Review do OnePlus 9 Pro: o melhor smartphone da OnePlus

Review do OnePlus 9 Pro: o melhor smartphone da OnePlus

Apontar para a lua não o assusta! Lançado nesta terça-feira (23), o OnePlus 9 Pro é o foguete Apollo que coloca a OnePlus cara a cara com os concorrentes Android de alto nível. E isso se deve principalmente ao desempenho da câmera deste aparelho, com o qual a OnePlus dá um "grande salto" por conta da parceria com a Hasselblad. Será que o OnePlus 9 Pro é finalmente o carro-chefe completo que esperamos há tanto tempo? A resposta você encontra neste review do OnePlus 9 Pro.

Avaliação

Prós

  • Tela Fluid AMOLED 120 Hz
  • Snapdragon 888
  • Carregamento Warp de 65W (com fio) e de 50W (sem fio)
  • Módulo de câmera versátil
  • Certificação IP68
  • Carregador de 65W incluído

Contras

  • Design convencional
  • Zoom da câmera limitado
  • Modo "game pro" instável

Minha opinião sobre o OnePlus 9 Pro em resumo

O OnePlus 9 Pro não é obviamente o primeiro carro-chefe da fabricante. Já se passaram pelo menos dois anos desde que o OnePlus começou a subir de gama e, portanto, de preço, mas este ano parece não tivemos um real aumento no valor dos modelos em comparação com os antecessores. Desta forma, o OnePlus 9 básico chega ao mercado internacional custando 719 euros e o OnePlus 9 Pro por 919 euros respectivamente (R$ 4.700 e 6.000, em conversão direta).

Snapdragon 888, tela QHD+ movida a fluido com taxa de atualização de 120 Hz, módulo de câmera quadruplo 48 + 50 MP e bateria de 4.500 mAh. Assim, encontramos a receita "clássica" de um carro-chefe com um preço pouco superior ao de um Samsung Galaxy S21.

No papel temos uma boa relação custo-benefício para um smartphone premium, como o que vimos no Xiaomi Mi 11. Mas isso não é novidade. Então o que mudou com o OnePlus 9 Pro para me fazer usar metáforas espaciais no início do artigo?

Historicamente, o desempenho fotográfico dos flagships da OnePlus sempre funcionou contra a fabricante quando comparado com os grandes nomes do mercado assinados pela Samsung, Huawei ou mesmo Xiaomi. E toda a propaganda de marketing em torno do famoso módulo fotográfico da OnePlus com a Hasselblad mostra que a empresa sabe exatamente o que estava faltando para ser uma grande jogadora no mercado high-end.

Um design convencional

O OnePlus 9 Pro tem um design bastante clássico para um carro-chefe com a habitual tela curvada, traseira de vidro brilhante e bordas metálicas.

Em resumo, gostamos:

  • Da cor prata Morning Mist e seu efeito espelhado;
  • Da tela curva;
  • Do módulo de câmera discreto;
  • Certificação IP68.

Em resumo, não gostamos:

  • Sem entrada para cartão microSD;
  • Projeto convencional.
NextPit OnePlus 9 Pro camera
A parte traseira do OnePlus 9 Pro traz um gradiente de prata para preto, e fica cada vez mais opaco / © NextPit

No meu teste, usei o aparelho na cor Morning Mist, com tons de prata e preto, cujo reflexo cria um efeito espelhado muito agradável. Também tenho a impressão de que o revestimento da parte traseira oferece um efeito gradiente a partir do canto superior esquerdo. Neste eixo, a superfície da parte de trás se torna cada vez mais opaca, um pouco como uma névoa matinal mesmo.

A tela é curva, uma escolha que não é muito popular entre a comunidade NextPit, mas a inclinação nas bordas laterais permanece bastante sutil, assim como o vidro 2.5D usado pela Samsung. O smartphone é bastante fino e leve para as suas 192 gramas (comparado com 199 do OnePlus 8 Pro).

