NextPit

iPhone 13 tem demanda abaixo da esperada e Apple reduz produção

iPhone 13 tem demanda abaixo da esperada e Apple reduz produção

O iPhone 13 está à venda há dois meses e foi difícil de comprá-lo por um certo tempo. Isto se deveu, entre outras coisas, a problemas com chips, o que recentemente fez com que a Apple reduzisse a produção da nova geração de celulares. Sabe-se agora que a empresa não alcançará o número de unidades produzidas para as 90 milhões originalmente planejadas.

Direto ao ponto:

  • O número de unidades produzidas do iPhone 13 será reduzida de 90 milhões para 80 milhões;
  • Isto foi causado pela crise de chips, mas agora também tudo indica que a demanda caiu.

De acordo com um relatório da agência de notícias Bloomberg, a Apple reduziu a produção dos novos iPhones em 10 milhões de unidades. Como escreveu o site Ars Technica, a Apple planejava vender 90 milhões de unidades antes do lançamento dos novos celulares. Isto inclui toda a linha, que consiste do iPhone 13, iPhone 13 Pro, iPhone 13 Pro Max e iPhone 13 mini.

Na época, entretanto, a Apple havia comunicado que iria aumentar novamente a produção assim que os problemas de fornecimento de componentes se resolvessem. Mas como a demanda agora também diminuiu, as 80 milhões de unidades são agora a meta de produção da empresa. O site atribuiu as razões para a menor demanda, por um lado nas mudanças pequenas em comparação com o modelo anterior - normal para um iPhone "ímpar" - e, por outro lado, nos longos prazos de entrega desde o lançamento.

Disponibilidade estabilizada para a época de Natal

Talvez os fãs de longa data da Apple já tenham percebido: na época do lançamento em setembro e durante todo o mês de novembro, os prazos de entrega ao encomendar um iPhone novo eram muito longos. Embora a Apple estime produzir "apenas" 80 milhões de unidades, a disponibilidade se acalmou um pouco no início de dezembro, com estoques para as configurações básicas.

Enquanto isso, os modelos Pro podem ser encontrados praticamente apenas em marketplaces ou no site oficial da Apple, com tempo de entrega estimado entre 1 a 2 semanas.

A dica é clara, caso queira colocar um iPhone 13 Pro/Pro Max novinho na árvore de Natal, é melhor se apressar...

Via Arstechnica Fonte: Bloomberg

Os links compartilhados neste artigo são links de afiliados. Isso significa que o NextPit obtém uma pequena participação nos lucros se você comprar produtos através deles. Isso não gera custos adicionais para você e não tem nenhuma influência sobre o conteúdo editorial do site. Saiba mais sobre como monetizamos o site na nossa página de transparência.
Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

3 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Jairo rios há 1 mês Link para o comentário

    Produtos Apple dificilmente ficam encalhados , ate a aberração do iPhone SE vende bem , imagina o resto.


    • Rubens Eishima
      • Admin
      • Equipe
      há 1 mês Link para o comentário

      Poxa, mas o iPhone SE é um ótimo celular!


  • Penskemen há 1 mês Link para o comentário

    Que situação anômala essa de retração das vendas do IPhone 13...
    A crise mundial não afetou o poder de consumo das classes mais abonadas (pelo contrario). Acho que as essas vendas em declínio podem ter migrado para outro tipos de bens de consumo, pois no Natal os presentes se diversificam...
    A partir de janeiro as vendas voltarão a crescer pelas promoções, pois na faixa de mercado do iPhone "não existe crise"

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.