Review do Samsung Galaxy A52 5G: excelente para o streaming de vídeo

Review do Samsung Galaxy A52 5G: excelente para o streaming de vídeo

O Galaxy A51 foi um dos celulares da Samsung de maior sucesso de todos os tempos e de fato tinha um bom custo-benefício. Como seu sucessor, a expectativa sobre o Galaxy A52 5G é grande, não apenas por manter a qualidade da série, mas por também entregar algum tipo de inovação. Neste teste do Galaxy A52 5G, mostramos se o suporte à rede 5G e os quatro anos de atualizações de segurança valem o investimento neste aparelho.

Avaliação

Prós

  • Display AMOLED de 120 Hz
  • Autonomia da bateria
  • Câmera principal de qualidade
  • Certificação IP67
  • 4 anos de atualizações de segurança

Contras

  • Conjunto das câmeras decepciona
  • Processador limitado
  • Carregamento rápido fica atrás da concorrência

Samsung Galaxy A52 5G direto ao ponto

Bom desempenho, boa construção, uma bateria realmente duradoura e uma tela que surpreende — o novo intermediário Premium da Samsung convence em todas as etapas. No entanto, o Galaxy A52 5G não é um aparelho que empolga muito. Além disso, o preço de R$ 3.499 não é de forma alguma barato.

Somado a isso, a câmera quádrupla na parte de trás, com a qual a Samsung não faz nenhum favor a si mesma, desaponta. Os dois sensores adicionais para macro e profundidade são truques típicos de marketing na faixa de preços até 3.500 reais. A Samsung resolveu isso de uma forma muito mais criativa no Galaxy A72 ao adicionar uma câmera teleobjetiva.

Quem estiver procurando um intermediário com excelente performance, desculpe desapontar, mas o Galaxy A52 5G não é a melhor opção. Isso porque nos benchmarks, o SoC da Qualcomm teve um desempenho ruim, chegando a desapontar um pouco em alguns jogos para celular com gráficos mais complexos.

Samsung Galaxy A 52 5G: tela e qualidade de construção

A tela é o destaque do Galáxia A52 5G! Um display Super AMOLED de 6,5 polegadas com resolução Full HD+ e uma taxa de atualização de 120 Hz. Embora a tela tenha o mesmo tamanho, a Galaxy A52 5G é um pouco maior que a Galaxy A51 (158,5 x 73,6 x 7,9 mm), medindo 159,9 x 75,1 x 8,4 milímetros. O peso também aumentou de 172 gramas para 189 gramas.

O que gostei:

  • Display brilhante e fluido;
  • Entalhe pequeno;
  • Certificação IP67;
  • Qualidade de construção sólida apesar da caixa plástica;
  • Botões com bons pontos de pressão.

O que não gostei:

  • Projeto de design minimalista demais;
  • Não temos vidro no entorno do aparelho;
  • Motor de vibração ligeiramente fraco.

Como fabricante de telas, a Samsung possui um excelente know-how na área e a empresa sabe como trazer essa excelência para modelos uma categoria abaixo da gama alta. Como consequência disso, temos um painel Super AMOLED de alta qualidade não apenas nos carros-chefe da série Galaxy S21, mas também no Galaxy A52 5G.

Por conta dessa tecnologia da tela, é muito agradável usar as 6,5 polegadas do display deste aparelho, que chega ao mesmo comprimento de onda da tela do iPhone 12 Pro Max com brilho máximo. Enquanto a resolução FHD+ fica atrás do celular da Apple, o Galaxy A52 5G pontua com a alta taxa de atualização.

NextPit Samsung Galaxy A52 back
Um pouco monótono, não é? / © NextPit

A experiência na tela de 120 hertz é particularmente fluida. A navegação entre os menus e as telas do sistema são fluidas e, embora algumas pessoas consigam ver uma diferença real nisto, esta característica não é tão relevante para a maioria.