NextPit OnePlus 9 Pro side
O tradicional interruptor "Alert Slider" do OnePlus ainda é muito prático / © NextPit

O módulo da câmera no verso segue o projeto do OnePlus 8/8 Pro/8T em forma retangular. Os sensores ultra-wide e principal estão posicionados um em cima do outro verticalmente enquanto o sensor monocromático e a teleobjetiva estão alinhados horizontalmente logo abaixo, e trazem a impressão "Hasselblad".

A certificação IP68 é um destaque aqui e minha insatisfação fica por conta da ausência de suporte para cartão microSD, quase sistemática nesta faixa de preço.

NextPit OnePlus 9 Pro usb
A tela do OnePlus 9 Pro é curva e a do OnePlus 9 é plana / © NextPit

Em geral, a construção do OnePlus 9 Pro é realmente muito consensual, um pouco demais para o meu gosto. Não sinto diferenças suficientes em relação aos modelos do ano passado. Mas a cor é muito agradável aos olhos e seus efeitos metálicos são dignos de um smartphone premium.

Tela AMOLED LTPO mais suave e eficiente em termos energéticos

O OnePlus 9 Pro possui uma tela de 6,7 polegadas Fluid AMOLED com uma resolução QHD+ de 1440 x 3216 pixels, ou 525 ppi, numa proporção de 20:9. Há também uma taxa de atualização adaptativa de 120Hz, um brilho máximo de 1.300 nits, bem como uma taxa de amostragem por toque de 360Hz.

Em resumo, gostamos:

  • Da taxa de atualização de 120 Hz;
  • Da taxa de amostragem Hyper Touch de 360 Hz;
  • Dos 1.300 nits de luminosidade máxima.

Em resumo, não gostamos:

  • Da taxa de atualização adaptativa "inteligente".
NextPit OnePlus 9 Pro display
O OnePlus usa o processo LTPO para tornar o display de 120Hz mais econômico / © NextPit

Como quase sempre em um carro-chefe da OnePlus, a tela AMOLED é excelente, e se beneficia de uma atualização para a tecnologia Fluid Display na versão 2.0. A principal adição é a integração da tecnologia LTPO (Óxido Policristalino de Baixa Temperatura) para a fabricação do backplane (basicamente uma parte frontal da tela que hospeda toda a rede de transistores responsáveis por ligar e desligar cada pixel).

Este componente intervém diretamente sobre a taxa de atualização, a resolução da tela e seu impacto sobre a bateria. E o processo LTPO deve fazer com que a tela do OnePlus 9 Pro seja mais econômica, bem como mais responsiva e estável em termos de framerate.

Por enquanto, devo dizer que a tela do OnePlus 9 Pro é bastante fluida e a experiência de navegação, bem como a experiência de jogo, foi ótima. Especialmente porque a taxa de amostragem de 360 Hz, o número de vezes por segundo que a tela registra um toque, torna os controles mais precisos e responsivos.

Por outro lado, estou um pouco mais duvidoso sobre a taxa de atualização adaptativa. Ao ativar o contador FPS nativo do Android 11, pude ver que passamos de 120 Hz em Call of Duty: Mobile para 60 Hz no YouTube e Netflix. Mas a OnePlus diz que pode ir até 1 Hz para ler textos ou visualizar fotos.

Eu não consegui alcançar esses valores. Na verdade, a taxa mais baixa que consegui descer foi de 30 Hz e isso foi apenas quando estava usando o teclado em alguns aplicativos de mensagens ou apenas nas barras de busca no Google, Maps, Spotify ou YouTube.

NextPit OnePlus 9 Pro front camera
Não consegui ver a taxa de atualização de 1Hz prometida pela OnePlus / © NextPit

Os modelos da OnePlus geralmente utilizam painéis Samsung em suas telas, que estão sempre entre os mais brilhantes do mercado. Os 1.300 nits publicados pela OnePlus estão no topo mais alto da pirâmide de smartphones Premium, embora a tela do Samsung Galaxy S21 Ultra tenha atingido os 1.500 nits.

A tela do OnePlus 9 Pro também vem com uma série de recursos como MEMC (adição de quadros para suavizar a tela), HDR10+, profundidade de cor de 10 bits, detecção de luz ambiente e outras funções. Tantas características que não consegui avaliar antes de publicar essa análise.

