Asus, HP e Lenovo: os PCs com Snapdragon estão chegando

Asus, HP e Lenovo: os PCs com Snapdragon estão chegando

Como já era esperado, a Qualcomm anunciou em seu seminário técnico realizado no Havaí, Estados Unidos, sua entrada no mercado de computadores com o Snapdragon 835 Mobile PC Platform. Dentre as promessas dos computadores com Snapdragon estão a de um equipamento sempre online, graças a tecnologia gigabit LTE do modemX16 LTE, e uma bateria que dura o dia todo. Os aparelhos mostrados rodam Windows 10.

A Qualcomm é hoje uma das maiores fabricantes de chips para smartphones do mundo, e nesses 10 anos de Snapdragon, não apenas dominou o mercado, tirando a Intel da jogada, como decidiu competir também pelo mercado de computadores.

Em uma clara referência a sua principal concorrente, a Intel, a Qualcomm convidou, no seu vídeo de apresentação, os usuários a “repensarem o que tem dentro do seu computador” — se você esqueceu, vamos relembrá-lo, mas o atual slogan da concorrente é Intel Inside.

E assim como a Intel fez no passado ao anunciar uma suposta nova categoria de notebook, o ultrabook, a Qualcomm está lançando sua suposta nova categoria de computadores portáteis, seu “Always Connected PC”, ou PC sempre conectado na tradução livre para o português. 

IMG 20171205 135815744
Asus NovaGo / © NextPit

Basicamente, a Qualcomm está levando para os computadores sua inteligência em fazer smartphones, inclusive sua tecnologia de conectividade gigabit LTE do modem X16 LTE presente no Snapdragon 835. Isso significa que os equipamentos virão equipados com e-SIM, ou com entrada para chips Nano SIM. Além disso, há todo um esforço de melhorar a eficiência da bateria nesse tipo de equipamento. A Qualcomm inclusive afirmou que seus 2 em 1 vão durar um mês no modo em stand by. Os produtos têm tela sensível ao toque e alguns possuem teclado destacável.

Para Leonardo Munin, analista da IDC, a Qualcomm não está tanto de olho no curto prazo, mas no longo prazo do mercado de PCs. Na sua opinião, o principal motivo da empresa investir nesse tipo de equipamento está na rede 4G. Assim como no passado, a Qualcomm está saindo na frente de uma tecnologia que todos sabem que vai ser grande, mas isso só quando chegar.

A rede 5G é aquela que vai conectar todos os eletrônicos, de carros à lâmpadas. Além disso, apesar do mercado de PCs não crescer muito, o de 2 em 1 (que para a IDC é um tipo de tablet) continua crescendo globalmente, o que talvez explique outro aspecto desse investimento.

Asus, HP e Lenovo

A Asus foi a primeira fabricante a apresentar um produto com Snapdragon 835, o Asus NovaGo. O laptop vem com um modem gigabit LTE, bateria que aguenta 22 horas rodando vídeo e até 30 dias no modo stand by. Vem com Windows 10 S e recursos como Windows Ink, Windows Hello e Cortana.

Disponível em duas versões, o Asus NovaGo será vendido em alguns mercados — Brasil está de fora por enquanto — por US$ 599 com 4 GB de RAM e 64 GB de memória e por US$ 799 com 8 GB de RAM e 256 GB de espaço de armazenamento. Quem também apresentou um produto no evento foi a HP, que deve apresentar o HP Envy X2 em 2018, um 2 em 1 que mais parece um tablet, assim como a Lenovo, que já prometeu um produto para a CES 2018.

DSC 0178
HP Envy x2 / © NextPit

Parceria com a AMD

E se já não fosse suficiente anunciar sua entrada no mercado do concorrente, a Qualcomm chamou a AMD ao palco para anunciar uma parceria de desenvolvimento que deverá trazer a tecnologia da AMD para os PCs Always On da Qualcomm no futuro e para outros dispositivos. É, o futuro não parece nada fácil para a Intel.

E você, se interessaria mais por um notebook pelo chip ser Qualcomm?

*A jornalista viajou a convite da Qualcomm.

ÚLTIMOS ARTIGOS

Os comentários favoritos dos leitores

  • Jairo rios 06/12/2017

    Hummm , se rodar somente o Windows 10 S , versão 2017 do finado e ruim Windows RT eu passo longe , muito longe.

  • Sidney 06/12/2017

    Se bem que a AMD sempre patinou atrás da Intel. Digamos que ela sempre andou na sombra pisando em poça d'água. Se ela levar essa tecnologia de caminhar sempre um passo atrás, a Intel vai rir. Mas, se a Qualcomm conseguir desenvolver um processador que roda tudo que o Intel roda, aí o bicho pega. Mas acho que eles vão fazer notebook para rodar Youtube, Facebook e Whatsapp. Quem quer apostar?

