Huawei considera vender linhas P e Mate para outras empresas

Huawei considera vender linhas P e Mate para outras empresas

A Huawei tem enfrentado momentos difíceis desde que ela foi banida dos Estados Unidos pelo presidente Donald Trump. Proibida de negociar com empresas americanas, ela não só não pode mais vender seus produtos nos EUA como também está impedida de usar Android em seus celulares.

Com isso, uma das empresas mais promissoras do segmento viu seu faturamento cair de forma considerável. Em novembro, a empresa vendeu os direitos da linha Honor para um conglomerado de empresas chinesas. E mais linhas podem seguir o mesmo caminho.

Linhas P e Mate podem parar em outras mãos

De acordo com informações da agência Reuters, a Huawei estaria considerando se desfazer das linhas P e Mate. A ideia é vender os direitos dos produtos para outras empresas chinesas, que estejam aptas a negociar com os EUA. Isso praticamente colocaria um fim aos aparelhos top de linha da marca.

Ainda que a marca negue estar dando esse passo, especialistas do setor ligados à empresa afirmam que a Huawei não está muito esperançosa de reverter a decisão nos EUA, mesmo com o início do mandato do novo presidente norte-americano, Joe Biden. A empresa manteria em seu portfólio apenas produtos de entrada e intermediários, mas somente no mercado asiático.

Fonte: Reuters

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.