Review do Sony Xperia 5 III: "edição para os fãs" estragada pelo preço

Review do Sony Xperia 5 III: "edição para os fãs" estragada pelo preço

Apresentado em 14 de abril e ainda não disponível em muitos dos países anunciados, o Sony Xperia 5 III é a alternativa compacta ao mais recente carro-chefe da Sony, o Xperia 1 III. Testei o celular, que se concentra em multimídia e fotografia, para dizer se o salgado preço de 1.000 euros é ou não relevante.

Avaliação

Prós

  • Tela OLED 120Hz suave
  • Autonomia da bateria sólida
  • Módulo de câmera versátil com dupla distância focal
  • Classificação IP68, conector de 3,5mm, microSD
  • Interface limpa e rica em recursos

Contras

  • Problemas de superaquecimento e gargalo térmico muito agressivos
  • Sensores de grande angular e ultrawide um pouco defasados
  • Sem modo noturno dedicado
  • Preço muito alto

Sony Xperia 5 III direto ao ponto

O Sony Xperia 5 III foi anunciado em 14 de abril de 2021, mas não será lançado no Brasil. Até mesmo em alguns países europeus o modelo foi prometido mas não chegou às prateleiras. Na Europa, o celular será vendido por cerca de 1.000 euros (aproximadamente R$ 6.200), e que será vendido em duas configurações: 8/128 GB e 8/256 GB.

 

Testei o smartphone por uma semana usando-o como celular principal no trabalho e em meu tempo livre. Mesmo não sendo um fanboy da Sony nem um fã da relação de tela 21:9 comum nos smartphones Xperia, eu, geralmente gostei do meu tempo com o Sony Xperia 5 III.

O modelo ligeiramente mais compacto e ligeiramente menos premium do Xperia 1 III que meu colega Ben testou é uma proposta muito convincente da Sony no mercado Android topo de linha. A tela OLED de 120Hz é suave, o Snapdragon 888 SoC ainda é potente apesar de seus problemas de superaquecimento e a bateria 4500mAh é muito durável.

NextPit Sony Xperia 5 III display
O Sony Xperia 5 III tem poucas falhas / © NextPit

Mas o mais interessante é o módulo fotográfico com a inclusão de uma lente periscópica de distância focal dupla para oferecer dois níveis de zoom óptico, 2,9x e 4,4x. Adicione a isto um app fotográfico um pouco elitista demais, mas muito completo, e um botão físico para o obturador, e você tem o celular que melhor imita a experiência fotográfica que você encontra em uma câmera real.

Eu realmente tenho muito pouco a reclamar do Sony Xperia 5 III fora o preço. Como a cada ano e a cada novo lançamento da linha Xperia, eu acho os preços da Sony muito irreais.

Design e tela

O design é o mesmo que o dos últimos modelos Xperia, com uma longa e fina proporção de tela 21:9, uma traseira de vidro e uma moldura de alumínio. A tela OLED de 6,1 polegadas tem uma taxa de atualização de 120 Hz.


Gostei:

  • Gorilla Glass 6 na tela e na traseira;
  • Estrutura de alumínio e não de plástico;
  • Proporção de tela 21:9 (para aqueles que gostam);
  • Tela suave de 120 Hz;
  • Certificação IP68 e conector de 3,5mm;
  • Leve.

Não gostei:

  • Traseira de vidro muito sensível às impressões digitais;
  • Brilho máximo de 600 nits;
  • Proporção de tela 21:9 (para aqueles que gostam).

NextPit Sony Xperia 5 III back
A relação 21:9 dá ao Sony Xperia 5 III um formato bastante compacto, longo e fino / © NextPit

Antes que os dois lados do debate 21:9 peguem em armas e marchem na minha direção. Eu não vejo a proporção de tela 21:9 como uma falha. Entendo que pode ser interessante para alguns quando se trata de consumir conteúdo de vídeo. Pessoalmente, não consigo apreciar, especialmente quando estou jogando, sinto sempre que não há espaço para posicionar idealmente meus dedos. Esta é uma opinião pessoal e subjetiva, mas eu repito que o 21:9 não é um defeito em minha opinião.

Quanto ao restante do design, a qualidade pode ser notada. A estrutura é feita de alumínio e não de plástico, a parte traseira é feita de vidro e não de plástico, e é toda coberta com Gorilla Glass 6. A traseira realmente captura impressões digitais, mas isso é realmente novo neste tipo de produto? Não.