No geral, a tela do OnePlus 9 Pro é excelente. Não estou convencido em relação à taxa de atualização adaptativa inteligente. Porém, a experiência multimídia está entre as melhores do mercado.

Snapdragon 888 e modo "Gaming Pro"

O OnePlus 9 Pro é embalado pelo Snapdragon 888, o mais recente SOC 5G topo de linha da Qualcomm. A estrutura tripla do processador conta com uma CPU ARM Cortex-X1 com frequência de 2,84 GHz, três Cortex-A78 a 2,42 GHz e quatro Cortex-A55 a 1,8 GHz.

Em resumo, gostamos:

  • De jogaralguns jogos a 90 ou 120 FPS;
  • Do poder de fogo do Snapdragon 888.

Em resumo, não gostamos:

  • Do modo Fnatic que não aumenta significativamente o desempenho;
  • Do framerate instável após 30 minutos de jogo.

Assim como no Xiaomi Mi 11, alguns benchmarks gráficos não funcionam, pois estão desatualizados em comparação com o Snapdragon 888. Mas suspeito que em termos de potência bruta, o OnePlus 9 Pro está no topo da lista.

OnePlus 9 Pro

Benchmarks Gráficos
Benchmarks OnePlus 9 Pro Xiaomi Mi 11 Samsung Galaxy S21 Ultra
3D Mark Wild Life 5670 5702 7373
Teste de estresse 3D Mark Wild Life 5698 5697 5175
Geekbench 5 (Single/Multi) 1112/3633 1085/3490 942 / 3407

Memória PassMark

31891 26.333 31.752

PassMark disk

112370 120.430 81.108

Na verdade, fiz 3 sessões de teste sem e 3 com os modos "Gaming pro" e "Fnatic", que supostamente melhoram o desempenho. A referência que utilizei não mostrou nenhuma diferença perceptível. Para além do modo de desempenho da Huawei, encontro pouca utilidade para as várias opções que prometem "impulsionar" a experiência de jogo.

No entanto, saúdo o menu contextual do modo profissional de jogo, que pode ser usado no meio de um jogo, posicionado no canto superior esquerdo do smartphone no modo paisagem. A capacidade de criar clipes de forma  retroativa, após uma fase épica de jogo, é uma adição muito agradável.

Por outro lado, não vi nenhum benefício em poder ver o WhatsApp, Telegram ou mesmo o Instagram enquanto estivava jogando.

oneplus 8t review fnatic mode
Não sou do tipo que gosta de ver publicações no WhatsApp ou Instagram durante um jogo e você? / © NextPit

Enquanto a maioria dos testes do 3DMark não funcionou no OnePlus 9 Pro por ser muito potente, os benchmarks do 3DMark Wild Life e Wild Life Stress Test funcionaram.

Estes dois testes simulam o uso intenso do smartphone durante um curto período (1 minuto) no Wild Life, e durante uma longa sessão (20 minutos) no Wild Life Stress Test. A ideia é ver como o smartphone é capaz de manter um nível de desempenho constante em um cenário "extremo" a curto e longo prazo.

No teste Wild Life de 1 minuto, o desempenho do OnePlus 9 Pro foi misto para dizer o mínimo em termos de estabilidade. Um framerate que flutua entre 24 e 42 FPS enquanto a temperatura permaneceu praticamente constante e abaixo do limiar de superaquecimento não é uma loucura. Especialmente quando a OnePlus se orgulha de ser uma das únicas fabricantes a permitir jogar determinados jogos em 90 ou mesmo 120 FPS.

oneplus 9 pro review performance benchmark2
O quadro médio durante este minuto de teste é de 34 FPS / © NextPit

No teste Wild Life Stress Test benchmark de 20 minutos, podemos notar uma queda abrupta no desempenho da quarta etapa do teste (portanto, 4 minutos). Se você olhar para o infográfico no meio da ilustração abaixo, pode ver que a diferença entre o primeiro loop de teste (curva verde) e o décimo sexto (curva roxa) é realmente perceptível.

