Pensando em importar? Conheça os melhores celulares chineses

Atualizado: lista reformulada
Pensando em importar? Conheça os melhores celulares chineses

As fabricantes chinesas já fincaram suas bandeiras fora de seu país de origem, deixando para trás a imagem de meros clones, e oferecendo inovações e avanços à altura das rivais globais. Confira abaixo quais são os melhores celulares chineses para comprar no Brasil ou importar.

Pegue um atalho

Smartphones chineses oficialmente à venda no Brasil

O termo "smartphone chinês" é bastante discutível, afinal de contas, grande parte dos componentes e até mesmo muitos modelos das fabricantes de outros países são fabricados na China. Esta lista se dedica especificamente às marcas com sede no país asiático, incluindo Xiaomi, Oppo, Vivo, Realme e Honor.

Alguns leitores podem argumentar que a Motorola também deveria estar na lista, mas vamos considerar que a marca controlada atualmente pela Lenovo ainda é norte-americana... No caso da Asus, consideramos a marca taiwanesa, justificando sua ausência aqui.

A primeira parte das nossas sugestões inclui apenas celulares oficialmente à venda no país. Com as certificações locais necessárias, suporte técnico em português, garantia e compatibilidade com as frequências de transmissão. 

Xiaomi Mi 10T Pro

O mercado brasileiro passa atualmente por uma fase complicada, com a cotação do dólar ainda alta e o risco de uma concentração de mercado com a saída da sul-coreana LG do segmento de celulares, e antes dela o fim da importação oficial dos aparelhos da chinesa Meizu.

Atualmente, apenas Xiaomi e Realme possuem representação oficial no Brasil entre as fabricantes chinesas, e nenhuma delas vende no país seus modelos topo de linha mais recentes encontrados no exterior.

NextPit Xiaomi Mi 10T Pro back
Câmera de 108 megapixels é um dos destaques do Mi 10T Pro / © NextPit

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • Câmera de 108 MP;
  • Tela LCD de 144 Hz;
  • Snapdragon 865;
  • MIUI 12;
  • Bateria de 5.000 mAh.
 

Contras

  • Sem lente teleobjetiva dedicada;
  • Sem carregamento sem fio;
  • Anúncios na MIUI;
  • Sem certificação IP;
  • Armazenamento não expansível.

 

Apesar de a representante da Xiaomi ter lançado recentemente o modelo Poco F3 no Brasil, nossa recomendação para quem procura um aparelho da marca ainda é o Mi 10T Pro, lançado globalmente no final de 2020. Os dois celulares contam com especificações semelhantes de hardware (o SoC Snapdragon 870 é praticamente idêntico ao modelo 865+ no Mi 10T Pro), mas algumas vantagens para o ex-flagship.

Apesar do Poco F3 contar com uma tela AMOLED de 120 Hz, o Mi 10T Pro traz um painel LCD, mas com taxa de atualização superior de 144 Hz. Além disso, o Mi 10T tem bateria de 5.000 mAh, contra 4.520 mAh do Poco.

O maior diferencial do Mi 10T Pro em relação ao Poco F3 pode ser encontrado na parte de fotos. O Xiaomi não apenas conta com 108 megapixels na câmera principal, mas também usa um sensor maior. A câmera ultra-angular também é superior não só em resolução (13 vs 8 megapixels), como também oferece um campo de visão maior.

Celulares que só estão à venda por importação

O leque de opções muda ao se considerar as opções disponíveis apenas por importadores independentes ou em sites asiáticos. Só não se esqueça de conferir as avaliações dos vendedores ou lojas para não se arrepender depois. E lembre-se que os prazos de entrega podem sofrer alterações devido aos impactos da pandemia.

Ainda que muitos leitores já conheçam os riscos envolvidos, é importante destacar que o produto está sujeito ao frete e imposto de importação e que o suporte técnico, garantia, manutenção e política de devolução devem ser confirmados antes da aquisição.