O leitor de impressão digital na lateral, sob o botão de alimentação, é bastante responsivo e preciso. A porta SIM (e microSD) pode ser aberta sem um pino metálico sem comprometer a classificação à prova d'água (certificado IP68). O módulo de câmera em forma de cápsula não é muito moderno, mas tem o mérito de não se projetar muito em relevo.

NextPit Sony Xperia 5 III usb
O conector de 3,5 mm está localizado na borda superior do telefone / © NextPit

Quanto à tela, ela é praticamente idêntica à do Xperia 5 II do ano passado. Digo virtualmente porque só posso comentar as especificações, não sei ao certo se é o mesmo painel. É uma tela OLED de 6,1 polegadas com uma resolução de 1080 x 2560 pixels no formato 21:9 e uma taxa de atualização de 120 Hz.

A densidade de pixels é muito boa mesmo que a Sony pudesse ter nos dado 4K em vez de reservá-la para o Xperia 1 III. O brilho máximo é de cerca de 600 nits, o que não é excepcional, mas ainda assim bastante bom para uma boa legibilidade em todas as situações. De qualquer forma, o verão em Berlim acabou e estamos prestes a encarar 6 meses de noite interminável, portanto não vejo a necessidade de 1000 nits por um bom tempo.

Os 120 Hz não são dinamicamente adaptáveis, portanto, uma vez ativados, você se beneficia deles em qualquer lugar e a qualquer momento. Alguns aplicativos às vezes forçam 60 Hz (como o Google Maps), mas você terá que ter cuidado com sua bateria a maior parte do tempo. Achei o equilíbrio padrão de branco muito frio, mas o modo padrão de colorimetria pareceu bastante preciso no geral.

NextPit Sony Xperia 5 III front camera
A taxa de atualização de 120Hz não é adaptável / © NextPit

No geral, o Sony Xperia 5 III tem um design elegante e de alta qualidade. O formato longo e fino atrairá os fãs dos celulares compactos, assim como o baixo peso de 168 gramas (um recorde para um flagship em 2021). A tela é fluida com 120 Hz, apesar de um brilho máximo abaixo da média nesta faixa de preço.

Interface: visual Android stock, mas repleto de recursos

Como sempre com a Sony, a interface é semelhante à do Android Stock, pelo menos visualmente. Há muitos aplicativos pré-instalados, mas também muitas opções de personalização para otimizar a qualidade de vídeo/áudio, jogos e multitarefa.


Gostei:

  • O visual Android Stock;
  • Multitarefa intuitiva;
  • Personalizações de áudio e vídeo;
  • O eficaz modo Game Enhancer.

Não gostei:

  • A política de atualização limitada.

Visualmente, a interface da Sony é feita para os puristas que preferem o Android Stock. Não é o meu caso, mas aprecio a simplicidade dos menus e o aspecto geral da interface. Mas isso está na superfície, porque a interface do Sony Xperia está repleta de recursos e opções de personalização.

sony xperia 5 iii review ui general
Visualmente, a interface segue a receita Android Stock sem nenhuma extravagância / © NextPit

Vamos começar com a multitarefa. A Sony oferece atalhos para criar janelas flutuantes ou para exibir pares de apps em tela dividida. Estou ciente de que estes são recursos bastante encontrados no Android e obviamente não são exclusivos da Sony, mas acho sua implementação mais intuitiva do que em outras skins.

Outro recurso, desta vez exclusivo da Sony, é a barra lateral Sense que permite criar atalhos para aplicativos ou recursos específicos, além dos pares de aplicativos. Esta barra pode ser ativada através de um botão flutuante oculto no lado direito da tela, o que a torna bastante conveniente de usar.

sony xperia 5 iii review ui multitask
O botão virtual Side Sense é realmente útil / © NextPit

Gostei do número de opções para otimizar a qualidade de vídeo e áudio, com a capacidade de ativar som Dolby Atmos, o áudio espacial 360 Spatial da Sony e o modo DSEE Ultimate, que dá um reforço para o áudio. A Sony também oferece uma função de vibração dinâmica que se adapta ao som reproduzido através dos alto-falantes. Embora o sistema funcione bastante bem em termos de capacidade de resposta, acho o motor de vibração muito rude para que esta opção seja totalmente apreciada.

sony xperia 5 iii review ui audio video quality
O modo de vibração dinâmica é agradável, mas sofre com a fraqueza do motor de vibração / © NextPit

A Sony também pensou em gamers com um modo chamado Game Enhancer. Em comparação com os modos Fnatic e outros equivalentes de seus concorrentes Android, acho o modo da Sony particularmente avançado, especialmente para um celular não-gamer. Há opções para otimizar som e microfones, colorimetria, desempenho, etc...

