iOS 15: todos os recursos e o que você precisa saber sobre o sistema

iOS 15: todos os recursos e o que você precisa saber sobre o sistema

Como esperado, a Apple atualizou seus sistemas operacionais durante a conferência de desenvolvedores da WWDC21. No caso do sistema do iPhone, o iOS 15 será compatível com modelos atuais e a nova geração. A atualização em si estará disponível para celulares a partir da primavera. No entanto, a Apple já disponibilizou uma versão beta para download no final de junho para testes.

Neste artigo, reunimos todas as informações sobre o iOS 15 para você — desde como obter a atualização até os novos recursos.


Atualizado dia 30/07/2021: a Apple liberou a versão Beta 4 do iOS 15 nesta semana, trazendo novidades para o aplicativo Safari, adequação do iPhone 12 para o MagSafe e mais. Para saber mais sobre o iOS 15 Beta 4, clique aqui.   


Pegue um atalho

  1. O que muda com o iOS 15?
  2. Download e instalação do iOS 15
  3. Foco
  4. Spotlight
  5. iCloud+
  6. FaceTime
  7. Notificação / Centro de mensagens
  8. Fotos
  9. Mapas
  10. Wallet
  11. Safari
  12. Mensagens
  13. Clima
  14. Buscar
  15. Notas
  16. Siri
  17. Widgets
  18. Outros recursos
  19. iPhones compatíveis com o iOS 15
  20. Conclusão

iOS 15: o que muda para o iPhone?

Em termos puramente visuais, o iOS 15 não traz realmente nada de novo ao celular — as mudanças são bastante sutiis. Em termos de recursos, no entanto, há uma série de inovações que são bastante profundas.

O próprio navegador da Apple, Safari, recebeu uma estrutura completamente nova. A Apple moveu a barra de endereços do navegador para o rodapé. Isto deve tornar o Safari mais fácil de navegar com uma mão e o conteúdo mais fácil de ler. Além disso, as abas podem agora ser melhor organizadas e navegadas. Agora, extensões da Web podem ser instaladas no Safari, e a página inicial pode ser personalizada.

Por falar em redesign: as notificações também foram redesenhadas. Há um novo visual, com fotos de contatos e ícones de aplicação maiores. Para evitar distrações, o iPhone usa algoritmos para tentar entender quando é um bom momento para exibir notificações no aparelho. Além disso, as notificações são reagrupadas no iOS 15 para que as notícias mais importantes estejam sempre no topo.

A Apple reconhece a tendência do mindfulness — e está acrescentando uma série de novos recursos destinados a promover o relaxamento e também o "detox digital". Para aqueles que também usam um Apple Watch com o watchOS 8, há mais recursos por vir. Em primeiro lugar, há um novo aplicativo, chamado Mindfulness, que se destina a proporcionar mais auto-reflexão e relaxamento, substituindo o aplicativo Respirar. E mesmo para os donos de iPhone sem um Apple Watch, haverá um recurso de "foco" no futuro.

A mudança mais fundamental do iOS 15 acontece em segundo plano

No entanto, a maioria das pessoas provavelmente nem notará os maiores efeitos do iOS 15 — eles acontecem em segundo plano. A Apple incluiu uma atualização gratuita para todos os assinantes do iCloud para o iCloud+, o que provavelmente está causando preocupação a muitas empresas coletoras de dados.

Com o Private Relay por exemplo, o endereço IP e a localização exata podem ser ocultados. No futuro, o iOS 15 também impedirá que terceiros vejam se um e-mail foi aberto e também impedirá que o endereço IP seja passado adiante. Isto tornará muito mais difícil para os coletores de dados criar um perfil exato dos usuários na Internet.

Em termos de proteção de dados, a Siri também recebeu uma atualização. No futuro, todas as entradas de voz para o assistente permanecerão no iPhone e não terão mais que ir para um servidor. Desta forma, o recurso também ficará significativamente mais rápido.