OnePlus 9 Pro 

A marca pode ter abandonado as origens como a "matadora de flagship" — para também oferecer um — mesmo assim, ainda oferece um ótimo custo-benefício para quem procura um aparelho topo de linha com preço competitivo. Até mesmo a tradicional deficiência na fotografia começou a ser corrigida com a parceria OnePlus-Hasselblad. Nas palavras do meu colega Antoine Engels:

"É um flagship mais poderoso que o Samsung Galaxy S21, mais completo que o Xiaomi Mi 11 e mais barato que a Oppo Find X3 Pro. Para mim, a escolha é clara."

NextPit OnePlus 9 camera
Destaque do OnePlus 9 Pro é a parceria com a lenda sueca da fotografia Hasselblad / © NextPit

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • Tela Fluid AMOLED 120 Hz;
  • Snapdragon 888;
  • Carregamento Warp de 65W (com fio) e de 50W (sem fio);
  • Módulo de câmera versátil;
  • Certificação IP68;
  • Carregador de 65W incluído.
 

Contras

  • Design convencional;
  • Zoom da câmera limitado;
  • Modo "game pro" instável.

Ainda que a câmera do OnePlus 9 Pro (ainda) não esteja à altura dos rivais diretos, o celular atende todos os requisitos da categoria como tela AMOLED de 120 Hz, certificação IP 68, processador Snapdragon 888 e carregamento rápido com e sem fio.

Xiaomi Mi 11

Esta escolha pode parecer estranha, afinal de contas não se trata do modelo topo de linha da marca chinesa. Porém, os problemas de superaquecimento revelados no review do Mi 11 Ultra dificultam recomendar o aparelho, considerando as especificações semelhantes e o custo-benefício superior do modelo base.

O Xiaomi Mi 11 conta com o mesmo processador Snapdragon 888 da versão Ultra, além da tela AMOLED de 120 Hz e opções de memória parecidas, com exceção do modelo Ultra com 512 GB, o que pode ser um fator de compra, já que nenhum dos dois aparelhos conta com entrada para cartão de memória.

NextPit Xiaomi Mi 11 display
De frente, é praticamente impossível distinguir o Mi 11 do Mi 11 Ultra / © NextPit

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • A tela AMOLED 120Hz WQHD+ é sublime;
  • Taxa de amostragem para toques de 480 Hz;
  • O todo-poderoso Snapdragon 888;
  • Duração da bateria e carga rápida de 55 watts;
  • Carga sem fio de 50 watts;
  • Fotos do sensor de 108 MP;
  • O design puro e simples;
  • O carregador incluído.
 

Contras

  • Conjunto de câmera não muito versátil;
  • Nenhuma lente teleobjetiva dedicada;
  • Problemas de superaquecimento com uso pesado;
  • Sem certificação IP;
  • Sem slot microSD.

Fora isso, a câmera do Mi 11 Ultra é mais versátil, com uma lente teleobjetiva com zoom óptico de 5x, mas no final das contas, a grande diferença de preço (e o já citado superaquecimento) pendem a balança a favor do Xiaomi Mi 11 regular.

Oppo Find X3 Pro

Caso o conjunto de câmeras do Xiaomi Mi 11 pareça um pouco limitado para as suas ambições fotográficas, no lugar do Mi 11 Ultra o Oppo Find X3 Pro pode ser uma interessante opção a se considerar. O aparelho recebeu uma rara nota 10 na avaliação do meu colega Benjamin Lucks, que gostou tanto da câmera que escreveu uma declaração de amor ao Find X3 Pro.

NextPit Oppo Find X3 Pro camera
Versatilidade da câmera foi destaque durante o teste / © NextPit

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • Desempenho excelente;
  • Câmera brilhante com recursos interessantes;
  • Tela AMOLED de 120 Hz;
  • Carregamento de 65 W.
 

Contras

  • Design poderia ser melhor;
  • Tela curva divide opiniões;
  • Sem suporte a cartões microSD;
  • Formato de arquivo HEIF não é prático de usar.

