NextPit

JDI anuncia sua tela com sensor biométrico: abrimos uma nova era nos dispositivos

fingerprint
© Google Immagini

Na CES 2018 acompanhamos o anúncio do smartphone VIVO X20 Plus UD, o primeiro smartphone do mundo a ter o leitor de digitais localizado abaixo da tela, algo que seria impossível de imaginar apenas alguns anos atrás.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Agora, a japonesa JDI (Japan Display Inc) afirmou que também possui sua tecnologia para inserir o sensor biométrico atrás da tela, eliminando a necessidade de espaço de um botão dedicado a isso na frente, traseira ou lateral dos aparelhos.

Vivo smartphone with in display fingerprint scanner CES 2018 1
VIVO X20 Plus UD, pioneiro nessa tecnologia / © Android Headlines

Após a primeira empresa ter anunciado essa tecnologia, pode parecer pouco o papel de uma segunda empresa no mercado, mas é justamente o contrário, por dois principais motivos.

Tecnologia chegou para o LCD

A tecnologia da Synaptics embarcada no smartphone da Vivo funciona muito bem, como vimos em diversos vídeos de demonstração. Entretanto, ela estava restrita às telas de AMOLED, que funcionam diferente das telas LCD.

Na OLED, os próprios pixels são iluminados, e se ligam e desligam individualmente. Isso diminui as camadas necessárias para a tela funcionar. Sendo assim, essa é uma tecnologia mais cara, e as tela OLED só estão presentes em aparelhos intermediários premium para cima.

A tecnologia da JDI é feita para telas TFT, LED. Dessa forma, podem estar presentes em smartphones mais baratos, que geralmente possuem essa tecnologia de display embarcado. Então, de cara, já temos opções mais populares para os leitores abaixo da tela.

A empresa descreve o funcionamento da tecnologia dessa maneira:

“O sensor de impressão digital capacitivo baseado em vidro da JDI aplica a tecnologia de funcionalidade de toque básica integrada nos seus displays in-cell Pixel Eyes que são usados em smartphones e câmeras digitais. Com o Pixel Eyes, a funcionalidade de toque é integrada no substrato de vidro, detectando as mudanças na capacitância que ocorrem quando um dedo toca a superfície do LCD. O substrato de vidro identifica a área tocada pelo dedo através da detecção das mudanças na capacitância."

E eles não pretendem parar por aí. A JDI já informou que pretende portar a tecnologia para o OLED, tornando-se concorrente direta da Synaptics e mirando a Apple. Uma vez que há poucos fabricantes de tela OLED no mundo, e que a Samsung é uma das maiores, caso a Apple venha a utilizar o OLED, haveria demanda para telas com sensor biométrico embutido.

jdi fingerprint
Demonstração de outras funcionalidades para a tecnologia / © JDI (divulgação)

Agora sim, essa é uma tecnologia utilizável

Enquanto apenas um fabricante detém uma tecnologia, é difícil vê-lo sendo utilizado em larga escala. No caso de uma Samsung, que é a própria fabricante de diversos dos componentes utilizados em seus produtos, fica mais fácil. Mas uma tecnologia só se populariza quando chega a mais produtos.

A Synaptics foi pioneira, mas a JDI é a responsável pelo chute que faltava para a tecnologia se tornar comum entre os aparelhos. Agora, temos para telas OLED e para LCD, além de serem fabricadas por duas empresas. Mais concorrência, mais inovação, melhores preços.

Por isso, graças à JDI, posso finalmente dizer que a tecnologia de leitores de impressão digital abaixo da tela são uma realidade, e espero que ainda em 2019 possamos ter diversos aparelhos com essa tecnologia. A empresa informou que deve enviar o produto comercial no ano fiscal atual (encerrando março de 2019).

E você? O que acha dessa tecnologia?