À medida que a temperatura sobe, as coisas pioram e o frame varia bastante até cair para 20 FPS quando o smartphone mal está acima de 40°C. Se considerarmos que os smartphones para jogos podem manter um alto desempenho abaixo de 50°C ou até mais, podemos ver futuro neste nicho.

oneplus 9 pro review performance benchmark1
O OnePlus 9 Pro não superaquece muito, mas não resiste bem ao calor / © NextPit

A OnePlus, entretanto, adotou o básico do OnePlus 8T para o sistema de resfriamento, ampliando a câmara de vapor e usando camadas mais grossas de grafite, bem como filmes de cobre maiores para melhor gerenciar o controle de temperatura.

Fique tranquilo, não senti nenhuma desaceleração durante minhas longas sessões diárias de jogo de cerca de 1h30. Também não notei nenhum problema sério relacionado à moldura do aparelho. Mais uma vez, lembro que estes benchmarks do Wild Life simulam um uso irreal e realmente intenso que a maioria dos usuários não praticará de qualquer forma.

O OnePlus 9 Pro é, portanto, um smartphone de alto nível entre os mais potentes do mercado. O modo profissional de jogo é supérfluo na minha opinião, além do recurso de clipes retroativos e o controle de temperatura talvez seja um pouco severo demais ao limitar o desempenho do aparelho muito cedo.

O módulo fotográfico é Hasselblad

O OnePlus 9 Pro possui um conjunto quádruplo de câmeras e foi desenvolvido em conjunto com a Hasselblad com as seguintes especificações:

  • Lente principal grande angular de 48 MP: Sony IMX789, 1/1.43" (tamanho do sensor), 2.24μm (tamanho do pixel 4 em 1), EIS/OIS, abertura f/1.8, equivalente a 23mm;
  • Lente ultrawide de 50 MP: Sony IMX766, 1/1,56" (tamanho do sensor), lente freeform, abertura f/2,2, equivalente a 14mm;
  • Teleobjetiva de 8 MP: abertura f/2,4, 1.0μm (tamanho de pixel)
  • Sensor monocromático de 2 MP.

No OnePlus 9 e OnePlus 9 Pro, a colaboração com o Hasselblad é apenas software, como é o caso entre Huawei e Leica. Portanto, permanecemos no mesmo sensor principal Sony IMX689 já presente no OnePlus 8, 8 Pro e 8T. O OnePlus 9 Pro, entretanto, se beneficia de um sensor mais novo com o Sony IMX789.

O destaque deste módulo de câmera Hasselblad é a colorimetria. A OnePlus promete que sua nova solução natural de calibração de cores, baseada na experiência da Hasselblad, resultará em fotos mais precisas e, portanto, mais realistas.

Em resumo, gostamos:

  • Do contraste e da gama dinâmica da lente grande angular;
  • Da versatilidade ultrawide + ângulo amplo + teleobjetiva.

Em resumo, não gostamos:

  • Zoom ainda muito limitado;
  • Inconsistências de cor entre as diferentes lentes.
NextPit OnePlus 9 Pro camera
OnePlus e Hasselblad trabalharam no software e não na parte de hardware do módulo de câmera do OnePlus 9 Pro / © NextPit

As fotos do OnePlus 9 Pro com o sensor principal

O destaque do sensor principal é o suporte para ISO duplo nativo, gravação em formato RAW 12-bit — que aparentemente é o novo termo da moda para os viciados em fotografia (resultando em fotos com MUITAS cores) — e DOL-HDR. DOL significa "Digital Overlay" e consiste em captar várias fotos com diferentes valores de exposição e depois combiná-las para otimizar a faixa dinâmica de contraste e cores.