O iOS 15 também vem com muitas outras melhorias e mudanças, tais como FaceTime, Apple Maps, o app de foto, Carteira e muito mais.

Mais à frente listamos todas as funções importantes para você e lhe mostramos o que mudou.

Baixar e instalar o iOS 15

Desde o final de junho de 2021, o iOS 15 está disponível em uma versão de testes em beta.apple.com. A versão oficial será lançada nesta primavera (outono no hemisfério norte). Todos os iPhones do iPhone 6s em diante receberão a atualização gratuitamente.

Aqueles que desejam testar a versão beta podem se registrar gratuitamente como testadores no site da Apple. Entretanto, você deve estar ciente de que esta não é uma versão final, com todas as suas vantagens e desvantagens. Podem ocorrer travamentos ou até mesmo perda de dados durante o uso.

Reunimos um guia detalhado para instalação do iOS 15 com todos os iPhones compatíveis. Se você tem curiosidade de testar a versão beta do iOS 15, nós recomendamos a leitura deste artigo.

Foco

O Foco é uma possibilidade básica para filtrar notificações de mensagens, chamadas e aplicativos dependendo da ocasião. O iPhone também aprende em que situação você se encontra no momento e sugere opções apropriadas para o Foco.

Por exemplo, se você for regularmente para a cama por volta das 22h30, o iPhone com iOS 15 se adaptará e oferecerá a opção para dormir. Além dessa opção, o Foco traz opções para Trabalho, Tempo para Mim e Não Perturbar, além de opções personalizadas. Com um foco definido, pessoas que queiram entrar em contato com você receberão uma mensagem de que você não está disponível no momento, mas caso seja importante, você ainda pode ser contactado.

apple ios 15 focus
Modos diferentes para ocasiões diferentes. Mas é preciso configurá-lo com cuidado / © Apple

Para mim, o Foco é uma das funções cujo verdadeiro potencial só se torna claro com algum tempo e tentativa e erro. Tenho usado o iOS 15 há algumas semanas e uso o recurso de vez em quando. Antes de aprofundar mais, vamos falar sobre a funcionalidade básica:

No sentido mais amplo, Foco é uma extensão da função "Não perturbe" já conhecida. Uma vez ativado, nenhuma mensagem ou chamada ou outras distrações são enviadas para seus dispositivos Apple. Qualquer distração é desligada. Isto se aplica a todos os dispositivos com o mesmo Apple ID — por exemplo, se você definir seu Mac para Não Perturbar, este status também se aplica ao seu iPhone ou iPad. Isto é particularmente prático quando você está em uma reunião, quer se concentrar em seu trabalho ou quer dormir à noite sem ser incomodado.

A configuração do Foco não é tão simples

O grande desafio do recurso, no entanto, está na configuração correta. Se você não ajustar os modos corretamente, pode acontecer que de repente nenhuma chamada telefônica chegue até você em modo "trabalho" — e uma ligação do chefe vá parar no correio de voz.

Live Text

Outra característica que vale a pena mencionar é o Live Text. Se você tirar uma foto com o iPhone, o celular poderá reconhecer um monte de informações úteis com inteligência no dispositivo. Com o OCR (Optical Character Recognition) rodando diretamente no iPhone, um texto pode ser extraído ou marcado de uma foto para enviar um e-mail diretamente para um endereço, procurar direções ou fazer uma chamada telefônica.

Tudo isso funciona até mesmo diretamente no app de câmera. No entanto, não é fácil encontrar esta função. Se a câmera reconhece o texto, aparece um pequeno símbolo no qual você tem que tocar. Em seguida, o iPhone extrai o texto detectado e oferece outras opções para uso posterior.

apple ios 15 live text
Na imagem à direita está o botão para Live Text no rodape. Se o iPhone reconhece um texto, o software o destaca e oferece o botão azul "Inserir" / © Apple

Na versão beta atual, a função nem sempre funciona de forma confiável, mas isto não é surpreendente para uma versão tão precoce.