  •   62
    Conta desativada 06/12/2017

    Vejo com bons olhos a entrada da Qualcomm nesse mercado, pois só dá Intel. Resta saber se aguenta o tranco de rodar o pesadão Windows 10. O sistema cada vez fica mais pesado. Saudade do Windows 7, aquele rodava suave com 2 GB de RAM. Com 4 GB de RAM já está começando a pedir água.

  • Daniel 06/12/2017

    Só o tempo dirá se a Qualcomm foi certeira em se antecipar com esse novo conceito de PC rodando Snap 835 e seus afins, que pra mim só cairia bem ter um desses pra viagens/trabalho/estudos ou coisas do tipo, no mais o smart me atende muito bem quando o assunto é mobilidade e consumo de conteúdo, pra uso com Windows 10 eu ainda prefiro Intel rodando no meu bom e velho PC. Melhor a Intel colocar as barbas de molho, Qualcomm fazendo parceria com AMD? demonstra não estar pra brincadeira.

  • Daniel 06/12/2017

    Eu aposto que seja notebook pra uso casual Sidney, bem que a Qualcomm poderia começar a investir em um chipset competitivo á nível da Intel, seria briga de gente grande.

82 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  •   85
    Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

    A alta duração da bateria já é um grande avanço, mas resta saber se a "durabilidade" desses dispositivos no quesito desempenho/rendimento será o mesmo dos que usam processadores Intel. Afinal, dificilmente alguém troca de computador como troca de smartphone....

    Conta desativada


  • Com windows? Eu passo. Chegou a hora de um SO tocado pela Google substituir essa dor de cabeça da Microsoft.


    •   85
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Cara, não tenho o que reclamar do Windows 10, e olha que meu notebook atual tem um Celeron...


    •   84
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Ta doido mano melhor coisa e usar windows ainda mais em 2 in 1 pois assim vc tem um tablet com produtividade excelente eu to adorando usar o windows no modo tablet no lenovo yoga dificil eu voltar pro notebook convencional agora


  • hum.... dificil falar sem ver ainda, vamos aguardar


  • Momento em que os leitores pensam:
    "Bem que eu poderia fazer reviews pro AP" kkk.


    •   85
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Não vi nada de errado com o artigo, o mundo da tecnologia não se resume só a smartphones....

      Conta desativada


  • quero ver os testes com o windows 10 pro rodando no SnapDragon.... este windows 10 S é muito capado


    •   85
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Concordo, esse sim irá tirar as dúvidas relacionadas a desempenho e dizer se estão no nível ou melhor que os Intel...

      Conta desativada


  • Quero ver se roda liso, nem sei se o Windows lida bem com isso, rodando bem e sendo mais barato vai ser incrível, porem temos que acompanhar, mas nao acho que vingue


  • Parece 'Inté' provocação... hehe!!


  • show de bola


  • Compraria um da Asus sem nem piscar os olhos.


  • Ainda espero pra ver. Se vier a ser arquitetura ARM64 mesmo tem que ser um trabalho impecável para conseguir rodar tudo, lembrando que ARM64 é utilizado somente em sistemas embarcados.


  • E o preço? Vai ser bem mais barato que os com processadores Intel ou AMD?


  • Muito interessante, mas o que mata é esse windows S porém vamos esperar para ver como roda no Windows completo. Para mim ainda não seria um computador a se considerar, já em empresas acho que vira sim.


  • Assim que comecei a ler passei a pensar como vai ser esse processamento rodando um Windows. Vai aguentar um Photoshop ou um Adobe Premiere? Imagina o Corel! Sei não, acho que vão vulgarizar o mercado de PCs. Vão começar a vender porcarias que só rodam conteúdo pronto e vai ser a morte dos PCs. Espero que não.


    • Eis a questão brother Sidney!


    • Tem vídeo de protótipo rodando Photoshop no snap 820 ainda, parece que a MS e a qualcomm criaram um emulador para x64


    •   85
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Pensei a mesma coisa Sidney, será que vai rodar um Autocad ou um SOLIDWORKS? São softwares que uso na engenharia e precisam principalmente de alto processamento para renderização. Tô achando que isso aí vai ser a nova geração do antigos "netbooks" que serviam para quebrar galho....


  • Só o tempo dirá se a Qualcomm foi certeira em se antecipar com esse novo conceito de PC rodando Snap 835 e seus afins, que pra mim só cairia bem ter um desses pra viagens/trabalho/estudos ou coisas do tipo, no mais o smart me atende muito bem quando o assunto é mobilidade e consumo de conteúdo, pra uso com Windows 10 eu ainda prefiro Intel rodando no meu bom e velho PC. Melhor a Intel colocar as barbas de molho, Qualcomm fazendo parceria com AMD? demonstra não estar pra brincadeira.


