CEO da Xiaomi questiona se usuários pagariam mais de R$ 8 mil por um celular

CEO da Xiaomi questiona se usuários pagariam mais de R$ 8 mil por um celular

O CEO da Xiaomi, Lei Jun perguntou na rede social chinesa Weibo se os usuários pagariam 10000 iuanes, ou cerca de R$ 8000 no melhor smartphone possível.

A empresa vem se aproximando do público nos últimos tempos e trabalha em conjunto com seus usuários para tomar decisões de mercado de maior impacto.

Após questionar os usuários se eles pagariam um valor tão alto por um smartphone, Lei Jun também perguntou quais seriam os atributos mais importantes para um aparelho nessa faixa de preço.

Por enquanto, o smartphone mais poderoso da marca é o Mi 10 Ultra, lançado na metade do ano passado ele custa 6900 iuanes, ou cerca de R$ 5900.

Xiaomi Mi 11 colorways
O Xiaomi Mi 11 / © NextPit

O último lançamento de topo da Xiaomi é o Mi 11, lançado em dezembro, ele custa 4699 iuanes na sua versão mais poderosa, cerca de R$ 3900.

Com o preço sugerido na faixa dos R$ 8000, o suposto aparelho pode chegar no Brasil custando cerca de R$ 12000. Os últimos lançamentos de topo da chinesa como, o Mi 10T Pro e o Mi Note 10, chegaram por aqui na faixa dos R$ 7000, o dobro do valor em conversão direta do preço praticado na China e na Europa.

Será que o próximo lançamento da Xiaomi vai ser tão poderoso assim? Você pagaria um preço tão alto em um smartphone? Conta tudo o que você acha do assunto pra gente nos comentários!

ÚLTIMOS ARTIGOS

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Pessoalmente não pagaria .


  • Nossa... Que resposta mais fácil de se conseguir; é só o Presidente da Xiaomi fazer uma visita aqui no Brasil e ver os fanáticos pelo Galaxy S21 pagando esse valor por um aparelho que não vem nem fones e nem carregador de parede. Em resumo, o brasileiro precisa ser estudado.