Os melhores serviços de streaming em 2021: Netflix, Disney+, Prime Video e mais

Os melhores serviços de streaming em 2021: Netflix, Disney+, Prime Video e mais

Qual o melhor serviço de streaming de filmes e séries? A Netflix ainda domina o mercado de vídeo sob demanda, mas seus vários concorrentes como a Amazon Prime Video ou a Disney+, assim como serviços emergentes como a Apple TV+, estão tornando a prateleira à disposição dos assinantes cada vez maior. O NextPit faz um resumo para você nesta comparação dos melhores serviços de streaming de vídeo em 2021.

Sim, eu sei, mais um artigo de comparação de assinaturas de streaming... Mas em 2021, e em breve 2022, o número de opções é maior do que nunca, mas a maior concorrência infelizmente não levou a preços mais baixos para os assinantes, pelo contrário. Os catálogos mudam, as ofertas mudam e se multiplicam. É por isso que pode ser útil fazer uma análise e porque o NextPit, sem querer reinventar a roda, oferece este artigo.

O preço da assinatura, o conteúdo do catálogo e a qualidade da interface são os principais critérios que utilizamos para fazer esta seleção. Um detalhe importante: vivo na Alemanha, onde o acervo dos serviços é diferente do Brasil. Os catálogos de filmes e séries aos quais tenho acesso podem, portanto, diferir do oferecido para você.

Pegue um atalho:

Escolha do editor: Netflix

Tudum ou não tudum? Não há dúvidas sobre isso. A Netflix é obviamente a melhor escolha quando se trata de serviços de streaming (ou SVOD). Não vou perder tempo explicando a plataforma que tenho certeza que a maioria de vocês usa (eu disse "maioria", não há necessidade de me malhar nos comentários se você for anti-Netflix).

A Netflix tem o catálogo mais extenso e variado, a interface mais otimizada e a compatibilidade mais extensa. O serviço está literalmente disponível em quase todas as plataformas. Seus preços de assinatura estão se tornando cada vez menos competitivos, mas sua oferta ainda é, em minha opinião, imbatível.

NextPIT Samsung Galaxy S21 Ultra
Netflix, a escolha do editor/ © NextPit

Experimente Netflix

Prós

  • O rico e variado catálogo;
  • A quantidade (e às vezes a qualidade) das criações originais;
  • A interface otimizada;
  • Poderosa ferramenta de busca e algoritmo de sugestão;
  • Disponível em praticamente todas as plataformas.
 

Contras

  • O preço do pacote Standard tem aumentado continuamente;
  • 480p para o pacote básico é quase ofensivo;
  • Séries populares canceladas mesmo sem finais satisfatórios.

Preço da assinatura

No Brasil, a Netflix aumentou recentemente seus preços em uma média de R$ 4 em 21 de agosto.

Netflix

Preços das assinaturas
Assinatura Preço Qualidade do vídeo Número de telas
Básico R$ 25,90/mês SD (480p) 1
Padrão R$ 39,90/mês HD (720p ou mais) 2
Premium R$ 55,90/mês 4K UHD (2160p) 4

Catálogo

O catálogo da Netflix é um dos maiores e mais freqüentemente renovado. As produções originais, sejam séries ou filmes, são também um ponto forte na hora da escolha, independentemente do que se possa pensar de sua qualidade de produção.

É verdade que a Netflix está se afastando cada vez mais de seu catálogo anterior (todo conteúdo que não foi especificamente criado ou transmitido na Netflix) em favor de suas produções originais. Os direitos de transmissão e a concorrência de outras plataformas são as principais razões para isso. Mas, no momento, nenhum outro serviço SVOD pode competir com a Netflix mesmo em termos de variedade e volume, na minha opinião.

Interface e recursos

Se você desconsiderar a idéia confusa de abrir trailers cada vez que você espia um filme ou poster de série, a interface da Netflix é sem dúvida a mais suave e melhor otimizada do mercado. A ferramenta de busca é muito poderosa com os famosos "códigos secretos" permitindo o acesso às categorias "ocultas" do catálogo.

O algoritmo de sugestão também é muito avançado mesmo que a Netflix não permita que você tenha qualquer controle sobre ele (como não permitir que você classifique os filmes). Eu pessoalmente tenho a impressão de que, além dos grandes observadores que fornecem à Netflix dados suficientes para refinar suas recomendações, o usuário médio acaba assistindo a mesma coisa ao mesmo tempo, um pouco como na TV, o que é bastante contraproducente, mas bom.