    • Se bem que a AMD sempre patinou atrás da Intel. Digamos que ela sempre andou na sombra pisando em poça d'água. Se ela levar essa tecnologia de caminhar sempre um passo atrás, a Intel vai rir. Mas, se a Qualcomm conseguir desenvolver um processador que roda tudo que o Intel roda, aí o bicho pega. Mas acho que eles vão fazer notebook para rodar Youtube, Facebook e Whatsapp. Quem quer apostar?


      • Eu aposto que seja notebook pra uso casual Sidney, bem que a Qualcomm poderia começar a investir em um chipset competitivo á nível da Intel, seria briga de gente grande.


      •   93
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Verdade Sidney, notebook é uma ferramenta de produtividade muito importante e fico pé atrás com esses lançamentos.
        Pra consumir conteúdos já temos smartphones e tablets.


      • Mas a arquitetura arquitetura 64bit de computadores foi feita pela AMD, isso nós não podemos esquecer. A Intel só seguiu e conseguiu aproveitar melhor a arquitetura AMD64 do que sua criadora. Mas se a Qualcomm for esperta ela consegue aproveitar muito bem essa parceria.


      •   93
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Bem lembrado HP, nada como uma opinião de especialista!


      • Verdade, Henrique. Mas é mais um motivo para vergonha. A concorrente usou melhor o recurso que ela fez. Eu, particularmente, sempre abominei AMD. É mais quente que frigideira e era o responsável pelo grande fantasma da BGA. Mesmo que o notebook funcionasse bem, não dava para usar no colo porque queimava a sua perna.


      • Eu sei bem disso. Tive um AMD (conjunto Vision para notebooks) também, mas era bom mesmo no inverno ksskskskks

        Conta desativadaSidney


      •   85
        Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

        Com essa parceria com AMD pode sair coisa boa, eu sempre gostei dos processadores deles e também das placas ATI Radeon. Lembrando que a CPU do PS4 Pro é uma AMD Jaguar...

        Conta desativada


    • Se nem a AMD incomoda a Intel, quem é a Qualcomm em terra dominada pela Intel?


  •   84
    Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

    Ele roda o windows 10 S q é um sistema so com apps da loja da MS , quero ve ele com o windows completo e com alguns jogos da steam e afim pra vermos ate onde vai o desempenho dessa maquina , mas a proposta é bem clara ele e um " chromebook" um aparelho basico pra word e afins com uma bateria q dura bastante eu so temo pelo desempenho e claro ninguem merece um windows capado


  • Deve ficar ótimo rodando um Linux.
    Com o W10 deverá ter uma performance abaixo do esperado.

    A ver...


  • Eu não sou muito da turma da produtividade e mobilidade, o que eu preciso o smartphone dá conta ou então o tablet complementa... Mas é interessante ver soluções para autonomia de bateria em qualquer aparelho.
    Só fica a dúvida de como vai se comportar um processador ARM rodando aplicativos x86/64... Porque Windows sem isso não é Windows kkkkkkkkkkkkkkkkkk


  •   99
    Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

    Muito interessante


  • Se puder REALMENTE ser usado como um Notebook (rodando aplicativos de produtividade, como pacote office, por exemplo) será uma mão na roda. Mas se vier com pegada de Tablet, será bom pra consumir conteúdo, mas um desastre para produzir.


  • Deve ser uma maravilha pra usar em viagens ou faculdade sem se preocupar com autonomia.


  •   62
    Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

    Vejo com bons olhos a entrada da Qualcomm nesse mercado, pois só dá Intel. Resta saber se aguenta o tranco de rodar o pesadão Windows 10. O sistema cada vez fica mais pesado. Saudade do Windows 7, aquele rodava suave com 2 GB de RAM. Com 4 GB de RAM já está começando a pedir água.


    •   99
      Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

      Vinicius
      Para mim o melhor Windows foi o 7...


      •   62
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Claudio, eu queria o Windows 10 com a leveza do 7. Até em máquinas parrudas, o sistema fica meio travado. A Microsoft precisa trabalhar melhor na otimização do sistema.


      • Tenho que concordar com vcs brothers, Windows 7 foi o melhor que já usei até hoje.

        Deivis SchumanConta desativadaSidneyConta desativadaConta desativada


      •   62
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Eu sou do tempo Daniel, do Windows 95, aquele sistema travava muito, veio Windows 98, continuava pesado, veio o Windows ME, esse não usei, depois o famoso XP, bem leve naquele tempo, em seguida o pesadão e cheio de recursos Vista, ai sim o Windows 7, para mim o melhor feito até hoje, sem bugs praticamente, ai recomeça a saga com Windows 8, 8.1 e o 10 que tiveram boas melhorias, mas continuam pesados. A Microsoft possui engenheiros capacitados para fazer algo melhor, mais intuitivo, dinâmico, a cada atualização, o sistema aumenta o consumo de memória RAM desnecessariamente, vamos ver se no futuro, sabe-se lá quando, eles melhorem isso. O Android hoje melhorou significativamente, já o Windows...

