Enquete da semana: Google Fotos deve seguir como o serviço mais popular

Atualizado: resultados da semana
Enquete da semana: Google Fotos deve seguir como o serviço mais popular

A comunidade NextPit respondeu e ao que tudo indica, a mudança nas regras de armazenamento do Google nesta terça-feira (1º) não deve mudar tanto a maneira como consumimos fotos e vídeos, além de como fazemos os backups de nossas memórias.

Pelo visto, a maioria dos que usam o serviço devem continuar com ele, aproveitando os recursos de classificação automática, integração com o app no celular e até as ferramentas de edição avançada exclusivas para os assinantes dos planos Google One.

O limite do Google Fotos fez voce trocar de servico
Leitores franceses sugeriram uma interessante alternativa nos comentários, o Degoo / © NextPit

A exceção foi entre os leitores franceses, com 41% das respostas indicando uma troca de serviço de fotos, contra 36% dos participantes respondendo que não pretendem mudar de serviço. Nos comentários, como o de Alain, um nome citado ao longo da última semana foi o do serviço Degoo, que permite expandir a capacidade de armazenamento recomendando o app para amigos ou assistindo anúncios.

Trocar de dispositivo? Nem pensar!

Para a segunda pergunta, sobre adquirir um aparelho do Google para aproveitar ofertas (permanentes ou temporárias) para expandir o espaço para fotos e vídeos, as respostas foram bastante semelhantes nas diferentes regiões onde o NextPit é lido.

Voce consideraria comprar um Pixel ou Chromebook para expandir o espaco
Armazenamento extra ou ilimitado não é um argumento de venda para as linhas Pixel ou Chromebook / © NextPit

Entre 82% e 91% dos participantes responderam que não consideram a compra de um Chromebook ou celular Pixel, contra 5% a 9% dos que disseram que considerariam adquirir um aparelho do Google, uma porcentagem menor do que a dos que responderam já ter os dispositivos (que no caso do Brasil não estão à venda oficialmente, o que explica a coluna em branco).

Um mundo de opções

Quando perguntamos qual serviço a comunidade NextPit pretende utilizar, a pesquisa de múltipla escolha revelou as maiores diferenças nesta semana entre as regiões onde o site é publicado, ainda que o Google Fotos tenha recebido mais votos em todas elas.

Os serviços das gigantes Microsoft e Amazon — incluídos nas assinaturas 365 e Prime — ficaram em terceiro e quarto lugar, respectivamente, na Alemanha e França, 4º e 5º no site em inglês e 2º e 3º no Brasil. Os leitores brasileiros foram os únicos que declararam mais de 10% dos votos no outrora popular Flickr (atualmente da empresa SmugMug). 

Qual servico de fotos voce usa pretende usar
"Outros serviços" lideraram nos sites em inglês e francês, enquanto o armazenamento pessoal liderou no site alemão / © NextPit

20% dos franceses — a segunda resposta em volume de votos — declararam que não usam um serviço de armazenamento de fotos. Já 15% responderam "outros", resposta que inclui o já citado Degoo.

A porcentagem de respostas para "outros" entre a comunidade de língua inglesa foi de 20% — o segundo maior — sem uma pista clara de qual a alternativa escolhida, fora um comentário mencionando o comando de sincronização remota do Linux rsync, usado, por exemplo, para sincronizar alterações locais em diretórios e arquivos com serviços online ou dispositivos de armazenamento em rede, caso dos NAS.

Apesar de guardar minhas fotos em um NAS, devo confessar que esperava um volume menor de votos para a solução de rede, que foi a segunda mais votada na Alemanha, a terceira mais votada no NextPit.com e teve uma porcentagem significativa de votos na França (10%) e até mesmo no Brasil (12%).

A opção de salvar os arquivos na rede local ficou mais cara recentemente por causa da demanda pela criptomoeda Chia, o que nos traz a um ponto bastante citado entre os leitores alemães, que o armazenamento tem um preço, até mesmo para o gigante Google, além de questões de consumo de energia (tanto para o armazenamento quanto para a transmissão dos dados).

O valor da assinatura anual do Google One para 100 GB é inferior a 10% do preço de um smartphone intermediário na maioria dos países. Para quem já está investido no ecossistema Google, o pagamento pode oferecer uma série de outras vantagens, além claro, de viabilizar o Google Fotos como um negócio e evitar a repetição de tantos outros serviços cancelados pela empresa, algo citado mais de uma vez entre os leitores franceses...

Obrigado a todos os leitores que participaram com suas respostas, comentários, discussões e críticas. Caso tenham sugestões para novas enquetes, fiquem à vontade para sugeri-las. E tenham todos uma ótima semana!