Na luz do dia, devo dizer que fui seduzido pela boa gestão das complexas faixas dinâmicas. Admire este casamento das sombras dos edifícios da antiga galeria nacional que não escurecem a cena ainda iluminada pelo sol de um final de tarde em Berlim.

oneplus 9 pro review photo wide5
O OnePlus 9 Pro lida muito bem com faixas dinâmicas complexas e oferece um bom contraste / © NextPit

Ainda acho que o módulo da câmera tende a achatar o verde da grama ou o azul do céu um pouco, sem saturar demais as cores também. Mas não é a versão mais pura e realista. O que não me importa pessoalmente, desde que a colorimetria não pareça muito artificial, o que está longe de ser o caso aqui.

oneplus 9 pro review photo wide3
Esta foto tirada com o OnePlus 9 Pro tem muita nitidez / © NextPit

O sensor principal opera uma combinação de 4 em 1 pixel com a tecnologia OCL 2x2 da Sony, que envolve a colocação de uma única micro-lente em cima de cada grupo de 4 pixels em vez de ter uma por pixel. Isto torna o foco mais rápido e mais preciso.

Você tem a opção de atirar com resolução total, que é de 48 MP em vez de 12 MP. Mas não senti a necessidade nem o desejo de fazê-lo, pois a exposição foi muito menos bem gerenciada.

oneplus 9 pro review photo wideHD
Parte superior: 48 MP, parte inferior: 12 MP (48/4 pixels). Parece que as duas fotos foram tiradas em momentos e condições climáticas totalmente diferentes / © NextPit

O nível de detalhes ainda é satisfatório e, embora você possa ver alguns detalhes do movimento da água no centro inferior da imagem abaixo, penso que mesmo com ruído digital a superfície do rio está bem nítida.

oneplus 9 pro review photo wide2
As fotos da lente grande angular do OnePlus 9 Pro são bem detalhadas / © NextPit

Os modelos anteriores da OnePlus possuem a tendência irritante de desenhar um véu sobre as imagens, principalmente devido a um alisamento excessivamente agressivo. A IA tenta desajeitadamente reduzir o ruído digital, mas faz com que as capturas percam o aspecto áspero. Esta é talvez a maior melhoria que já vi neste módulo de câmera, esta névoa está quase desaparecendo, na minha opinião.

oneplus 9 pro review photo wide1
O equilíbrio branco talvez seja um pouco quente demais aqui, puxando para tons amarelos / © NextPit

As fotos da lente ultrawide do OnePlus 9 Pro

Há também uma lente ultrawide Sony IMX766 de 50 MP em ambos os modelos, em comparação com os respectivos sensores de 16 MP e 48 MP do OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro. A principal diferença é a integração das chamadas "lentes freeform", que são várias lentes com superfícies irregulares e sobrepostas assimetricamente em relação a seu eixo. A ideia é direcionar a luz capturada de forma a limitar o efeito de distorção óptico típico dos grandes campos de visão.

Aqui, a OnePlus promete reduzir o efeito de distorção para menos de 1%. Um número que por si só não significa muito, mas o design em forma livre em uma lente de ultrawide já mostrou o seu potencial no Huawei Mate 40 Pro, por exemplo.

oneplus 9 pro review photo ultrawide6
As bordas do caminho pavimentado não estão distorcidas / © NextPit

Não vou entrar em medidas percentuais absurdas,  estou baseando minhas observações a olho nu aqui. Não posso dizer que a distorção nas bordas da imagem é inferior a 1%, mas posso dizer que é limitada o suficiente para que eu não note.

oneplus 9 pro review photo ultrawide5
Aqui percebemos a ausência de distorção nas bordas da imagem / © NextPit

Por outro lado, deve-se obviamente notar uma diminuição no nível de detalhes, o que é lógico neste tipo de lente. Porém, também lamento uma falta de coerência em termos de exposição e colorimetria entre as lentes de ângulo largo e ultra-largo.

oneplus 9 pro review photo ultrawide2
Bye-bye gama dinâmica em ângulo ultrawide / © NextPit

A imagem abaixo ilustra perfeitamente esta inconsistência. Olhe para o azul do céu e o ocre do edifício, as cores são muito mais suaves em ângulo ultra amplo e a captura parece quase sobre-exposta desbalanceando o alcance dinâmico e o contraste.

oneplus 9 pro review photo ultrawide4
O disparo de ângulo ultrawide tem muito menos contraste do que o sensor principal / © NextPit

Tiros de zoom OnePlus 9 Pro

Mais uma vez, o OnePlus 9 Pro mantém a exclusividade da lente teleobjetiva dedicada. Esta lente é capaz de um zoom óptico até x3,3 e digital de até x30. Também possui estabilização óptica (OIS) para limitar o desfoque de movimento.