A tela é determinante para uma boa experiência com um celular. Neste sentido, as 6,5 polegadas do Galaxy A52 5G são uma boa mistura de grande e compacto. Entretanto, como a espessura aumentou para 8,4 milímetros, o A52 se sente bastante volumoso nas mãos. A construção de alta qualidade e o peso ligeiramente superior de 189 gramas acrescentam um certo valor, no entanto.

Contudo, esse valor se perde um pouco ao ligar o celular, pois a Samsung usa um motor de vibração tão fraco seria preferível nem ter. Deixo minhas críticas aqui aos botões laterais que, apesar dos bons pontos de pressão, poderiam ser um pouco maiores. Além disso, o microfone na parte inferior pode ser facilmente bloqueado quando seguramos o aparelho. Isso fez com que eu tivesse que regravar algumas mensagens de voz no WhatsApp.

Por último, mas não menos importante: o Galaxy A52 5G possui certificação IP67. Assim, você pode usar o telefone sem preocupações na chuva.

Em resumo, o Galaxy A52 5G oferece uma das melhores telas que já testei em um smartphone intermediário. Enquanto a Realme reduziu a alta taxa de atualização no Realme 8 Pro, a Samsung optou pelos 120 Hz. Uma boa decisão que é acompanhada por uma boa qualidade de construção, mas um motor de vibração ruim.

Galaxy A52 5G reage em jogos

A Samsung equipou o seu modelo 5G com um Snapdragon 750G — um SoC de médio alcance que é fabricado no processo de 8-nanômetros. O processador octa-core oferece uma velocidade máxima de clock de 2,3 gigahertz e possui suporte de 6 ou 8 gigabytes de RAM e 128 ou 256 gigabytes de armazenamento interno.

O que gostei:

  • Pronto para 5G quando você estiver;
  • Bons alto-falantes;
  • NFC a bordo;
  • Entrada para fones de ouvido;
  • Memória expansível.

O que não gostei:

  • Desempenho não muito convincente;
  • Sem Wi-Fi 6;
  • Somente Bluetooth 5.0.

O Snapdragon 750G da Qualcomm também é usado no Xiaomi Mi 10T Lite e no Motorola Moto G 5G, por exemplo. A adição "G" significa "jogo" e, portanto, deve rodar jogos móveis como PUBG ou Call of Duty: Mobile for joy. Na prática, porém, o SoC chegou rapidamente ao limite.

NextPit Samsung Galaxy A52 front camera
O entalhe na tela Infinity-O é realmente minúsculo / © NextPit

Por exemplo, eu usei o Galaxy A52 5G para criar um tutorial sobre como criar Memojis em smartphones Android, pois a Samsung oferece o recurso Emoji AR. O aplicativo de realidade aumentada causou solavancos e uma queda no desempenho do sistema que persistiu mesmo após o fechamento.

Jogos para celular como o PUBG rodam no aparelho, mas você terá que enfrentar tempos de carregamento bastante longos e diminuir um pouco os gráficos.

Samsung Galaxy A52 5G: benchmarks

BENCHMARK GEEKBENCH 5 CPU GEEKBENCH 5 COMPUTE 3D MARK WILDLIFE 3D MARK WILDLIFE STRESS TEST
Galaxy A52 5G 620 / 1740 1312 1,090 a 6,5 FPS Resultado mais alto: 1.093
Resultado mais baixo: 1.090

Com o SoC com suporte para rede 5G, a Samsung incluiu GPS, Wi-Fi 5 e Bluetooth 5.0. Enquanto o Bluetooth 5.2 e Wi-Fi 6 ainda são (quase) exclusivos das flagships, o Bluetooth 5.1 teria sido melhor. Entretanto, é bom termos o sensor NFC, com o qual é possível usar o Galaxy A52 5G para pagamentos móveis.