Também não estamos no nível do Armoury Crate do Asus ROG Phone 5, mas é realmente bom ter tanta escolha em meio a uma gama de opções, a maioria das quais são bastante relevantes (otimização do microfone, a área de toque na tela, RAM, etc.).

sony xperia 5 iii review ui game booster
O modo Game Enhancer pode ser realmente útil em jogos / © NextPit

Eu também poderia falar sobre o aplicativo de foto que mereceria um artigo próprio. Mas como já foi usado no Xperia 1 II no ano passado e meu colega Ben já falou sobre isso em seu teste do Xperia 1 III, vou poupá-lo desta vez.

Finalmente, a Sony fica no pelotão intermediário quando se trata de atualizações de software. Você pode esperar 2 grandes versões do Android (até o Android 13) e 3 anos de correções de segurança, provavelmente trimestralmente, na melhor das hipóteses.

No geral, acho a solução de software oferecida pelo Sony Xperia 5 III muito interessante e completa. A Sony sabe como falar com os nerds que deliram com os mínimos detalhes. No entanto, a política de atualização é muito limitada para esta faixa de preços em 2021, especialmente quando quase todos os concorrentes já prometem mais anos de atualizações.

Desempenho: o Snapdragon 888 repete sua performance

O Sony Xperia 5 III é equipado, como muitos navios de bandeira Android, pelo Snapdragon 888 da Qualcomm. E, como muitos Androids flagship, ele oferece um desempenho de primeira linha, mas às custas do controle de temperatura.


Gostei:

  • Desempenho do Snapdragon 888.

Não gostei:

  • Problemas de superaquecimento do Snapdragon 888;
  • Gargalo térmico excessivamente agressivo.

Em termos de desempenho bruto, o Sony Xperia 5 III faz o esperado no mercado Android topo de linha. Não bate nenhum recorde de velocidade de processamento, mas o desempenho é perfeitamente consistente com o que você esperaria do SoC topo de linha da Qualcomm.

Para ser mais concreto, consegui rodar Call of Duty: Mobile a 120 FPS com todas as opções gráficas empurradas ao máximo.

Sony Xperia 5 III

Benchmarks
  Geekbench 5 single/multi 3DMark Wild Life 3DMark Wild Life Stress Test Passmark Armazenamento Passmark RAM
Sony Xperia 5 III 1.117 / 3.549 5.839 5.706    
Samsung Galaxy S21 Ultra

942 / 3.407

7.373 5.175 81.108

31.752

Xiaomi Mi 11 Ultra

1.123 / 3.619

5.621

Falha, superaquecimento

115.473 30.460
OnePlus 9 Pro

1.112 / 3.633

5.670

5.698

112.370 31.891

Mas o smartphone também sofre com as deficiências do Snapdragon 888, ou seja, o superaquecimento. Não apenas o chip aquece muito, mas a Sony opera um controle de temperatura muito drástico, acelerando muito rápida e agressivamente. Após meia hora de jogo, você se vê com uma variação de frames muito alta.

No 3DMark Wild Life Stress Test, que simula 20 minutos de uso intensivo em jogos, o Sony Xperia 5 III tem uma taxa de estabilidade de 59%. Isso não é muito bom, francamente.

sony xperia 5 iii review performance
Xperia 5 III não consegue manter o (alto) desempenho por muito tempo por causa do calor / © NextPit

Em geral, o Sony Xperia 5 III sofre das mesmas deficiências que quase todos os carros-chefes Android, exceto por alguns smartphones gamers com sistemas de refrigeração avançados. Mas além do problema de superaquecimento inerente ao chip da Qualcomm, o gargalo térmico do Sony é muito severo, e compromete o bom desempenho bruto do celular.