Com o Live Text, porém, não são apenas as informações que podem ser extraídas e reutilizadas de forma rápida e conveniente. O OCR da Apple pode até mesmo reconhecer receitas manuscritas e o texto reconhecido pode ser traduzido diretamente para outro idioma com um clique.

Reconhecimento de objetos em imagens

Algo que não funciona de forma bastante confiável no atual beta é o visual look-up. O iPhone pode reconhecer objetos fotografados, como arte, vistas, plantas, livros ou animais de estimação, e ao clicar neles, mais informações podem ser consultadas.

O potencial já está começando a ser sentido: não será mais necessária uma pesquisa na Internet sobre objetos fotografados e tudo pode ser feito com apenas um clique. Se você pensar um pouco mais sobre esta função, você pode muito bem imaginá-la em combinação com realidade aumentada ou um eventual Apple Glass. Com tal função, a Apple já pode treinar e melhorar suas próprias ferramentas de inteligência artificial.

apple ios 15 visual lookup
O visual Lookup pode se tornar interessante no futuro. Especialmente quando a promessa de óculos inteligentes virar realidade / © Apple

E, sim — esse recurso existe há muito tempo no Google e no Android. Entretanto, a inteligência no Google Lens fica principalmente na parte do servidor. Isto significa que as imagens vão para o Google e são analisadas lá. Por razões de proteção de dados, a Apple decidiu fazer isso no dispositivo. As imagens e, acima de tudo, seus dados não deixam seu dispositivo, mas tudo funciona no celular — mesmo que você não tenha acesso à Internet.

Spotlight

Estas novas possibilidades também podem ser aplicadas ao Spotlight. A busca interna agora também funciona com informações armazenadas em imagens. Há também resultados de pesquisa mais abrangentes sobre artistas, pessoas em entretenimento, programas de TV, filmes e até mesmo meus contatos.

apple ios 15 spotlight search
A busca "Spotlight" da Apple se tornará muito mais interativa / © Apple

Portanto, no futuro, se eu quiser encontrar todas as fotos com cães, tudo que tenho que fazer é digitar a palavra "cachorro" e me serão mostradas todas as fotos — e, surpreendentemente, todos os outros tipos de resultados — que mostram um cachorro ou contêm a palavra. Por exemplo, as imagens também podem conter a palavra "cachorro" como texto em algum lugar muito pequeno e assim aparecer nos resultados da busca.

iCloud+

Esta atualização para assinantes do iCloud é independente do iOS 15. No entanto, a Apple anunciou ambas as novidades ao mesmo tempo — e o iOS 15 também é um pré-requisito para o uso completo de todas as possibilidades que o plano oferece.

A Apple já divulga a algum tempo que a privacidade e a proteção de dados são importantes. Especialmente porque o celular está se tornando, cada vez mais, nossa ferramenta mais importante quando se trata de dados pessoais. Parece lógico que a Apple está colocando ainda mais foco no tópico de segurança de dados. Com o iCloud+, que todos os clientes iCloud recebem automaticamente e sem custo adicional, a Apple está adicionando uma série de recursos de privacidade aos já existentes.

Private relay

O Private Relay é uma espécie de VPN — mas funciona de forma bem diferente. O tráfego de dados, incluindo o endereço de destino, é primeiro enviado codificado pelo navegador Safari para um servidor iCloud. Lá, o endereço IP é trocado por um da mesma região.

Isto impede uma localização exata sem, por outro lado, enganar outro servidor a pensar que ele tem uma localização completamente errada. Uma vez trocado o endereço IP, o servidor Apple envia o pedido para um segundo servidor de um parceiro Apple. Isto descriptografa o endereço de destino e também encaminha o pedido para lá.

Desta forma, a Apple sabe quais usuários estão envolvidos, mas não sabe seu destino. E o parceiro da Apple não conhece nem o usuário nem o endereço IP exato.