Não bastassem as câmeras principais, ultra-angular e telefoto (com zoom óptico de 2x), o Find X3 Pro conta com uma curiosa câmera microscópica, que pode ser considerada de nicho por muitas pessoas, mas ainda assim abre o leque de possibilidades do que um celular pode fazer.

E o resto da ficha técnica deixa o Oppo à altura dos rivais diretos, com processador de última geração, tela AMOLED de 120 Hz, resistência à água e poeira... Ou seja, todas as especificações esperadas em um aparelho topo de linha. 

Nubia RedMagic 6

Para quem busca uma boa opção de smartphone para jogos, mas não quer gastar muito dinheiro, a Nubia oferece a linha RedMagic como uma alternativa acessível a rivais como o ROG Phone 5, ou o Lenovo Legion Duel. O RedMagic 6 mantém a boa relação custo/desempenho do RedMagic 5S, atualizando as especificações para a temporada 2021.

NextPit RedMagic 6 back
Se você não liga para fotos, talvez o RedMagic 6 seja o seu celular gamer / © NextPit

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • Tela AMOLED de 165 Hz;
  • Taxa de amostragem para toques de 360 Hz;
  • Bateria de 5.000 mAh;
  • Preço competitivo;
  • Saída para fones de ouvido.
 

Contras

  • Desempenho fraco da câmera;
  • Carregador de 66 W exclusivo para a China;
  • Ventoinha barulhenta;
  • Sem certificação IP.
  • Suporte de software fraco da Nubia.

Assim como os rivais, o RedMagic 6 abre mão do desempenho fotográfico para priorizar o desempenho bruto. Apesar disso, o sistema de ventilação responsável por manter o SoC Snapdragon 888 sob controle se mostrou um tanto barulhento em testes, o que pode não incomodar quem joga com fones, mas pode distrair as pessoas ao redor.

ZTE Axon 30 Ultra

Ainda no campo das marcas chinesas menos badaladas, a ZTE ainda vende modelos na linha Blade, dos tempos em que sua participação de mercado era mais significativa. Atualmente, porém, o topo de linha da fabricante é ocupado pela família Axon, que no ano passado com o modelo Axon 20 5G foi a primeira a trazer uma câmera de selfie escondida sob a tela — mas que não fez tanto sucesso entre a mídia especializada.

O Axon 30 Ultra, por sua vez, mostra a ZTE seguindo uma receita mais tradicional para os flagships, com SoC Snapdragon 888, tela AMOLED com alta taxa de atualização (144 Hz) e um verdadeiro arsenal de câmeras de alta resolução na traseira: 64 + 64 + 64 + 8 megapixels (principal, ultrawide, retrato e teleobjetiva 5x).

ZTE Axon 30 Ultra green
ZTE tenta vencer o duelo com outros flagships com uma avalanche de megapixels / © ZTE

Avaliação

Bewertung Design und Handling

Prós

  • Tela AMOLED de 144 Hz;
  • O poder bruto do Snapdragon 888;
  • Lente periscópica com zoom óptico de 5x;
  • Autonomia de uso sólida;
  • Preço.
 

Contras

  • O processamento não confiável das fotos;
  • A "carga rápida" é um pouco lenta;
  • Superaquecimento em jogos pesados;
  • Sem certificação IP;
  • Sem carregamento sem fio.

 

À primeira vista, o conjunto parece não passar de um gimmick, mas vou deixar os julgamentos para a publicação do review do aparelho (fique ligado!). Recomendamos que você aguarde a nossa avaliação, mas já deixamos o convite para ler o teste do ZTE Axon 30 Ultra assim que o publicarmos.

Cenas dos próximos episódios

Com a Huawei praticamente dedicada ao mercado chinês — e sem os serviços do Google — e a Honor dando os passos para se reerguer após a independência, ainda parece cedo para recomendar os produtos das duas fabricantes. A Honor, no entanto, já anunciou que utilizará processadores Qualcomm, e é uma questão de tempo para que volte a oferecer modelos competitivos em versões globais.