O Galaxy A52 5G tem uma vantagem sobre o Samsung Galaxy S21: se o máximo de 256 gigabytes de armazenamento interno não for suficiente, você pode expandir isso para mais 512 gigabytes via cartão microSD.

Tecnicamente, a Galáxia A52 5G não se destaca. Existe um SoC médio com 5G, que é adequado para jogos no celular até certo ponto. Entretanto, os oito-núcleos do processador às vezes atingem seus limites no uso diário. Deve ser enfatizado que a Samsung mantém o suporte ao cartão microSD na gama média.

Faltou uma câmera teleobjetiva, Samsung

Temos uma quad-câmera com um sensor principal de 64 megapixels montada no painel traseiro do Galaxy A52 (5G). Um destaque aqui é a estabilização da imagem óptica, mas o resto, infelizmente, é bastante monótono. Um sensor ultrawide de 12 megapixels, assim como sensores de profundidade e macro com 5 megapixels cada, e uma câmera frontal de 32 megapixels.

O que gostei:

  • Trazer a estabilização óptica da imagem foi uma boa atualização;
  • Recursos legais da Samsung como single take e vídeo profissional incluídos;
  • Cores bonitas e bom HDR durante o dia;
  • Imagens noturnas parcialmente frias.

O que não gostei:

  • Sem teleobjetiva, embora a Galaxy A72 tenha uma;
  • Câmera frontal sem autofoco.

É melhor nem olhar para a ficha técnica da câmera em celulares intermediários antes de captar as primeiras fotos. Sim, é bastante comum fazer uma configuração de câmera duplas com baixa profundidade e macro em sistemas quad. Mas no caso da Samsung, a situação é particularmente amarga este ano. Isso porque no Galaxy A72, o fabricante integra uma teleobjetiva de 3x zoom com 8 megapixels em vez do sensor de profundidade.

NextPit Samsung Galaxy A52 camera
Faltou uma câmera teleobjetiva, Samsung  / © NextPit

No entanto, uma boa atualização em comparação ao Galaxy A51 é a estabilização da imagem ótica da câmera principal. Confira o teste da câmera do Galaxy A52 5G abaixo.

Fotografias diurnas incluindo zoom e HDR

De fato, as câmeras principais e de grande ângulo do Galaxy A52 5G me agradaram. O trabalho que a Samsung faz com as cores e especialmente as fotos com HDR ativo convencem até mesmo com luz de fundo direta.

Samsung Galaxy A52 5G Zoom Comparison NextPit
Existem fortes diferenças de cor entre a câmera ultra-angular e a câmera principal / © NextPit

Entretanto, temos uma forte diferença de cores ao mudar para a câmera de ângulo ultra-largo. Dê uma olhada no céu na foto acima, é claramente mais azul. Em geral, o celular desenha um brilho branco ao redor dos edifícios, possivelmente porque as cores do céu são modificadas um pouco durante o pós-processamento.

Eu realmente não recomendo usar o zoom no Galáxia A52 5G. Os resultados parecem bons no geral, mas faltam detalhes quando ampliamos a imagem na tela do celular ou no computador.

Samsung Galaxy A52 HDR NextPit
O modo HDR da Samsung é convincente / © NextPit

Acima, podemos perceber que o Galaxy A52 5G domina muito bem o recurso HDR. A escrita no prédio está bem visível, mesmo quando o sol brilha em cheio na direção da câmera de 64 MP.

Modo retrato e modo noturno

A Samsung nunca deixa de me impressionar com seu modo de retrato de alto nível. O que foi muito convincente na comparação entre a Galaxy S21 Ultra e a Find X3 Pro, e no A52 5G também é bom.

Samsung Galaxy A52 5G Portrait Makro Comparison NextPit
A A52 pontua no modo retrato (canto superior esquerdo). Infelizmente, o modo noturno não é tão bom / © NextPit

Talvez o monstro no canto inferior esquerdo do quadro foi o que chamou mais a sua atenção. Tenho que dizer que a qualidade da câmera frontal à noite é bem ruim, como é possível notar acima.

