Novos Moto Mods consolidam a Motorola no segmento modular

androidpit moto z projetor
© nextpit

Nesta semana, a Motorola anunciou dois novos Moto Mods, ou Moto Snaps como são conhecidos os módulos da série Z no Brasil. Assim, a fabricante se consolida como a única empresa a fazer com que smartphones possam contar com acessórios capazes de otimizar seus recursos nativos.

Dois novos Mods

A Motorola anunciou o Mophie Juice Pack (US$80), uma bateria extra de 3000mAh para a série Moto Z (Moto Z, Z Force e Z Play), capaz de aumentar em 60% a carga disponível dos aparelhos. O módulo possui indicadores luminosos para verificar a carga disponível e uma porta USB-C para recarrega.

moto z mod for cars
Incipio Car Dock © PCMag

Já o Incipio Car Dock (US$65), como o nome já diz, é uma doca para automóveis, que permite recarregar o dispositivo conectado ao mesmo e oferece um porta de 3,5 mm para conectar o sistema de áudio do carro ao aparelho. Fixar o Car Dock ao painel do carro é super fácil, visto que basta prende-lo à saída do ar-condicionado. Assim como os demais Moto Mods, basta conectar o celular ao módulo usando o sistema de imãs da parte traseira.

Na agenda dos engenheiros da Motorola ainda temos um módulo compatível com projeto Google Tango e outro que inclui um modem 5G. Essas duas novidades estão sendo esperadas para 2017.

Novos Moto Mods consolidam a Motorola no segmento modular

"Sem precisar esperar pela próxima geração de smartphones para ter a próxima tecnologia ou recurso, nós podemos ter isso rapidamente usando um mod". Essa frase foi dita por John Touvannas, diretor sênior de produto da Motorola, e significa que tudo o que a Google prometia quando anunciou o Projeto ARA já é uma realidade graças aos Moto Mods.

2016 foi o ano em que o universo de dispositivos modulares teve maior investimento. A LG começou o processo com o lançamento do LG G5 e os seus "Friends". A ZTE apresentou o seu conceito para aparelhos modulares e a Motorola, sob a tutela da Lenovo, trouxe ao mercado o linha Moto Z. Contudo, ao final do ano, tivemos o anúncio do fim do Projeto ARA pela Google, bem como a LG não conseguiu trazer mais módulos ou mesmo popularizar aqueles que possuía.

Não fosse a Motorola provar que módulos podem ser uma boa opção, o mercado de smartphones modulares poderia ser enterrado em 2016.

De acordo com Touvannas, metade dos usuários da linha Moto Z usam os módulos dedicados ao aparelho. Destes, 20% usam o projetor e a câmera, os mais caros dos Moto Mods. E equivoca-se quem pensa que tais módulos são pouco usados. Em média, o módulo da bateria é usado por 37 horas no período de um semana, e o projetor por 10 horas. Estes são dados de uso extraídos dos aparelhos.

Depois de ver que a ideia dos Mods foi bem aceita entre os usuários, a Motorola quer trazer o conceito para a linha mais acessível no futuro, como a série Moto G, por exemplo. Somado a isso, temos o investimento da empresa em hackathons e campanhas no Indiegogo, com o objetivo de fomentar projetos de terceiros para aumentar ainda mais o ecossistema de módulos. Seriam 12 por ano, ou seja, o equivalente a um por mês.

Um coisa é certa, a Motorola acertou ao definir uma conexão padrão para todos os módulos, fazendo com que o usuário possa ficar tranquilo sobre a compatibilidade dos smartphones com os módulos que ainda serão anunciados. De acordo com um fonte do AndroidPIT ligada à Lenovo, a ideia é que o ciclo de vida destes módulos seja de até três anos. Ou seja, quem comprou um Moto Z em 2016, poderá otimizá-lo usando diferentes Mods até 2019.

Levando isso em consideração, a Motorola simplesmente assina com sucesso a consolidação do smartphone modular, pois afinal de contas, a ideia é não comprar novos smartphones, mas otimizar recursos com usando módulos.

E aí, a possibilidade de melhorar o seu smartphone usando módulos faria você comprar um smartphone da linha Moto Z?

Ir para o comentário (119)
Camila Rinaldi

Camila Rinaldi
Head of Editorial

Com mais de uma década de experiência em review de dispositivos, recentemente mergulhei no mundo dos wearables e desenvolvi uma paixão por inovações em saúde digital. Embora agora eu esteja profundamente imersa no ecossistema da Apple, meu entusiasmo pelo Android permanece forte. Anteriormente, fui editor-chefe do AndroidPIT e do Canaltech no Brasil, e agora compartilho minhas análises com o público dos EUA no nextpit. Além da tecnologia, valorizo muito minha coleção de vinis e acredito que a melhor maneira de conhecer um lugar é através da sua gastronomia. Junte-se a mim enquanto exploro a fusão da tecnologia e da cultura em nossa vida cotidiana.

Para o perfil do autor
Gostou do artigo? Então compartilhe!
Artigos recomendados
Artigo seguinte
119 Comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • diegojanjao 3
    diegojanjao 06/12/2016 Link para o comentário

    Há dois Snaps que desejo:

    Teclado QWERTY lateral e Joystick para games...