Enquanto você permanecer no zoom óptico de x3,3, a perda de detalhes é limitada. Tentei puxar para x10, que é o limite do que a teleobjetiva pode produzir sem ser inutilizável. Vemos imediatamente que as capturas são mais ruidosas, mas permanecem corretas aos meus olhos.

oneplus 9 pro review photo zoom4
O OnePlus 9 Pro é capaz de um zoom óptico até x3,3 / © NextPit

Por tudo isso, não estamos a altura de "fotofones" como os da Huawei ou da Samsung. Também notei que o foco era um pouco inconstante quando o zoom x3,3 fosse excedido.

oneplus 9 pro review photo zoom1
Da esquerda para a direita, de baixo para cima: zoom óptico x3,3 / zoom digital x10 / zoom digital x30 / © NextPit

O zoom até x30 é quase inutilizável e coberto por um monte de pixels sem nenhum detalhe, em especial, quando comparados aos do Galaxy S21 Ultra e seus zooms x5 e x10 ultra versáteis.

oneplus 9 pro review photo zoom3
Esqueça as fotos com zoom x30 / © NextPit

Dê uma olhada na imagem abaixo e note a diferença de colorimetria e exposição entre as duas fotos em cima à esquerda (ângulo amplo) e à direita (zoom x3,3). O equilíbrio de branco é muito mais fresco e parece que a lente não está capturando luz suficiente.

oneplus 9 pro review photo zoom2
O zoom do OnePlus 9 Pro não é o melhor do mercado / © NextPit

As fotos do OnePlus 9 Pro à noite

À noite, o OnePlus 9 Pro possui um bom desempenho. O modo noturno dedicado, NightScape, só funciona com o ângulo ultrawide e as lentes principais. Mas em boas condições de luz, com iluminação urbana, não força muito a exposição e as capturas permanecem "naturais" à noite.

Copie de oneplus 9 pro review photo night1
O modo NightScape no OnePlus 9 Pro não funciona com a lente teleobjetiva / © NextPit

Penso que o OnePlus 9 Pro lida muito bem com fontes de luz fortes ao evitar que a iluminação urbana queime totalmente a imagem, por exemplo. O ruído digital está obviamente presente e, portanto, a nitidez é um sucesso.

Copie de oneplus 9 pro review photo night2
O OnePlus 9 Pro fez um bom trabalho mitigando ou quase cancelando a auréola/chama de luz de rua / © NextPit

Por outro lado, quando se fotografa uma cena mais escura, o modo noturno tenderá a expor em excesso a cena mesmo que isso signifique perder quase completamente seu aspecto de "noite".

Copie de oneplus 9 pro review photo night mode
Em cima, da esquerda para a direita: ultrawide e grande angular sem NightScape; Em baixo, da direita para a esquerda: ângulo ultrawide e grande angular com NightScape / © NextPit

Este ano, a OnePlus fez alguns progressos muito claros na fotografia. Gostei muito do contraste, do amplo alcance dinâmico e do nível de detalhe oferecido pelo sensor principal. O ângulo ultrawide e a teleobjetiva dedicada trazem a versatilidade que aprecio, embora o zoom não seja o melhor do mercado. Achei a renderização noturna digna dos smartphones topo de linha Android.

Tenho certeza de que o OnePlus se beneficiará mais com a colaboração em hardware, projetando componentes específicos com a Hasselblad e depois calibrando-os juntos. Como está, o OnePlus 9 Pro é um smartphone muito bom para fotografia, embora ainda não o colocaria no nível de um Samsung Galaxy S21 Ultra.

Autonomia sólida e Warp Charge Wireless de 50 Watts

O OnePlus 9 Pro chega ao mercado com uma bateria de duas células de 4.500 mAh e aceita carga rápida Warp Charge 65T com fio, bem como a nova Warp Charge Wireless 50 Watts.

Em resumo, gostamos:

  • Da vida útil da bateria, apesar do display QHD+ de 120Hz;
  • Do carregamento Warp 65T sem fio.

