Cinco marcas que vimos na MWC e que gostaríamos de ver no Brasil

Cinco marcas que vimos na MWC e que gostaríamos de ver no Brasil

A MWC sempre nos surpreende, seja com lançamentos de smartphones ou em outros setores da indústria mobile. Algumas marcas anunciam modelos interessantes mas que, infelizmente, não estarão disponíveis no nosso país tão cedo. Abaixo, separei alguns que foram exibidos por lá e que me deixaram com uma certa inveja dos chineses.

Nokia

Uma das grandes novidades da Nokia que não deve vir para o Brasil é o Nokia 8 Sirocco, uma atualização no Nokia 8. As mudanças mais surpreendentes vieram no design: quase sem bordas, 95% da frente do celular é ocupada pela tela, e o dispositivo é meio curvado nas laterais. O sensor de impressão digital foi para a parte de trás e o resultado dessas mudanças foi um smartphone mais fino e leve.

Outra melhoria foi na câmera: agora ela apresenta um modo profissional, que permite um controle manual com opções de balanço de branco, foco, ISO, velocidade e exposição. A entrada de fones de ouvido foi substituída por uma USB-C, exigindo um adaptador.

AndroidPIT Nokia 8 Sirocco 7178
O Nokia 8 Sirroco / © NextPit


Outra novidade da Nokia que não deve chegar por aqui é o Nokia 1, um dos primeiros dispositivos feitos para rodar a nova versão do Android Go. Desenvolvido para ser um smartphone mais simples e popular, as especificações do Nokia 1 são básicas: processador MediaTek de 1.1GHz, 1GB de RAM e 8GB de armazenamento. Além disso, o celular terá capas removíveis nas cores azul e vermelha.

Huawei

Quando o assunto são os smartphones, a Huawei, assim como HTC, LG e Motorola, optou por não trazer novos carros-chefe para a MWC. A empresa agendou um evento no fim de março para fazer o anúncio de seu novo smartphone, P20. Na feira, o que chamou a atenção por parte da Huawei foram seus computadores.

huawei p20 name mwc 2018
O P20 chega no fim de março / © NextPit

O Huawei MateBook X Pro, o novo notebook da marca, foi um dos lançamentos. Um dos quesitos que chamou a atenção foi o design: inspirado nos celulares do momento, o computador quase não tem bordas: sua tela ocupa 91% do corpo do equipamento. Leve e fino, o notebook conta ainda com uma câmera escondida no teclado, algum tanto quanto estranho. A webcam foi colocada entre as teclas F6 e F7, e se fecha quando não está sendo utilizada, a fim de garantir a privacidade.

ZTE

Neste ano, os dispositivos da marca que se destacaram foram os novos smartphones da linha média, a Blade. O V9 e o V9 Vitas vieram bem completos, ambos com câmeras duplas, sensor de impressão digital na parte de trás e tela na proporção 18:9. Os dois modelos possuem Android Oreo 8.1 e, o melhor de tudo, a um preço baixo. O V9 deve ficar na casa dos 300 dólares, enquanto o V9 Vitas deve custar em torno de 200 dólares.

AndriodPIT ZTE Blade V9 Vita 6
O V9 / © NextPit

Vivo

O Apex, novo smartphone da Vivo, não só não chegará por aqui, como não chegará em mercado nenhum: é um celular conceito por enquanto. A marca entrou na ondas das que estão diminuindo as bordas de vez dos smartphones e, ao que parece, encontrou soluções bem inteligentes no Apex.

O sensor de impressão digital foi removido e colocado em uma parte da tela (que deve ocupar cerca de um terço) que faz a identificação da digital. A novidade funciona bem, embora não tão rapidamente quanto um leitor convencional, dizem os especialistas que já tocaram no produto. Na MWC, não conseguimos encontrar um, mas parece que ele estava sim por lá. A câmera frontal também foi excluída da cena: no Apex, ela fica escondida e só salta para fora do smartphone quando é ativada.

Os alto-falantes, por sua vez, foram trocados por uma tela que vibra e se torna um alto-faltante por si só. Por enquanto, o Apex é apenas um protótipo, mas as tecnologias apresentadas nele certamente podem ser desenvolvidas e vistas em smartphones em breve.

HTC

A HTC, que ninguém sabe como vai ficar após a parceria com a Google, não levou para a MWC seu HTC U12. Ao invés disso, promoveu seus dispositivos de realidade virtual, o Vive Pro e o adaptador Vive Wireless, que com fone de ouvidos, tela OLED de alta resolução e 615dpi  garantem uma experiência sem fio bastante promissora.