Foto: renderização natural e dupla distância focal

O Sony Xperia 5 III tem um módulo de câmera triplo na parte traseira com a lente mais interessante sendo a telefoto periscópica com duas distâncias focais diferentes para oferecer zoom óptico 2,9x e 4,4x. O aplicativo básico de fotografia também se fundiu com o aplicativo Camera Pro para emular a experiência fotográfica que você obtém em uma câmera Alpha da marca japonesa. A Sony deu até mais um passo adiante, acrescentando um botão físico do obturador na lateral do celular.


Gostei:

  • O mesmo módulo de câmera que o Xperia 1 III exceto para o sensor ToF;
  • Reprodução natural de cores e a boa gestão da exposição;
  • App de câmera muito completo;
  • Botão físico dedicado para a câmera.

Não gostei:

  • Os modos e configurações das fotos não são muito intuitivos para novatos;
  • Os sensores principais e ultrawide já estão defasados;
  • Falta geral de nitidez;
  • Sem modo noturno dedicado.

 

NextPit Sony Xperia 5 III camera
O Sony Xperia 5 III apresenta uma lente teleobjetiva periscópica com distância focal variável / © NextPit

Sony Xperia 5 III

Módulo de câmera
Lente Especificações
Lente principal de 12 MP Sony IMX 557 | f/1.7 | 1/1.7" | 1.8µm | Dual Pixel PDAF | OIS
Ultra-angular de 12 MP Sony IMX 363 | f/2.2 | FOV 124˚ | 1/2.6" | Dual Pixel PDAF
Lente teleobjetiva periscópica de 12 MP Sony IMX 663 | f/2,3 em 70mm | f/2,8 em 105mm | 1/2,9" | Dual Pixel PDAF | x2,9 e x4,4 zoom óptico | OIS
Selfies de 8 MP Samsung S5K4H7 | f/2.0 | 1/4" | 1.12µm

Fotos em grande angular e ultra angular com o Sony Xperia 5 III

O destaque do módulo de câmera do Sony Xperia 5 III é a lente teleobjetiva, enquanto as lentes de grande angular e ultra angular são as mesmas do Xperia 1 II do ano passado.

sony xperia 5 iii review photo wide 4
Câmera principal 1x (24mm) / © NextPit

A lente principal grande angular do Sony Xperia 5 III é baseada em um sensor Sony IMX 557 com um tamanho de 1/1,7 polegada, que é menor do que as do Samsung Galaxy S21 Ultra (1/1,33") ou Xiaomi Mi 11 Ultra (1/1,12").

Lente principal e ultra angular 12MP

ALT-Tag Photo 1Lente principal x1 ALT-Tag Photo 2Lente ultra angular 12 MP

Durante o dia, achei as fotos com um aspecto muito natural. Não sou crítico ferrenho do processamento de software mais agressivo dos fabricantes chineses, ao contrário de 90% dos jornalistas de tecnologia. Mas acho o processamento ultra-leve e sutil da Sony bastante interessante, especialmente em boas condições de luz.

sony xperia 5 iii review photo wide 5
Lente grande angular 1x (24mm). / © NextPit

Também achei a gestão da exposição muito eficaz, permitindo uma faixa dinâmica bastante ampla. Mas também notei uma falta geral de detalhes na maioria das fotos. Reparei também em alguma inconsistência de cor entre as lentes principal e ultrawide.

Lente principal e ultra angular 12MP

ALT-Tag Photo 1Lente principal x1 ALT-Tag Photo 2Lente ultrawide 12 MP

Fotos com a lente teleobjetiva do Sony Xperia 5 III

A teleobjetiva do Sony Xperia 5 III é a mais interessante neste módulo fotográfico. Ela oferece duas distâncias focais diferentes para dois níveis diferentes de zoom óptico. Há uma distância focal equivalente a 70 mm, que é uma ampliação de 2,9x em comparação com a distância focal da lente principal (24 mm). E uma distância focal de 105 mm, que é um zoom de 4,4x em comparação com a lente principal. A abertura vai de f/2,3 a 70mm a f/2,8 a 105mm.

Lente telefoto com zoom 2,9x e 4,4x

ALT-Tag Photo 1Lente principal x1 ALT-Tag Photo 2Lente telefoto 2,9x (70 mm) ALT-Tag Photo 2Lente telefoto 4,4x (105 mm)

Achei o zoom de 2,9x geralmente eficaz para limitar a perda de detalhes. Este não é o caso com o zoom 4,4x. Eu notei muitos artefatos e uma falta de nitidez nas imagens.