Em resumo, não gostamos:

  • A bateria de 4.500 mAh poderia ter sido maior no modelo Pro;
  • Da carga rápida de 50 Watts exclusiva para o modelo Pro.

4.500 mAh para um carro-chefe em 2021 não é ridículo, mas ainda é um pouco decepcionante, especialmente porque a versão básica e o modelo Pro tem a mesma capacidade de carga. Acredito que com uma tela maior e um preço mais alto o OnePlus 9 Pro merecia uma bateria maior.

Mas isso é apenas 100 mAh a menos que a bateria do Xiaomi Mi 11, tanto quanto a do Oppo Find X3 Pro, e certamente menos que os 5.000 mAh do Samsung Galaxy S21 Plus/Ultra, exceto que também custam mais caro.

De qualquer forma, não é ruim, mas queria ter gostado um pouco mais. No dia a dia, o OnePlus 9 Pro durou entre 10 e 12 horas antes de descer abaixo da marca de 20% de vida útil restante da bateria. Uma pontuação mais do que respeitável enquanto usava o smartphone para meus testes de benchmark e fotográficos com a tela QHD+/120 Hz.

oneplus 9 pro review performance battery life
O gasto de energia é muito suave / © NextPit

O carregamento rápido Warp 65T com fio já foi lançado no OnePlus 8T, que também tem a mesma bateria de 4.500 mAh de duas células. Consegui carregar o OnePlus 9 Pro de 0 a 100% em 30 minutos ou um pouco menos, em média.

Quanto à Warp Charge Wireless 50 Watts, infelizmente esqueci de pegar o carregador sem fio deixado no escritório para levá-lo para casa. Vou culpar os tempos da pandemia. O fabricante anuncia que pode carregar as duas células da bateria em 25 Watts cada uma e ao mesmo tempo, permitindo chegar de 1 a 100% da bateria em 43 minutos.

AndroidPIT oneplus warp charge 30 iso
A carga sem fio de 50 watts é reservada para o OnePlus 9 Pro, o modelo base é conteúdo com 15 watts / © NextPit

Uma promessa muito bonita que, no papel, é ainda mais interessante do que algumas cargas com fio e que testei. Prometo, no entanto, que vou usar o recurso e atualizar esta análise do OnePlus 9 Pro depois.

Em geral, achei a vida útil da bateria bem sólida para essa capacidade de bateria, mesmo que esteja longe de ser impressionante no papel. A Carga Warp 65T é tão boa quanto sempre foi, e a carga sem fio dá um passo gigantesco a frente em relação ao OnePlus 8 Pro do ano passado.

Especificações do OnePlus 9 Pro

OnePlus 9 e OnePlus 9 Pro

Especificações técnicas
Modelo OnePlus 9 Pro
Processador Snapdragon 888
Memória 8/12 GB LPDDR5 RAM
128/256 GB UFS 3.1

Armazenagem expansível

Não, sem entrada para microSD

Conectividade 5G
Tela
  • 6,7 polegadas, AMOLED + LTPO, 20,1:9
  • 3216 x 1440 pixels, 525 ppi
  • 120 Hz
  • Bordas curvas
Tamanho 163,2 x 73,6 x 8,7 mm
Peso 192 gramas
Câmera
  • Grande angular principal 48 MP: Sony IMX789, 1/1,43" (tamanho do sensor), 2.24 μm (tamanho do pixel com combinação 4 em 1), EIS/OIS, f/1,8 de abertura, equivalente a 23 mm
  • Ultra grande-angular 50 MP: Sony IMX766, 1/1,56" (tamanho do sensor), lente freeform, abertura f/2,2, equivalente a 14 mm
  • Telefoto 8 MP: abertura f/2,4, 1.0 μm (tamanho de pixel)
  • Monocromática de 2 MP
  • Flash LED duplo
  • Foco automático múltiplo: PDAF+CAF para todos os pixels, omnidirecional