Samsung Galaxy A52 5G Night Mode Comparison NextPit
Esquerda sem modo noturno - direita com! / © NextPit

Felizmente, o modo noturno pode ser usado neste aparelho, pois o celular percebe muitos detalhes de áreas desbotadas como vemos na imagem do poste de luz. No entanto, você precisará ter a mão realmente firme, pois a câmera do Galaxy A52 5G precisa de uma longa exposição para tanto.

Samsung Galaxy A52 Night Mode NextPit
Modo noturno ativado e manteve a atmosfera noturna / © NextPit

Este dispositivo da Samsung é particularmente bom em criar uma boa atmosfera de imagem à noite. Para isso, porém, você deve procurar temas que já tragam um pouco de sua própria luz. Assim, a câmera principal brilha um pouco mais.

No geral, a câmera quad de 64 MP no Galaxy A52 5G não é nada especial, mesmo com estabilização óptica da imagem. Você certamente conseguirá capturar alguns momentos agradáveis com o celular, mas nada mais. A câmera teleobjetiva da Galaxy A72 é a maior falha do Galaxy A52! Eu gostaria de ter visto isso pelo menos no modelo 5G.

Ótima autonomia de bateria, mas carregamento rápido lento

O Galaxy A52 5G possui uma bateria de 4.500 mAh, que pode  ser recarregada com 25 W via Quick-Charging. Objetivamente, não há muito mais a relatar sobre as características da bateria deste celular, a não ser que não temos aqui a opção de carregamento sem fio.

O que gostei:

  • Bateria de longa duração, apesar do display de 120 hertz;
  • Carga rápida com 25 watts talvez um pouco mais sustentável.

O que não gostei:

  • Carga rápida com 25 W nada competitiva;
  • Sem carregamento sem fio.

Mais uma vez, a descrição da duração da bateria é um tópico para críticas. Isto porque não é possível fazer declarações realmente universais aqui, já que cada usuário de smartphone naturalmente lida com aplicações, brilho de tela e agora também a taxa de atualização de forma diferente.

O meu uso principal do celular durante o dia se resume a usar o WhatsApp, navegar na internet, captar fotos ocasionais para o trabalho, um pouco de diversão musical e WhatsApp de novo. Já à noite, utilizo o YouTube e seguindo minha rotina de esportes. No registro de uso da bateria, é o que parece.

NextPit Samsung Galaxy A52 usb
Através de USB-C é possível carregar o Galaxy A52 / © NextPit

Com a Galaxy A52 5G, meus dias foram agradavelmente despreocupados, pois tinha bateria sempre, podendo chegar às 22h com até 20% da bateria. Este é um bom resultado, especialmente considerando a alta taxa de atualização, que ativei como permanente logo no início deste teste.

Device Time Galaxy A52
A performance da bateria é boa como é possível notar acima / © NextPit

A carga rápida é lenta (25 W), e essa é uma das minhas críticas. Embora o carregamento rápido permanente não deva causar problemas de desgaste da bateria nos dois primeiros anos de uso do celular, como a Samsung oferece até quatro anos de atualizações de segurança, é de se esperar que a bateria acompanhe este ciclo, certo?

Portanto, embora pense ser um problema a Samsung estar tecnicamente atrás de outros fabricantes ao oferecer apenas 25 W para carga rápida — o Realme 8 Pro possui uma carga SuperDart de 50 W — esta opção da fabricante sul-coreana pode ser vista como mais sustentável. No entanto, o tempo de carregamento é realmente  longo, são necessárias duas horas para uma bateria completa.

A bateria no Galaxy A52 5G me fez passar facilmente um dia com o aparelho e ainda assistir a vídeos no YouTube na cama sem a necessidade de plugar o aparelho na tomada. Porém, a carga rápida não é exatamente rápida, mas é mais sustentável considerando a garantia de quatro anos de atualização.