Fonte: Gizmochina

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Jairo rios 24/01/2018

    A OEM Vivo pertence a BBK International ,dona também da Oppo e one plus , 2a maior fabricante mundial de smartphones, o mercado mundial de smartphones está mudando de mãos , lamentavelmente somos fim de linha , pouca coisa boa e nova chega aqui e quando chega é a preços absurdos .

  • Deivis Schuman 24/01/2018

    Daqui uns dias a Apple lança um Iphone com essa tecnologia e fala que foi ela quem inventou!

  • Julio Cesar 24/01/2018

    Agora vejo sim inovação! Agora sim me vejo trocando de celular!

  • Jonscravit 24/01/2018

    Vivo saiu na frente da Samsung e Apple... Motorola e Sony ficarão focando nas bordas até 2020.. LG andando de lado...
    Xiaomi ja esta trazendo o Mi 7 com leitor na tela..
    Doogee mostrou tela flexível..
    onde ha concorrência de verdade o negocio anda rapido

57 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Paulo F. 28/01/2018 Link para o comentário

    Só nos resta esperar


  •   85
    Conta desativada 26/01/2018 Link para o comentário

    como toda tecnologia nova, vai ser bem restrita e cara. Mas futuramente será mais fácil ver aparelhos com essa função. O lado negativo que vejo, será o custo de reparabilidade que com certeza será mais alto que de uma tela convencional....


  •   54
    Conta desativada 25/01/2018 Link para o comentário

    Se popularizar isso será bom.


    •   85
      Conta desativada 26/01/2018 Link para o comentário

      Mais vai demorar um bom tempo ainda...


  • Phelipe B. 24/01/2018 Link para o comentário

    Só tenho uma preocupação.
    Hoje dependendo de como você quebrou tela, você continua usando o aparelho normalmente. Como ficará essa situação de tela quebrada/trincada/riscada com essa tecnologia?


    • Ralf Alencar 25/01/2018 Link para o comentário

      Nesse caso provavelmente você irá utilizar desbloqueio fácil, íris, pin code, knock code e etc. São muitas opções de desbloqueio do aparelho.


    • Stella Dauer 25/01/2018 Link para o comentário

      Provavelmente, muitíssimo mais cara para ser trocada...


      • Phelipe B. 25/01/2018 Link para o comentário

        Stella, será esse o fim das telas paralelas?


      •   85
        Conta desativada 26/01/2018 Link para o comentário

        Acho que teriam telas paralelas normais, sem a tecnologia de reconhecimento kkkkkk....


    •   54
      Conta desativada 25/01/2018 Link para o comentário

      Boa pergunta, mas deve ter outras opções


  • KARALBPIN 24/01/2018 Link para o comentário

    Um dia vou ver um celular com todas as funções realizadas através da tela. Sem nenhum botão físico. Nem os botões de energia e volume vão existir. Absolutamente tudo feito na tela através de diferentes níveis de pressão ou de aplicativos. Quem viver verá.


    • Marcos Fonseca 24/01/2018 Link para o comentário

      desejo mt que algo assim aconteça, quando menos peças moveis, melhor


    •   54
      Conta desativada 25/01/2018 Link para o comentário

      Pelo jeito, daqui a pouco o telefone será todo de vidro.


    •   85
      Conta desativada 26/01/2018 Link para o comentário

      Pois é, como sempre digo, o telefone do Tony Stark tá chegando kkkk


      • Yago Felix 28/01/2018 Link para o comentário

        Isso, aí a tela quebra e tchau celular.


  •   84
    Conta desativada 24/01/2018 Link para o comentário

    Entao ta ai a modinha 2018 , Seja bem vinda


    • Stella Dauer 25/01/2018 Link para o comentário

      Só 2019...


    •   85
      Conta desativada 26/01/2018 Link para o comentário

      Modinha de 2018 é continuar zoando a MediaTek Franco KKKKKKKKKKK, e convencer o Victor a comprar um Samsung 😂


  • Jerry Wendel 24/01/2018 Link para o comentário

    Aí daqui a 4 anos quando a 'eipou' usar no 'aifone' vai ser algo revolucionário

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.