NextPit

Google Maps ganha recurso de rotas acessíveis para cadeiras de rodas

google maps cadeirantes
© Captura de tela/NextPit

Seja sincero: o Google Maps mudou a sua vida e se não fosse ele você não teria chegado a vários lugares. A partir de agora, ele vai facilitar a vida de quem usa cadeiras de rodas com novas opções de rotas na navegação de trânsito. Infelizmente, o recurso ainda não está disponível no Brasil, mas a gente espera que chegue logo.

O Google Maps foi construído para ajudar as pessoas a navegar e explorar o mundo, fornecendo direções, em todo o mundo, para pessoas que viajam de carro, de bicicleta ou a pé. Eu não vivo sem porque mal sei o que é direita e esquerda. Agora, o mais famoso serviço de mapas ganhou um recurso que promete ajudar – e muito – quem precisa de informações sobre um caminho a percorrer: cadeirantes. 

"Nos centros da cidade, ônibus e trens são muitas vezes a melhor forma de se movimentar, o que representa um desafio para pessoas que usam cadeiras de rodas ou com outras necessidades de mobilidade. Informações sobre quais estações e rotas são amigáveis ​​para cadeiras de rodas nem sempre estão prontamente disponíveis ou são fáceis de encontrar. Para que o trânsito público funcione para todos, hoje estamos introduzindo rotas 'acessíveis para cadeiras de rodas' na navegação de trânsito para facilitar o acesso às pessoas com necessidades de mobilidade", escreveu o Google em seu blog. 

Para acessar as rotas "acessíveis para cadeiras de rodas" basta digitar o destino desejado no Google Maps. Tocar em "Direções" e selecionar o ícone de transporte público. Em seguida, tocar em "Opções" e na seção "Rotas", o usuário encontrará "acessível para cadeiras de rodas" como um novo tipo de rota. Ao selecionar esta opção, o Google Maps mostrará uma lista de rotas possíveis que levam em consideração as necessidades de mobilidade. 

O recurso está sendo lançado em grandes centros de trânsito metropolitano em todo o mundo, começando por Londres, Nova York, Tóquio, Cidade do México, Boston e Sydney. 

ACCESS 3 1
Google Maps agora tem rotas para quem usa cadeiras de rodas / © Google

Vale lembrar que em setembro, guias locais de todo o mundo reuniram-se em 200 encontros globais para responder questões de acessibilidade – se um lugar tem uma entrada sem escadas ou um banheiro acessível – para mais de 12 milhões de lugares. Além disso, o Maps está sendo atualizado com imagens de Street View de estações de trânsito e centros de cidades para que as pessoas possam visualizar um local ou estação antes do tempo.

Eu achei muito daora, e vocês?

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

Artigos recomendados

Os comentários favoritos dos leitores

  • Sidney 17/03/2018

    Tudo nos EUA é construído pensando que as pessoas terão pelo menos 20% de suas vidas como deficientes físicos (no mínimo na velhice) e não há tanta necessidade de algo que indique rotas melhores para cadeirantes porque a maioria é amigável. Já no Brasil, o país foi planejado como se o deficiente fosse um problema e, apesar de algumas leis fracas, nunca se pensa em cadeirantes durante as construções, a não ser rampas de acesso e banheiros. As calçadas de São Paulo são um desafio para quem não tem nenhuma deficiência, imagina para quem tem. Acho um desafio muito grande para a Google descobrir alguma rota amigável aqui.

22 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • Victor Lima 17/03/2018 Link para o comentário

    poxa muito bom


  • Phelipe B. 17/03/2018 Link para o comentário

    Espero que informe aos cadeirantes sobre os carros parados em calçadas, mesas de bares...


  • Agnaldo 17/03/2018 Link para o comentário

    Boa iniciativa do Google


  •   84
    Conta desativada 17/03/2018 Link para o comentário

    Legal embora o google mapas aki no rj seja uma merda pq vive dando alternativas em favelas e lugares perigosos ainda é um bom app


    • Paulo C. 17/03/2018 Link para o comentário

      putz!! Vou ao RJ e pretendia usar o Maps, como faço agora? :(


      •   84
        Conta desativada 17/03/2018 Link para o comentário

        Use waze


    • Rodrigo Calile 19/03/2018 Link para o comentário

      Não sabe oq diz... waze é pior q o. Google maps


  • Paulo C. 17/03/2018 Link para o comentário

    Como engenheiro, por estudar a obrigatoriedade da acessibilidade, posso dizer que NUNCA esse serviço estará disponível no BR.


    • Eduardo Guimaraens 18/03/2018 Link para o comentário

      Acho que estará sim, meu caro Paulo Cardoso. E sobre a questão da aplicação das normas de acessibilidade como a NBR 50 da ABNT sempre depende de quem constrói. Minha esposa usa cadeira de rodas e já nos deparamos com situações como a de estar em um prédio moderníssimo e as portas dos sanitários terem 60 cm de largura.


  • José Luís Silva Martiniano 17/03/2018 Link para o comentário

    Muito interessante esse artigo sobre o Google Maps, depois dele, nunca mais comprei o Guia Brasil Rodoviario. Agora, muito interessante essa iniciativa do Google Maps.


  • airton 17/03/2018 Link para o comentário

    Eu também gostei, Emily.
    Vou até mandar o link pro prefeito daqui da cidade de São Paulo.
    Herrrr!


  • Ilan E. 17/03/2018 Link para o comentário

    Ótima essa atitude, não sei se no Brasil, isso daria certo.


  • Deivis Schuman 17/03/2018 Link para o comentário

    Muito boa essa atitude do Google!
    O governo deveria aprender e dá mais atenção para os cadeirantes!


  • Sidney 17/03/2018 Link para o comentário

    Tudo nos EUA é construído pensando que as pessoas terão pelo menos 20% de suas vidas como deficientes físicos (no mínimo na velhice) e não há tanta necessidade de algo que indique rotas melhores para cadeirantes porque a maioria é amigável. Já no Brasil, o país foi planejado como se o deficiente fosse um problema e, apesar de algumas leis fracas, nunca se pensa em cadeirantes durante as construções, a não ser rampas de acesso e banheiros. As calçadas de São Paulo são um desafio para quem não tem nenhuma deficiência, imagina para quem tem. Acho um desafio muito grande para a Google descobrir alguma rota amigável aqui.


    • Deivis Schuman 17/03/2018 Link para o comentário

      Não sabia dessa informação!
      Muito bom capitão Sidney!


    • Marcelo Neri 17/03/2018 Link para o comentário

      Concordo Sidney!
      Um dia um senhor estava reclamando comigo que a passarela que dá acesso a um shopping era extremamente longa, então expliquei para ele que era feita com uma inclinação pequena, pois seria usada por cadeirantes também.
      As autoridades não pensam muito no assunto, mas a população também não!


    • Paulo C. 17/03/2018 Link para o comentário

      calçadas esburacadas, desniveladas...o pior são os elevadores dos ônibus, que não dão autonomia alguma, e ainda atrapalham os demais usuários.


      • Eduardo Guimaraens 18/03/2018 Link para o comentário

        São Paulo é realmente um grande problema para cadeirantes nas ruas. Aqui onde moro é praticamente impossível para minha esposa, que usa cadeira motorizada chegar ao Parque da Aclimação que fica a uns 700 metros daqui de casa, há trechos que ela é obrigada a ir pelo meio da rua por que não existe calçadas. Quanto aos ônibus pouquíssimos usam elevador, hoje a grande maioria usa rampa e piso baixo.


  • Bill Machinne 17/03/2018 Link para o comentário

    Já é alguma coisa

Mostrar todos os comentários
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.