NextPit

Enquete da semana: o Xiaomi Mi Mix Fold chegou tarde demais?

Atualizado: resultado
Xiaomi Mi Mix Fold Teaser
© Xiaomi

Na semana passada, a Xiaomi anunciou o Mi Mix Fold, o novo celular dobrável da fabricante. E é claro que aproveitamos a deixa para saber o que a nossa comunidade achou deste lançamento. O resultado da última enquete da semana você encontra abaixo.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Como de costume, reunimos os resultados da pesquisa nos quatro principais domínios do NextPit: Brasil, Alemanha, França e Internacional (COM).

Mi Mix Fold: sim ou não?

Começamos com a pergunta mais óbvia: o Xiaomi Mi Mix Fold é o pacote completo? A resposta aqui foi unânime e a comunidade NextPit respondeu que não:

Mi Mix Fold enquete 01
A voz do povo é a voz de Deus? / © NextPit

A rejeição foi particularmente alta entra as comunidades brasileira e francesa. O motivo indicado nos comentários foi que a tecnologia ainda não está madura o suficiente.

Qual dobrável você mais gostou até agora?

Na segunda pergunta queríamos saber qual dos vários modelos dobráveis é considerado o melhor entre aquilo que temos disponível no mercado.

Mi Mix Fold enquete 02
Samsung e Xiaomi lideram aqui / © NextPit

Em primeiro lugar, precisamos dizer que a Royole e a Huawei não tiveram um bom desempenho. Este resultado nos parece consequência da insegurança de comprar um aparelho com futuro incerto. Por outro lado, uma surpresa: o Microsoft Surface Duo obteve entre 10% e 20% dos votos e está bem à frente do Motorola Razr 5G.

A briga fica por conta mesmo da Samsung e da Xiaomi, que receberam a maioria dos votos da nossa comunidade, com uma tendência para o formato da série Fold, que o Mi Mix Fold também usa.

O conceito de dobrável é interessante para você?

Por último, mas não menos importante, será que os dobráveis ​​são mesmo interessantes para uso no dia a dia?

Mi Mix Fold enquete 03
Nossa comunidade está positiva quanto aos dobráveis / © NextPit

Aqui também tivemos um resultado claro: os celulares dobráveis ​empolgam e as pessoas dariam sim uma chance aos dispositivos deste nicho. Contudo, olhando para os comentários em cada uma das nossas plataformas, fica evidente que a nossa comunidade acredita que a tecnologia ainda não está pronta.

Conclusão

O Xiaomi Mi Mix Fold não conseguiu convencer a maioria de vocês. Mas isso não é necessariamente porque o smartphone é ruim. A questão é que os smartphones dobráveis ​​simplesmente não estão maduros o suficiente. 

No entanto, a nossa enquete também mostrou que a Samsung e a Xiaomi são as fabricantes que estão mais perto de romper essa barreira. Será?

Por hoje é só. Obrigado por participar da nossa pesquisa! Abaixo, você confere o texto original da enquete da semana passada.


Enquete da semana: o Xiaomi Mi Mix Fold chegou tarde demais?

Em um mega evento nesta semana, a Xiaomi revelou sua primeiro smartphone dobrável. O Mi Mix Fold não é apenas a continuação da interessante linha Mi Mix, mas também uma declaração de guerra ao Samsung Galaxy Fold. Será que a marca chinesa apresentou o melhor smartphone dobrável do mercado?

A trajetória dos celulares dobráveis tem sido tão sinuosa quanto as telas de alguns modelos antigos após serem dobrados várias vezes. Você deve se lembrar de quando jornalistas de tecnologia ficaram entusiasmados, mas logo depois descobriram enormes problemas com a tela do badalado Samsung Galaxy Fold. Chegando ao ponto da marca ter lançado o modelo já em uma segunda versão/revisão, na prática, um Fold 1,5.

xiaomi mi mix fold event nextpit 10
Este é o visual do Xiaomi dobrável. A propósito, a foto mostra dois dispositivos / © Xiaomi

Embora o Galaxy Z Fold 2 tenha se saído muito bem na análise do Antoine, o interesse pelos dobráveis parece não corresponder mais ao entusiasmo inicial. Muito caros, plástico em excesso, muito pesados — mas é basicamente assim com qualquer nova tecnologia que chega ao mercado.

O Xiaomi Mi Mix Fold é um passo para popularizar o formato?

Com o anúncio do Mi Mix Fold, a Xiaomi prometeu melhores dobradiças e que a tela e todos os componentes relacionados podem ser dobrados mais de 200.000 vezes. Além disso, a fabricante incluiu a última palavra em componentes, como o Snadragon 888, uma bateria com mais de 5.000 mAh e recarga rápida com 67 watts.

A câmera tripla na parte de trás pode ser transformada em um conjunto quádruplo através de um truque. Uma lente líquida permite usar o sensor da teleobjetiva para fotos de microscópio com ampliação de 30x. Tudo parece muito interessante, e com 256 gigabytes de armazenamento, custa "apenas" pouco menos de 1.300 euros (R$ 8.600 em conversão direta).

Mi Mix Fold — sim ou não?