Privacidade e ocultar endereços de e-mail

Muitos usuários provavelmente não sabem que quando abrem e-mails, algumas informações são frequentemente transmitidas ao remetente em segundo plano, tais como informações de abertura, o endereço IP do destinatário ou similares.

apple ios 15 privacy2
Há uma série de melhorias em termos de proteção de dados. Com o iOS 15 em combinação com o iCloud+, será possível navegar de forma muito anônima no futuro / © Apple

O iOS 15 e o próprio programa Mail da Apple evitarão isso no futuro. Isto é particularmente recomendado para e-mails de publicidade, pois pode ser usado para evitar a criação de um perfil de consumo e interesses.

Em conjunto com (ou contra) isso, há a função ocultar endereço de e-mail. No iCloud+, a Apple integra a possibilidade de criar imediatamente endereços de e-mail únicos e aleatórios, que por sua vez estão vinculados à sua própria caixa postal pessoal. Desta forma, não é mais necessário inserir o verdadeiro endereço de e-mail ao preencher um formulário ou assinar um boletim informativo.

FaceTime

Experimentar as coisas juntos — parece ser o tema do FaceTime para o futuro. Além de uma série de melhorias como o áudio 3D (vozes individuais soam como se viessem da direção da pessoa que fala), a possibilidade de compartilhar a própria tela ou o modo retrato (apenas o rosto pode ser visto com nitidez) — que são usados principalmente em videoconferências —, a Apple está trazendo recursos com o iOS 15 que se destinam a incentivar as pessoas a experimentarem juntos o conteúdo do iPhone e da própria Apple.

apple ios 15 facetime android ios
Seja iPhone ou Android: A partir do iOS 15, as chamadas de vídeo também podem ser realizadas fora dos dispositivos Apple. / © Apple

Além disso, as chamadas de vídeo também poderão ser realizadas com celulares Android. Com um link de convite, os donos de smartphones-sem-maçãs-na-parte-traseira também poderão participar de uma chamada.

apple ios 15 shareplay demo
Ver um filme ou uma série juntos pode ser divertido. Desde que todos os participantes tenham as licenças ou assinaturas necessárias / © Apple

Com o SharePlay, música, um filme ou um programa de TV podem ser tocados durante uma chamada FaceTime e, assim, curtidos juntos. Com a reprodução sincronizada, todos os participantes estão sempre no mesmo ponto da mídia — quase como se todos estivessem na mesma sala.

Para que o SharePlay realmente funcione, todos os participantes devem ter o mesmo acesso para conteúdos que requerem uma licença, como filmes. Portanto, não basta que uma pessoa na chamada tenha comprado um filme ou seja assinante da Apple TV+ e compartilhe o conteúdo com os outros participantes.

Enquanto assistem aos filmes, ouvem a música juntos ou compartilham a tela, as pessoas podem continuar a falar normalmente, como em uma videochamada normal.

apple ios 15 shareplay options
SharePlay é uma coisa boa. Mas assistir juntos conteúdos protegidos com DRM provavelmente causará alguns engasgos / © Apple

O SharePlay é uma boa ideia, mas...

Para mim, o SharePlay é um recurso interessante, que muitas pessoas, especialmente os mais jovens, certamente gostariam de utilizar. Mas pode nem sempre ser fácil para eles encontrar o conteúdo adequado: Se todos os participantes de uma chamada também precisam de uma licença para poderem assistir juntos ao conteúdo, então isso frustra a ideia de organizar uma noite de cinema. A não ser que todos sejam assinantes do mesmo serviço, o que nem sempre é o caso (e como funcionarão as contas "compartilhadas"?).