Quanto à Realme e Vivo, enquanto o Realme GT parece prestes a ganhar uma versão global com o SoC Snapdragon 888, a outra fabricante do grupo BBK lançou recentemente o modelo X60 Pro 5G, que adota o chip 870.

O Vivo X60 Pro 5G traz como destaque a câmera gimbal, que promete vídeos mais estáveis, mas assim como no caso do ZTE, só um período de testes para saber como o modelo se sai nas gravações, além da estabilidade do processador Snapdragon 870. Fique ligado no NextPit para não perder os próximos lançamentos!

Confira nossas outras seleções

Melhores celulares até R$ 1.000,00 Melhores celulares intermediários Melhores smartphones topo de linha

Lista atualizada em maio de 2021 com novos modelos. Comentários anteriores podem fazer menção a aparelhos de versões anteriores do texto.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Os comentários favoritos dos leitores

  •   76
    Conta desativada 29/11/2016

    Acho que ao escolher um aparelho desses temos que levar em conta diversos fatores. Mas um fator que poucos observam é a durabilidade, ou seja, quanto tempo ele aguenta sem quebrar. Não conheço os aparelhos, mas toda vez que vejo review, comentário e etc, só se fala de potência de hardware, mas ninguém fala de confiabilidade dos componentes.
    Seria interessante uma matéria falando de durabilidade de smartphones, mesmo dos nacionais.

  • Júnior World 29/11/2016

    Olha as coisas melhorando! Depois de tantos pedidos para fazer um post começaram devagarinho, agora só falta indicar os sites e depois fazer um tutorial de como proceder.

  • Júnior World 29/11/2016

    Só comprar de um site confiável pow! Tipo o gearbest ou o DX.

  • Deivis Schuman
    • Mod
    29/11/2016

    As dicas já temos! Agora só falta a coragem! ^^

  • Henrique P. 29/11/2016

    Alguém já reparou que o OP3T, Mi5S Plus, Oppo F1S e Meizu Pro 6 tem o mesmo design frontal. Bom mas fico com o OP3T. Mas as outras opções são muito boas também, exceto pelo Axon 7

306 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Sou de Manaus e gostaria de importar o xiaomi mix 2, mais não faço ideia de quanto terei que pagar de taxa para receber esse produto em Manaus, gostaria de uma luz se possível.


  • Pessoal, necessito de um novo celular e pesquisando as opções notei que o mercado para importação me parece promissor e bastante atraente. Eu gostei bastante do Xiaomi Mi5, alguém aqui poderia me falar sobre a experiência, se compensa? Obrigada.


    • É um aparelho muito bom pois vem equipado com um chipset snapdragom 820 dois processadores 2.0 e 1.6 kryio arquitetura 64 bits 8 núcleos corpo de liga de alumínio revestimento vidro gorila glaz 4 frontal e traseira lente da sony 16 megapixels dual led tela de 5.15 tem nas versões 3g de ram, 32 ou 64 de rom ou 4gb de ram e 128 gb de rom bateria fixa de 3000 mile ampere , não aceita micro SD e é dual chip Android 6 de fábrica. É o aparelho top de linha e vem com controle universal integrado. Mas se vc gosta de rádio FM e TV não tem.espero ter ajudado.


  • Olá, quero comprar um smartphone até 399,99€ e estou indecisa entre o Honor 8, o Zuk Z2 ou z2 Pro e o Mi 5s Pro... A nível de hardware são todos bons, embora nas comparações me parece que o Honor 8 é mais rápido. O que mais me interessa é a Camara fotográfica... Já vi tantas fotos que estou toda baralhada. Parece-me que o Honor 8 tem também a melhor qualidade de imagem em foto (bastante melhor, mas já não sei), embora em video não tanto (creio que também não tem estabilizador óptico nem Slow motion)...
    Algum de vocês conhece bem estes "smarts" e me pode aconselhar?? Quero ficar-me pela escolha de um destes porque para chegar até aqui já exclui muitos...
    Obrigada


    • O MI 5s pro e o zulk z2 vem equipado com as lentes da sony ja o honor 8 vem com lentes da leica em termos de chipset snapdragom é melhor pois a wauei usa seu próprio que é kirin . Recomendo xiaomi.


