NextPit

Android 12L: tudo sobre o novo sistema operacional para celulares com tela grande

Android 12L: tudo sobre o novo sistema operacional para celulares com tela grande

O Android 12L promete tornar a experiência das pessoas com dispositivos com telas grandes ainda melhor. Várias características do novo sistema operacional já foram anunciadas e a atualização é esperada para o início de 2022. Mas o que o Android 12L tem a oferecer?


Direto ao ponto:

  • O Android 12L deve oferecer uma melhor experiência de uso dos dispositivos com telas grandes;
  • O Google irá lançar o novo SO no início do próximo ano;
  • Os desenvolvedores já podem começar a otimizar seus aplicativos para o Android 12L.

Usar o novo Pixel 6 Pro é um desafio e tanto para alguém com mãos pequenas como eu. Isto também vale para a maioria dos flagships modernos, que contam com telas realmente grandes. A Samsung chegou ao ponto de tornar os displays dobráveis, fazendo que as telas dos celulares ficassem ainda maiores e ainda coubessem nos bolsos de forma confortável.

12L split screen
A nova UI do AndroidL é muito compacta / © Google

Ok, ótimo, agora que temos as enormes telas na palma da mão, o que fazer com elas? Há muito espaço para multitarefas. O Android foi, até agora, construído para aparelhos com telas pequenas, o que vêm estragando a experiência de uso em celulares maiores. Isso porque tudo parece apenas maior e esticado.

Os desenvolvedores e engenheiros do Google estão cientes de que podem melhorar as nossas vidas, por isso, lançaram um novo conjunto de otimizações, agrupadas na forma do Android 12L, que deve ser disponibilizado no início do próximo ano.

A atualização para Android 12L promete novas funções para ajudar no manuseio de aparelhos como Google Pixel 6 Pro, o Samsung Galaxy S21 Ultra e o Samsung Galaxy Z Fold 3, bem como tablets rodando com o SO Android.

Android 12L: principais funções e novidades

No site para desenvolvedores do Google, temos uma boa visão do que está por vir com a nova atualização. Algumas das características podem parecer apenas melhorias incrementais, mas reunidas, elas constituem uma considerável atualização na experiência com smartphone de tela grande.

Os três pilares principais do Android 12L são otimização da interface de usuário, melhor multitarefa e maior compatibilidade.

Maior compatibilidade com aplicativos não otimizadas

infelizmente, a maioria dos aplicativos não são, e provavelmente nunca serão, otimizados para aparelhos grandes. A menos que haja uma mudança de paradigma e mais consumidores mudem para celulares com tela menor ou Flip, não vejo razão concreta para que a maioria dos desenvolvedores não ofereçam suporte para uma UI otimizada para telas grandes.

12L compatibility mode
Mesmo aplicativos não otimizados poderão brilhar em telas maiores no Android 12L / © Google

Contudo, o Android 12L vai permitir que até mesmo aplicativos não adaptados ofereçam visual melhor e mais estabilidade. Além disso, irá permitir que os fabricantes de dispositivos ajustem o "modo" de compatibilidade para seus dispositivos de forma individual. Os índices de janela personalizados, os cantos arredondados das janelas e a transparência da barra de tarefas são algumas das melhorias visuais que podemos esperar.

Otimização da interface de usuário

A UI é a grande responsável pela boa ou má experiência em um dispositivo. Assim, otimizá-la para funcionar melhor em telas maiores pode oferecer um ganho de espaço e, consequentemente, teremos mais conteúdo disponível.

O Google realmente colocou ênfase nisso no Android 12L, fazendo pequenas mudanças na barra de notificações. Agora, a área da tela é melhor aproveitada por duas colunas, com atalhos rápidos em um lado e notificações no outro. Dessa forma, os usuários podem ter acesso a todas as funcionalidades com apenas um deslize.

