NextPit

Visita à fábrica da OPPO: assim os smartphones nascem

mmexport1522321334938
© OPPO

Alguma vez você já se perguntou como os smartphones são produzidos? A OPPO nos convidou a ir para a bela Shenzhen para entrar em suas instalações e dar uma olhada em como seus smartphones são criados e testados para atender aos mais rigorosos padrões de qualidade.

A OPPO, uma das mais famosas empresas de smartphones do continente asiático, nos convidou a dar uma olhada nos seus escritórios e na linha de montagem onde seus dispositivos são feitos. A fábrica em que fomos autorizados a entrar está localizada em Dongguan, uma pequena cidade adjacente à mais conhecida Shenzhen, na China.

A localização me impressionou porque é um pequeno oásis localizado em um bairro movimentado e super lotado (ok, eu sei que estamos na China, mas de qualquer forma...). Dentro desta área de acesso limitado, encontramos muito espaço verde e atividades recreativas para os funcionários, como campos de futebol, tênis e bilhar. Certamente o objetivo principal da visita não é nos deixar desfrutar do tempo ao ar livre, então vamos conversar e ver como um smartphone ganha vida a partir de componentes tão pequenos e únicos.

Um toque de história

Ao chegarmos à fábrica, fomos recebidos por um vídeo e uma apresentação sobre a história da empresa. A OPPO nasceu como fabricante de MP3 players e tem muitas patentes relacionadas à tecnologia de compressão de áudio e ao próximo padrão MP4. A empresa então entrou no mercado de recursos em telefonia e, em seguida, mudou para smartphones e conquistou um dos primeiros lugares no ranking mundial de produtores.

IMG 6080
OPPO X11 / © NextPit 

Antes de iniciar nossa turnê dentro da linha de montagem, foram mostradas algumas amostras de placas-mães provenientes dos vários dispositivos históricos da empresa: a lista inclui o X11 (um dos primeiros MP3 players) até o OPPO R15, passando pelo N1 (o smartphone com a câmera rotativa) e os dispositivos mais famosos da linha Find.

IMG 6087
Como esquecer o cämeraphone OPPO N1. © NextPit

A OPPO não só possui as patentes dos anos dourados dos tocadores de MP3, como também tem um catálogo de milhares e milhares de patentes, incluindo as tecnologias de carregamento VOOC e 5G .

É assim que os smartphones são feitos: impressos.

Sim, você leu corretamente. As placas-mãe de seus dispositivos amados são produzidas por impressoras (preferimos chamá-las assim) com cartuchos feitos de pequenos componentes chamados de SMD (Surface Mounted Devices) e circuitos integrados no caso de memórias e SoCs.

IMG 6115
Componentes SMD são aqueles pequenos quadrados à direita dos furos redondos / © NextPit

Durante o processo chamado SMT (Surface Mount Technology), a placa-mãe vazia é passada por várias dessas impressoras, que são capazes de posicionar e soldar os componentes com absoluta precisão. Inseridos entre diferentes grupos de impressoras, também encontramos máquinas de teste de componentes, como o teste de componentes que modula o sinal WI-FI . Cada cartão é verificado e testado várias vezes antes de chegar ao final da linha de montagem.

IMG 6117
Máquinas de solda SMD são várias para completar a placa-mãe, aqui você vê uma parte / © NextPit

O cartão é então passado para a linha de montagem, onde é inserido no invólucro do smartphone e onde todos os componentes externos estão conectados. Infelizmente, não nos foi permitido ver a construção dos quadros dos smartphones e a montagem final.

IMG 6078
Existem várias linhas SMT com o mesmo propósito / © NextPit

Mais testes do que você imagina, alguns muito bizarros

Não apenas os componentes individuais, mas também os telefones montados são submetidos a rigorosos testes de qualidade, tanto em termos de construção quanto de operação final.

Você sabia, por exemplo, que os smartphones são testados quanto à resistência a quedas com máquinas especiais? Os telefones OPPO são apanhados por máquinas equipadas com uma ventosa e caem até 100 vezes a uma distância de cerca de 20 cm e testes adicionais são feitos com quedas de até um metro de altura.

ezgif.com video to gif 2
Quedas seguidas por outras quedas / © NextPit

Não só isso, smartphones da empresa chinesa também são testados para a resistência à flexão e torção: ver um smartphone que é parafusado torcido em si não é muito bom, mas é bom saber que esses smartphones pode suportar voltas notáveis – acredite em mim.