Notificações

Quem nunca passou pela situação: deixe o celular de lado por alguns instantes e de repente a tela está cheia de notificações. Como na nova opção Foco, a Apple está adotando uma abordagem de filtragem das notificações. Muitas mensagens não chegarão mais automaticamente à tela de bloqueio.

apple ios 15 notifications
As notificações serão melhor resumidas / © Apple

Mas ainda mais importante é que o iOS 15 oferece notificações resumidas dentro de um prazo ajustável. Nos horários selecionados, o iPhone prepara um relatório com um belo design adaptado às prioridades pessoais, com as mensagens mais importantes no topo.

As novas mensagens recebem um novo design, com fotos dos contatos, mas também ícones de aplicação maiores. Isto é suposto facilitar a identificação das mensagens.

Fotos

O aplicativo Fotos recebeu uma atualização relativamente grande e oferece numerosas mudanças no iOS 15.

Memórias

O recurso com o qual o iPhone sugere fotos de seu banco de dados de fotos diariamente - agora está muito mais interativo.

No iOS 15, a Apple expande os pequenos vídeos, que são baseados no contexto e criados automaticamente de acordo com pessoas, lugares ou certas viagens, com novos efeitos, mas também com uma integração com o Apple Music. O iPhone destaca automaticamente os flashbacks com uma música adequada e selecionada, que também pode ser adaptada manual e individualmente a partir da biblioteca do Apple Music.

apple ios 15 memories
As Memórias são uma ótima maneira de experimentar suas próprias fotos. / © Apple

As memórias são algo que venho usando regularmente, se não diariamente, desde então. As montagens não só têm efeitos novos, realmente bons e sutis. Há também novos focos temáticos quase todos os dias, para os quais fotos e vídeos de minha biblioteca foram devidamente escolhidos. Às vezes são viagens, eventos, fotos do dia resumidas durante um período de tempo mais longo ou fotos de uma pessoa.

Uma vez concluída uma memória, o iPhone me oferece imediatamente a próxima - e às vezes acabo conferindo cinco, seis ou sete das memórias automáticas.

Inteligência-no-dispositivo no app de Fotos

Com o iOS 15, a Apple usa os metadados de nossas fotos para fazer muito mais com o processamento no dispositivo - não apenas as Memórias já explicadas.

Com o Live text nas fotos existentes, e também diretamente na câmera, textos de qualquer tipo podem ser usados e processados diretamente no aplicativo. A opção de traduzir um texto diretamente deve ser interessante para muitas pessoas - especialmente quando estão de férias. Para acrescentar uma receita à sua coleção, no futuro também será suficiente tirar uma foto e depois copiar e colar o texto.

Como já expliquei na seção de Live Text a função ainda tem alguns pontos fracos. Entretanto, eles já estão ficando cada vez menores na fase beta - e é uma questão de tempo até que o recurso se torne um ajudante indispensável para muitas pessoas.

Mapas

Infelizmente, as principais mudanças para o app Mapas são restritas aos EUA. A visualização das cidades são muito melhores - há modelos em 3D dos edifícios, trilhas marcadas para caminhada e ciclismo, parques ou mesmo árvores.

Mas infelizmente no Brasil (ou na Europa), nenhuma cidade deve oferecer as novidades no lançamento do iOS 15. Entretanto, provavelmente é uma questão de tempo até que os novos recursos do Mapas cheguem ao Brasil.

apple ios 15 maps navigation
Os novos mapas, com prédios 3D, ainda não estão disponíveis na Brasil / © Apple

O modo de navegação de rotas também mudou significativamente. Há muito mais detalhes para se ver - não apenas em termos de edifícios, mas também em termos de vias de acesso, passagens de pedestres e ciclovias.

Aqueles que não viajam freqüentemente de carro (meio predominante nos EUA), mas de transporte público ou a pé, também foram atendidos. As rotas também estão disponíveis com uma opção de realidade aumentada.

apple ios 15 navigation options
A integração com o transporte público já funciona em algumas cidades fora dos EUA / © Apple

Para o transporte público, paradas nas proximidades e tempos de viagem para determinadas rotas podem ser visualizados. Se você utiliza algumas rotas regularmente, elas podem ser fixadas na parte superior da tela.