Informações adicionais sobre o Galaxy A52 5G

Abaixo, vou listar outros pontos que podem interessar à comunidade NextPit, e podem ser resumidos em poucas palavras:

  • Os alto-falantes estéreo com Dolby Atmos fazem um bom trabalho;
  • O dispositivo vem nas cores Awesome White, Awesome Black, Awesome Blue, Awesome Violet;
  • Com entrada para fones de ouvido de 3,5 mm;
  • O sensor de impressão digital no display não é particularmente preciso. Muitas vezes tive que reposicionar meu polegar para desbloquear o aparelho.

Samsung Galaxy A52 5G: ficha técnica

Estes são os componentes internos:

 
Modelo Samsung Galaxy A52 5G
Processador Qualcomm Snapdragon 750G 5G (8 nm); octa-core (2x 2,2 Ghz + 6x 1,8 Ghz)
Memória e Armazenamento 6 ou 8 GB / 128 ou 256 GB
Memória expansível Micro-SD até 1 TB
Conectividade 5G, Wi-Fi 5, Bluetooth 5.0, NFC
Tela 6,5 polegadas, Super AMOLED, FHD+, 120Hz
Dimensões 75,1 x 159,9 x 8,4 mm
Peso 189 gramas
Câmeras Principal: 64MP com f/1.8 e OIS / Ultrawide: 12MP com f/2.2 / Profundidade: 5MP com f/2.4 / Macro: 5MP com f/2.4 / Selfies: 32MP sem AF
Bateria 4.500 mAh
Tecnologias de carregamento Carregamento rápido de 25 W
Áudio Alto-falantes estéreo com Dolby Atmos / entrada para fones de ouvido de 3,5 mm
Certificação IP IP67
Sistema operacional

Android 11, com 4 anos de atualizações de segurança

Cores Awesome Black, Awesome White, Awesome Violet, Awesome Blue
Preço R$ 3.499,00

O Samsung Galaxy A52 5G vale a pena?

O Galaxy A52 5G é um smartphone fácil de se acostumar. Assistir vídeos no YouTube com este aparelho é muito bom, captar imagens é bem satisfatório e temos aqui um celular que permite um bom entretenimento com jogos mobile.

No entanto, gostaria de ter visto pelo menos a câmera teleobjetiva do Galaxy A72 neste smartphone também. Os pontos altos aqui são o display de 120 Hertz - disponível apenas no modelo 5G -, a certificação IP67 e a câmera principal com estabilização de imagem.

Após testar o Galaxy A52 5G, posso dizer que recomendo a compra do celular. Contudo, preciso dizer que o aparelho não empolga muito, é apenas um bom intermediário de uma linha considerada classe A.

Qual nota você daria para o Samsung Galaxy A52 5G?

 

ÚLTIMOS ARTIGOS

4 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Gostei da análise, ficou ótima!

    Tinha cogitado esse aparelho, mas como quero ficar 4 anos, agora sigo aguardando o S20 FE com Snapdragon 865. Tomara que a Samsung traga mesmo, visto que está complicado escolher smartphones hoje, pois sempre tem um detalhe.

    O A52 5G é bom mas como vim de um S10e, quero um no mesmo nível, embora tenha ficado entusiasmado com o bom retorno da linha A. Mas como quero processamento melhor por uns bons anos, sigo mais uma vez no aguardo do S20 FE com Snapdragon, esse além de econômico, tem bem mais potência.

    Obrigado ao NextPit pela análise, nos mantenham informados por favor com relação ao S20 FE, salvo engano já chegou na Índia.


  • A Samsung tem apresentado bons aparelhos mas não dá pra considerar uma compra com os preços de lançamento aqui no Brasil. O bom é que com o suporte estendido depois de um tempo o preço cai e ainda teremos um aparelho com suporte.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.