"Terei tempo para me concentrar", diz Bezos sobre deixar Amazon

"Terei tempo para me concentrar", diz Bezos sobre deixar Amazon

Bezos, 57, dirige a Amazon desde seu início como livraria online em 1994. Com cerca de 1,3 milhão de funcionários em todo o mundo, acumulou uma fortuna de US $ 196,2 bilhões, de acordo com a lista de bilionários da Forbes. , tornando-o o homem mais rico do mundo. (Um pouco atrás de Elon Musk).

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, vai deixar o cargo de presidente-executivo da gigante do comércio eletrônico que começou em sua garagem há quase 30 anos.

A decisão de Bezos de entregar as operações cotidianas da empresa foi uma surpresa. Mas os investidores pareceram imperturbáveis, com poucas mudanças no preço das ações da empresa nas negociações após o expediente.

Mas calma, Jeff se tornará presidente executivo, um movimento que ele disse que lhe daria "tempo e energia" para se concentrar em seus outros empreendimentos. No atual cargo, será substituído por Andy Jassy, ​​que atualmente lidera o negócio de computação em nuvem da Amazon.

A mudança está prevista para ser firmada no segundo semestre de 2021, segundo informações oficial da empresa. Em uma carta oficial aos colaboradores da empresa, Bezos escreveu:

Por mais que eu ainda sapateie no escritório, estou animado com essa transição. Milhões de clientes dependem de nós para nossos serviços e mais de um milhão de funcionários dependem de nós para seu sustento. Ser o CEO da Amazon é uma responsabilidade profunda e desgastante. Quando você tem uma responsabilidade como essa, é difícil colocar atenção em qualquer outra coisa.

Carolina Milanesi, analista da Creative Strategies, escreveu no Twitter sobre o anúncio e afimrou que não acha que Bezos "acabou de causar um impacto no futuro da empresa". E o site da BBC Internacional afirmou que os críticos e analistas sobre o mercado e as ações da empresa lá fora reagiram ao anúncio de forma semelhante.

"Não se deixe enganar pela Amazon. Jeff Bezos ainda está em uma posição de imenso poder como presidente executivo", disse Public Citizen. Sobre esta nova posição, Jeff Bezos disse em sua carta aos funcionários que:

Como presidente executivo, continuarei envolvido em iniciativas importantes da Amazônia, mas também terei o tempo e a energia de que preciso para me concentrar no Fundo do Dia 1, no Fundo Bezos Earth, no Blue Origin, no The Washington Post e em minhas outras paixões. Nunca tive mais energia e não se trata de me aposentar. Estou muito entusiasmado com o impacto que acho que essas organizações podem ter.

Este vai ser um ano de mudança, resta-nos, agora, ver como ficam as ações da Amazon até o final do ano, desde o anuncio da saída de Bezos, até a efetivação da mesma, e a sustentação do primeiro semestre do mais novo CEO da empresa.

O que você acha deste futuro? Faça suas previsões nos comentários!

Fonte: BBC, About Amazon

ÚLTIMOS ARTIGOS

Sem comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.