Wallet

Os norte-americanos, em particular, podem aguardar com expectativa as novidades do app Wallet. Antes do final deste ano, será possível cadastrar documentos de identidade e carteiras de motorista em alguns estados. Mesmo quando se viaja de avião, a identificação via iPhone ou Wallet poderá ser suficiente. E em breve, o aplicativo também poderá abrir ou liberar as portas, quartos de hotel ou carros.

apple ios 15 wallet
O Wallet tem o potencial de se tornar a chave digital universal para muitas pessoas / © Apple

Com tudo isso, a Apple continua a seguir a estratégia de tornar o iPhone o dispositivo mais pessoal que se tem à disposição.

Devido à falta de um carro compatível e opções equivalentes, ainda não fomos capazes de testar esta opção. Mas, como no caso da Apple Pay, as novas possibilidades do Wallet também se tornarão gradualmente disponíveis fora dos EUA. E os novos recursos podem se tornar muito importantes no futuro.

Safari

A Apple deu ao navegador Safari um novo design radical. A mudança é tão extensa que queremos tratar do novo navegador do iPhone em detalhes em um artigo separado.

Além do fato de a barra de endereço ter passado da parte superior da tela para a parte inferior e flutuar acima da página e desaparecer após um certo tempo, o Safari tem três novos recursos principais, que listamos abaixo para você.

Novo design da barra de abas

A fim de poder navegar com apenas uma mão, a Apple redesenhou a barra de abas. Em vez de ter que clicar em um botão como antes, agora você pode passar rapidamente de uma página para outra entre as abas ou alternar para a visão geral com um gesto de toque.

apple ios 15 safari
A princípio, foi preciso acostumar-se, mas depois tornou-se prático: a nova cara do Safari e as novas abas / © Apple

De fato, é muito mais fácil navegar com o novo browser e acessar as diferentes janelas. No entanto, a mudança para o novo Safari também leva algum tempo para se acostumar. Muitas pessoas provavelmente sentem o mesmo que eu: para acessar um endereço, elas instintivamente olham para cima primeiro. Com o tempo me acostumei e acredito que foi uma boa ideia e uma mudança sensata.

Novo design da visão geral e dos grupos de abas

Quem gosta de organizar seus marcadores ou abas abertas devem ficar contentes com o iOS 15. As abas podem ser agrupadas de modo que você possa alternar rapidamente entre grupos.

Uma vez criados os grupos, eles podem ser acessados em todos os dispositivos Apple, para que você possa navegar em um Mac ou iPad da mesma forma que no iPhone.

Safari recebe extensões e plug-ins

Finalmente, alguns vão dizer! Apesar de os plug-ins serem comuns em outros navegadores há muito tempo, o Safari só agora recebe extensões. A Apple está montando inclusive uma seção separada na App Store para elas.

apple ios 15 safari extensions
Ainda não há muitas extensões. Isso deve mudar em breve. / © Apple

Atualmente, a gama de extensões ainda é pequena. Mas é uma questão de tempo para que a categoria ganhe mais e mais opções úteis para turbinar o Safari.

Mensagens

O app de Mensagens também recebe uma série de novas funções, a maior parte das quais fecham uma lacuna para recursos já encontrados no Telegram, WhatsApp e cia.

Compartilhado com você

Conteúdos de mídia compartilhada - como fotos, vídeos, links ou aplicativos - aparecem em uma nova área dos respectivos aplicativos sob Compartilhado com você. De lá, você pode enviar mensagens diretamente para a pessoa que lhe enviou algo, sem ter que pular para o app de Mensagens antes.

apple ios 15 photo collections memoji
Há novos memojis e coleções de fotos no app Mensagens / © Apple

A função é muito útil por si só. No entanto, a integração ainda parece estar em desenvolvimento. Eu mesmo tenho que continuar procurando nos apps Fotos, Safari ou Música. Enquanto você pode encontrar rapidamente conteúdo compartilhado nas próprias mensagens, a opção Compartilhado com você não é tão fácil de encontrar nos outros aplicativos.