AndroidPIT HTC Vive Pro MWC 2018 0008
Os lançamentos da HTC / © NextPit

Bônus: Prazer, DOOGEE

Essa talvez você não conheça ainda, mas a fabricante chinesa trouxe várias novidades com diferentes tecnologias para o mundo dos smartphones. Um dos lançamentos que chamou atenção foi o DOOGEE V, um celular que apresenta o sensor de impressão digital na própria tela, otimizando o espaço. Além disso, seu entalhe é em formato de U.

AndroidPIT DOOGEE BL1200 0266
DOOGEE V / © NextPit

Outro dispositivo lançado foi o DOOGEE MIX 3. Nele, a câmera se lança para fora do smartphone quando ativada, e a maior novidade é que seu suporte é rotativo, permitindo que sejam feitas fotos de vários ângulos. A terceira novidade da marca foi o DOOGEE MIX 4, inspirado nos antigos celulares deslizantes. Uma das partes é só tela, e a outra (que aparece quando a tela é deslizada) contém o sensor de impressão digital, a câmera frontal e o alto-falante. Tudo caminha em direção ao fim das bordas nos smartphones.

Qual te encantou mais?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Os comentários favoritos dos leitores

  •   47
    Conta desativada 02/03/2018

    Todas essas empresas seriam bem vindas. Sabemos o porque delas não se aventurarem por aqui.

    Só mais uma observação : toda e qualquer empresa de smartphones, o principal foco delas é China, EUA e Europa.... O Brasil nunca foi um mercado que encha os olhos das maiores marcas, por isso muitas vezes vemos aparelhos capados ou que nem chegam aqui.

  • Deivis Schuman 02/03/2018

    Ou seja... estando ou não em crise o Brasil pouca diferença faz pras fabricantes!

57 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Alax Ricard de Souza S. 05/03/2018 Link para o comentário

    Interessante


  • Emily Canto Nunes 03/03/2018 Link para o comentário

    Eu também! Nokia ia ser demais!


  • Agnaldo 03/03/2018 Link para o comentário

    Seria um sonho Huawei no Brasil pra abalar o mercado dominado por Samsung é Motorola com forte concorrência, mas tá difícil de realizar


  • Victor Lima 03/03/2018 Link para o comentário

    oneplus e Huawei seria ótimo


  •   54
    Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

    Vivo apex, se fosse lançado seria sim algo totalmente inovador e não a mesmice que estamos vendo por aí. Só faltou falar da bateria do protótipo para sabermos se aguenta um dia todo ou mais. Seria bom se todos os outros viessem pra cá. Gostei muito do Doogee V, compraria um com certeza.


  • Henrique Arantes 03/03/2018 Link para o comentário

    Esse da Nokia é realmente lindo


    •   54
      Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

      Também achei.


  • José Luís Silva Martiniano 03/03/2018 Link para o comentário

    O ZTE é sensacional, quase que pegava o Axon 7, um excelente dispositivo. A Huawei e HTC também são ótimas.


    •   54
      Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

      Pena que ficamos sujeitos às mesmas marcas aqui.


  • Sidney 02/03/2018 Link para o comentário

    Eu gostaria da HTC, da Huawei, Xiaomi e OnePlus. Mas se engana quem acha que os preços seriam baixos. Aqui é Brasil.


    •   54
      Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

      Como sempre.


  • Pedro 02/03/2018 Link para o comentário

    Queria Huawei, Vivo, Xiaomi e OnePlus


  • Deivis Schuman 02/03/2018 Link para o comentário

    Se tratando do mercado brasileiro vamos lá:

    Nokia= Talvez, não é difícil!

    Huawei= Apenas um sonho, impossível de um dia vir pra cá!

    ZTE= Nunca

    Vivo=Nunca

    HTC=É mais fácil nascer dente em bico de galinha do que ela vir pra cá

    DOOGEE= Dificilmente ela se arriscaria aqui, ainda mas pelo fato de tá crescendo agora


    • Jonscravit 02/03/2018 Link para o comentário

      HTC saiu do brasil quando mercado de celulares estava crescendo... atitude muito inteligente..
      enquanto isso Asus com seu 5z disse que brasil é o maior mercado dela e vai continuar investir aqui e crescer e nos dando mais concorrencia..


      •   54
        Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

        Vai entender.


    •   54
      Conta desativada 03/03/2018 Link para o comentário

      Enfim, vamos ficar só desejando mesmo. Ou importar um desses.


    • Leomar Silva 03/03/2018 Link para o comentário

      Se tratando de importações vamos lá:

      Nokia: Mercado livre

      Huawei = Mercado Livre, Gearbest

      ZTE = Mercado livre, Gearbest

      Vivo= Mercado livre, Aliexpress

      HTC = Mercado livre

      DOOGEE= Ninguém quer


  • Ilan E. 02/03/2018 Link para o comentário

    Queria ver de novo no Brasil, HTC, Huawei e a Nokia.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.