Texto original

Na próxima terça-feira (1º), o Google terminará sua "promoção" de armazenamento ilimitado grátis para os usuários do Google Fotos. Apesar da oferta incluir algumas limitações, era imbatível em relação a outros serviços de compartilhamento e backup de imagens. Mas será que a restrição de espaço é suficiente para incentivar a migração para outro serviço? É o que queremos saber na enquete desta semana.

Com a mudança, as fotos enviadas de computadores ou sincronizadas pelo app no Android ou iOS passarão a contar para o limite de armazenamento do perfil Google — por padrão de 15 GB para novas contas —, que é compartilhado entre o Google Fotos, Drive e Gmail.

É importante destacar que as fotos e vídeos enviados antes da data para o serviço continuarão não contando para o limite de armazenamento, desde que no modo de "Alta qualidade" (que limita a resolução máxima dos arquivos a 16 megapixels para fotos e 2 megapixels/FullHD para vídeos).

O limite de espaço do Google Fotos é um motivo para trocar de serviço?

É possível ver o espaço disponível atualmente no seu perfil Google acessando a página para "Gerenciar armazenamento", lá a empresa estima quanto tempo você tem antes de esgotar o espaço livre com base no seu histórico de arquivos enviados.

No meu caso, com 17 anos de e-mails esquecidos guardados, aparentemente só tenho um ano a mais de espaço livre pela frente, bem à tempo de comemorar a maioridade da conta, hora de assinar o plano Google One, certo? Ou será que é melhor considerar uma mudança de serviço?

O limite do Google Fotos fez você trocar de serviço?

Lembrando que ainda é possível continuar com armazenamento ilimitado no serviço. Fotos e vídeos sincronizados a partir de celulares Pixels continuarão não contando para o limite de espaço do perfil — no caso do Pixel 3 sem alteração de resolução até o dia 31 de janeiro de 2022.

Outra alternativa, lembrada pelo brasileiro Jairo, é fazer um malabarismo entre diferentes perfis de usuário, mas a solução não é tão simples para a maioria das pessoas, e requer um gerenciamento cuidadoso no celular.

Você compraria um dispositivo Google para expandir o espaço?

Além dos celulares Pixel, outra maneira de ampliar o armazenamento na conta Google é aproveitar as ofertas de espaço extra, como mencionou o leitor Thomas, oferecidos para quem compra um Chromebook (uma economia de cerca de 30 euros/dólares durante um ano). Mas será que isso é motivo para comprar um aparelho da empresa?

Você consideraria comprar um Pixel ou Chromebook para expandir o espaço?

Qual serviço você usa ou pretende usar?

Com a limitação de espaço na conta, algumas pessoas podem estar pensando se é hora de trocar de serviço de armazenamento de fotos e vídeos. O Google oferece uma maneira simples de baixar os arquivos para o computador, ou até mesmo transferir as fotos e vídeos para rivais como o Flickr ou OneDrive.

O que nos leva à última pergunta da semana. Qual serviço de armazenamento de mídias você usa ou pretende utilizar?

Qual serviço de fotos você usa/pretende usar?
AndroidPIT Google I O 2015 Google Photos free unlimited storage
RIP armazenamento ilimitado gratuito: maio/2015 ~ maio/2021 / © Andr NextPit

Na próxima segunda-feira (31), voltamos com uma análise das respostas da comunidade NextPit ao redor do mundo. Será que o fim da comodidade das fotos "ilimitadas" no celular vai ser um incentivo para usar mais vezes uma câmera dedicada (DSLR, MILC, etc.)?

Agradeço a todas as pessoas que participaram da pesquisa nesta semana. Aproveite para explicar suas respostas — incluindo dicas de sincronização e armazenamento, além de outros serviços de hospedagem. Ah, e se tiver alguma sugestão para uma futura enquete aqui no NextPit, é só comentar.

ÚLTIMOS ARTIGOS

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Pago com muito prazer para ter os serviços do Google. É barato.
    E, sinceramente, não existe serviço melhor para armazenamento de fotos pessoais do que o Google Fotos.
    Guardar fotos genéricas (natureza, carros, objetos, paisagem, ocasionais, etc) é uma coisa, guardar fotos de pessoas e animais e ter a oportunidade de criar álbum específico para cada pessoa, ter o reconhecimento facial quase perfeito e ainda ter a criação de lembranças automáticas, é incrível. E o Google Fotos faz isso de forma excelente.
    Nenhum serviço se compara.


  • Conforme já havia comentado , o jeito mais simples e barato é simplesmemte criar mais uma conta Google


  • Ótima enquete Rubens, parabéns !
    Para a linha Motorola deixei de usar.
    Tive que instalar outro app de galeria (da Oppo), pois o Google fotos "força o usuário" toda vez que abre o app a utilizar o serviço em nuvem (on line). Isso incomoda quem está acostumado usar aplicativos nativos de galeria e edição de fotos.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.