Coleções de fotos

Ao enviar várias imagens, o iOS agora cria uma espécie de colagem ou agrupamento que você pode percorrer com um gesto de deslize. Com um toque no grupo, a pilha se desdobra e você pode dar um outro toque para voltar ou salvar as fotos em sua própria biblioteca de mídia.

Clima

O app de Clima do iPhone também mudou e recebeu um tapa no visual. Além de mais dados meteorológicos, agora há novos gráficos, incluindo mapas meteorológicos em tela cheia e um layout dinâmico - dependendo do tempo atual no seu local. Há também uma pequena visualização da posição atual do sol, uma para o vento, pressão do ar, assim como algumas outras.

apple ios 15 weather widgets notes
Esquerda: Novos widgets. Meio: Clima recebe novos mapas. Direita: Notas recebem etiquetas e, no caso de uma colaboração, a possibilidade de marcar pessoas / © Apple

Buscar/"Find My"

Com o Buscar agora você também pode encontrar dispositivos que estão desligados ou mesmo excluídos. Isto funciona através da rede Find My da Apple. Todos os dispositivos Apple servem como "farejadores" e enviam a localização de outros dispositivos para os servidores iCloud. Isto garante um alto nível de proteção para os próprios dados.

A Apple também está adicionando o suporte ao Buscar no AirPods Pro e no AirPods Max. Há também um widget que mostra instantaneamente os principais locais num piscar de olhos.

No futuro, se você compartilhar o local com amigos ou familiares, você poderá ver uma animação de seus movimentos. Anteriormente, a localização de uma pessoa só era atualizada a cada poucos segundos e, portanto, não se podia rastrear com precisão a velocidade ou a direção.

Notas

Para quem usa o Notas também no iPad, o iOS 15 e o iPadOS 15 vêm com uma verdadeira avalanche de melhorias. Direi logo de cara: para mim pessoalmente, o Notas é uma das melhores melhorias que a Apple tem a oferecer este ano em termos de produtividade.

No iOS, as melhorias são menores do que no iPad. Mas mesmo no iPhone, agora é muito mais fácil integrar e editar tabelas. Ao colaborar com outras pessoas, você pode agora mencionar as pessoas diretamente e notificá-las desta forma.

Para facilitar a busca e organização das notas, agora é possível atribuir etiquetas (tags) às notas. As anotações podem ser rapidamente filtradas e encontradas através de um navegador de busca.

Até agora, o Notas não era um dos meus aplicativos favoritos para registrar ideias. Mas isso mudou com esta versão do iOS. Eu uso o aplicativo quase todos os dias. Por esta razão, queremos dedicar um artigo à parte em breve.

Siri

Com o iOS 15, a Apple intensificou significativamente seus esforços para melhorar a privacidade dos usuários em todas as áreas. Isto também se aplica à Siri.

Em vez de enviar os pedidos da Siri para os servidores da Apple como antes, o processamento é feito diretamente no dispositivo pelo Neural Engine do processador. Além de maior segurança, isto também melhora a velocidade das respostas. Pelo menos na maioria dos casos.

O que eu pessoalmente gosto muito é que agora a Siri também aprende melhor e, por exemplo, reconhece corretamente nomes que eu uso com freqüência. Por exemplo, se eu ditava o nome "Mia" no passado, a Siri sempre entendia "Minha". Desde o iOS 15, isto quase nunca acontece mais.

A Siri agora também mantém o contexto entre uma consulta e a próxima. Isto significa que a Siri pode reter informações da pergunta anterior em uma pergunta seguinte.

Se você utiliza o AirPods, a Siri pode anunciar lembretes ou ligações. No melhor dos casos, isto elimina a necessidade de olhar para a tela. Você também pode aceitar uma chamada diretamente por comando de voz se você usar um AirPods.