Em termos de recursos, há também a possibilidade de consumir certos conteúdos com descrição de áudio, controles parentais que podem ser ajustados de acordo com quatro faixas etárias, download de conteúdo para assistir off-line em todos os dispositivos conectados. Os aplicativos para Android e iOS também não são deixadas de fora. Por exemplo, eles permitem bloquear a tela do celular durante a reprodução de uma série ou de um filme para evitar toques acidentais.

Qualidade do vídeo

Netflix permite que você assista conteúdo em 4K UHD desde que você tenha assinado o pacote Premium, que é o mais caro, tenha uma conexão rápida (no mínimo 15 Mb/s) e tenha uma tela compatível, obviamente. Para os meros mortais como eu, a assinatura Padrão é limitada a resoluções HD ou FullHD, e para usuários do pacote mais barato, o Básico, é 480p.

Falando sério, 480 linhas de resolução (ou seja um DVD) por uma assinatura de R$ 26 por mês! Acho isso ofensivo, especialmente porque nenhum outro serviço de SVOD ainda tentou retaliar contra eles. Por outro lado, tenho que admitir que o codec de vídeo adaptativo faz uma transição bastante suave de uma definição para outra, dependendo da qualidade de sua conexão. Mal consigo sentir a mudança de 1080p para 480p quando meu colega de apartamento começa a jogar a League of Legends.

Melhor relação custo-benefício: Amazon Prime Video

Quando digo melhor relação custo-benefício, quero dizer em termos absolutos, estritamente em termos de preço e benefícios. Porque sim, assinar o Prime Video é de fato se tornar um assinante Amazon Prime e, portanto, beneficiar-se de todos os serviços e benefícios do pacote premium da Amazon.

Portanto, não é exatamente o serviço de streaming que eu recomendo, seu catálogo, tirando alguns títulos exclusivos voltados para a cultura nerd, nem sua interface. Mas ele é claramente o mais vantajoso, pois não se limita a acessar filmes e séries, e ainda é competitivo em preço com seus concorrentes.

Le meilleur rapport qualite prix: Amazon Prime Video
Amazon Prime Video, a melhor relação custo-benefício / © NextPit

Experimente o Amazon Prime Video

Prós

  • Mais do que apenas um pacote de streaming;
  • Assinatura mais barata;
  • Produções originais para fãs de quadrinhos, fantasia e ficção-científica.
 

Contras

  • Catálogo "clássico" ainda fraco;
  • Volume de produções originais ainda inferior à concorrência;
  • Muitos conteúdos pagos que exigem uma taxa extra;
  • Difícil de usar na TV (ver críticas do Prime Video para Android TV).

Preço da assinatura

A assinatura do Prime Video faz parte da assinatura do Amazon Prime, que custa R$ 9,90 por mês ou R$ 89,00 por ano.

Amazon Prime Video

Preço da assinatura
Assinatura Preço Qualidade do vídeo Número de telas
Amazon Prime R$ 9,90/mês ou R$ 89,00/ano 4K UHD 3

Catálogo

O catálogo da Prime Video deixa um pouco a desejar em comparação com o da Netflix. Eu amo alguns dos exclusivos como The Boys, a primeira temporada de The Man in the High Castle, The Expanse, Jack Ryan (não ria) e recentemente Invencível, que eu achei excelente. Mas com esta lista, eu citei quasetodas as produções originais da Amazon.

O acervo externo do Prime Video também não é o mais variado ou freqüentemente renovado no mercado. Eu me deparo mais frequentemente com um filme ou série para alugar/comprar como um extra em vez de algo do catálogo incluído na assinatura. Temos alguns clássicos e filmes cult, mas a oferta é francamente modesta.

Mas a chegada da famosa série ambientada no universo do Senhor dos Anéis deve consolidar este catálogo e trazer sua primeira série de peso. Vejo você em 22 de setembro de 2022 se Illúvatar quiser.

Interface e características

Quando foi lançada em 2016, a interface do Prime Video era um desastre, uma vergonha em termos de usabilidade e totalmente inadequada para usuários que não falam inglês. Em 2021, está muito melhor, mas continua sendo o ponto fraco do Prime Video. Por exemplo, o player foi muito melhorado e permite visualizar o elenco dos atores, a qualidade do vídeo, bem como o consumo de dados ou a modificação das legendas com um clique.

Se, ao contrário de mim, você consome seu conteúdo de streaming em uma TV, a interface oferecida pela Prime Video em seus aplicativos para TV Box permanece antiquada e lenta. Os comentários no aplicativo do Prime Video para Android TV também falam muito sobre a experiência do usuário. Bem ou mal, o website ainda é a melhor solução em termos de usabilidade, por enquanto.