Lente telefoto com zoom 2,9x e 4,4x

ALT-Tag Photo 1Lente principal x1 ALT-Tag Photo 2Lente telefoto 2,9x (70mm) ALT-Tag Photo 2Lente telefoto 4,4x (105 mm)

Além disso, o zoom pode ser aplicado digitalmente até um equivalente a 300 mm, ou seja, um zoom de 12,2x. Ainda que a renderização esteja longe de ser uma catástrofe e até mesmo às vezes é bastante utilizável, ainda estamos abaixo de alguns concorrentes na mesma faixa de preço. O zoom de 10x do Galaxy S21 Ultra é muito melhor, por exemplo.

Lente telefoto com zoom de 12,2x

ALT-Tag Photo 1Zoom (digital) de 12.2x da lente teleobjectiva (300mm) ALT-Tag Photo 2Zoom de 12.2x lente teleobjetiva (300mm)

Acho interessante esta abordagem de dupla distância focal da Sony. Ao contrário da Samsung, que soma/multiplica o zoom óptico e digital para obter ampliações mirabolantes, com a Sony eles são fixos pelo menos. Sabemos exatamente qual sensor e, portanto, qual a distância focal e, portanto, qual o nível de ampliação óptica com que capturamos uma imagem. Não é tão chamativo quanto prometer algo como "Zoom super espacial de 100x", mas é honesto.

Lente telefoto com zoom 2,9x e 4,4x

ALT-Tag Photo 1Lente principal x1 ALT-Tag Photo 2Zoom de 2,9x da lente teleobjetiva (70mm) ALT-Tag Photo 2Lente de telefoto 4,4x (105 mm)

No geral, gostei bastante da solução fotográfica oferecida pela Sony. O processamento natural das fotos vai contra a tendência do mercado Android, mas não diminui a qualidade das fotos, pelo contrário. O zoom em duas distâncias focais diferentes provou ser bastante eficaz e versátil, embora mostre rapidamente seus limites à medida que você aumenta a ampliação. Eu teria gostado de ver a Sony incorporar uma lente principal de sensor maior para um melhor nível de detalhes.

Autonomia: 4.500 mAh recarregável em 30 watts

O Sony Xperia 5 III é alimentado por uma bateria de 4.500mAh, com a mesma capacidade que o Xperia 1 III. Esta é uma boa notícia, uma vez que o celular tem uma tela menor (e de menor resolução) do que seu irmão mais velho.


Gostei:

  • Autonomia sólida da bateria;
  • Carregador USB-C incluído.

Não gostei:

  • Recarga lenta para a faixa de preço;
  • Sem recarga sem fio.

Após uma sessão de benchmark no PCMark, o Sony Xperia 5 III levou 12 horas e 48 minutos para ficar abaixo da marca de 20% de vida útil restante da bateria, e isto com a taxa de atualização definida para 120 Hz. Em termos concretos, o celular aguenta facilmente um dia inteiro de uso. Esta é uma pontuação mais do que respeitável e podemos dizer que a duração da bateria do Sony Xperia 5 III é sólida.

O Xperia 5 III vem com um adaptador USB PowerDelivery de 30 watts, o mesmo que veio com o Xperia 1 III. Levei, em média, pouco menos de 2 horas para carregar completamente o aparelho. Meu melhor tempo de 0 a 100% foi de 1 hora e 52 minutos, precisamente. Ao deixar o smartphone carregar por apenas 30 minutos, eu encontrava cerca de 50% de vida útil da bateria.

Em geral, a vida útil da bateria do Sony Xperia 5 III é muito sólida e no limite superior da faixa de preço. A recarga não é tão rápida quanto alguns dos concorrentes da categoria, no entanto. E a falta de recarga sem fio, embora não seja seriamente prejudicial, ainda é um pouco fraco em um celular vendido por mais de R$ 6.000 no exterior.

