Números de telefone vazados por falha no Facebook são vendidos no Telegram

Números de telefone vazados por falha no Facebook são vendidos no Telegram

Um vazamento no Facebook ocorrido em 2019 ainda pode estar rendendo dores de cabeça para muitos usuários. Após o vazamento de milhões de números de telefone cadastrados na rede social, cibercriminosos estão vendendo as informações capturadas em um bot do Telegram.

Quando aberto no Telegram, o bot solicida o ID do perfil do usuário do Facebook - ou indica o ID a partir do número enviado na janela de conversas. No entanto, antes do pagamento, somente parte do número buscado é exibido. A informação total só pode ser acessada após a compra de "créditos", que são vendidos por US$ 20 cada um.

De acordo com Alon Gal, pesquisador da área de segurança e co-fundador de uma empresa na área, o bot vem sendo anunciado em fóruns da inernet e, na propaganda, algo como "acesso ao celular de 553 milhões de pessoas" é divulgado. São números de várias partes do mundo, incluindo o Brasil.

"É preocupante ver uma database daquele tamanho ser vendida em comunidades de cibercriminosos. A prática causa danos severos à nossa privacidade, e com certeza será usada para atividades fraudulentas" - Alon Gal, pesquisador de cybersegurança, co-fundador e CTO da Hudson Rock. 

Falha foi corrigida, mas problemas trazidos persistem

O Facebook já afirmou que a brecha de segurança que permitia a exposição do número de telefone dos usuários já foi corrigida - pouco após o vazamento dos dados. Assim, acredita-se que o bot usa as mesmas informações de 2019. 

O Telegram, por sua vez, ainda não se pronunciou sobre o caso, mas tudo indica que, tão logo percebida, a ferramenta será excluída, uma vez que se trata de uma prática ilegal.

Fonte: Vice

ÚLTIMOS ARTIGOS

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.