Dados de usuários do WhatsApp serão compartilhados com o Facebook

Dados de usuários do WhatsApp serão compartilhados com o Facebook

Usuários brasileiros do WhatsApp começaram a receber nesta semana notificações sobre a nova política de privacidade do aplicativo. 

Segundo os novos termos de uso, os usuários do mensageiro deverão aceitar o compartilhamento de dados do aplicativo com o Facebook, proprietário do serviço. Não há a opção de não aceitar a nova política, sob pena de não conseguir utilizar o app a partir do dia 8 de fevereiro. 

Nova política de privacidade do WhatsApp: o que muda? 

Abaixo, leia na íntegra o comunicado descrito na mensagem que está sendo enviada para os usuários. 

Os termos e a política de privacidade do WhatsApp serão atualizados. 

Atualizações importantes incluem mais informações sobre: 

  • O serviço do WhatsApp e como tratamos seus dados. 
  • Como as empresas podem usar os serviços de hospedagem do Facebook para armazenar e gerenciar suas conversas no WhatsApp. 
  • Como a nossa parceria com o Facebook possibilita a oferta de integrações entre os produtos das empresas do Facebook. 

Ao tocar em Concordar, você aceita os novos Termos e Política de Privacidade, que entram em vigo em 8 de fevereiro de 2021. Após essa data, você deverá aceitar as atualizações para continuar usando o WhatsApp. Você pode também acessar a Central de Ajuda se preferir apagar sua conta e desejar obter mais informações. 

As conversas do WhatsApp continuam utilizando o sistema de criptografia de ponta-a-ponta, o que significa que somente o remetente e o destinatário têm acesso ao teor do conteúdo. Entretanto, até então era possível utilizar o app negando o compartilhamento de dados com Facebook, o que não será mais permitido a partir do próximo mês. 

As informações que podem ser compartilhadas incluem número de telefone, endereço de IP, informações sobre o dispositivo, dados de transações e pagamentos e informações sobre interações. As empresas que terão acesso a esses dados são as seguintes: Facebook Payments, Onavo, Facebook Technologies e CrowdTangle. 

A iniciativa tem como princípio simplificar a integração do aplicativo com o Facebook Pay, base do sistema de pagamentos via WhatsApp que deverá ser implantada em breve no Brasil. 

Fonte: G1

ÚLTIMOS ARTIGOS no NextPit

Recomendado pelo NextPit

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.