NextPit

Reconhecimento facial do Galaxy S10 pode ser enganado com um vídeo

Facial recognition 3
© NextPit

Má notícia para quem tem um Galaxy S10 e pensa em aproveitar o Reconhecimento Facial para se livrar de senhas ou do leitor de impressões digitais. O recurso, aparentemente, não é muito seguro.

NextPit Logo white on transparent Background
NEXTPITTV

Um dos destaques do Galaxy S10 é um sistema de reconhecimento facial, que permite ao usuário desbloquear o smartphone apenas olhando para a câmera. À primeira vista, algo bastante similar ao Face ID, usado nos iPhones desde a primeira geração do iPhone X.

Infelizmente, a tecnologia por trás do recurso não é a mesma. Enquanto a Apple mapeia e compara a geometria tridimensional da face do usuário, o que leva a alta precisão, o sistema da Samsung funciona baseado em simples reconhecimento de imagem, identificando pontos em comum com a face registrada.

Com isso, o sistema da Samsung pode ser facilmente enganado por um vídeo ou foto do usuário, como demonstra o canal Unbox Therapy no YouTube, onde um S10 foi desbloqueado com um simples vídeo do proprietário reproduzido em outro aparelho em frente à câmera.

Para piorar, a usuária Jane Manchun Wong relata no Twitter que conseguiu usar seu rosto para desbloquear o Galaxy S10 do irmão.

jane wong
Jane Wong (à esquerda) usou seu rosto para desbloquear o Galaxy S10 do irmão (à direita) / © Jane Wong

Downgrade na segurança?

O curioso é que a Samsung tinha um sistema de desbloqueio muito mais seguro, o leitor de íris, que foi  apresentado no Galaxy Note 7 e usado nos S8 e S9. Este recurso foi, infelizmente, abandonado no S10.

Não é a primeira vez…

A vulnerabilidade do reconhecimento facial do Galaxy S10 não é novidade. Acreditem ou não, este recurso faz parte do Android desde a versão 4.0 (Ice Cream Sandwich), de 2011, e já naquela época foi demonstrado que uma foto do usuário, impressa em uma impressora jato de tinta, era suficiente para enganar o smartphone.

Mais recentemente, a empresa de segurança Sophos reportou um estudo da Consumentenbond, órgão de proteção ao consumidor da Holanda, que demonstrou que de 110 aparelhos testados, 42 podiam ser desbloqueados com uma simples foto. Todos eles Android.

Com a palavra, a defesa

Dito isto, temos que reconhecer que a Samsung não promove o reconhecimento facial como um recurso de alta segurança. Na verdade, o próprio sistema operacional adverte que o sistema é sujeito a falsos positivos, especialmente se a opção Faster recognition (reconhecimento mais rápido) estiver ativada.

Resumindo a história: se você quer realmente proteger seu Galaxy contra bisbilhoteiros, use sua impressão digital ou uma senha forte. Pelo menos até o próximo modelo...

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

21 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Rafael 03/04/2019 Link para o comentário

    Eu prefiro o leitor facial. Às vezes você tá no clube,academia,cozinhando,sei lá e o dedo tá sujo tá molhado e é uma trabalheira até desbloquear


  • José Luís Silva Martiniano 12/03/2019 Link para o comentário

    Acredito que com uma atualização, esse bug será resolvido.


  • Lausen Aguiar 12/03/2019 Link para o comentário

    Se o leitor de impressões digitais do S10 realmente funciona bem mesmo com o dedo molhado ou um pouco sujo, até dá pra perdoar a perda do scanner de íris. Mas que ele é legal, isso é! Uso muito no S9 plus, e ele só falha sob luz intensa. No mais, é impecável. Já o desbloqueio facial só é bom mesmo pra quem precisa apenas de conveniência, e não de segurança.


  • Phelipe B. 11/03/2019 Link para o comentário

    Acho muito mais prático dar uma dedada no aparelho do que ter que ficar achando posição correta para o desbloqueio facial. Nunca comprei essa ideia!


  • Elionai Alves 11/03/2019 Link para o comentário

    O reconhecimento facial é muito mais prático que a impressão digital, pelo menos no Xiaomi Mi 8 eu uso 90% das vezes o desbloqueio facial e mal uso a impressão digital! Então é um erro sim isso que a Samsung fez em um smartphone caro e top!


  • Ricardo 11/03/2019 Link para o comentário

    Queria desbloqueio por DNA. A gente poderia cuspir na tela, ela analisava o DNA e depois desbloqueava. Na boa: toda essa segurança só pra ninguém ver nossas conversas no WhatsApp?!? Basta somar ao desbloqueio um App de senha. Ou não guardar coisas confidenciais no celular...


    • Elionai Alves 11/03/2019 Link para o comentário

      Desculpe Ricardo, mas o smartphone hoje contem praticamente a vida quase que completa de muitos usuários e a segurança destes dados é essencial, ficar digitando senha é coisa do passado, pelo menos no meu smartphone(Mi 8), desbloqueio de tela e de apks é feito pelo desbloqueio facial, com ou sem luz!


    • Danilo M. 11/03/2019 Link para o comentário

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


    •   18
      Conta desativada 12/03/2019 Link para o comentário

      Kkkkk


  • Soterio Salles 11/03/2019 Link para o comentário

    Ainda bem que esse não é o único meio de bloqueio do smartphone... Ainda acho que nenhum vai substituir o leitor de digitais tão bem.
    Agora com a grande maioria dos top de linha ganhando leitor de digitais no display a tendência é ignorarem cada vez mais desbloqueio facial.


  • Thiago19 11/03/2019 Link para o comentário

    Correção para texto, o desbloqueio por iris chegou junto com galaxy s8, não tendo está função na linha s7...


    • Soterio Salles 11/03/2019 Link para o comentário

      Na verdade chegou no Galaxy "Bomba" Note 7 mas só se popularizou no Galaxy S8 mesmo... E mesmo assim não o bastante pra continuar no S10...


      • Thiago19 11/03/2019 Link para o comentário

        Realmente não fazia ideia sobre o note 7, o recurso mais divulgado dele foi o modo bomba... Mas acho que a Samsung pisou na bola em tirar nos s10...


      • Soterio Salles 12/03/2019 Link para o comentário

        Era um recurso a mais é verdade mas era uma borda a mais que eles queriam remover... A campanha anti borda fala mais alto hoje em dia.


  • Maykol J. Casamasmo 11/03/2019 Link para o comentário

    A impressão que dá é que ao invés de dificultar os furtos e afins a fabricante facilitou...já que não se esforça para aprimorar o sistema de segurança....Off.: È bom saber disso, pra no futuro ficar longe dessa marca...

    CAV


    • CAV 14/03/2019 Link para o comentário

      Boa parte da concorrência não está muito melhor nesse sentido, não.


  • Matheus Barbosa 11/03/2019 Link para o comentário

    Não entendo pq alguém faz essas análises, é ÓBVIO que reconhecimento facial apenas com a câmera facilmente será burlado, então pq o choque? É a mesma coisa de analisar o pq que quando soltamos uma pedra, ela cai ......


  • Danilo M. 11/03/2019 Link para o comentário

    eu não entendo a decisão da Samsung em retirar o leitor de íris da linha, possuo um S8, e acho o leitor de íris tão rápido quanto o de impressão digital, e tão confiável quanto.


    • Thiago19 11/03/2019 Link para o comentário

      O desbloqueio inteligente usa a face também... mas como complemento porém em nome das bordas pequenas... devem ter tirado.

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.