Não vou comentar a ferramenta de busca ou o algoritmo de sugestão, pois tento não usá-los. Há tanto conteúdo fora da assinatura Prime que você tem que pagar separadamente, que eu fico apenas na seção "Incluído no Prime" ou "Originais da Amazon". Às vezes eu realmente sinto que estou de volta em 2010 com os aluguéis de filmes do Pay per View.

Qualidade do vídeo

Em termos de qualidade de vídeo, O Prime Video oferece Ultra HD com suporte a HDR10+ e às vezes Dolby Vision desde que você tenha uma conexão de fibra ou cabo muito boa.

Em termos de som, o Prime Video é compatível com Dolby Digital 5.1 e Dolby Atmos se os programas e cópias fornecidas pelos distribuidores o permitirem, é claro.

A alternativa, mais cara mas também a mais completa: Globoplay + canais ao vivo

Prefiro recomendar esta oferta do GloboPlay do que uma alternativa isolada, pois é um pacote muito abrangente. O plano "Globoplay + canais ao vivo e Disney+" segue uma lógica parecida com a dos pacotes da TV por assinatura e inclui uma assinatura Disney+, além dos canais da antiga Globosat (Multishow, SporTV, Globo News, etc).

Em termos práticos, claramente não é o serviço de streaming mais econômico nesta lista. Mas se você quiser uma assinatura global que inclua o catálogo mais abrangente possível de filmes recentes e séries, esta é a oferta que eu recomendaria.

Globoplay Disney plus
Combo para os fãs de Mickey e BBB novelas / © Globo & Disney

Experimente Globoplay

Prós:

  • Um pacote completo;
  • Filmes mais novos do que outras plataformas;
  • Disney+ e canais por assinatura incluídos;
  • Disponível nas principais plataformas;
  • Inclui 12 meses de Deezer Premium;
 

Contra

  • O preço de R$ 60 não é acessível para todos;
  • Não compatível com consoles ou FireTV
  • Compatibilidade com 4K ainda limitada.

Preço da assinatura

Globoplay

Preço da assinatura
Assinatura Preço Qualidade do vídeo Número de telas
Globoplay + canais ao vivo e Disney+ R$ 718,80/ano 4K UHD ou Full HD 1080p 5
Globoplay e Disney+ R$ 454,80/ano 4K UHD ou Full HD 1080p 3

Catálogo

Como um bom CEO maquiavélico, estou certo de que a família Marinho leu a Arte da Guerra de Sun Tzu. Provavelmente enquanto lia, deve ter se deparado com uma citação como "se você não consegue vencer seu inimigo, junte-se a ele" que inspirou a criação dos pacotes casados do Globoplay.

Em poucas palavras, o Globoplay é um pacote que traz um tempero brasileiro para o mundo do streaming, com as produções originais da Globo (leia-se novelas e minisséries) junto com o catálogo gigantesco da Disney.

É possível ainda assinar o serviço com a opções de "canais ao vivo", que inclui as opções da Globosat para a TV por assinatura: Multishow, GloboNews, SporTV, GNT, Viva, Gloob, Gloobinho, Megapix, Universal, Studio Universal, SyFy, Canal Brasil, Off, Bis e Mais Globosat.

Interface e recursos

O serviço do grupo Globo pode ser acessado no PC, celular e tablet, mas também em smartTVs compatíveis (Samsung Tizen, LG WebOS, AndroidTV, Roku e outros). Como o Netflix, é possível transmitir conteúdo via AirPlay ou Chromecast.

Dependendo do plano adquirido, a interface pode ficar um tanto intimidadora, com canais sob demanda e ao vivo em um só lugar. Além disso, as ferramentas de sugestão ainda parecem engatinhar, priorizando a navegação por categorias.

Qualidade do vídeo

Você pode transmitir seu conteúdo do GloboPlay em 4K UHD para até 5 dispositivos simultâneos, dependendo da assinatura. Vale lembrar que grande parte do catálogo histórico da empresa está em resolução padrão, 480p, enquanto os canais ao vivo são produzidos em resolução HD.

Comparação de preços entre Netflix, Prime Video, Disney+ etc...