Vídeo

  • Vídeo 8K a 30 FPS
  • Vídeo 4K a 30/60 FPS
  • Super Slow Motion: 720p a 480 FPS, 1080p a 240 FPS
  • Time-lapse: 1080p 30 FPS, 4K a 30 FPS
Capacidade da bateria 4.500 mAh
Tecnologias de carregamento
  • Warp Charge 65T (com fio) 65 Watts
  • Warp Charge 50 Wireless (sem fio) 50 Watts
Áudio Alto-falantes estéreo com Dolby Atmos / conector para fone de ouvido de 3,5 mm
Certificado IP IP 68
OS OxygenOS 11 baseado no Android 11
Preço

8/128 GB: 919 euros
(R$ 6.000, em conversão direta)
12/256 GB: 999 euros (R$ 6.500)

Conclusão

Este review do OnePlus 9 Pro poderia ter sido limitado à seção da câmera, pois é o único critério em que a OnePlus ainda não estava no mesmo nível dos dispositivos topo de linha Android, aos quais ele quer aderir.

Este ano, o OnePlus 9 Pro está mais completo em relação ao OnePlus 8 Pro do ano passado, e oferece uma das melhores relações custo-benefício para um carro-chefe premium. Se eu tivesse que escolher entre um Samsung Galaxy S21 e um OnePlus 9 Pro, não hesitaria em escolher o novo smartphone da OnePlus.

No entanto, a propaganda em torno do módulo da câmera Hasselblad deve ser colocada em perspectiva. Sim, o OnePlus 9 Pro marca uma melhoria real na fotografia em relação aos seus predecessores e supera os concorrentes diretos. Mas não é a melhor câmera do mercado e precisava oferecer mais em relação aos recursos de zoom.

Quanto ao resto, é um flagship mais poderoso que o Samsung Galaxy S21, mais completa que o Xiaomi Mi 11 e mais barata que a Oppo Find X3 Pro. Para mim, a escolha é clara. E para você?

ÚLTIMOS ARTIGOS

7 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Sei que não tem nada a ver com a matéria, mas recentemente adquiri um Nord N10.
    Me surpreendi positivamente com o aparelho, primeiro Oneplus que uso, realmente a experiência com o launcher e sistema deles é surreal uma das melhores versões do android que usei, muito fluida e rápida.
    Já com relação aos tops da matéria, se tivesse grana partiria fácil para a versão normal sem pensar.


  • Não entendi qual o problema com o "design convencional" do aparelho. Ele é muito bonito, e o módulo das câmeras é especialmente bem resolvido. Falando em câmeras, o nome Hasselblad é muito pesado na fotografia e fica bonito ali... Mas será que se o dispositivo não ostentasse essa marca ali, ele não seria um pouco mais em conta?!


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 2 semanas Link para o comentário

      Oi, Edinho! Na realidade, não creio que seja um problema, é apenas algo que o Antoine pensa que a OnePlus deveria rever. Contudo, design é algo bastante subjetivo, e um review é um artigo de opinião, logo, descordar do que está no artigo é normal.

      Sobre a Hasselblad: como a parceria é de software e não de hardware, não penso que o valor mudaria muito, pois os modelos do ano passado foram anunciados quase que pelo menos valor e não tinham o peso dessa marca.


  • Um aparelho padrão da Oneplus, que é sinônimo de extrema qualidade, POREM:

    Toda essa propaganda e Marketing com as lentes (calibração de cores) da Hasselbled, FLOPOU BONITO.

    O Op 9pro tem sim um conjunto de câmeras EXCELENTES, Espetaculares, mas perde em vários quesitos para os concorrentes diretos (S21 Ultra por exemplo). Basta ver comparativos em outros reviews, (como GSMArena e PhoneArena) o que é uma pena.
    O forte da OP nunca foi fotografia, e continua não sendo.

    Quando o assunto é usabilidade, desempenho, aí a experiência é outra, é fora de serie e, mesmo sendo relativo e pessoal, acredito ser o melhor fabricante com o melhor ambiente mobile.


  • Pena que os preços da Oneplus já não são tão atraentes como antes, mas eu ficaria feliz com o Oneplus 9 normal também.


  • Muito bom o review , sim , se necessitasse de um novo celular este one plus seria minha opção de importação, gostei da evolução das câmeras, belíssimo gadget.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.