NextPit

Motorola confirma: Moto E5 e E5 Plus não serão atualizados para o Android P

20180419 130011
© NextPit

Junto com a série Moto G6, a Motorola anunciou os modelos que serão os mais básicos da empresa para 2018, o Moto E5 e o Moto E5 Plus. Estes novos dispositivos ainda não têm data de estreia oficial e muito menos preço, mas já estão envolvidos em uma polêmica sobre as atualizações do Android.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Durante a apresentação dos novos modelos, a Motorola deixou claro que os dispositivos da série Moto G6 contam com uma atualização do sistema garantida, no caso, para o Android 9. Isso mantém os usuários que estão interessados nesses produtos, e que levam a sério a questão das atualizações, mais tranquilos. Acontece que esse posicionamento da empresa, que visa garantir o update para uma nova versão do sistema, nem sempre se estende para outras linhas mais básicas, como a Moto C, por exemplo.

Estes dois dispositivos, Moto C e Moto E, foram lançados no ano passado já obsoletos em termos de novas atualizações de versões do sistema. Apesar de rodarem com a versão mais recente disponível na época do lançamento, nenhuma variante Moto C recebeu o Android Oreo por questões de incompatibilidade com o hardware mais simples (1GB de RAM, por exemplo). As dúvidas sobre um movimento similar caíram agora sobre a série recém-lançada Moto E5 que, conforme levanta o jornalista Dominik Bosnjak, do Android Headlines, podem ficar sem update para a próxima versão do Android.

Em contrapartida, segundo Dominik, a Motorola estaria aperfeiçoando seu canal de programa beta para acelerar atualizações, visto que a empresa tem mais modelos em circulação hoje em dia do que há dois anos quando costumava entregar os updates em tempo recorde. Mas o motivo em si para a suposta falta da atualização não está claro, pois hardware para isso ambos os modelos tem. Na dúvida, fomos até a fonte, no caso, a própria Motorola:

A Motorola informa que, desde a sua primeira geração, a família Moto E é lançada sempre com a versão mais recente do sistema Android. E reforça que continua comprometida em fornecer atualizações regulares de segurança, bem como melhorias na experiência do usuário através de atualizações de aplicativos via Play Store.

Conforme divulgado no ano passado, a linha Moto E não receberá upgrade do sistema operacional. A proposta da empresa é oferecer um linha de smartphones de qualidade, com boas especificações técnicas e uma experiência que melhore a vida dos consumidores deste segmento. Tudo isso por um preço justo.

Ainda que não tenha ficado claro no primeiro momento, ou seja, durante a demonstração dos Moto E5 no evento de lançamento, a Motorola nos confirmou que segue mantendo todas as variantes Moto E, lançadas e as que estão para chegar, com as versões do Android lançadas de fábrica. O lado positivo disso é que as atualizações de segurança são liberadas para esses modelos e também novas experiências em apps nativos da empresa que estão hospedados no Google Play, como a Moto Câmera.

E aí, o que achou da posição da Motorola?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

102 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Thiago Hardwell 13/01/2019 Link para o comentário

    Até o J7 Neo vai receber Android PIE ksksksskskskskks


  • jacaroa 30/04/2018 Link para o comentário

    Por isso que comprei o Moto z2 Play, que nem atualização do Oreo cai receber imagina o Android P.


  • job Marques 28/04/2018 Link para o comentário

    bem.o gagdet é dela, como fabricante nada mais justo que impor restrições, a velha receita ....compra quem quer ....


  •   4
    Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

    Não me importo se haverá ou não atualizações pois só uso Android Puro. Google Pixel XL 128 GB. Minha recomendação é: comprem Android Puro. Vale muito a pena!


    •   40
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Mal criou a conta e já está desativada! brother Deivis foi rápido dessa vez!


  • Agnaldo 25/04/2018 Link para o comentário

    Menos um motivo pra comprar visto que pra esse público o G6 play atenderia melhor , visto que no Android (quase) puro da moto as atualizações de fazem mais necessárias que nas versões modificadas.


    •   40
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Na linha Play é comum a atualização vir em quase 2 anos(exemplo: a atualização do Moto G4 Play veio em 2018 sendo que o aparelho foi lançado em 2016)!


  • Maicon Bruisma 25/04/2018 Link para o comentário

    Isso não é passível de processo?
    Pergunto pq pelo que me lembro uma empresa é obrigada a dar pelo menos 2 atualizações "grandes" para seus aparelhos lançados comercialmente


    • Maurício Rodrigues 25/04/2018 Link para o comentário

      Ela não é obrigada a nada, alguns fabricantes que seguem a mesma política de updates da Google que são 18 meses (em lugar algum a isso de duas grandes updates).


  • Arthur Amatus 25/04/2018 Link para o comentário

    Que conversa fiada, o Nokia 2 tem 1GB de RAM e já foi confirmado pela HMD que ele o 3 vão receber o Oreo, por quê a Motorolinda não? Porque ela não quer ter responsabilidade nem gasto.

    CAVConta desativada


  • Luiz Henrique 25/04/2018 Link para o comentário

    O que importa é que esses aparelhos terão custom roms, então receberão bastante atualizações.


  • Sandro da Silva 25/04/2018 Link para o comentário

    Tô enterrando meu motog5 plus,e esquecendo ,Alis já esqueci a Motorola,vou experimentar a xiaomy.


    •   40
      Conta desativada 26/04/2018 Link para o comentário

      Como se Xiaomi atualizasse rápido, o Mi 6 ainda não viu o Android 8.0 Oreo!


      • André Correia 08/05/2018 Link para o comentário

        Não atualiza versões do android. Mas a miui recebe updates regulares que a mantêm atual e polida. Meu RN4X na miui 9 funciona muito bem. A bateria chega a duarar dois dias e meio sem uso pesado. E se vc quiser pode usar as versões beta que já estão no oreo e são bem estáveis para uso diário.


  • VictorDunguinha 25/04/2018 Link para o comentário

    Nossa Jura, nem imaginava kk
    Mas se a experiencia for boa mesmo então ta bom, celular pra durar 2 anos no max na mão de quem não quer tbm muito de um celular,
    Agora preço justo eu não entendi kk


  • Senna Sales de Souza 25/04/2018 Link para o comentário

    A questão de atualização e ter as novas funções e ter o aparelho mais seguro. Os bugs não deveriam vir, as empresas deveriam verificar bem o sistema novo antes de liberar a atualização


    • CAV 25/04/2018 Link para o comentário

      A questão é que supostamente uma bateria de testes internos e externos além de processos de aprovação junto a orgãos reguladores são realizados.
      O problema é que são muitos cenários distintos, e é complicado garantir que o aparelho vai se comportar bem em diferentes condições de uso.
      Por isso que, embora não seja o mais adequado, o wipe cache / factory reset acaba sendo o recomendado em praticamente todos os casos após uma atualização majoritária do Android.


  • Kerssy Jhonnes Wistherpon 25/04/2018 Link para o comentário

    Que mancada em Motorola.


  • erivaldo da cruz sousa 25/04/2018 Link para o comentário

    Por isso que sai da Motorola e fui pra Xiaomi, chega de pagar caro e desprezado Por essas empresas

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.