Facebook e anunciantes em uma encruzilhada após mudança no iPhone

Facebook e anunciantes em uma encruzilhada após mudança no iPhone

A Apple aumentou a segurança dos seus dados pessoais no iOS 14.5 e isto aparentemente está causando uma bela dor de cabeça para anunciantes e especialmente o Facebook. A publicidade da gigante das redes sociais ficou aparentemente 40% menos eficiente desde o novo sistema. E agora os anunciantes estariam "em pânico", de acordo com uma consultoria.

Já pudemos ver o quanto a Transparência no Rastreamento em Apps (TRA, ou ATT na sigla em inglês) incomodou uma associação de anunciantes alemã, que registrou uma queixa junto ao órgão antitruste alemão. 

A associação teme por seu negócio e acusa a Apple de abuso econômico. Há alguns meses, a Apple vem obrigando os desenvolvedores a usar o TRA - e desde o iOS 14.5, uma das novidades é que os donos de iPhone têm controle para decidir com quem querem compartilhar seus dados.

Bloomberg: apenas 25% permitem o rastreamento de dados no Facebook

A agência de notícias Bloomberg publicou que cerca de três quartos de todos os donos de iPhone rejeitam o rastreamento pelo Facebook. Isto significa que a rede social não pode mais acessar dados pessoais de fora da sua própria esfera de influência. Antes, o aplicativo podia acessar dados como a localização - mesmo que o usuário não abrisse o aplicativo da rede social.

A partir dos dados coletados, às vezes perfis extensos com até 5.000 registros (leia aqui: Por que a Apple é lider na proteção de dados) podem ser criados para uma pessoa. É uma consequência lógica que, com um perfil com menos dados, a eficiência da publicidade também deve diminuir.

A eficiência da publicidade no Facebook cai drasticamente

Dave Herrmann, operador de uma agência de mídia especializada no Facebook, no entanto, assume que a eficiência provavelmente caiu por 40%. Seus clientes, que dependem principalmente na publicidade do Facebook e seus recursos de anúncios direcionados, "entraram em pânico".

Muitas empresas em todo o mundo dependem totalmente do Facebook e, consequentemente, do sistema de publicidade da plataforma. Ele acredita que "empresas menores" serão especialmente afetadas e que ele não tinha certeza se a Apple tinha realmente pensado nisso [antes de lançar o TRA].

Os desenvolvedores de aplicativos e jogos também estão criticando a maçã. Brian Bowman, especialista em publicidade da Consumer Acquisition, disse em uma entrevista que havia experimentado quedas nas vendas de até 20%. E alguns clientes até mesmo até 40%.

Minha opinião sobre os efeitos do TRA...

Compreendo e tenho profunda compaixão pelas empresas que estão sofrendo. Há de fato algumas empresas que anunciam seus produtos inteiramente no Facebook e no Instagram e obtêm seu faturamento dessa forma. Mas do meu ponto de vista, é um mau modelo de negócio se o sucesso comercial só pode funcionar se uma empresa souber o máximo possível sobre o público - e sem que ele esteja ciente do que está sendo coletado sobre ele e para que propósito.

Ou estou enganado?

Fonte: Heise

2 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Douglas Charles Cunha há 2 semanas Link para o comentário

    Que ótima notícia. Já que o Facebook decide a quem censurar e pune seus usuários como quer, nada melhor que tomar do próprio veneno, sendo impedido de negociar dados de seus usuários.


  • Jairo rios há 2 semanas Link para o comentário

    Parabéns Apple, empresas que revendem dados coletados sem permissão tem que se estrepar , né Google....Facebook......MS