IMG 6151
Existem vários laboratórios especializados em diferentes testes de qualidade / © NextPit

Em outras salas separadas, são realizados mais testes sobre a potência das antenas e os valores de SAR, sobre o funcionamento do toque e sobre as funções básicas do telefone, como conectividade sem fio e câmera. Existe até uma câmara de teste para resistência à imersão em água e vapores salgados, quaisquer que sejam esses vapores.

Logo na Europa?

Não é a primeira vez que vemos smartphones OPPO chegarem ao mercado europeu, mas geralmente esses telefones vêm de empresas privadas que assumem o ônus de importá-los para o velho continente sem envolvimento (ou realmente mínimo) da matriz.

IMG 6132
Algumas placas-mãe estão sendo concluídas / © NextPit

Oficialmente OPPO não vende na Europa e nos EUA, mas as coisas podem mudar: a empresa confirmou que muito em breve esses locais poderão desfrutar de seus produtos, mesmo em mercados mais perto de nós, mas eles não puderam dar uma data exata. Rumores falam de outubro deste ano, mas não podemos saber com certeza.

IMG 6196
OPPO R15 Pro é um smartphone que gostaríamos de ver na Europa / © NextPit

Enquanto aguardamos uma data precisa também poderíamos participar do evento de lançamento do novo OPPO R15 e sua versão Pro, fique atento porque em breve vamos publicar nossas primeiras impressões sobre o smartphone que serão avanço intrigante em muitos aspectos, mas acima de tudo no seu design refinado.

Você já sabia dessas impressoras e da presença de todos esses testes? Conte-nos nos comentários!


*Tradução e adaptação de Emily Canto Nunes, do AndroidPIT Brasil.

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

41 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Denis 17/04/2018 Link para o comentário

    Gostei da matéria. Parabéns aos envolvidos!!!


  • Bruno A. 17/04/2018 Link para o comentário

    Materia bacana, mas faltou informar que a Oppo faz parte da BBK eletronics que é dona tbm dá OnePlus e VIVO

    CAV


  • João 17/04/2018 Link para o comentário

    Em terra de cego, quem tem olho é rei.
    A China tem a (péssima? real?) fama de não ter controle de qualidade. Vendo os aparelhos sendo testados, anima o mercado.


  • J H Gouveia 16/04/2018 Link para o comentário

    Fascinante.


  • job Marques 16/04/2018 Link para o comentário

    Bela matéria!!! Mas e impossível que marcas.assim venham.integrar o varejo brasileiro, altíssima carga de impostos , divulgação viciada e pouco confiável, além de um baixo nível de conhecimento técnico da usabilidade dos aparelhos. embora venda bem este país é um mercado nada recomendável para vários fabricantes , e assim será por muitos anos ...


  •   99
    Conta desativada 16/04/2018 Link para o comentário

    Ótima matéria!


  • Phelipe B. 16/04/2018 Link para o comentário

    Como eles estram o Android?


    • João 17/04/2018 Link para o comentário

      Estram?


  • Ilan E. 16/04/2018 Link para o comentário

    Ótima matéria, seria bom conhecer como os smartphones são feitos, só tenho uma curiosidade como as fabricantes pegam o "Android Puro" e colocam as suas modificações ?


  • Deivis Schuman 16/04/2018 Link para o comentário

    Seria tão bom ver uma empresa como essa atuando aqui no Brasil!
    Torço muito pra que essas empresas invistam um dia aqui. Seria ótimo pra todos!


    •   40
      Conta desativada 16/04/2018 Link para o comentário

      Seria bom mesmo brother Deivis!


    • AC&MM 16/04/2018 Link para o comentário

      Às vezes, o problema não está em a empresa comercializar seus produtos aqui no Brasil e sim, o governo começar a acrescentar valores dos impostos nos preços finais de cada aparelho.


  • José Zanolini 15/04/2018 Link para o comentário

    Curiosidade: OPPO, Oneplus e Vivo são basicamente a mesma empresa.


    •   40
      Conta desativada 15/04/2018 Link para o comentário

      Sério?


    • Deivis Schuman 15/04/2018 Link para o comentário

      Sim elas pertencem a BBK Eletronics!


  • KARALBPIN 15/04/2018 Link para o comentário

    Um amigo que trabalhava na Embraer passou uma temporada na China e trouxe um celular Oppo quando voltou ao Brasil. Não me lembro do modelo mas era um aparelho enorme e muito bem acabado. Mas infelizmente o aparelho não funcionava muito bem.


  •   84
    Conta desativada 15/04/2018 Link para o comentário

    Agr vem pro Brasil anda


    • Deivis Schuman 16/04/2018 Link para o comentário

      Seria ótimo!

      Conta desativadaConta desativadaConta desativada


    •   99
      Conta desativada 16/04/2018 Link para o comentário

      Seria ótimo!²

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.