na indústria: cria-se um “mock-up” para ilustrar o uso de um componente, sem a necessidade de integrá-lo a um aparelho completo.

Segundo a empresa, que já fabrica telas OLED flexíveis em pequeno volume, seu novo painel pode ser dobrado até 300.000 vezes.

RAZR à vista?

Mas a tela da Sharp imediatamente traz à mente uma possibilidade real: Segundo rumores, a Motorola estaria desenvolvendo um “upgrade” do clássico RAZR (mega-sucesso dos anos 2000) usando uma tela dobrável de 6,2 polegadas usando uma tela com conceito bastante similar. A imagem abaixo, criada pelo site Yanko Design, mostra como seria o visual do aparelho:

8hnMh5qaMLnrV3nqCviUDc
Conceito de um novo "RAZR" com tela dobrável / © Yanko Design

E você, está interessado em smartphones dobráveis? Compartilhe sua opinião nos comentários deste artigo.

Fonte: OLED Info

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

6 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Douglas Charles Cunha 15/04/2019 Link para o comentário

    Bem, para mim tela flexível só teria 2 usos de interesse.
    Primeiro: usar como relógio/bracelete no pulso.
    Segundo: dobrável de tal modo que aberto tenha pelo menos 14 polegadas para usar como um grande tablet, substituindo o notebook.


  • Ricardo 15/04/2019 Link para o comentário

    A ideia é que, desdobrado, o celular vire um tablet e não que continue sendo um celular.


  • José Luís Silva Martiniano 15/04/2019 Link para o comentário

    Até o momento, não. Essa tecnologia ainda está engatinhando, o custo ainda é muito alto. Vou aguardar os acontecimentos.


  • Jairo rios 15/04/2019 Link para o comentário

    Mais uma boa opção


  • Marcos Champloni 15/04/2019 Link para o comentário

    Como já comentei aqui, acho que essa tecnologia ainda está engatinhando. Ainda falta muito para termos um celular dobrável que não nos faça abdicar das vantagens de peso, durabilidade, praticidade e outras já adquiridas há tanto tempo.


  • Soterio Salles 14/04/2019 Link para o comentário

    A proposta é interessante, ter um smartphone que dobrado fica ainda mais fácil de carregar e ter a tela protegida.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.