Sony Xperia 5 III: ficha técnica

Sony Xperia 5 III

Dados técnicos
Componente Especificações
Tela
  • OLED de 6,1 polegadas com proporção 21:9;
  • Resolução 1080 x 2520 pixels, ou 449 dpi;
  • Taxa de atualização de 120 Hz.
SoC/GPU Snapdragon 888 + Adreno 660
Memória 8/128 GB / 8 256 GB
Armazenamento expansível? Sim, microSD via porta SIM
Módulo de câmera
  • Principal grande angular de 12 MP: Sony IMX 557 | f/1.7 | 1/1.7" | 1,8 µm | Dual Pixel PDAF | OIS
  • Ultra angular de 12 MP: Sony IMX 363 | f/2.2 | FOV 124˚ | 1/2.6" | Dual Pixel PDAF
  • Telefoto periscópica de 12 MP: Sony IMX 663 | f/2,3 em 70 mm | f/2,8 em 105 mm | 1/2,9" | Dual Pixel PDAF | zoom óptico 2,9x e 4,4x | OIS
  • Selfie de 8 MP: Samsung S5K4H7 | f/2.0 | 1/4" | 1,12 µm
Vídeo
  • 4K a 24/25/30/60/120 fps HDR | 1080p a 30/60/120/240 fps | gyro-EIS de 5-eixos | OIS
  • Selfies: 1080p a 30 fps | giro-EIS de 5 eixos
Bateria 4.500 mAh | recarga com fio de 30 watt | USB-PD
OS Android 11 stock
Áudio 2 alto-falantes estéreo | áudio 24-bit/192kHz | vibração dinâmica
Projeto, dimensões e peso
  • 157 x 68 x 8,2 mm | 168 g
  • Tela e traseira de vidro Gorilla Glass 6 e estrutura de alumínio
  • Certificação IP65/IP68
  • Leitor de impressão digital na lateral, sob o botão de energia
Cores Preto Brilhante | Cinza Brilhante
Preço 1.000 euros (cerca de R$ 6.200), não disponível no Brasil

 

Conclusão

O Sony Xperia 5 III é um celular topo de linha muito bom. Não sei exatamente como descrever isso, mas muitas vezes me senti confrontado com uma ampla gama de recursos e configurações. Mas, uma vez que você se familiariza com esta avalanche de opções, você começa gradualmente a se acostumar com ele e tudo se torna automático.

É quase uma brincadeira porque você se vê testando todas as opções dos diversos menus. Também apreciei muito o trabalho feito para emular a experiência fotográfica semelhante à de uma câmera real. É mais do que um simples gadget, o app de câmera e o botão físico do obturador realmente oferecem uma experiência mais imersiva, por mais bobo que isso pareça.

NextPit Sony Xperia 5 III side
Na minha opinião, o Sony Xperia 5 III não vale o preço cobrado / © NextPit

Mas será que tudo isso justifica o preço de 1.000 euros? Na minha opinião, não. O Sony Xperia 5 III também não se destaca em muitos níveis. O desempenho está na média do que você encontra nesta faixa de preço. A vida útil da bateria é sólida, mas o carregamento ainda é um pouco lento. A tela OLED de 120 Hz é muito fluida, mas oferece uma taxa de brilho abaixo da média.

O preço do Xperia 5 III é mais alto do que o de um OnePlus 9 Pro, um Galaxy S21 Plus ou um Xiaomi Mi 11. Eu sei que vou ser malhado nos comentários, mas não posso justificar este preço. Ele é totalmente desproporcional à presença e aos números da fabricante no mercado ocidental.

Não importa o que dizem os fanboys, fangirls ou fanpeople, é difícil justificar a venda de um smartphone de 1.000 euros quando se vende apenas 2 milhões de unidades no mundo inteiro em um ano. Mesmo que você seja um fã da Sony e/ou fanático por fotografia, recomendaria esperar por uma queda de preço, na melhor das hipóteses, antes de cogitar importar o modelo.

Qual nota você daria para o Sony Xperia 5 III?

1 comentário

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Penskemen há 1 semana Link para o comentário

    Sabe o que me lembra vendo o review desse aparelho (que mais parece um smartphone de uns 5 anos atrás) ? Eu faria um paralelo de um evento muito celebrado por entusiastas e saudosistas da Volkswagen, que foi o lançamento da última Kombi fabricada no Brasil. Tinha um design defasado mecânica apenas satisfatória, e os acessórios de fábrica não incluíam nenhum luxo presentes nas "vans mais atuais", como ar condicionado ou direção hidráulica. Para finalizar eu perguntaria:
    - A que tipo de consumidor se destina esse "aparelho celular" hein...🤔 ?