    E se algum dia baratear, o projetor.


  • Pamella Scramin F. 32
    Pamella Scramin F. 05/12/2016 Link para o comentário

    LG tomou um pau com o G5SE, desde o começo eu falei que aquele aparelho parecia um Beta, a Lenovo foi lá e fez um celular que eu realmente desejaria ter, apesar de achar a frente feia, com um leitor desnecessário que poderia ser atrás fixo como a câmera, mas enfim.
    Pontaço para a Lenovo espero que continue assim.


  • Bruno Borges 12
    Bruno Borges 05/12/2016 Link para o comentário

    A Lenovo/Moto poderia inventar um Moto Mods de Gamepad seria TOP!!!

    diegojanjaoPamella Scramin F.


    • diegojanjao 3
      diegojanjao 06/12/2016 Link para o comentário

      É um dos que desejo. Vi um rumor que já estão desenvolvendo em uma página mexicana... Mas não botei muita fé não...


  • Blind 40
    Blind 05/12/2016 Link para o comentário

    Vamos esperar que saia nos módulos de terceiros e isso fique mais barato nas próximas versões.

    E que todas as fabricantes adotem esta ideia é que seja criado um "padrão" da indústria


  • 33
    Pedro 05/12/2016 Link para o comentário

    Desde criança me ensinaram que mods era coisa que mulher odeia, pois é chato de usar, ruim de carregar, além de caro e descartável...kkk...não resisti!...kkk


  • Rogerio Droid Tec 47
    Rogerio Droid Tec 05/12/2016 Link para o comentário

    acho que os unicos modulos que eu iria querem é o de bateria e o modulo da jbl, ja estaria satisfeito :)

    Pamella Scramin F.


  • Phelipe B. 67
    Phelipe B. 05/12/2016 Link para o comentário

    Para tudo ficar bonito de verdade, os módulos atuais tem que ser compatíveis com versões futuras do Moto Z.


    • Adriano Neres 6
      Adriano Neres 05/12/2016 Link para o comentário

      Mas parece que serão sim. Os módulos atuais serão acessíveis também para a próxima geração dos Moto Z. Mas como você disse "as versões" acredito que se referia a mais de uma, hehe... Aí já não temos como saber.


  • Marks William 13
    Marks William 05/12/2016 Link para o comentário

    Como dou bastante atenção para autonomia de bateria, o Moto Z Play foi o que mais me agradou entre os aparelhos da Motorola. Como ele promete uma carga de até 45h, ao conectar um módulo de bateria pode ser que consiga uma autonomia de até 60h, então vale muito a pena comprar um aparelho desse.


    • diegojanjao 3
      diegojanjao 06/12/2016 Link para o comentário

      45h de uso bem baixo... Eu tenho um e ele dura o dia inteiro sendo bem usado... E isso é ótimo, meu aparelho anterior eu tinha que carregar de 2 a 3 vezes por dia.


  • Denis 57
    Denis 05/12/2016 Link para o comentário

    Inovação com praticidade. A Lenovo realmente mandou muito bem na implementação do seu conceito modular.

    Conta desativadaHenrique P.


    • 99
      Conta desativada 05/12/2016 Link para o comentário

      Neste caso tá de parabéns!
      Só precisa de um preço mais acessível.


  • 20
    jgasxcv 05/12/2016 Link para o comentário

    A Moto que arranje um módulo "C4" e um detonador por Bluetooth ou Wireless...


  • Victor Lima 78
    Victor Lima 05/12/2016 Link para o comentário

    supera o G5 fácil viu nessa parte modular

    Conta desativadaHenrique P.DenisConta desativada


    • Denis 57
      Denis 05/12/2016 Link para o comentário

      Sem dúvida, brother Victor.

      Victor LimaConta desativada


    • 99
      Conta desativada 05/12/2016 Link para o comentário

      Concordo

      Victor Lima


  • Douglas Charles Cunha 41
    Douglas Charles Cunha 05/12/2016 Link para o comentário

    Não comprei meu Moto Z com foco em módulos, embora tenha achado fantástica a criação da Lenovo. Comprei por causa da bateria mesmo.
    Mas sobre a modularidade é impossível passar despercebido. Sei que cedo ou tarde vou me interessar por algum módulo, seja algum que já exista ou algum que venha existir.
    Tenho até ideia para um módulo: air bag mod. Contaria com sensores para perceber a queda do aparelho e inflar bolsas de ar em volta do mesmo.

    Alteração: fiz duas correções no comentário porque percebi o erro do corretor ortográfico.

    Conta desativadaConta desativadaHenrique P.Conta desativada


  • 6
    Jean 05/12/2016 Link para o comentário

    eu só não vou para o Moto Z e saio do meu Moto X Style porque gosto da tela de 5.7 e do som stereo !! A câmera tb é excepcional ..

    Douglas Charles CunhaAder MarceloConta desativadaHenrique P.DenisLucas Goulart F.


    • Denis 57
      Denis 05/12/2016 Link para o comentário

      O Moto X Style é ainda um ótimo smartphone.

      Conta desativadaHenrique P.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.