        Conta desativadaConta desativada


      • Amigo Vinícius, eu comecei na semana santa de 1983, em computador que usava TV e gravador portátil de fita cassete (k7).
        Fazia misérias. O pesado do Windows é justamente a interface gráfica do usuário, GUI (graphic user interface).
        Mas, igual a smartphone, que muitos compram topo de linha é só usam Facebook e Whatsapp, há muitos que compram um computador "gamer" e ficam só no Facebook e YouTube.
        Como há os que gostam (só) de jogos.
        Neste caso, um processador bunda aliado à uma placa de vídeo potente, é tudo que precisa.

        SidneyConta desativada


      •   99
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Já usei o Windows Dual- boot com Linux

        SidneyConta desativada


      • Eu sou do mesmo tempo. Nem lembro direito o nome da caixa com pretensão de computador que conectava na TV. Foi nele que eu aprendi Basic e Cobol. Depois veio um da Sharp que chamava Hotbit e depois já parti para PCs de verdade.


      • No meu caso, era um Dismac D-8000
        Depois, um CCE "exato" primeira edição (sem teclado inteligente)
        Depois um Gradiente "expert"
        Depois um AT 286 (made in paraguai), e a cada dois anos, um mais poderoso: 386SX, 486 SX, AMD 586, AMD Pentium III, intel ...


    • Vou contra a maré. Para mim o melhor é o Windows 10 que tem muito mais recurso e é muito mais estável que o Windows 7, que já era ótimo. Está certo que rodo ele em uma máquina poderosa.


      •   85
        Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

        Ele roda bem no meu notebook que é Celeron kkkkkkk

        Conta desativada


    • O problema do Windows 10 é o monte de coisa rodando junto com o sistema! Por isso ele fica pesadão!

      SidneyConta desativadaConta desativadaConta desativada


  • Hummm , se rodar somente o Windows 10 S , versão 2017 do finado e ruim Windows RT eu passo longe , muito longe.


    • a maioria vem com Windows 10 S, mas eles disseram que você pode alternar para Windows 10... todo mundo lembrando a época do RT, rs.


      • Sim o RT foi cruel, mas creio que esse medo todo do Windows S é culpa da MS, afinal é a mesma coisa do Win10 PRO, mas, só aceita aplicativos da Store, por isso o "upgrade'' é algo fácil.


    • Teria que ver um review isento , e além do mais teríamos a obsolescência programada também no windows ,conforme os processadores forem evoluindo novos recursos seriam incorporados ao OS e os antigos ficariam para trás.

      Conta desativadaSidney


  • " E você, se interessaria mais por um notebook pelo chip ser Qualcomm?" - Talvez sim... precisaria saber se esse hardware daria conta do meu tipo de uso. Fato, é que concorrência beneficia o consumidor e força as fabricantes a fornecerem produtos com mais qualidade.


  •   47
    Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

    Curioso pra ver em termos de desempenho.. A bateria é o ponto forte chegando no caso da Asus Nova GO a 20hs....é apenas o começo, a qualcomm não brinca em serviço.. Esperemos...


  • Bem ousada a Qualcomm em entrar no território dominado com excelência pela Intel. Acho uma certa loucura optar por um PC com Qualcomm, do que levar um com Intel.


    •   19
      Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

      Tudo depende do uso...

      Eu por exemplo, que jamais jogaria, editaria videos, fotos ou qualquer tipo de trabalho do tipo... acho ESPETACULAR um note com processador qualcomm... 20 hrs de bateria é um sonho.

      Conta desativada


      • Meu grande medo é que isso vire tendência e os computadores com mais processamento passem a ser mais raros e muito mais caros. Muita gente depende de um computador que faça algo mais do que consumir conteúdo.

        Conta desativadaConta desativada


      •   93
        Conta desativada 06/12/2017 Link para o comentário

        Exato Sidney, a indústria muitas vezes quer fazer a chamada empurroterapia!
        Somente vira tendência se o consumidor comprar a idéia da indústria.
        É só ver quanta tecnologia e produtos que foram um fracasso nas últimas décadas.

        SidneyConta desativada


      • Sim, Marcelo. E o que você acha que o consumidor de WhatsApp e Instagram vai querer comprar? Ferrou tudo!

        Conta desativada


    •   85
      Conta desativada 08/12/2017 Link para o comentário

      Como computador principal, eu jamais trocaria um Intel por um Qualcomm.... Não por agora.

      Conta desativada

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.