  • Meu Xiaomi mi5 chegou... tô namorando ele ainda, rs. Muito bonito, leve, e estou descobrindo aos poucos tudo que ele faz. Câmera maravilhosa e um processamento top! Só não é tao dourado como pensei, mas tudo bem. Comprei pela DX, e com o número de rastreio acompanhei tudo. Foram 30 dias e a demora maior é mesmo lá em Curitiba. Fui taxada em 188,00 + 12,00 dos correios. Acertei na mosca meu chute de 200,00 de tributos. Comprei película de vidro e capinha também, mas, pela GearBest e chegou direitinho. Muito feliz com minha compra!! Vou acessar a comunidade do Xiaomi para tirar mais dúvidas. Obrigado pelas respostas e dicas! Boa sorte a todos nas proximas compras!!


  • Pessoal, sei que a matéria aqui tratada não tem muito a ver com o que vou tentar expôr, mas é que estou ultimamente lendo tudo sobre o Windows Phone, que, confesso, não conhecia nada a respeito... Como cansei de ficar chutando sobre o assunto, sempre baseado na opinião alheia, resolvi procurar saber um pouco sobre o Windows Phone(wp). Depois de muita leitura, parti para a experimentação com a compra de um celular da Microsoft, por sinal muito barato, mas talvez porque esse SO esteja, digamos, em fase terminal, o que é profundamente lamentável porque constatei na prática tratar-se de um ótimo sistema, fácil, intuitivo e bem servido em quase todos os aspectos que se espera de uma telefonia móvel. O smartphone que comprei por 280,00 reais é o 640xl, Tela 5.7 polegadas, qualcomm 400, 4 núcleos, clock 1.6, 1GB de RAM e 08GB de Rom, com memória extensiva em até 128GB. Estou surpreso com o desempenho, até agora sem nenhum travamento ou engasgos... Então, se algum amigo/amiga tiver algo para me indicar a respeito ficarei imensamente grato.


  • Depois que importei Meu primeiro smartphone, não comprarei mais no Brasil, sabemos que existem pontos negativos como assistência técnica, porém os prós são muitos maiores....


  • Tenho um Grand Prime Dual de apenas 8Gb. Aparelho bonito (boas fotos), mas que trava muito depois de algum tempo de uso. Não armazeno nada e nem adianta colocar um cartao de memória com maior capacidade. Aí sim que ele trava. Sei lá, deve ser o processador. Meu flho de 13 anos deu a dica do "celular chinês", rs. Na ultima semana li tudo o que podia sobre o assunto, assistí vários vídeos e pesquisei muito, inclusive aqui. A primeira loja que visitei foi a DX. Depois GearBest, Banggood, Tomtop, Lightinthebox e Aliexpress. Pirei na quantidade e variedade de aparelhos. Fiquei entre o Meizu e o Xiaomi. Acabei comprando o Xiaomi mi5 64gb Dourado na Dx. Paguei 900,00 (parcelado em 3x no Visa Nacional. Estou super ansiosa. Medo de o aparelho não ser legal, de demorar muito ou de ser taxada além do normal (estou preparada pra pagar até 200 reais). Quando ele chegar, posto aqui o que achei.
    Desejem-me sorte!


    • Passei pelo mesmo problema Liliane, cheguei até a achar que a culpa toda seria da nossa internet péssima (ou Brasil tem uma das piores do mundo). Comecei a importar, primeiro adquiri smartphones com especificações simples, como o Doogee X5 Max Pro, e já me surpreendi com a potência do mesmo. Estou aguardando um UMI E, um monstro em capacidade de processamento. Só estou receoso com os tributos pois a Receita Federal está considerando como preço mínimo de qualquer smartphone o valor de 300 dólares. Recebi recentemente um celular que paguei 64 dólares no AliExpress e tive que pagar impostos de importação sobre o valor de 300 dólares. Então, não compensa trazer smartphone muito abaixo dos 300 dólares.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.