Assinaturas SVOD

Comparação de preços
Plataforma Assinatura/Preço mensal Qualidade do vídeo Número de telas
Netflix
  • Básico: R$ 25,90
  • Padrão: R$ 39,90
  • Premium: R$ 55,90
  • SD (480p)
  • HD (720p)
  • 4K (2160p)
  • 1
  • 2
  • 4
Amazon Prime Video

R$ 9,90 (ou R$ 89,00/ano)

UHD/4K

3
Disney+ R$ 27,90 (ou R$ 279,90/ano) UHD/4K 4

Apple TV+

R$ 9,90 UHD/4K 6
Globoplay
  • Globoplay + canais ao vivo: R$ 42,90
  • Com Disney+ e canais Globosat: R$ 59,90
  • Com Disney+: R$ 37,90
UHD/4K Varia conforme o plano

Outros serviços da streaming: Apple TV+, Disney+...

Existem obviamente muitos outros serviços de SVOD além dos que acabei de recomendar. Mas este artigo pretende ser uma seleção das melhores escolhas, não uma enciclopédia de todas as plataformas de transmissão de vídeo que existem no mundo. Portanto, não vou detalhar as ofertas da Hulu, HBO Max, NetMovies, etc.

Entretanto, para ajudá-lo a fazer a escolha mais informada possível, vou citar brevemente dois serviços: Apple TV+ e Disney+. Não os recomendo como assinaturas únicas, mas cada um deles tem pontos fortes que podem complementar seu serviço principal de streaming, por exemplo.

Disney+

Vamos começar com a Disney+. Posso ver porque alguns de vocês podem achar injusto que eu não recomende o serviço de streaming da Disney. A Disney+ é certamente uma plataforma muito especializada, mas sua oferta é, no entanto, bastante completa.

Disney Plus
Mickey e Marvel e muito mais / © NextPit

Experimente Disney+

Prós

  • O poderoso catálogo do grupo Disney;
  • Filmes originais da Pixar, Marvel e Star Wars;
  • Melhor oferta para o público jovem e familiar;
  • Disponível em praticamente todas as plataformas.
 

Contras

  • Interface rígida;
  • Player não-intuitivo;
  • Catálogo especializado não adequado a todos os usuários como único serviço de streaming.

A maior força da Disney+ é obviamente seu catálogo que está repleto de clássicos da infância e novas sagas Pixar, Star Wars ou Marvel. É também A referência em termos de streaming para as famílias ou para o público jovem.

E pessoalmente, eu me vi apreciando suas recentes produções originais como a série Loki e WandaVision, para não mencionar The Mandalorian, é claro. A Disney+ também oferece acesso antecipado a seus novos filmes, tanto animados quanto ao vivo, por um valor adicional. Basicamente, você paga para saltar a exclusividade das telonas.

A interface da Disney+ é bastante limpa, mas acho o arranjo do catálogo totalmente não intuitivo. A busca de um filme ou série específica é trabalhosa. É certo que é uma boa idéia classificar filmes e séries por franquia, mas eu acho a separação muito rígida. O player também é absolutamente rígido. Você tem que esperar até o final dos créditos antes que apareça o botão play para o próximo episódio. A reprodução automática muitas vezes não começa corretamente, etc...

Quanto ao resto, a gama de recursos é semelhante à Netflix. Você pode interromper um programa para retomá-lo mais tarde em outro dispositivo, personalizar legendas, definir controles parentais ou baixar seu conteúdo para assisti-lo offline.

Se você realmente gosta dos filmes Marvel e do universo Star Wars e/ou quer um complemento para todas as idades ao seu serviço principal de streaming (para seus filhos, por exemplo), então a Disney+ definitivamente vale a pena considerar. Com um catálogo tão grande e um preço único de R$ 27,90 por mês para 4 telas simultaneamente com 4K UHD, não é uma má escolha.

Apple TV+

A Apple TV+ é o serviço de streaming mais novo (lançado em 2019) e mais barato do mercado, com uma assinatura de R$ 9,90 por mês. Mas é também o com o menor catálogo, que não é suficiente para torná-lo uma plataforma principal.

Apple TV Plus
Produções exclusivas é o forte do streaming com o logo da Maçã / © NextPit

Experimente Apple TV+

Prós

  • Interface limpa;
  • Poucas, mas boas produções originais;
  • Assinatura acessível;
  • Até 6 telas simultaneamente.
 

Contra

  • Catálogo quantitativamente limitado.

O aplicativo da Apple TV está disponível em quase todos os lugares e não está limitado apenas aos dispositivos Apple. Mas você pode realmente "zerar" o catálogo em algumas semanas, sem exageros. Eu não recomendaria assiná-lo isoladamente, sem que ele faça parte de uma compra em grupo da Apple, uma vez que a empresa oferece testes gratuitos aos montes quando você compra um de seus produtos.