Mas isto não é tudo. O Google também está otimizando melhor a tela de bloqueio para mostrar mais informações no widget do relógio e nas notificações. A acessibilidade também está sendo melhorada, com padrões e controles fixos sendo movidos para mais perto da lateral da tela em tablets.

Já para os aparelhos dobráveis, o processo de dobra e desdobra vai ficar muito mais suave com melhores transições da tela externa para a tela maior, interna.

Capacidade multitarefa sem precedentes

Com o novo Android 12L as pessoas poderão praticar ainda mais multitarefas do que antes. A gigante das buscas está melhorando esses recursos adicionando uma nova barra de multitarefa para permitir mudanças rápidas nos aplicativos. Com um simples gesto você poderá adicionar, e trocar múltiplos aplicativos na tela.

splitscreen
Alternar entre aplicativos com tela dividida ficará mais rápido do que nunca / © Google

Há outras características convenientes, como a capacidade de arrastar e soltar, gestos para navegação rápida em tela dividida ou até mesmo esconder a barra de tarefas.

Android 12L: data de lançamento e disponibilidade

É óbvio que o Google quer que os desenvolvedores de aplicativos para Android otimizem seus serviços para telas maiores. Logo, os desenvolvedores estão sendo incentivados a testar seus apps em modo de tela dividida e otimizá-los de acordo com a próxima atualização.

Para tanto, o  Google está oferecendo uma variedade de ferramentas em sua página oficial para tanto, como emuladores para rodar o Android 12L na fase beta e aplicar todas as mudanças mencionadas acima. De acordo com o Google, o Android 12L deve chegar no início do próximo ano. Vamos aguardar!

Quais características você gostaria de ver nos celulares com tela grande ou tablets? Informe-nos nos comentários.

Gostou do artigo? Então compartilhe!
Comentar agora

ÚLTIMOS ARTIGOS

Artigos recomendados

10 Comentários

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.
Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.

  • alberttjohn8 há 2 semanas Link para o comentário

    Eu faço um paralelo com o navegador que uso, o Soul, ele permite ter uma barra embaixo com as abas abertas e é muito melhor clicar nelas assim do que entrar numa outra tela só para escolher uma aba.


  • Paulo Ricardo há 2 semanas Link para o comentário

    Estou bem animado. Já passou da hora da Google dar atenção às telas grandes. Adorei a dock. Eu particularmente detesto ter que entrar em uma interface à parte só para fazer algo simples (como entrar no multitarefas só para clicar num app aberto).
    Eu faço um paralelo com o navegador que uso, o Soul, ele permite ter uma barra embaixo com as abas abertas e é muito melhor clicar nelas assim do que entrar numa outra tela só para escolher uma aba.
    Confesso que ter uma Dock dessas aberta o tempo todo embaixo não é tão bonito, mas muito mais pratico.


  • Penskemen há 2 semanas Link para o comentário

    Uma clara resposta da Google ao (ótimo e bem elaborado) sistema desenvolvido pela Microsoft, que está sendo utilizado no Surface Duo 2.


  • Soterio Salles há 2 semanas Link para o comentário

    Me fez lembrar do finado Android Honeycomb... Embora dessa vez não seja de fato tão distante da experiência de smartphone.
    Mas é legal ver o Google tentando melhorar a experiência das telas maiores.


    • Camila Rinaldi
      • Admin
      • Equipe
      há 2 semanas Link para o comentário

      Bah, desenterrou o honeycomb! :)


    • Paulo Ricardo há 2 semanas Link para o comentário

      A Google é mestre em refazer um caminho que abandonou.
      Foi assim com o tema escuro que já existia e foi abandonado e depois voltou e agora com interfaces pra telas grandes.
      Se ela tivesse prosseguido com os trabalhos no Android para telas grandes ao invés de apenas unificar e esticar, estaria bem evoluído e não passaria vergonha pro iPadOS, além de facilitar a vida das fabricantes atualmente.

Escreva um comentário:
Todas as mudanças foram salvas. Não há rascunhos salvos no seu aparelho.