A Siri oferece respostas de voz de texto neural para fala em mais idiomas no iOS 15, incluindo sueco, dinamarquês, norueguês e finlandês. Há também suporte de voz da Siri para inglês misto, indiano e uma mistura de inglês indiano e uma língua nativa, incluindo Hindi, Telugu, Kannada, Marathi, Tamil, Bengali, Gujarati, Malayalam e Punjabi.

Widgets

Há uma série de novos Widgets que foram adicionados no iOS 15. Por exemplo, há um novo widget para o recurso Buscar para o Mail ou mesmo para a App Store.

Explicamos os melhores widgets do iOS 15 para você em um artigo separado.

Outras novos recursos

O iOS 15 é uma grande atualização que traz muitas novidades. Portanto, vamos atualizar este artigo e acrescentar outras novidades até o lançamento do sistema.

iOS 15: iPhones compatíveis

A Apple oferece suporte ao iOS 15 a partir do iPhone 6s. No entanto, alguns celulares mais antigos não terão todos os recursos e novidades do sistema operacional.

Compilamos dois artigos para você:

Um mês com iOS 15: minha opinião até aqui

Já faz um mês que estou usando o iOS 15. Embora as versões beta devam ser sempre tratadas com cautela, já que muitos recursos importantes dos quais você pode depender podem não funcionar corretamente, o iOS 15 já é uma versão muito estável.

Visualmente, não mudou muito à primeira vista. A Apple até consegue trazer grandes inovações de forma que você nem percebe a princípio. Eu me perguntei algumas vezes: "já era assim antes?"

Esta é uma boa notícia. Porque isso indica que será muito fácil passar do iOS 14 para o iOS 15.

Alguns recursos, como o Live Text ou as novidades do Notas, têm o potencial de se tornarem ferramentas diárias obrigatórias. Extrair texto de imagens é algo que eu tenho usado regularmente. O fato do processamento acontecer no celular e a Apple não enviar as informações para seus próprios servidores é uma verdadeira vantagem, não apenas por razões de segurança de dados, mas também por razões de desempenho.

A Apple mais uma vez mostra que eles dão grande importância à sustentabilidade e oferecem o iOS 15 a todos os modelos de iPhone a partir do iPhone 6s. Entretanto, os modelos mais antigos não contarão com todos os recursos. Na seção de dispositivos suportados, reunimos algumas novidades que infelizmente não chegam às versões mais antigas do iPhone.

Algumas inovações no FaceTime ou também no Messages/iMessage são mais para reduzir a vantagem de concorrentes como o Google Meet, WhatsApp ou Telegram. A Apple certamente ainda tem muito trabalho pela frente mas mostra que não se acomodou com o app.

No entanto, estou mais uma vez convencido de que com o iOS 15 - e especialmente em combinação com o macOS e iPadOS - a Apple está ganhando ainda mais terreno na competição com o rival Android.

Através de uma interação coordenada entre seus diferentes dispositivos, a Apple oferece ao público uma simplicidade não encontrada em outros sistemas operacionais. E ao implementar consistentemente a proteção de dados, a Apple está mostrando um caminho que outras empresas deveriam seguir urgentemente como modelo.

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Paulo Ricardo há 1 mês Link para o comentário

    Fico imoressionado em como a Apple consegue deixar os recurso apresentáveis e mais bonitos que os dos concorrentes.
    Sobre o Safari, ficou muito melhor, principalmente a versão de iPad que é parecido com o de macOS. E vc vai se acostumar com a barra de endereços em baixo. É muito melhor.
    Porém, entre as formas de gestos na barra de endereços pra mudar de abas, o do Safari e Chrome são bons, mas o do Opera Touch é sem dúvidas o melhor, pois com um deslize vc vê suas abas abertas e continuando vc pode escolher a aba.