Se você quiser experimentar os poucos exclusivos da plataforma, que são todos muito bem produzidas, diga-se de passagem, como Ted Lasso, que nosso chefe Fabien adora, então vá sem medo. Você recebe uma semana de teste grátis, e se você comprar um produto Apple, recebe um teste de 3 meses. Você deve usá-lo dentro de 3 meses após a primeira instalação de seu aparelho através do aplicativo Apple TV. Talvez o lançamento do iPhone 13 em setembro seja uma oportunidade de testar o serviço.

Além destes casos muito, muito especiais, eu não aconselharia realmente a optar pela Apple TV+ como seu principal serviço de streaming. Mas como um complemento, se você está no ecossistema Apple, por que não? Afinal, a plataforma oferece 4K UHD com HDR10+ e compartilhamento de contas em 6 telas simultaneamente. Se o catálogo se expandir, ele se tornará imediatamente mais interessante.

Como o NextPit selecionou OS SEUS melhores serviços de streaming

Como explicado no início deste artigo, basicamente pesei alguns fatores para cada plataforma de vídeo nesta lista, levando em conta a qualidade da interface, a riqueza e variedade do catálogo e a qualidade de vídeo oferecida.

Eu pessoalmente tenho usado o Netflix padrão como minha principal plataforma de streaming por anos e também sou assinante do Amazon Prime Video e da Disney+ desde 2018 e 2020, respectivamente. Eu consumo seu conteúdo quase exclusivamente no navegador da web em meu PC, e ocasionalmente em meu iPad (2019).

Eu vivo na Alemanha, onde o tempo de exclusivade das salas de cinema e os direitos de transmissão não são os mesmos do Brasil. Portanto, ainda não testei todos os serviços de streaming disponíveis no mercado brasileiro. Eu experimentei a Apple TV+ durante o período de teste gratuito, mas é um serviço muito limitado.

Por que estou contando a história de minha vida? Bem, para mostrar que meus critérios e minha experiência de uso são limitados, o que orientou minha seleção e a torna talvez diferente da sua. Cada um tem suas próprias necessidades e preferências e este artigo não nega esta realidade. Convido você a compartilhar seu feedback e possivelmente mudar a minha opinião sobre certos pontos para que a seleção possa evoluir, se necessário.

Aqui termina este comparativo. O que você achou das minhas recomendações? Em que pontos você discordou totalmente de mim? Quais são seus serviços preferidos de streaming e quais são seus critérios de seleção? Conte-me tudo nos comentários! Só não vale oferecer compartilhamento de contas.

Os links compartilhados neste artigo são links de afiliados. Isso significa que o NextPit obtém uma pequena participação nos lucros se você comprar produtos através deles. Isso não gera custos adicionais para você e não tem nenhuma influência sobre o conteúdo editorial do site. Saiba mais sobre como monetizamos o site na nossa página de transparência.
Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 2 semanas Link para o comentário

    Se me permitem farei um "adendo" nessa matéria, por ter omitido o maior provedor de streaming do mundo da empresa AT&T que chama-se Directv Go, e está presente em vários países do continente Americano (inclusive o Brasil) e de toda Europa. Senão vejamos, eu farei um "merchan" de graça pois sou assinante deste serviço. Tive a oportunidade de experimentar todos serviços acima citados, e nenhum deles conseguiu superar no quesito live streaming e on demand "NA MESMA PLATAFORMA". Ou seja dos serviços citados nessa matéria, eles são bons apenas em uma das modalidades. O Directv Go é incomparável na disponibilização das 2 plataformas juntas. Já no quesito técnico a Directv Go necessita apenas de uma banda de 5 gb para trafegar imagem em resolução Full HD (1080p) com HDR e o som é em Dolby Atmos.


  • Marcio S. há 2 semanas Link para o comentário

    Eu gosto da Netflix, mas para pessoas como eu (que não é todo mundo, não estou generalizando) que gostam de sempre assistir alguma coisa, a Netflix, mesmo com seu conteúdo extenso, acaba sendo cansativa. Por isso eu fico vagando entre as plataformas, assim dou 'um tempo' para que cheguem atualizações. Atualmente estou assistindo a HBO que após sua atualização ficou muito boa e estável, que antes era uma m***a..... eu uso também a Claro Vídeos, mas sou cliente Claro aí não pago pra ver hehehe.... mas é isso que queria falar, sou andarilho de plataformas.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.