Gostaria ainda de perguntar o que você pensa sobre o conceito do Mi Mix Fold, porque no final das contas nós jornalistas somos às vezes muito críticos. Seu voto conta e, se quiser participar, temos outras perguntas a seguir.

Mi Mix Fold é o dobrável mais promissor até agora?

O mercado de smartphones dobráveis inclui o já citado Galaxy Z Fold 2, assim como modelos como o Royole Flexpai e o Motorola Razr. A Huawei também tem duas opções na manga com o Mate X e Mate X2. Daí a pergunta: de qual dos dobráveis já lançados você mais gosta?

Qual o seu smartphone dobrável favorito?

Falando nisso, sempre voltam à tona rumores de que outros gigantes da indústria como Google ou Apple estão trabalhando em seus próprios celulares dobráveis. No entanto, como os dispositivos em si não são o foco principal do Google, e a Apple prefere tecnologias já amadurecidas, esta discussão poderia se arrastar um pouco demais. Portanto, para evitar falar a respeito de dispositivos sobre os quais pouco se sabe ainda, tenho uma última pergunta.

"E se": você compraria um dobrável quando eles se tornarem acessíveis?

Embora o Antoine tenha gostado muito do Galaxy Z Fold 2, após a publicação do review li em artigos e também no bate-papo da empresa que ninguém podia pagar pelo aparelho. De fato, o preço do smartphone é de assustadores R$ 12.600 (à vista), ou quase 13 vezes o salário mínimo no valor parcelado.

NextPit Samsung Galaxy Z Fold 2 selfie
Durante alguns dias, unha e carne: Antoine e o Galaxy Z Fold 2 / © NextPit

Mas daqui alguns anos, quando (e se) os dobráveis se tornarem tão comuns quanto smartphones com câmeras triplas ou quádruplas, você compraria um?

A ideia dos smartphones dobráveis ainda parece interessante?

Como sempre, teremos os resultados da nossa enquete na próxima semana, e também daremos uma olhada nos outros países onde o NextPit está presente. Estou curioso para ver como está o interesse pelos dobráveis na Alemanha, França, EUA e Índia.

E como sempre, fique à vontade para discutir o lançamento da Xiaomi e o mercado de smartphones dobráveis em geral nos comentários. Será que este é o ano em que vão emplacar?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

11 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Pedro 05/04/2021 Link para o comentário

    Lembro que quando lançou o Galaxy Fold, eu disse para minha professora que tinham lançado um celular de 13 mil no Brasil. Ela perguntou o que ele fazia para custar tão caro e respondi que dobrava. Ela respondeu: só dobra?


  • Jairo rios 05/04/2021 Link para o comentário

    Gadgets com preços proibitivos , este é o grande empecilho atual.


    • Rafael Nunes 05/04/2021 Link para o comentário

      Realmente concordo com você. Muito preço pra pouca utilidade. Pra isso virar mesmo ainda falta muita coisa.


  • Miranildo Cabral 02/04/2021 Link para o comentário

    Acho os preços (um pouco) aceitáveis no momento; me deparei com uma revista de 2005 aqui em casa e encontrei um anúncio de uma televisão de plasma de 42" por 20 mil reais (!), atualmente com o preço de celulares chegando aos 9 mil reais sem nenhum diferencial a não ser mais câmeras (S21Ultra), vemos que estamos chegando a uma nova era de preços no mundo dos smarts.


  • Marcos Machado 01/04/2021 Link para o comentário

    Acredito que o formato pode dar certo, porém com os preços proibitivos e a economia global passando pela crise da covid 19 acho difícil o formato conquistar espaço por agora (o que no meu entendimento soa essencial para amadurecimento da tecnologia)
    Espero que as fabricantes não desistam do formato antes dele estar maduro e acessível o suficiente para o grande público.


  • Soterio Salles 01/04/2021 Link para o comentário

    Eu prefiro a proposta do Galaxy Z Flip de ser um smartphone comum que eu dobro e guardo com mais comodidade então nem Mix Fold nem Z Fold nem Mate X me interessam.
    Espero que os dobráveis se tornem mais acessíveis, toda opção de tecnologia é bem vinda.


    • Rafael Nunes 05/04/2021 Link para o comentário

      Particularmente acho que a maior vantagem em um celular dobrável seria o fato de dobrar e guardar, no meu caso é a única vantagem que vejo. Fora isso é apenas mais uma funcionalidade em que você usará esporadicamente.


  • Penskemen 01/04/2021 Link para o comentário

    O formato "Fold" pode ser uma tendência futura muito promissora e revolucionária para as novas gerações dos Tablets, mas com esses preços atualmente praticados, melhor fugir desses aparelhos, pois em termos práticos são celulares de 2 telas que não tem nada a oferecer para o consumidor. Quem se atentou atualmente para essa nova possibilidade foi a Microsoft com seu Surface Duo. Aí está o futuro desse formato. Um tablet dobrável !


  • Jairo rios 01/04/2021 Link para o comentário

    Enquanto a xiaomi nao divulgar o preço, fica difícil avaliar se é um gadget de bom custo benefício.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.